burncd - programa para gravar ISOs

Publicado por Jefferson Rocha (última atualização em 27/12/2018)

[ Hits: 352 ]

Homepage: https://slackjeff.com.br

Download burncd




BurnCD é um programa para gravar ISOs, utiliza o growisoifs para fazer está função.

Foi criado para ter um sintaxe bem fácil para qualquer pessoa possa gravar sua distribuição favorita.

Se precisar de ajudar utiliza o parâmetro -h ou --help.

  



Esconder código-fonte

#!/usr/bin/env bash
#=================HEADER==========================================|
#AUTOR
# Jefferson 'Slackjeff' Rocha
#
#PROGRAMA
# BurnCD - Burn CLI Distribuition
#
#DESCRIÇÃO
# BurnCD é um programa para gravar isos, utiliza o growisoifs
# para fazer está função; Foi criado para ter um sintaxe bem fácil
# para qualquer pessoa possa gravar sua distribuição favorita em
# seu DVD.
# Se precisar de ajudar utiliza o parâmetro -h ou --help
#
#=================================================================|

#====================CONFIGURAÇÃO
# Velocidade em que a media
# será queimada. Normalmente os DVDs
# utilizam até 16x. Não use o 'x'.
SPEED='8'

# Localidade do cd/dvdroom
LOCAL='/dev/cdroom'
#===============================

#====================TESTES
# Se existir barra no final da variável LOCAL
# faça o corte.
LOCAL="${LOCAL/%\//}"

# Verificando se growisofs existe no sistema.
if ! type growisofs &>/dev/null; then
    echo "Necessita do growisofs instalado em seu sistema."
    exit  1
fi
#==========================

#==========================FUNCOES
_HELP() {
  cat <<EOF
burnd [OPÇÕES]

OPÇÕES
    -b, --burn
        Opção para gravar ISO

    -h, --help
        Exibe está ajuda

EXEMPLOS DE USO

   Supondo que quero gravar a iso da distribuição devuan
   e ela está localizada no meu home no diretório ISOS/
   Posso então entrar dentro do diretório ISOS/ ou passar
   o caminho completo!

   burncd -b /home/USUARIO/ISOS/devuan_ascii_x86_64.iso

   Se caso o burnd está localizado no diretório /usr/bin/
   ele está global, então posso fazer:

   cd /home/USUARIO/ISOS/; burnd -b devuan_ascii_x86_64.iso

CONFIGURAÇÕES
   O burncd é feito sob a linguagem Shell Bash, e suas configurações
   como velocidade de gravação, setar outro dispositivo entre outras
   configurações você pode alterar no próprio programa internamente!
   Há uma sessão de configurações logo no cabeçalho do programa que é
   voltada para isto.

AUTOR
 Jefferson 'slackjeff' Rocha

BUGS
 root@slackjeff.com.br

EOF
}

_BURN() {
  #Verificando se .iso foi passado no parâmetro.
  if ! echo "$1" | grep -q ".*\.iso"; then
      echo "Favor passar o arquivo '.iso', caminho absoluto ou não."
      echo "Para maiores informações use -h, --help"
      exit 1
  fi

  # Iniciando gravação.
  echo "-----> Iniciando a gravação de: ${1}"
  echo "-----> Velocidade ${SPEED}..."
  echo ""
  growisofs              \
       -dvd-compat       \
       -speed="$SPEED"   \
       -Z "${LOCAL}=${1}"

}

#==========================START
case $1 in
    -b|--burn)
          shift # Rebaixa agora =D
          _BURN "$@" # Chamada função
    ;;
    -h|--help)
         _HELP
    ;;
    *)
         _HELP
    ;;
esac

Scripts recomendados

Instalação automática de programas

Migrar de MySQL 3.x e 4.x para 5.0 no Debian

Script de backup para banco Firebird

Enviando arquivo via ftp

O que o site está rodando?


  

Comentários
[1] Comentário enviado por lcavalheiro em 28/12/2018 - 09:00h

Sugestão: define as variáveis assim, ex.:

SPEED=${SPEED:-8}

Assim a pessoa pode definir o SPEED direto na hora de chamar o comando:

$ SPEED=4 burncd -b arquivo.iso

Sem ter que editar o script, saca?


--
Dino®
IRC: luisfcc86@freenode.com
[i]Vi veri universum vivus vici[/i]
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
[code][b]Mensagem do dia[/b]: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita.[/code]

O Enigma do GNU/Linux
O Enigma do GNU/Linux sempre carregou consigo um mistério. Você deve aprender esse segredo, meu jovem. Você deve aprender sua disciplina. Pois em nada neste mundo você pode confiar. Não nas Debian-like, não nas RPM-based, não nas derivadas do Gentoo. Nisto [aponta para o cachimbo] você pode confiar.


Contribuir com comentário