O movimento do código aberto

Esse artigo fala sobre o que é o sistema de código aberto (fonte livre), abordando também os seus pontos positivos e negativos quando comparados com sistemas de código fechado.

[ Hits: 48.448 ]

Por: Luiz Antonio da Silva Junior em 23/10/2003


Vantagens do código aberto



Os softwares de código aberto são mais seguros porque qualquer pessoa pode consultá-lo e até mesmo melhorá-lo. Isso já é feito por milhares de pessoas no mundo todo, fazendo com que cada vez mais haja menos erros nos programas.

Outra observação a ser feita é que os softwares de código aberto são testados integralmente. Quando uma versão beta (pré-lançamento) do software é disponibilizada, milhares de programadores fazem cópia e começam a testá-la e antes do lançamento oficial do software, ele já foi testado e melhorado por milhares de programadores.

Fazem esse trabalho com um único objetivo: criar um produto confiável e seguro porque é o que querem usar. Se não for seguro, não o usarão ou o corrigirão.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Vantagens do código aberto
   3. Desvantagens do código aberto
Outros artigos deste autor

As vulnerabilidades do IRC

Analisando arquivos de registro (log)

Instalando e Configurando o JAVA

Explorando NFS mal configurado

O ? Alternativo em C/C++

Leitura recomendada

Mentalidade sobre distribuições

Internacionalização de Caracteres em Computadores

A Questão do Linux

I Semana de Capacitação e Desenvolvimento em Software Livre

Porque abandonar o Slackware e usar o Ubuntu

  
Comentários
[1] Comentário enviado por lilitg em 23/10/2003 - 12:01h


Bom o seu artigo , na segunda assisti a uma palestra sobre S.O e não da para negar que eles estão errados ... faz pouco tempo que estou aprendendo a mexer como pingüim e estou cada vez mais gostando e incentivando a outras pessoas a utilizarem.
Abraços,
Tati.

[2] Comentário enviado por lilitg em 23/10/2003 - 12:05h


Bom o seu artigo , na segunda assisti a uma palestra sobre S.O e não da para negar que eles estão errados ... faz pouco tempo que estou aprendendo a mexer como pingüim e estou cada vez mais gostando e incentivando a outras pessoas a utilizarem.
Abraços,
Tati.

[3] Comentário enviado por Ragen em 23/10/2003 - 12:40h

JuNiOx,

Acho que você não citou alguns dos pontos fundamentais do sistema no qual o kernel do nosso "amigão" Linus Torvalds faz parte e ele nomeu de Linux (Trocadilho de Linus + Unix o.O).

Quando você se refere a Linux, e não GNU/Linux, você tira por exemplo os méritos de Richard M. Stallman, Fundador da Free Software Fundation e idealizador do GNU.

Quem conhece a história de Stallman, da comunidade GNU, se sente indignado quando nos referimos a Linux e não GNU/Linux, ou seja, Linux é Kernel e GNU/Linux toda a gama pro sistema funcionar.

Então como pode-se ver essas três letrinhas mágicas "GNU" fazem MUITA diferença.

[]`s

Ragen

[4] Comentário enviado por JuNiOx em 23/10/2003 - 14:43h

Certo ragen

desculpa por esse detalhe.

abraços

[5] Comentário enviado por giordana em 25/10/2003 - 13:12h

Juniox, a sua iniciativa é otima, mas gostaria de fazer algumas criticas construtivas

1 - Como Ragen citou, e so reiterando, Linux é apenas o kernel de um sistema, mais corretamente chamado GNU/Linux. O linux, fisicamente falando, ocupa cerca de 15% do sistema, portanto nao é justo chamar a "coisa toda" de Linux só por que caiu na gíria da Mídia dessa forma. Se nos somos a comunidade, nós temos o dever de corrigir esses vícios de linguagem.

2 - O Linux NÃO É EM HIPOTESE ALGUMA UM FREEWARE ! Freeware é uma coisa completamente diferente (um programa binario, fechado, de distribuicao liberada, porem sem nenhum outro direito). O Linux é um "Software Livre"ou "Free Software", que permite além da distribuição gratuita, o seu código fonte, a modificacao e melhoria do codigo fonte e o DEVER de repassa-lo sob estas mesmas liberdades.

3 - O Netscape não é livre. Quem é livre é o Mozilla, que foi criado a partir do codigo fonte do Netscape 4.7.

De novo, cuidado ao escrever estes artigos com falta de rigor nos termos, isso pode contribuir para aumentar mais ainda a desinformação sobre o que é software livre e sua diferença com os "pseudo-livres".


Atenciosamente

Luciano


[6] Comentário enviado por izaac em 28/10/2006 - 14:21h

legal... vc tb leu Hackers Linux Explostos.... ou entao Segurança contra Hackers Linux... gostei da leitura... vc manteve a mesma ideia dos autores... ;) parabens...

t+....


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts