openSUSE - As várias formas de atualizá-lo e de instalar pacotes

Este artigo sumariza, revisa e descreve quase todos os métodos conhecidos para instalar pacotes no openSUSE ou atualizar totalmente essa distribuição. Dentre esses métodos, recomenda-se aos iniciantes, principalmente o uso do YaST (clássico) e do 1-Click Install, e para os usuários experientes, o comando zypper.

[ Hits: 148.562 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 10/03/2011 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Instalar pacotes e/ou atualizar usando YaST



É o processo geral, considerado mais fácil e mais empregado, recomendado pela comunidade openSUSE, como processo oficial, e para os iniciantes:
1) YaST gráfico:

1a) Usa o próprio instalador de pacotes padrão do openSUSE, o YaST. Na realidade o YaST é um Centro de Gerenciamento e Controle muito completo, que faz muito mais coisas além de instalar pacotes!
No menu do openSUSE (GNOME ou KDE), procure por "Instale/Remova Programas". Abra-o. O aplicativo se chama YaST2.

Ele necessita dos repositórios, aonde vai localizar os pacotes RPM do openSUSE. Além de aceitar seus próprios repositórios, ele aceita como compatíveis também os repositórios do YUM (página 8).

Vá em "Configuração", "Repositórios", clique em "Adicionar". Se você não souber o nome do repositório, ou sua URL, procure automaticamente em "repositórios da comunidade" e muitos repositórios serão encontrados automaticamente, via Internet (Figura 1).
Para achar outros repositórios openSUSE e seus nomes e URLs, você também pode se basear na dica abaixo, adaptando-a para a versão mais nova do openSUSE:
e/ou consultar as home-pages abaixo:
1b) Adicione alguns, os repositórios que quiser (mas não adicione todos, porque pode haver lentidão ou conflitos).

Entre outros, sugiro que adicione o repositório da comunidade "Packman" (tem muitos pacotes importantes!) e os repositórios de placa de vídeo (NVIDIA), os de drivers para webcams e os de KDE ou de GNOME, e caso queira, os de Compiz, Java, Jogos etc.

Clique em "Habilitar" e "Atualizar Automaticamente". Se desejar, desabilite ou remova os repositórios para desenvolvedores, tipo "Debug" e "Source" por exemplo. Se estiverem habilitados, também desabilite ou remova os repositórios do Drive de CD-ROM (pacotes do DVD de instalação, não serão mais usados após a instalação).

Ficará algo como na Figura 2:
Clique em OK e os repositórios estarão adicionados.

1c) Para instalar um pacote é simples. Procure pelo nome do pacote em "pesquisar", marque-o e clique, embaixo, à direita, em "aceitar". O pacote será baixado e instalado automaticamente!

Vamos exemplificar com a instalação da suíte (navegador + mailer + cliente de notícias) chamada "SeaMonkey" (Figura 3):
Assim como fizemos com SeaMonkey, pode-se fazer com qualquer outro pacote ou pacotes.

1d) YaST também pode ser usado para atualizar a distro. Se você selecionou a opção "atualizar automaticamente", ao abrir o YaST ele lhe mostrará as atualizações a fazer, bastará marcá-las e clicar em "aceitar".

1e) Vale ainda salientar que se pode abrir o YaST gráfico, via linha de comando, tanto na interface QT ou em GTK. Em meus testes, verifiquei que não funciona com "sudo":

su
[senha de root]
# yast --qt
ou
# yast --gtk

A Figura 4 mostra o YaST gráfico, aberto nas interfaces QT e GTK.
Para mais detalhes sobre como usar o YaST, consulte os artigos de nosso amigo Fábio Farias:
Com isso, descrevemos a maneira padrão, recomendada e mais usada para instalar pacotes no openSUSE. Vamos ver os outros métodos.

2) YaST semi-gráfico:

2a) Em computadores antigos, ou caso o usuário queira, o YaST possui uma versão semi-gráfica, que pode ser controlada por meio do teclado, e pode ser usada inclusive fora do X-Window, fora da interface gráfica.

Para abri-lo, use os comandos abaixo. Em meus testes, verifiquei que não funciona com o "sudo" , pelo menos não na configuração do meu sistema.

su
[senha de root]
# yast
ou
# /sbin/yast

2b) Na tela que se abrirá (Figura 5):
você poderá procurar os pacotes, atualizar o sistema, instalar pacotes etc.

3) YaST em linha de comando:

3a) YaST também pode ser usado só na linha de comando. Para instalar ou atualizar um pacote, execute:

sudo yast -i (ou --install) NOME DO PACOTE
$ sudo yast --update NOME DO PACOTE


Por exemplo, na Figura 6, vê-se o YaST instalando o mensageiro instantâneo Emesene ("yast -i emesene"):
3b) Em linha de comando, o YaST também pode ser usado para instalar um pacote RPM (veja Página 6) que você baixou separadamente. Rode o comando no diretório onde o RPM foi salvo. Exemplo, se o pacote estiver na pasta /home/usuário:

sudo yast -i /home/usuário/NOME DO PACOTE.rpm

3c) Uma recente dica aqui no VOL mostra que o YaST ainda pode ser usado com interface Ncurses.

3d) Para outras maneiras de instalar um RPM previamente baixado, veja Páginas 1, 5 e 6-8.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução, resumo e objetivo do artigo e instalação do openSUSE
   2. Instalar pacotes e/ou atualizar usando YaST
   3. Usando 1-Click Install
   4. Usando PackageKit e suas interfaces gráficas
   5. Usando Zypper
   6. Usando RPMs diretamente
   7. Usando SMART
   8. Usando YUM
   9. Outros métodos e maneiras de instalar pacotes
   10. Observações e conclusão
Outros artigos deste autor

Symbaloo para uso em Química e Pesquisa Científica

Como usar o Bugzilla do Sabayon

Compiz e Compiz-Fusion no novo Sabayon Linux

Editores e processadores de texto para GNU/Linux

Regulando o desktop para trabalhar em máxima performance

Leitura recomendada

SuSE Linux Enterprise Desktop 10 - O novo desktop Linux da Novell

Monitorando Host via IPMI no Zabbix

LAMP no Fedora 17

Instalação do Lazarus no Slackware Linux

Instalando e configurando o VirtualBox

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/03/2011 - 13:36h

Excelente! Excelente! Excelente!

Um belo trabalho seu sobre essa distro Alberto.

Um guia de referência inigualável sobre o gerenciamento de pacotes no openSUSE. Como usuário (iniciante) dessa distro dou-lhe os parabéns por disponibilizar esse excelente material sobre o uso dos diversos modos de gerenciar pacotes no openSUSE.

Ficou ótimo ainda mais pela coincidência com o lançamento da nova versão do openSUSE que ocorreu hoje por volta das 12:00.

http://pt.opensuse.org

Um abraço e obrigado pelo trabalho realizado. Vai contribuir e muito para os usuários dessa distro.

Parabéns!

[2] Comentário enviado por izaias em 10/03/2011 - 15:25h

Justa referência você fez aos nossos amigos e colaboradores do openSUSE.

Complementou e enriqueceu os trabalhos sobre o openSUSE.

Ótimo trabalho!

[3] Comentário enviado por yaakov bourne em 10/03/2011 - 16:42h

Alguém sabe me informar se o OpenSuse 11.4 já tem suporte nativo a placa de rede sem fio da Realtek rtl8191SEva?
Ou ainda é preciso compilar o drive manualmente?

[4] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/03/2011 - 17:08h

Dê uma procurada nesse repositório e veja se tem o que você precisa:

http://download.opensuse.org/repositories/driver:/wireless/openSUSE_11.3/

Tem essa dica também:

http://oseomessias.wordpress.com/2010/12/28/instalando-a-rtl8191se-no-opensuse-11-3-do-jeito-facil/


Abraços!

[5] Comentário enviado por dbahiaz em 10/03/2011 - 18:09h

Belo trabalho, já é Favoritos!


[6] Comentário enviado por possiventura em 13/03/2011 - 10:39h

alberto, como configurar a internet no openSUSE 11.3 ( speedy ) ?
tadeu

[7] Comentário enviado por possiventura em 13/03/2011 - 10:40h

p.s. é LiveCD dp openSUSE !!!

[8] Comentário enviado por Fabio_Farias em 13/03/2011 - 20:10h

Olá amigo
Tente isso:

Pelo YaST:
Configurações da Rede > Aba opções globais > Método tradicional com o ifup. Confirme com um Ok.

De volta ao YaST > DSL > Adicionar > PPP sobre Ethernet > Ativar dispositivo durante a inicialização > Próximo > Provedores Personalizados > Novo > Nome do Provedor + Nome de Usuário + Senha > Próximo > Próximo > Ok.

Reinicie o computador e veja se conecta.

Pelo KNetworkManager:
No YaST em Configurações da Rede > Aba opções globais > Controlado pelo usuário com o NetworkManager > Ok.

Abra o KNetworkManager > Gerenciar conexões > Aba DSL > Adicionar > Nome do Serviço + Nome de Usuário + Senha. Marque a opção conectar automaticamente > Ok

Se aparecer a janela do KWallet cancele até ele desaparecer e quando puder remova ele. Eu pelo menos não gosto de usar ele para gerenciar senhas.

Reinicie o computador e veja se conectou.

Retorne para sabermos se deu certo.

Abraços!

[9] Comentário enviado por possiventura em 14/03/2011 - 03:06h

Fábio ,
muito obrigado pela dica.Estou navegando e digitando aqui do LiveCD openSUSE 11.3 GNOME.
tadeu
p.s. espero que funcione outras vezes (...não sei se aprendi direito )

[10] Comentário enviado por possiventura em 14/03/2011 - 05:17h

p.s. captura de tela ( screenshot ) para provar :
http://vivaolinux.com.br/screenshot/Gnome-consegui_openSUSE_14Mar11
Home » Screenshots » consegui_openSUSE_14Mar11

[11] Comentário enviado por albfneto em 14/03/2011 - 12:07h

ainda há outras possibilidades.
se o knetworkmanager falhar, tente com o WICD. funciona para todos os tipos de conexão, mas funciona principalmente nas wireless.

ainda, se vc configurar seu modem com roteador (rotear o modem) ou como bridge+rooter (como o meu DSLink) vai conecytar direto, pq a senha e login ficam embutidos na config do modem, deste modo, tudo vai conectar direto, qualquer Linux (inclusive do Live CD) e qualquer Windows.
também não uso Kwallet. se só voce mexe no micro, não é necessário. eu desativo em todos os meus linux.

Fábio, excesso de modéstia, vc não é um Iniciante no OpenSUSE. Inclusive, eu uso OpenSUSE, mas uso mais Sabayon do que OpenSUSE. Sabayon é a minha Distro principal.

[12] Comentário enviado por Fabio_Farias em 14/03/2011 - 13:57h

@possiventura
Obrigado pelo retorno. Que bom que deu certo. Precisando estamos aí.

@alberto
Obrigado por mostrar outras possibilidades de conexão. Eu não conhecia o wicd.
E não é excesso de modéstica não amigo, é verdade, eu sei pouco sobre o openSUSE. Mexo só na interface gráfica por isso não me arrisco em coisas complexas justamente pela falta de conhecimento e experiência nessa distro.

Seu trabalho ficou ótimo. Obrigado pela contribuição que deu aos usuários de openSUSE.

Abraços!

[13] Comentário enviado por removido em 14/03/2011 - 17:13h

Excelente artigo, parabéns!

[14] Comentário enviado por danilobs em 15/03/2011 - 20:01h

Vou testar o openSUSE...gostei muito do artigo!
Bom trabalho...

Abraço!

[15] Comentário enviado por Fabio_Farias em 15/03/2011 - 20:44h

Olá Danilo
No que precisar, se puder ajudar, conte conosco!
Abraços!

[16] Comentário enviado por albfneto em 19/03/2011 - 12:34h

COMPLEMENTOS e ATUALIZAÇÃO DO ARTIGO:

11 de Outubro de 2018.

1. PACOTES PARA OPENSUSE

Agora. anos depois, há uma outra maneira de achar pacotes para OpenSUSE. Use este Search Engine:

https://software.opensuse.org/search

1) MAIS UM JEITO DE ATUALIZAR REPOSITORIOS NO OpenSUSE:

1) Depois da publicação do artigo, encontrei mais uma maneira de atualizar os reposítórios para o OpenSUSE. Trata-se de uma Web, que automáticamente, adiciona repositórios para o OpenSUSE. Chama-se YaSTRS, o equivalente OpenSUSE do Easy URPMI (do Mandriva):

http://yastrs.hardon.co.il/index.php

2) LISTA DOS ESPELHOS OpenSUSE:

Lista dos Espelhos de OpenSUSE, contendo todos os Países, veja:

http://en.opensuse.org/openSUSE:Mirrors
http://mirrors.opensuse.org/
http://mirrors.opensuse.org/list/11.4.html

Veja também:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Repositorios-OpenSuSE-10.2/

3) USANDO PACOTES NOVOS

Recomendado apenas como Experimento,para usuários experientes.

Técnicamente falando, OpenSUSE não é Rolling Release,mas você pode deixar seu OpenSUSE com muitos pacotes novos
Isso pode ser feito com o comando zypper:

http://www.linux.com/learn/tutorials/225596-enhancing-opensuse-112-adding-repositories-and-packages-

ou edição manual de arquivos:

http://en.opensuse.org/Build_Service/Tips_and_Tricks#Adding_multiple_repositories_to_a_project

mas exige cuidado:

http://forums.opensuse.org/english/get-technical-help-here/applications/443275-i-ruined-my-yast-repo...

O jeito mais fácil e seguro, é abrir o Yast, como se fosse para adicionar mais repos, e ao invés disso, editar a linha de cada repositório, trocando as strings dos repos antigos pelos novos, em todos eles.

Alternativamente, edite cada arquivo da Pasta /etc/zypp/repos.d, trocando as strings .

Para facilitar, eis uma lista dos repositórios que uso:

OSS e non-OSS uso os do Brasil, UFPR.


modificados os repositórios, atualize a Distro com o YaST ou com o Zypper.

Depois abra o YaST e refine sua atualização,por exemplo removendo OpenOffice antigo etc...




[17] Comentário enviado por removido em 21/03/2011 - 20:41h

Muito bom mesmmo cara!!

Acabei de começar no openSUSE e estou lendo seu artigo.E ele está me ajudando muito a conhecer essa distro e usa-lá corretamente!!

Muito bom mesmo

+favoritos

=D

[18] Comentário enviado por possiventura em 10/08/2011 - 11:40h

fábio , no openSUSE 11.04 ( KDE e GNOME ) nõa consigo navegar na internet . pede sempre a instalação de um pacote : " linux-atm-lib " ". não sei o que fazer no 11.3 funciona tudo direito ( tanto que fix o download do 11.4 por causa dissso) . Houve alguma mudança ?
atenciosamente ,
tadeu filippini

[19] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/08/2011 - 12:04h

Tadeu. Você está tentando navegar através do LiveCD?

Abra um tópico novo com essa dúvida e já coloque essa informação que lhe pedi e me contate novamente.

Abraços!

[20] Comentário enviado por possiventura em 10/08/2011 - 13:27h

fábio , agora eu estou navagando através do LiveCD ..só que é do openSUSE 11.3 KDE .
funcionando bem !!!
vou abrir o tópico. obrigado pela dica. abraços.
tadeu filippini

[21] Comentário enviado por xerxeslins em 04/09/2011 - 18:58h

Que beleza de artigo! Parabéns mais uma vez! Está sendo de grande ajuda.

[22] Comentário enviado por samus em 06/07/2013 - 20:47h

olha... parabens pelo tempo e conhecimento dedicado neste material, não poderia sair do post sem pelo menos agradecer seu comprometimento.

[23] Comentário enviado por ZeMario em 14/04/2020 - 10:31h

Eu usei o comando abaixo como recomendado no artigo:
sudo zypper sa -r http://download.opensuse.org/repositories/smart/openSUSE_10.3/smart.repo
Obtive a seguinte resposta
flag r is not known.
Procurei na ajuda essa opção "-r" e não encontrei em canto nenhum.
Alguem pode me dizer o que fazer. Sou novo na comunidade.
SDS Sotero

[24] Comentário enviado por Fabio_Farias em 14/04/2020 - 10:54h

A versão atual do openSUSE é a 15.1

Os comandos informados nesse artigo não funcionam mais nessa nova versão. Sugiro postar sua dificuldade como uma pergunta no fórum para que os usuários possam ajudá-lo a solucionar seu problema.
Atenciosamente

Fábio


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts