Otimizando o Sabayon Linux (inclusive o Firefox)

Este artigo descreve (ou fornece links para) várias coisas que você pode fazer para acelerar o seu Sabayon Linux. Adaptando os comandos e os procedimentos, as dicas podem ser usadas para outras distribuições. São dicas, porque você não precisa fazer tudo o que está descrito, somente o que quiser, ou puder.

[ Hits: 31.620 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 15/02/2013 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Introdução



Dentre as muitas distribuições GNU/Linux existentes, o Sabayon, embora seja um GNU/Linux grande e completo com muitos pacotes (assim como o Mandriva Free, o openSUSE, o Fedora etc), costuma funcionar em performance bastante alta, em computadores grandes.

Entre outros motivos vários, e por ser baseado em arquitetura Gentoo, conhecida por sua velocidade decorrente da compilação (no caso do Sabayon, semicompilação e adaptação ao Hardware) dos pacotes ao micro e ao fato de ser um GNU/Linux modular, Metadistribuição.

Além disso, os Gentoos-like permitem muita personalização e controle das ações do micro. Por esta razão, pelo mundo, outros usuários procuram otimizar o Sabayon:
Neste artigo, vamos ver e fazer algumas sugestões, conselhos sobre como deixar seu, já rápido, Sabayon ainda mais rápido do que é, aumentando a performance tanto da distro como dos navegadores, instaladores de pacotes, etc.

Coloco como "dicas", porque você não precisa fazer tudo, só o que quiser, posto que, ao aumentar a performance, pode comprometer a beleza gráfica e os recursos intuitivos para o usuário final. Resumindo, quanto mais rápido, mais simples (K.I.S.S.), e vai em direção à linha de comando.

De fato, enquanto eu preparava este longo artigo, saiu uma publicação aqui no VOL, do colega Lucas com algumas das coisas que fiz aqui:
Os procedimentos aqui descritos são mais apropriados para Desktops e estações de trabalho, do que para Netbooks/Notebooks, geralmente menores, com pouca autonomia de bateria e mais voltados para portabilidade e conexão com Internet do que para performance.

A) Pacotes de Benchmark e medidas iniciais

Para iniciarmos, antes de fazermos outros procedimentos, vamos instalar pacotes que permitam efetuar medidas de performance (Benchmark), e aplicá-lo ao Sabayon default.

Poderíamos usar uma suíte profissional de testes de performance, chamada Phoronix:
Mas, para facilitar, usaremos pacotes mais simples, como o HardInfo. Veja nestes artigos:
Pode usar ainda outros pacotes mais leves, como SysBench, instalável em Sabayon com os comandos:

# equo up && equo u
# equo i hardinfo sysbench


Instalados os pacotes, vamos rodar primeiro o HardInfo, sessão de Benchmark, em condições rotineiras de uso, com o mínimo possível de programas abertos, sem navegar, sem ouvir som, sem editar vídeos, etc.

Observe que a performance já é bem alta. Veja a figura:
E o log de Benchmarks do HardInfo:
Agora vamos usar o SysBench, rode estes comandos:

sysbench --test=cpu run
$ sysbench --test=memory run


Eis a saída dos testes (default, de CPU e RAM), em um Sabayon atualizado até a versão 10.0, em condições iniciais (sem otimizações) e em uso normal, navegando e com vários aplicativos abertos:

sysbench --test=cpu run
sysbench 0.4.10:  multi-threaded system evaluation benchmark

Running the test with following options:
Number of threads: 1

Doing CPU performance benchmark

Threads started!
Done.

Maximum prime number checked in CPU test: 10000


Test execution summary:
    total time:                          28.8992s
    total number of events:              10000
    total time taken by event execution: 28.8863
    per-request statistics:
         min:                                  2.79ms
         avg:                                  2.89ms
         max:                                 16.83ms
         approx.  95 percentile:               2.95ms

Threads fairness:
    events (avg/stddev):           10000.0000/0.00
    execution time (avg/stddev):   28.8863/0.00

albfneto@sabayon ~ $ sysbench --test=memory run
sysbench 0.4.10:  multi-threaded system evaluation benchmark

Running the test with following options:
Number of threads: 1

Doing memory operations speed test
Memory block size: 1K

Memory transfer size: 102400M

Memory operations type: write
Memory scope type: global
Threads started!
Done.

Operations performed: 104857600 (187178.11 ops/sec)

102400.00 MB transferred (182.79 MB/sec)


Test execution summary:
    total time:                          560.2023s
    total number of events:              104857600
    total time taken by event execution: 425.7483
    per-request statistics:
         min:                                  0.00ms
         avg:                                  0.00ms
         max:                                 21.71ms
         approx.  95 percentile:               0.00ms

Threads fairness:
    events (avg/stddev):           104857600.0000/0.00
    execution time (avg/stddev):   425.7483/0.00

Por esses testes, já se pode ver que o Sabayon tem relativa boa performance em máquinas grandes (Ex.: média de 2,95 microssegundos por operação de cálculo).

Se desejar, também alguns itens de Hardware, como por exemplo discos rígidos, podem ter seu desempenho verificado com aplicativos em linha de comando, ou por Smartmontools, do GNOME.

Veja, por exemplo:
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Ponto de partida: hardware e providências iniciais
   3. Deixando o boot e sistema mais rápidos
   4. Deixando o kernel mais rápido
   5. Acelerando aplicativos e pacotes
   6. Acelerando instaladores de pacotes e atualizadores do Sabayon
   7. Otimizações adicionais
   8. Resumo, testes e comparação
Outros artigos deste autor

Experimento com Linux (parte 2): de Sabayon a... Gentoo e Funtoo!

Regulando o desktop para trabalhar em máxima performance

Recuperação do arquivo sudoers - comandos su e sudo não funcionam mais [Resolvido]

Experimentos com GNOME3 em instalações contendo outros ambientes gráficos

ATI Catalyst Radeon Graphics no Sabayon Linux - Instalando e configurando drivers proprietários

Leitura recomendada

Apache - Compartilhamento de Recursos - VirtualHosts

APTonCD - Seu repositório portátil

Atualizando o Slackware com SlackGrade

Softmodem em Linux com dois kernels

Afinal, o que há de tão especial no KDE 4?

  
Comentários
[1] Comentário enviado por xerxeslins em 15/02/2013 - 18:43h

Não sou usuário de Sabayon, mas achei o artigo excelente e quem sabe um dia eu vá usá-lo. Nota 10.

[2] Comentário enviado por removido em 15/02/2013 - 20:50h

Muito bom o artigo Alberto!

[3] Comentário enviado por edgalvao em 16/02/2013 - 20:13h

Caro Alberto, realmente parabéns pelo artigo, é fantástico! embora tenha me cadastrado a pouco sou fã dos seus artigos a algum tempo. Estou tentando seguir esse, porém na instalação dos pacotes boost, somente foi encontrado o boost e o boost-build os demais não, tem alguma idéia? obrigado antecipadamente.

[4] Comentário enviado por izaias em 17/02/2013 - 21:20h

Apliquei as configurações no Firefox.

Ótimo artigo!

[5] Comentário enviado por albfneto em 25/02/2013 - 12:19h

COMPLEMENTOS E ATUALIZAÇÕES PARA O ARTIGO:

Atualizado até 21 de Julho de 2014.

sôbre Boost:

Nos Sabayons mais atuais, os pacotes do Boost antigos foram removidos, pois considerados obsoletos, deprecated e foram sistematizados dentro dos pacotes de Boost e Boost Build. basta instalar esses:

$ sudo equo i boost boost-build

Mas se quiser os outros, os achará em diversos Overlays do Gentoo:

http://gpo.zugaina.org/Search?search=boost

pode instalá-los com Portage, emerge:

$ sudo layman a NOME DO OVERLAY
$ sudo layman -S
$ emerge -av NOME DO PACOTE

Sobre aplicação a outras Distros:

Embora eu tenha feito para Sabayon, certas otimizações, como as do Firefox, podem ser feitas para outras distros, e mesmo os serviços iniciados, pode ser modificados em outras distros, com comandos equivalentes.

Também pacotes como Preload e VeryNice, devem existir para outras dIstros.

Portanto, parte do conteúdo do Artigo pode ser usado para otimizar outras Distros.

Além do Preload,outro pacote acelerador é o Prelink.

Mais otimizações para o Firefox, veja aqui:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/13-dicas-uteis-para-o-aboutconfig-do-Firefox


[6] Comentário enviado por MarceloTheodoro em 14/08/2013 - 11:31h

Comecei usar Sabayon esses dias. Me surpreendi com o ótimo desempenho.
Seguirei algumas dessas dicas logo que pegar um pouco mais de experiência. Esse artigo ficou perfeito! Muito bem feito.. ;)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts