openSUSE - As várias formas de atualizá-lo e de instalar pacotes

Este artigo sumariza, revisa e descreve quase todos os métodos conhecidos para instalar pacotes no openSUSE ou atualizar totalmente essa distribuição. Dentre esses métodos, recomenda-se aos iniciantes, principalmente o uso do YaST (clássico) e do 1-Click Install, e para os usuários experientes, o comando zypper.

[ Hits: 148.565 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 10/03/2011 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Usando SMART



1) SMART

SMART é um gerenciador de pacotes universal, mas mais usado para Distros RPM e teoricamente, com outros formatos também, como por exemplo com DEB. De fato, foi inventado para a distro Conectiva em 2005, e no mesmo ano chegou a interessar a Canonical.

Portanto, funciona em openSUSE, mas pode ser usado em várias outras Distros que usem pacotes de padrão RPM, como Mandriva, Fedora, Red-Hat, PCLinuxOS etc.

Essa proposta do SMART é interessante, poder trabalhar com todas as Distros e todos os tipos de pacotes binários, independente da extensão (DEB, RPM etc) ou da forma do empacotamento:
O Smart trabalha diferente de outros instaladores. Ao invés de usar um repositório adicionado, ele por meio de um documento, um acesso a rede (chamado "canal"), ele encontra o repositório aonde estão os pacotes RPM, e os localiza.

Não foi encontrada versão Oficial de SMART para openSUSE 11.3 (a versão Oficial ao tempo da redação este artigo, Fevereiro de 2011). Podem ser baixados os 4 pacotes (Smart, Smart Systemtray e as GUIs para GNOME e KDE) do SMART experimental 11.4, o Factory, a partir deste endereço:
Porém para funcionar ele requer substituição da versão de Python. Possível que o Smart já esteja presente na próxima versão de openSUSE, a 11.4, que deve sair em poucos dias.

1a) Alguns comandos do SMART:

smart --gui (abre o Smart com uma útil interface gráfica)
# smart update (atualiza a base de dados)
# smart update && smart upgrade smart -y (atualiza a base de dados e o próprio smart)
smart search nome do pacote (procura pelo pacote)
# smart install -y nome do pacote (instala o pacote)
smart channel --show (mostra os canais do Smart)

Uma característica interessante do Smart, é poder baixar e instalar automaticamente um pacote que esteja em um repositório da Internet. Você não precisaria nem baixá-lo previamante (como descrito na página 6). Para isso, seria simples executar um comando do tipo abaixo:

# smart install --y http://www.aquitáopacote.com/diretório do pacote/ nome do pacote.rpm

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução, resumo e objetivo do artigo e instalação do openSUSE
   2. Instalar pacotes e/ou atualizar usando YaST
   3. Usando 1-Click Install
   4. Usando PackageKit e suas interfaces gráficas
   5. Usando Zypper
   6. Usando RPMs diretamente
   7. Usando SMART
   8. Usando YUM
   9. Outros métodos e maneiras de instalar pacotes
   10. Observações e conclusão
Outros artigos deste autor

Comparando desempenho de distros, arquiteturas ou ambientes gráficos - Método universal

zsh (Z shell) - Uma alternativa ao bash

Como usar o Bugzilla do Sabayon

Modificando a remasterização com Molecule - Sabayon completo, com KDE e GNOME

Sabayon 5.0 - Uma nova distro multimídia (parte 1)

Leitura recomendada

Gerenciamento remoto de servidores VMWare via SSH

OpenSolaris - Sistema Operacional Open Source

Conhecendo o Slpkg (gerenciador de pacotes para Slackware)

VirtualBox 2.1.0: Rede no VirtualBox agora é fácil!

Aplicando relevo em símbolos com o Gimp

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/03/2011 - 13:36h

Excelente! Excelente! Excelente!

Um belo trabalho seu sobre essa distro Alberto.

Um guia de referência inigualável sobre o gerenciamento de pacotes no openSUSE. Como usuário (iniciante) dessa distro dou-lhe os parabéns por disponibilizar esse excelente material sobre o uso dos diversos modos de gerenciar pacotes no openSUSE.

Ficou ótimo ainda mais pela coincidência com o lançamento da nova versão do openSUSE que ocorreu hoje por volta das 12:00.

http://pt.opensuse.org

Um abraço e obrigado pelo trabalho realizado. Vai contribuir e muito para os usuários dessa distro.

Parabéns!

[2] Comentário enviado por izaias em 10/03/2011 - 15:25h

Justa referência você fez aos nossos amigos e colaboradores do openSUSE.

Complementou e enriqueceu os trabalhos sobre o openSUSE.

Ótimo trabalho!

[3] Comentário enviado por yaakov bourne em 10/03/2011 - 16:42h

Alguém sabe me informar se o OpenSuse 11.4 já tem suporte nativo a placa de rede sem fio da Realtek rtl8191SEva?
Ou ainda é preciso compilar o drive manualmente?

[4] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/03/2011 - 17:08h

Dê uma procurada nesse repositório e veja se tem o que você precisa:

http://download.opensuse.org/repositories/driver:/wireless/openSUSE_11.3/

Tem essa dica também:

http://oseomessias.wordpress.com/2010/12/28/instalando-a-rtl8191se-no-opensuse-11-3-do-jeito-facil/


Abraços!

[5] Comentário enviado por dbahiaz em 10/03/2011 - 18:09h

Belo trabalho, já é Favoritos!


[6] Comentário enviado por possiventura em 13/03/2011 - 10:39h

alberto, como configurar a internet no openSUSE 11.3 ( speedy ) ?
tadeu

[7] Comentário enviado por possiventura em 13/03/2011 - 10:40h

p.s. é LiveCD dp openSUSE !!!

[8] Comentário enviado por Fabio_Farias em 13/03/2011 - 20:10h

Olá amigo
Tente isso:

Pelo YaST:
Configurações da Rede > Aba opções globais > Método tradicional com o ifup. Confirme com um Ok.

De volta ao YaST > DSL > Adicionar > PPP sobre Ethernet > Ativar dispositivo durante a inicialização > Próximo > Provedores Personalizados > Novo > Nome do Provedor + Nome de Usuário + Senha > Próximo > Próximo > Ok.

Reinicie o computador e veja se conecta.

Pelo KNetworkManager:
No YaST em Configurações da Rede > Aba opções globais > Controlado pelo usuário com o NetworkManager > Ok.

Abra o KNetworkManager > Gerenciar conexões > Aba DSL > Adicionar > Nome do Serviço + Nome de Usuário + Senha. Marque a opção conectar automaticamente > Ok

Se aparecer a janela do KWallet cancele até ele desaparecer e quando puder remova ele. Eu pelo menos não gosto de usar ele para gerenciar senhas.

Reinicie o computador e veja se conectou.

Retorne para sabermos se deu certo.

Abraços!

[9] Comentário enviado por possiventura em 14/03/2011 - 03:06h

Fábio ,
muito obrigado pela dica.Estou navegando e digitando aqui do LiveCD openSUSE 11.3 GNOME.
tadeu
p.s. espero que funcione outras vezes (...não sei se aprendi direito )

[10] Comentário enviado por possiventura em 14/03/2011 - 05:17h

p.s. captura de tela ( screenshot ) para provar :
http://vivaolinux.com.br/screenshot/Gnome-consegui_openSUSE_14Mar11
Home » Screenshots » consegui_openSUSE_14Mar11

[11] Comentário enviado por albfneto em 14/03/2011 - 12:07h

ainda há outras possibilidades.
se o knetworkmanager falhar, tente com o WICD. funciona para todos os tipos de conexão, mas funciona principalmente nas wireless.

ainda, se vc configurar seu modem com roteador (rotear o modem) ou como bridge+rooter (como o meu DSLink) vai conecytar direto, pq a senha e login ficam embutidos na config do modem, deste modo, tudo vai conectar direto, qualquer Linux (inclusive do Live CD) e qualquer Windows.
também não uso Kwallet. se só voce mexe no micro, não é necessário. eu desativo em todos os meus linux.

Fábio, excesso de modéstia, vc não é um Iniciante no OpenSUSE. Inclusive, eu uso OpenSUSE, mas uso mais Sabayon do que OpenSUSE. Sabayon é a minha Distro principal.

[12] Comentário enviado por Fabio_Farias em 14/03/2011 - 13:57h

@possiventura
Obrigado pelo retorno. Que bom que deu certo. Precisando estamos aí.

@alberto
Obrigado por mostrar outras possibilidades de conexão. Eu não conhecia o wicd.
E não é excesso de modéstica não amigo, é verdade, eu sei pouco sobre o openSUSE. Mexo só na interface gráfica por isso não me arrisco em coisas complexas justamente pela falta de conhecimento e experiência nessa distro.

Seu trabalho ficou ótimo. Obrigado pela contribuição que deu aos usuários de openSUSE.

Abraços!

[13] Comentário enviado por removido em 14/03/2011 - 17:13h

Excelente artigo, parabéns!

[14] Comentário enviado por danilobs em 15/03/2011 - 20:01h

Vou testar o openSUSE...gostei muito do artigo!
Bom trabalho...

Abraço!

[15] Comentário enviado por Fabio_Farias em 15/03/2011 - 20:44h

Olá Danilo
No que precisar, se puder ajudar, conte conosco!
Abraços!

[16] Comentário enviado por albfneto em 19/03/2011 - 12:34h

COMPLEMENTOS e ATUALIZAÇÃO DO ARTIGO:

11 de Outubro de 2018.

1. PACOTES PARA OPENSUSE

Agora. anos depois, há uma outra maneira de achar pacotes para OpenSUSE. Use este Search Engine:

https://software.opensuse.org/search

1) MAIS UM JEITO DE ATUALIZAR REPOSITORIOS NO OpenSUSE:

1) Depois da publicação do artigo, encontrei mais uma maneira de atualizar os reposítórios para o OpenSUSE. Trata-se de uma Web, que automáticamente, adiciona repositórios para o OpenSUSE. Chama-se YaSTRS, o equivalente OpenSUSE do Easy URPMI (do Mandriva):

http://yastrs.hardon.co.il/index.php

2) LISTA DOS ESPELHOS OpenSUSE:

Lista dos Espelhos de OpenSUSE, contendo todos os Países, veja:

http://en.opensuse.org/openSUSE:Mirrors
http://mirrors.opensuse.org/
http://mirrors.opensuse.org/list/11.4.html

Veja também:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Repositorios-OpenSuSE-10.2/

3) USANDO PACOTES NOVOS

Recomendado apenas como Experimento,para usuários experientes.

Técnicamente falando, OpenSUSE não é Rolling Release,mas você pode deixar seu OpenSUSE com muitos pacotes novos
Isso pode ser feito com o comando zypper:

http://www.linux.com/learn/tutorials/225596-enhancing-opensuse-112-adding-repositories-and-packages-

ou edição manual de arquivos:

http://en.opensuse.org/Build_Service/Tips_and_Tricks#Adding_multiple_repositories_to_a_project

mas exige cuidado:

http://forums.opensuse.org/english/get-technical-help-here/applications/443275-i-ruined-my-yast-repo...

O jeito mais fácil e seguro, é abrir o Yast, como se fosse para adicionar mais repos, e ao invés disso, editar a linha de cada repositório, trocando as strings dos repos antigos pelos novos, em todos eles.

Alternativamente, edite cada arquivo da Pasta /etc/zypp/repos.d, trocando as strings .

Para facilitar, eis uma lista dos repositórios que uso:

OSS e non-OSS uso os do Brasil, UFPR.


modificados os repositórios, atualize a Distro com o YaST ou com o Zypper.

Depois abra o YaST e refine sua atualização,por exemplo removendo OpenOffice antigo etc...




[17] Comentário enviado por removido em 21/03/2011 - 20:41h

Muito bom mesmmo cara!!

Acabei de começar no openSUSE e estou lendo seu artigo.E ele está me ajudando muito a conhecer essa distro e usa-lá corretamente!!

Muito bom mesmo

+favoritos

=D

[18] Comentário enviado por possiventura em 10/08/2011 - 11:40h

fábio , no openSUSE 11.04 ( KDE e GNOME ) nõa consigo navegar na internet . pede sempre a instalação de um pacote : " linux-atm-lib " ". não sei o que fazer no 11.3 funciona tudo direito ( tanto que fix o download do 11.4 por causa dissso) . Houve alguma mudança ?
atenciosamente ,
tadeu filippini

[19] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/08/2011 - 12:04h

Tadeu. Você está tentando navegar através do LiveCD?

Abra um tópico novo com essa dúvida e já coloque essa informação que lhe pedi e me contate novamente.

Abraços!

[20] Comentário enviado por possiventura em 10/08/2011 - 13:27h

fábio , agora eu estou navagando através do LiveCD ..só que é do openSUSE 11.3 KDE .
funcionando bem !!!
vou abrir o tópico. obrigado pela dica. abraços.
tadeu filippini

[21] Comentário enviado por xerxeslins em 04/09/2011 - 18:58h

Que beleza de artigo! Parabéns mais uma vez! Está sendo de grande ajuda.

[22] Comentário enviado por samus em 06/07/2013 - 20:47h

olha... parabens pelo tempo e conhecimento dedicado neste material, não poderia sair do post sem pelo menos agradecer seu comprometimento.

[23] Comentário enviado por ZeMario em 14/04/2020 - 10:31h

Eu usei o comando abaixo como recomendado no artigo:
sudo zypper sa -r http://download.opensuse.org/repositories/smart/openSUSE_10.3/smart.repo
Obtive a seguinte resposta
flag r is not known.
Procurei na ajuda essa opção "-r" e não encontrei em canto nenhum.
Alguem pode me dizer o que fazer. Sou novo na comunidade.
SDS Sotero

[24] Comentário enviado por Fabio_Farias em 14/04/2020 - 10:54h

A versão atual do openSUSE é a 15.1

Os comandos informados nesse artigo não funcionam mais nessa nova versão. Sugiro postar sua dificuldade como uma pergunta no fórum para que os usuários possam ajudá-lo a solucionar seu problema.
Atenciosamente

Fábio


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts