VIM avançado (parte 2)

Neste segundo artigo da série falo sobre a personalização do vim: abreviações, uso de auto-completar, teclas de atalho e um pouco sobre a identação.

[ Hits: 50.084 ]

Por: Ricardo Rodrigues Lucca em 08/10/2005 | Blog: http://aventurasdeumdevop.blogspot.com.br/


Mapeando o teclado



O vim é altamente personalizável, não só as abreviações são uma sacada e tanto, como também podemos criar atalhos alterando os botões diretamente para fazerem alguma coisa. Vejamos:

Comando O que faz?
:map Lista todos os atalhos de teclado.
:map tecla_a_ser_pressionada o_que_ira_fazer Ao se pressionar a tecla determinada irá executar a ação definida.
:unmap tecla_a_ser_pressionada Remove o mapeamento de tecla criado anteriormente(se existir).


Sobre o comando map e unmap, é importante ressaltar que tecla_a_ser_pressionada muitas vezes pode ser escrita automaticamente apenas pressionando-se o botão. Como no caso do F5, que ao apertá-lo aparecerá "<F5>". Mas, também nada nós impede de escrever "<F5>", que é o correspondente da tecla.

Um exemplo de mapeamento de teclado pode ser: ":map <F10> <ESC>:q!<ENTER>". Ao se pressionar a tecla F10, será apertado ESC (se estiver em modo de inserção, voltaremos ao modo de comando) e será digitado: ":q!" e por fim será apertado <ENTER>. Assim, fazendo fazenda uma saída rápida do nosso editor favorito que valerá para todos os modos do vim.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Auto-completar
   3. Abreviações
   4. Mapeando o teclado
   5. Terminando as personalizações
   6. Dicas -> identação
   7. Conclusões
Outros artigos deste autor

Introdução à linguagem C - Parte IV

Linux Básico - Parte II

VIM avançado (parte 1)

Usando MySQL na linguagem C

Conceitos sobre o X-Window

Leitura recomendada

Guia de referência do ISOLINUX (parte 1)

Procedimentos para flash do DIR-300 com DD-WRT e OpenWRT - versão 2

Gerenciamento de pacotes no Slackware Linux

Apache + SSL + PostgreSQL + Mod_auth_pgsql + PHP

Formatos de áudio sem perda sonora (lossless)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por gsi.vinicius em 13/03/2006 - 15:09h

mto bom.....mtas informações úteis...

[2] Comentário enviado por FelipeAbella em 12/08/2006 - 19:30h

Nossa, quando descubri o vim, não sei como eu programava sem ele...

Parabéns pelo artigo, muito rico e útil.

[3] Comentário enviado por matheuss32 em 04/08/2013 - 05:09h

Valeu!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts