Sucata - Dicas de compra

Apesar do barateamento dos itens de informática, nem sempre é possível comprar um computador novo. É comum encontrar um intenso comércio de computadores usados. Além disso, em empresas é costume reaproveitar computadores antigos. Neste primeiro artigo da série "sucata" apresento alguns fatores a se observar na aquisição de computadores antigos.

[ Hits: 26.048 ]

Por: Fernando de Sá Moreira em 26/06/2007 | Blog: http://lattes.cnpq.br/2269235326367932


Dicas de compra



Vão algumas dicas para a hora de comprar um PC antigo:

1) Tome cuidado ao comprar em uma loja não-especializada, normalmente o computador é de um terceiro. A loja apenas ganha a comissão da venda, por isso não fez uma revisão completa no equipamento e não oferece garantia. Aparentemente a única vantagem de comprar em uma loja é a possibilidade de parcelamento;

2) Na hora de comprar de um desconhecido ou de um amigo, não compre se não puder revisar o equipamento antes e de combinar ações para possíveis problemas (como o mal funcionamento de algum componente). Não é legal, depois de instalar o equipamento em casa, descobrir que a placa de rede não funciona; pior ainda é tentar convencer o amigo a comprar uma placa de rede nova;

3) Peça todos os CDs, disquetes e manuais do computador que o vendedor tiver (normalmente não terá nenhum, mas caso tenha é importante que você leve para casa). Caso o vendedor não possa te fornecer essas informações, como primeira providência antes de fechar negócio, baixe os manuais (sobretudo o da placa-mãe) da internet;

4) Tenha em mente que você provavelmente vai gastar mais dinheiro, além daquele para a compra para deixar o computador 100%, por isso é importante revisar antes da compra, você precisa saber o quanto terá que gastar além. Os componentes que normalmente precisam de troca são: 1) bateria da placa-mãe; 2) drive de disquete; 3) cooler. Além disso, é importante pensar sempre na compra de pentes de memória para maximizar o desempenho do bicho;

5) Pense em cada componente, principalmente para poder fazer melhoras depois:

5.1) Placa-Mãe: Em caso de computadores muito antigos (cerca de 10 anos de uso, como um 233 MHz), certifique-se que a bateria está funcionando corretamente (fácil de resolver se não estiver) e que a placa suporte suporte memórias DIMM (o que torna o computador mais expansível; memórias EDO de grande capacidade, qualidade e baratas são difíceis de achar). Em computadores mais novos (500 MHz pra cima), além da bateria, certifique-se se tem suporte a memórias DDR ao invés de DIMM (pois são mais rápidas e permitem maior expansão);

5.2) Memórias: Cuidado, só porque o computador liga não quer dizer que a memória está funcionando corretamente. Verifique se o computador não está travando ou reiniciando freqüentemente por conta da memória. Quando se compra um computador antigo é difícil e, por vezes, caro comprar novas memórias, e quanto mais antigo for, mais difícil a reposição. Não compre computadores com capacidade menor do que 64MB, ou que você não possa expandir para tanto ou mais, principalmente se você está pensando no seu uso como computador pessoal. A maior dificuldade no uso de um computador antigo é a quantidade de memória disponível, não a capacidade de processamento;

5.3) HD: É comum HDs antigos apresentarem bad blocks, isso não um grande problema, mas verifique sempre a presença de erros nele. Placas-mãe antigas não suportam HDs mais novos, de grande capacidade (a partir de 20GB nos mais antigos). Embora alguns sistemas operacionais, como o Linux, acessem diretamente o HD, e, portanto, tornam possível usar um HD de alta capacidade, algumas placas-mãe travam ao não conseguir o reconhecimento, o que obriga ou a retirada do HD, ou a atualização da BIOS. É recomendável testar a reação da máquina com um HD novo instalado;

5.4) CD e disquete: É comum o drive de disquete não funcionar, trocá-lo é barato e não há qualquer dificuldade nisso, não há inovações nos drives de disquete, portanto, não há incompatibilidade. Quanto aos leitores de CD, procure sempre um gravador de CD, lembrando que, mesmo que o gravador seja de alta velocidade (52x, por exemplo), a velocidade do processamento e a quantidade de memória disponíveis na máquina vão limitar a velocidade de gravação (no meu 233 Mhz, dado os softwares que utilizo, não consigo gravar além de 8x);

5.5) Processador e Cooler: Tome cuidado ao comprar computadores com clock abaixo de 233 MHz, para a maior parte dos usuários 500 MHz é o ideal. Quanto ao Cooler, certifique-se que ele está funcionando corretamente, computadores antigos esquentam menos, às vezes o cooler não está sequer funcionando, mas aparentemente o computador funciona. Muito cuidado com as aparências, só compre se o cooler estiver bom, ou se tiver certeza que conseguirá um de reposição, nem sempre é fácil encontrar coolers para processadores antigos.

5.6) Demais placas: Além de verificar o funcionamento das placas, preferindo sempre as com barramento PCI, em detrimento das ISA (difíceis de substituir e de menor qualidade), tenha certeza que está levando um computador com suporte à USB (o que vai permitir que você use periféricos modernos). Como o funcionamento das placas depende do SO, pode comprar qualquer placa que tenha suporte para o seu sistema operacional (cuidado apenas para não comprar uma placa com um barramento que sua motherboard não possua, normalmente AGP);

5.7) Monitor: Não compre um computador antigo de olho no monitor que você "ganhará" com ele. Monitores antigos costumam gastar mais energia e não suportam freqüências e resoluções comuns hoje. No meu 233, o monitor não suporta resoluções superiores à 800 x 600. Assim, se você está pensando no valor de revenda do monitor ou que monitores CRT não tem diferenças, enganou-se. Embora, comprar um monitor separadamente não compense, pois na maioria das vezes estão nas mãos de lojistas, que não estão com pressa de vendê-los - eles costumam elevar o preço para incentivar a compra de um monitor novo -. Se o preço do computador como um todo está bom, compre pelo computador todo, não pelo monitor.

6) Não há tabela de preços para computadores antigos, negocie sempre. Não há o "quanto vale", há o "quanto estou disposto a pagar" em relação com o "o quanto o vendedor está disposto a vender". Normalmente, os preços variam de R$ 100,00 à R$ 400,00 para qualquer computador até 500 MHz. O importante é negociar.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Dicas de compra
   3. Links
Outros artigos deste autor

A Vida em Preto e Branco I - Pebrot, MSN em modo texto

Usa Firefox? Expanda-o

Sucata - Evite gargalos de hardware

Pensando sobre Web 2.0

Sucata - Que SO usar em PCs antigos?

Leitura recomendada

Configurando impressoras no programa do SERPRO / Emulador 3270

Mandrake x LG

Recuperando seus dados com o "truque da geladeira"

Instalando Token da OAB no Linux Mint 17.3 (Rose)

Linux funcionando 100% no Notebook LG LE50 Express

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jllitvay em 26/06/2007 - 08:37h

eu montei uma máquina que é o meu xodó:
Placa mae Tyan 1564IV Dual processor pentium 233 MMX
Voodoo3-2000 PCI
Placa de rede 3Com PCI
Mouse serial
Placa SCSI Adaptec ISA com um HD de 1g para swap e home
HD IDE de 10G
Cdrom e disquete
Placa de som ISA Crystal PNP
Modem USRobotics ISA
160Mb de ram SIMM
e obviamente um Slackware 11 todo recompilado otimizado para Pentium-mmx Dual.
Tenho planos de completar os slots de memória com o máximo da placa: 512, mas se conseguir completar 256 já me dou por satisfeito.
Abraços aos amantes de hardware antigos!! :D

[2] Comentário enviado por removido em 26/06/2007 - 09:25h

CARA, EXCELENTE ARTIGO!!!
como você disse que será uma série de artigos, eu me proponho (se você quiser) a ajudar nesses artigos, mesmo que não me conte pontos, só pq é muito loko mesmo...

eu também tenho um xodó...

Pentium II 400MHz
Placa mãe Asus P2B98-XV
640 Mb de RAM DIMM pc-100
Hda - Seagate 8.4 gb
Hdb - Seagate 40gb
Hdc - DVD-RW LG SIC (Santa ifigênia Corporation)
Hdd - Maxtor 20 gb
GeForce 4 MX-440 pci 32mb - em breve de 128mb...
Placa de som Sound Blaster (Não me lembro o modelo certinho aogra)...
rede realtek(Não me lembro o modelo agora tb)...
Modem LG-I56N
Mouse Usb Wireless
Teclado Multimídia - à pampa...
cx de som 2.1 2500 Watts
Web cam genéricona, logo terei uma boa...
gabinete ainda de 3 baias, mas logo um de 4 baias...
Monitor de 15 recém comprado (usado) - logo um lcd de 17...
S.O Linux Slackware 11 2.4.33 ainda não fiz funcionar o 2.6.17.13 por causa do modem... (rsrsrs)...

xcompmgr roda liso
transset-df roda liso
3ddesk roda liso
Cube Unix - roda liso

por incrível que pareça até o Windows XP com um monte de frescura roda liso...

não vendo por dinheiro nenhum... :-)

[3] Comentário enviado por hsantos em 26/06/2007 - 10:10h

Legal mesmo esta reportagem . Em se tratando de maquinas velhas, deve-se ficar atendo a leiloes que ocorrem na net . A alguns meses atras consegui comprar um Servidor antigo em bom esta de uso da Siemens com fita Dat e tudo . Um maquina que nao aguentava o tranco de grandes aplicacoes para vc "brincar" em casa estava excelente !

[4] Comentário enviado por mrazec em 26/06/2007 - 10:36h

Ficou muito bom o Artigo,
Eu mesmo tenho um k6 2 que montei com doaçoes de amigos, e ficou muito bom utilizo slackware nele, Nunca descarto um pc antigo gosto e sempre acha uma utilidade para ele.
Tenho um 486 DX2.....guardadinho rsrs um dia quem sabe ressucitarei ele rs....E é exatamente o que vc disse a melhor forma de aprender é com PCS ANTIGOS fazer experiencias.
Muito bom o Artigo....

[]'s
Razec - [email protected]

[5] Comentário enviado por adrianoturbo em 26/06/2007 - 21:48h

Baseado neste seu artigo estou pensando em breve fazer um artigo de como montar uma estrutura de terminais burros de acesso a Internet utilizando máquinas arcaicas que pode levar informação e diminuir a exclusão social de nosso país.

Parabéns pelo artigo show de bola.

[6] Comentário enviado por virgulla em 26/06/2007 - 22:58h

parabéns...
mais um excelente artigo seu, sempre inovando nos temas !
Abraço

[7] Comentário enviado por riick em 27/06/2007 - 00:21h

Ótimo artigo, cara...
Me deu até a idéia de montar um pc antigo pra mim.

Abraço.

[8] Comentário enviado por e-raizer em 19/07/2007 - 10:09h

Oi. Sou novo na comunidade e esou precisando de alguma dica para instalar o slackware em um AMD K6-II 500 MHz, PLACA PC-CHIPS SYS 530. Se alguém puder ajudar, fico muito grato. ;)

[9] Comentário enviado por darkstarfire em 23/04/2008 - 22:50h

Legal, esta semana comprei um pc velho de um amigo meu.

preço: R$ 300,00

configuração:

proc AMd duron 1.2Ghz
mem 128 dim (tinha um pente de 128mb, então ficou com 256mb)
placa mãe pcchips toda onboard
hd de 20 Gb
monitor proview dse 15 polegadas

ainda ñ fiz nada nele, mais no final de semana enfio um slackware 12 nele, acho que vai da pra rodar bem lisinho

[10] Comentário enviado por nandoportela em 08/02/2009 - 14:38h

Rapaz, nós temos realmente muito em comum na forma de pensar. Lendo o seu artigo, me indentifiquei de imediato. Até parece que foi escrito por mim. rs
Tenho uns micros antigos que eu comprei e afinei pra instalar diversas distros linux e aprender a mexer.
O mais antigo é um Pentium MMX 233 com 256 de RAM e o mais novo um Pentium 3 866 de 512
Mesmo no jurássico Pentium eu consigo fazer QUASE tudo que um usuário médio faz hoje. Digo quase porque falta força para processamento em aplicações multimídia mais exigentes, gravação de DVD etc.
Mas é uma puta maquininha com quem eu aprendi tudo que sei a respeito do linux. Como não é a minha máquinha de produção, eu não sinto pena em experimentar e remexer as estruturas do kernel.
Por isso são as melhores máquinas para quem realmente gosta de informática.

[11] Comentário enviado por edersonhonorato em 10/10/2010 - 01:43h

É, com certeza posso dizer que estou em casa, cercado por pessoas que tem muito em comum...

Também tenho minhas velharias aqui em casa que uso para minhas experiências e que fazem da tristesa da minha mulher(ficam todas no meu quarto, hehehe)...

Segue a lista:

486DX100 32MB RAM - Rodando uma distro que desenvolvi baseada no Basic Linux
Pentium 166 64MB RAM - Rodando o Conectiva 6 (com WindowMaker), uma verdadeira bala. :)
Pentium 233 128MB RAM - Estou pensando em instalar o Debian Sarge nele
AMD Duron 1Ghz 1Gb RAM - Do meu filho rodando o XP(ele gosta do linux mas gosta também de jogos do windows...fazer o que???)
Athlon XP 2200+ 1Ghz RAM - É velho mas tá pago... :) É, esse aqui é meu, ainda rodando o Debian Etch, pois estou com medo de trocar de sistema e a coisa ficar pesada demais aqui. Entretanto, supre minhas necessidades, além do mais não vejo motivos pra trocar nem de máquina, nem de sistema operacional.

Ainda tenho um notebook 486 16MB RAM rodando minha distro(com interface icewm e tudo mais...) e um 386 16MB RAM desmontado(mas tenho todos os componentes) que ainda pode virar algo.

Brinco muito com essas máquinas e já fiz de tudo um pouco com elas, desde instalar distros novas e de todos os tipos, até usa-las como terminais burros no LTSP.

E assim vou aprendendo mais sobre linux.


Contribuir com comentário