Octave - Programação científica no Linux

Para todos os que realizam simulações usando MatLab e companhia, agora podem usar mais uma ferramenta do mundo livre: Octave. Neste artigo, e nos próximos (já escritos), vamos fazer mais que uma introdução. Veremos como usar o Octave para realizar as mais diferentes tarefas científicas no Linux.

[ Hits: 33.665 ]

Por: Cicero Juliao da Silva Junior em 12/09/2008


Introdução



Para todos os que realizam simulações usando MatLab e companhia, agora podem usar mais uma ferramenta do mundo livre: Octave. Faremos mais que uma introdução. Veremos como usar o Octave para realizar as mais diferentes tarefas científicas.

Neste artigo realizamos uma tradução livre do livro Octave: Interactive language for numerical computations, que está disponível para leitura on-line no endereço www.gnu.org/software/octave/doc/interpreter/.

A licença de tal livro permite cópia e distribuição de traduções em outras línguas, sob a condição de continuar sendo distribuído nas mesmas condições do original. Já escrevi um artigo introdutório sobre Octave, mas não dei prosseguimento a uma série, pois busquei uma fonte de melhor qualidade. Portanto, este artigo é o primeiro de uma série. Para aqueles que ficarem desejosos de acompanhar, fiquem tranquilos pois os próximos artigos já estão escritos e postarei um deles a cada semana, aproximadamente. É só acompanhar o VOL!

Octave inicialmente foi elaborado para trabalhos em um curso de química para lidar com reações químicas, escrito por James B. Rawlings da University of Wisconsin-Madison e John G. Ekerdt of the University of Texas. Obviamente, hoje Octave é muito mais que isso, indo além das salas de aula. Embora o objetivo inicial de seus criadores fosse relativamente vago, havia o desejo de criar algo que permitisse aos estudantes resolver problemas realísticos, de forma que fosse usado para muitas outras coisas além de problemas envolvendo reações químicas.

Ao entrar em contato com Octave, alguns podem dizer que o "certo" seria ensinar Fortran. Mas na verdade, quando tentamos ensinar Fortran muito tempo é perdido apenas com a busca dos erros, e pouco tempo no problema científico em si. Com Octave, a maioria dos estudantes consegue realizar o básico em um curtíssimo prazo, podendo usar seu precioso tempo no que realmente importa: a ciência. E embora originalmente pensado para reações química, Octave pode ser usado para ensinar/estudar equações diferenciais e álgebra linear.

Sendo mais específico, GNU Octave é uma linguagem de alto nível, primariamente desenvolvido para computação numérica. Há uma interface de linha de comando, algo como um terminal, onde é possível resolver numericamente problemas lineares e não-lineares, além de realizar outros experimentos numéricos.

Todos são encorajados a compartilhar e distribuir Octave sob os termos da GNU General Public License. Aqueles que escreverem funções adicionais são da mesma forma incentivados a enviar para o site oficial.

Para obter Octave você pode instalar dos repositórios de sua distribuição Linux. A grande maioria delas disponibiliza os pacotes necessários facilmente. Se quiser baixar do site oficial, veja o endereço ftp://ftp.octave.org/pub/octave ou também é possível adquirir um CD com Octave e mais uma coleção de outros softwares úteis escrevendo para:

Free Software Foundation
51 Franklin Street, Fifth Floor
Boston, MA 02110-1301-1307
USA

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Aritmética Matricial
   3. Equações diferenciais
   4. Gráficos e help
Outros artigos deste autor

Usando o JIGDO - How To

Programação: Uso de funções

Explorando a máquina sem abrí-la

Guia Introdutório do Linux II

Guia Introdutório do Linux VI

Leitura recomendada

Instalando o CACIC no Debian Linux

Criando uma agenda com o Lazarus

Pebrot, MSN messenger no terminal

Dimdim: Solução de webconferência gratuita e poderosa

OcoMon RC6 + AD - Instalação e configuração

  
Comentários
[1] Comentário enviado por RhuanLima em 13/09/2008 - 02:08h

Otimo post! vou dar uma pesquisada sobre o octave, eu uso bastante o R que é um software estatistico mto mto bom trabalhamso com ele na UFPR caso tenha interesse:


http://www.r-project.org/

Abrç

[2] Comentário enviado por romualdoandre em 14/09/2008 - 09:38h

Ainda há alguns problemas com a função 'print' do Octave, nem todas as opções funcionam. Mas utilizo o Octave como alternativa ao Matlab e não tive problemas. Outros pontos a favor do Octave são o tamanho ocupado no disco e a contribuição da comunidade.

[3] Comentário enviado por liviocf em 14/09/2008 - 13:32h

Muito bom artigo! O Octave me parece uma ótima ferramenta!
Mas no mesmo estilo temos também o SciLab, que também possui recursos semelhantes ao octave e ao Matlab! Atualmente utilizo o SciLab para testar alguns cálculos de álgebra linear aplicada à biologia e ele está se mostrando muito bom!!
Quem sabe com seu artigo eu me inspiro a escrever meu primeiro falando um pouco também do SciLab!!!!
Parabéns pelo artigo!!

[4] Comentário enviado por f_Candido em 14/09/2008 - 16:34h

Gostei. Super simples de usar.
Parabéns,

Abraços


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts