Virtualização de desktops, uma solução econômica?

A administração dos desktops em qualquer organização sempre foi um desafio. Sempre preocupados em procurar meios para melhorar os processos, reduzir custos, aumentar desempenho e simplificar o gerenciamento, os administradores de redes vem procurando novas soluções para atender esses problemas. Com isso administradores têm usado a VD.

[ Hits: 54.800 ]

Por: Bruno Macagnani em 02/05/2009 | Blog: http://brunomacagnani.googlepages.com


Virtualização hoje



Virtualização não é um conceito novo, ela tem sido usada há décadas para os mais variados graus de complexidade de segurança e processamento distribuído (HAGEN, WILLIAM, 2008). Um dos usos de sistemas baseados em máquinas virtuais é a "virtualização dos terminais".

Em vez da utilização de vários equipamentos com seus respectivos sistemas operacionais, utiliza-se somente um computador com máquinas virtuais abrigando os vários serviços e aplicações.

Benefícios da utilização de máquinas virtuais

Muitos dos benefícios das máquinas virtuais utilizados nos mainframes também são consideráveis aos computadores pessoais.

Várias são as vantagens de seu uso:
  • Aperfeiçoamento de sistemas operacionais, usando a máquina virtual pode fazer testes sem afetar o sistema hospedeiro;
  • Auxílio no ensino prático de sistemas operacionais e programação ao permitir a execução de vários sistemas no mesmo equipamento;
  • Executar vários sistemas operacionais diferentes sobre o mesmo hardware;
  • Simular configurações e diversas situações do mundo real, a fim de aperfeiçoar sistemas ou hardwares;
  • Garantir portabilidade das aplicações;
  • Desenvolvimento de novas aplicações para arquiteturas diferentes;
  • Diminuição de custo com hardware, utilizando a consolidação de servidores;
  • Gerenciamento de fácil acesso;
  • Possibilidade de prover um serviço específico a um determinado cliente, como itens de segurança ou configurações extras sem afetar outros sistemas virtualizados ou sistema hospedeiro.

Dificuldades de implementação da virtualização

Apesar de todos os benefícios citados, a virtualização tem pontos que a deixam inviável para implementação de acordo com o caso.

Alguns itens que dificultam a implementação:
  • Processador não virtualizado: A arquitetura dos processadores Intel 32 não permite a virtualização. Segundo "Formal Requirements for Virtulizable Third Geration Architectures", uma arquitetura pode suportar máquinas virtuais somente se todas as instruções aptas a inspecionar ou modificar o estado privilégio da máquina forem executadas em modo mais privilegiado e puderem ser intersectadas (LAUREANO, MARCOS, 2008);
  • Arquitetura aberta: Como existe uma vasta quantidade de equipamentos (devido à arquitetura aberta do PC), o monitor de tarefas teria de controlar todos esses dispositivos, o que requer um grande esforço de programação;
  • Preexistência de software: Em mainframes, que são configurados por administradores, os desktops normalmente já vem com um sistema operacional ativo, que é justamente para o usuário final. Em um ambiente como esse, é de suma importância permitir que o usuário possa utilizar a tecnologia das máquinas virtuais, mas sem perder a estabilidade e facilidade de seu sistema padrão;
  • Maior necessidade de gerenciamento: à medida que cresce o número de sistemas virtualizados, o nível de gerenciamento aumenta com o mesmo rigor que qualquer sistema. Os administradores precisam dedicar mais tempo e esforços para gerenciar configurações, patches, níveis de software e segurança. Além de um monitoramento mais rigoroso em relação a desempenho, utilização de recursos. Com isso o custo de gerenciamento de ambientes aumenta significativamente;
  • Segurança e exposição a riscos: sem um controle adequado, os sistemas virtuais podem se tornar rapidamente portas alternativas não autorizadas para todo o ambiente corporativo de T.I. Como exemplo pode-se citar os hackers, que poderão acessar o ambiente facilmente se não for efetuada uma segurança de maior eficiência.

A grande desvantagem é o custo adicional de execução dos processos em comparação a máquinas reais e upgrade de equipamentos (LAUREANO,MARCOS, 2008).

Além de considerar as exigências especiais de hardware para SOs e aplicativos guest, o administrador de sistemas deverá se certificar que o computador host também seja suportado. Algumas soluções de virtualização de servidores apresentam exigências específicas de hardware para o computador host. Componentes como controladores de disco e adaptadores de rede deverão estar na lista de itens aprovados de hardware para serem suportados pelo fornecedor da virtualização (DESAI, ANIL, 2008).

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Formas da Virtualização
   3. Técnicas da Virtualização
   4. Virtualização hoje
   5. Virtualização de desktops
   6. Vantagens de uso
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Ventoy: crie pendrives multiboot para quantas e quais ISOs quiser

OpenAudit - Sistema de inventário

AnyRemote - o poder em suas mãos!

Instalando o plugin do Kaffeine (player de vídeo)

SIAGES: Uma oportunidade de negócio com software livre

  
Comentários
[1] Comentário enviado por gesousa em 02/05/2009 - 13:33h

Seu Artigo ficou muito bom, só senti falta de mencionar a solução de virtualização Kernel-based Virtual Machine (KVM), que hoje é a única que se encontra de forma oficial incorporado no kernel do linux, e utiliza uma forma híbrida de paravirtualização, mas tem algumas características interessantes.
É um programa no espaço do usuário que utiliza a interface /dev/kvm para configurar a maquina virtual convidada, que repassam através da interface as informações para o host.
Atualmente é mantida pela RED HAT, é um das grandes vantagens desta plataforma, foi ser a primeira a conseguir a migração de VM entre plataformas diferentes Intel/AMD em tempo real. há um video demostrando a migração em tempo real.

http://www.youtube.com/watch?v=EuhU6jJjpAQ

Outro ponto apenas para demostrar a importância da virtualização no mercado de TI atualmente é que todas as tecnologias de virtualização, foram recentemente adquiridas por grandes players da TI mundial em questões de meses.

VMware -> EMC
VirtualBox -> Sun Microsystems
XEN Server -> Citrix
KVM -> Red Hat

[2] Comentário enviado por brunomacagnani em 02/05/2009 - 14:04h

Obrigado Gesousa, esse tema é o de meu TCC que vou defender ainda estou desenvolvendo mais itens mas vou deixar anotado o que voce citou..

Obrigado

[3] Comentário enviado por joserribeirojuni em 02/05/2009 - 15:27h

Cara, a virtualização é um dos assuntos mais interessante que tenho em mente, A faculdade que eu curso trabalha com 3 servidores fisicos e 11 maquinas emulada, é muito show como isso funciona , os ganhas financeiros que é possivel obter com isso, parabéns pelo artigo, está muito bem organizado parabéns !

[4] Comentário enviado por grandmaster em 05/05/2009 - 21:22h

Sim, acabei de realizar um projeto de padronização e virtualização dos servidores de onde trabalho.

Show de bola.

Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[5] Comentário enviado por lord_roxton em 18/05/2009 - 15:20h

Caro Bruno, vc tem alguma experiência com virtualização de desktops?
William

[6] Comentário enviado por brunomacagnani em 18/05/2009 - 16:36h

William depende do que voce chama de experiencia... Estou estudando muito essa parte do que precisar estamos ai.

Abracos

[7] Comentário enviado por Tacioandrade em 15/05/2012 - 09:37h

Bruno, estou pensando em fazer um TCC na área, você conhece algum autor que tenha algo nesta área?


Att. Tácio Andrade.


Contribuir com comentário