Montando um servidor de pacotes pré-compilados do Gentoo

Esse artigo fala sobre como montar um servidor de pacotes pré-compilados do Gentoo. Essa é uma continuação do outro que postei, porém preferi separá-los em dois, pois o assunto é um pouco diferente.

[ Hits: 15.440 ]

Por: Lucas Teske em 20/10/2006


Configurando as máquinas cliente para buscar pacotes de um servidor



Bom, agora que já expliquei direitinho como montar o servidor, falta o cliente.

Vamos lá:

Caso a máquina que você está querendo buscar os pacotes seja a mesma que o servidor, não há configuração, basta executar o seguinte comando:

quickpkg --usepkg nomedopacote
ou
quickpkg -K nomedopacote

Caso seja uma máquina em rede e/ou na internet, é preciso configurar.

Entre no /etc/make.conf, você terá algo assim:

# These settings were set by the catalyst build script that automatically built$
# Please consult /etc/make.conf.example for a more detailed example

CFLAGS="-O2 -pipe -mtune=nocona -march=nocona "
CHOST="x86_64-pc-linux-gnu"
CXXFLAGS="${CFLAGS}"
MAKEOPTS="-j3"
VIDEO_CARDS="fglrx"
INPUT_DEVICES="mouse keyboard evdev"
USE="opengl samba bluetooth pcre session unicode xinerama wifi"

Adicione uma linha a esse arquivo:

PORTAGE_BINHOST="http://meuhostname/pacotes/"

Exemplo:


# These settings were set by the catalyst build script that automatically built$
# Please consult /etc/make.conf.example for a more detailed example

CFLAGS="-O2 -pipe -mtune=nocona -march=nocona "
CHOST="x86_64-pc-linux-gnu"
CXXFLAGS="${CFLAGS}"
MAKEOPTS="-j3"
VIDEO_CARDS="fglrx"
INPUT_DEVICES="mouse keyboard evdev"
USE="opengl samba bluetooth pcre session unicode xinerama wifi"
#source /usr/portage/local/layman/make.conf
LINGUAS="pt_BR"
#source /usr/portage/local/layman/make.conf
PORTAGE_BINHOST="http://10.15.5.66/packages-x86_64"

Depois disso a máquina está configurada para baixar os pacotes de um servidor, para baixar, basta executar o comando:

emerge --usepkg --getbinpkg nomedopacote

E você terá na primeira vez uma saída parecida com essa:

# emerge --usepkg --getbinpkg kde
Fetching binary packages info...
Location has moved: http://10.15.5.66/packages-x86_64/
cache miss: 'x' --- cache hit: 'o'
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxx

Onde os X são para onde ele está achando pacotes novos no servidor, e O para onde os pacotes forem os mesmos...

Logo depois disso, ele irá baixar os pacotes do servidor configurado e irá instalá-lo na máquina.

Está pronto seu servidor de pacotes pré-compilados do Gentoo!

Bom, esse artigo foi praticamente um incentivo a montarem servidores brasileiros usando Gentoo, pois o único problema dessa distribuição é ficar compilando todas as vezes que você instala um sistema, o sistema todo de novo. O recomendado mesmo é compilar as coisas com as CFLAGS corretas e no computador host, porém esse servidor de pacotes quebra um galho, para quem tem/trabalha em empresas de suporte/instalação de servidores Linux e querem usar o Gentoo...

Bom, podem mandar comentários, chutar, xingar, fazer o que quiser! É dos comentários que a gente corrige os erros! heheh

Flws pessoal, espero que tenham gostado, demorei um pouquinho pra escrever isso hehe.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Instalação
   2. Finalizando a instalação e disponibilizando os pacotes
   3. Configurando as máquinas cliente para buscar pacotes de um servidor
Outros artigos deste autor

Criando pacotes pré-compilados no Gentoo

Leitura recomendada

Treze razões pelas quais uma rede wireless é lenta

MultiCD - Diversas Distribuições no mesmo DVD/Pendrive

Scid vs. PC - O melhor programa para estudar Xadrez no GNU/Linux

Teclas de atalho com Xbindkeys

Escrevendo em arquivos PDF

  
Comentários
[1] Comentário enviado por david.kwast em 29/11/2007 - 19:58h

Meus parabens cara, nao sabia como fazer isso com o Gentoo e seu artigo me abriu varias possibilidades.

Obrigado e Abraços

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 16/04/2009 - 13:05h

Excelente artigo. Esse e o primeiro. Favoritados!

Estou instalando o Gentoo hoje... adorei saber que ele é um sistema que pode ser usado profissionalmente (de forma prática).

[3] Comentário enviado por redy em 09/10/2019 - 16:36h

Obrigado isso vai me ajudar no meu projeto, estou para desenvolver um servidor caseiro com gentoo


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts