Monitore o seu Linux com o Conky

Se você procura uma maneira simples de monitorar o seu Linux, exibindo somente as informações que lhe interessam, organizadas da maneira que lhe agrada, então o Conky foi feito para você. Neste artigo você aprenderá a utilizar esse monitor do sistema leve, versátil e funcional.

[ Hits: 89.986 ]

Por: Davidson Rodrigues Paulo em 24/09/2008 | Blog: http://davidsonpaulo.com/


Introdução



O Conky é um monitor de sistema bastante leve e personalizável, capaz de exibir qualquer informação do computador, em texto ou em elementos gráficos como barras e gráficos. Para isso, ele vem com suporte a extração de informações de mais de 250 objetos distintos, incluindo informações do sistema, email (IMAP e POP3), tocadores de música (MPD, XMMS2, BMPx, Audacious) e outras, que podem ser exibidos em texto ou em elementos visuais como barras e gráficos, com ou sem cores.

Nesse artigo você verá o que o Conky pode fazer por você e aprenderá a instalá-lo e configurá-lo para exibir as informações mais comuns do seu computador.

Instalação

Por ser um software fácil de empacotar, o Conky está presente nos repositórios de todas as principais distribuições Linux como Fedora, Ubuntu, Debian, Mandriva e openSuSE. Utilize o gerenciador de pacotes da sua distribuição e procure pelo pacote "conky". No Zenwalk, utilize o Netpkg. Para Slackware, procure um pacote em algum repositório como o LinuxPackages.net, baixe-o e instale-o com o comando "installpkg".

Se você preferir, pode baixar o código-fonte e compilar o Conky para que ele tenha suporte somente às funções que você precisa. Para isso, primeiro você deve baixar o código-fonte no endereço abaixo:
Depois, descompacte o arquivo:

tar zxpf conky-1.6.1.tar.gz
$ cd conky-1.6.1


Agora, verifique as opções disponíveis para compilação:

./configure --help | less

Anote as opções que você vai usar e execute a configuração, como segue:

./configure --enable-[recurso 1] --enable-[recurso 2]

Para compilar o Conky com suporte a todos os recursos, o comando fica da seguinte forma:

./configure --prefix=/usr --sysconfdir=/etc --sharedstatedir=/var/lib --localstatedir=/var --enable-dependency-tracking --enable-shared --enable-audacious=yes --enable-bmpx --enable-xmms2 --enable-rss --enable-smapi --enable-wlan --enable-nvidia

Algumas bibliotecas e cabeçalhos além de utilitários de compilação serão necessários para que o processo ocorra corretamente. Ao final, poderemos iniciar a compilação propriamente dita:

make

Depois, é só instalar:

su -c 'make install && /sbin/ldconfig'

Ou, no Ubuntu:

sudo make install
$ sudo ldconfig


Instalação concluída, vamos aprender a configurar o Conky para monitorar nosso sistema. Vire a página.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Configuração inicial
   3. Configurando os monitores
   4. Um pouco de cores e formatação
   5. Mais variáveis
   6. Considerações finais
Outros artigos deste autor

Instalando um sistema Debian GNU/Linux completo em 20 minutos

Passo a passo: Fedora autenticando usuários no Active Directory

Viva o Linux Training: seja um moderador do VOL

Slackware no notebook Toshiba Satellite M55-S3262

Grip, the GNOME Ripper

Leitura recomendada

Qemu: o notável emulador

Asterisk - Instalando o AsteriskPBX 1.4 no Ubuntu Server 6.06 LTS com interface FXO X100P

Instalando OpenWrt no TP-LINK WR740N(BR)

Qemu e Kqemu no Ubuntu Dapper Drake 6.06 LTS

Gerenciando os seus códigos-fonte com um sistema CVS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por robsonpc em 24/09/2008 - 01:23h

mto bom, parabens...

[2] Comentário enviado por albfneto em 24/09/2008 - 08:08h

O artigo é muito bom!
o Conky é leve, bonito e muito eficiente. Eu uso também!
Já tá nos favoritos.
Vou usar seu artigo, porque assim, mudo meu conky, compilando com todos os recursos.

[3] Comentário enviado por hendrigo em 24/09/2008 - 08:25h

uso o antigo gkrellm... bem mais bonito e funcional!

[4] Comentário enviado por grandmaster em 24/09/2008 - 18:24h

nao conhecia, vou testar ele.
Sempre bom conhecer novas ferramentas.
---
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br


[5] Comentário enviado por diggao em 28/09/2008 - 07:47h

Pergunta! Tem como fazer o conky ler os sensores de temperatura (lm_sensors) da mesma forma que o gkrellm? No torsmo eu não consegui.

[6] Comentário enviado por marcelovegano em 28/09/2008 - 14:53h

vou testar isso essa semana

[7] Comentário enviado por davidsonpaulo em 29/09/2008 - 08:25h

diggao, sim, é possível, o Conky possui variáveis para exibir temperaturas, e ele utiliza o lm_sensors para isso. Confira na lista oficial de variáveis do Conky, o link está na página 5. Um abraço.

[8] Comentário enviado por diggao em 30/09/2008 - 11:06h

Blz! Perguntei isso pois já uso o lm_sensors com o gkrellm. Vou testar ele em casa, deve ficar bacana com meu fluxbox. Valeu

[9] Comentário enviado por nathanpc em 15/04/2009 - 18:42h

Parabéns, o seu tutorial esta muito bom.

[10] Comentário enviado por Daemonio em 02/07/2009 - 11:25h

Parabens velho, gostei!

[11] Comentário enviado por megatux em 21/10/2009 - 07:39h

Caro davidsonpaulo,

Tutorial completo e funcional, mas só estou com um probleminha aqui:

Quando o conky faz a atualização das informações, ele "pisca" na tela. :(

Sabe o que pode ser ?

Parabéns pelo artigo !!

Abraço.

:wq!

[12] Comentário enviado por davidsonpaulo em 21/10/2009 - 08:05h

Salve megatux!

A resposta para sua dúvida está na página 5, "Mais variáveis", seção "Configuração", no último item da lista:

"double_buffer [yes|no]: ativa buffer duplo. Na prática, isso faz o Conky parar de piscar sempre que as informações são atualizadas."

Um abraço.

[13] Comentário enviado por megatux em 21/10/2009 - 15:41h

Grande Davidson !

Opa, valeu brow, e desculpe minha falta de atenção :(


Abraço.

:wq!

[14] Comentário enviado por kelevra em 17/12/2010 - 17:48h

Muito bom mesmo!!!

Parabens pelo artigo, está perfeito e me ajudou muito...


[15] Comentário enviado por mastergeekcd em 01/07/2011 - 16:37h

Muito bom!!!

Parabéns ficou muito explicativo este artigo!

[16] Comentário enviado por ElNegro em 03/01/2013 - 10:45h

Parabéns pelo material ! muito bom havia algum tempo que eu procurava um material assim sobre o conky !

+10! Muito obrigado continue disponibilizando materiais deste nivel !

[17] Comentário enviado por lopesjv em 21/11/2015 - 20:18h

Estou tentando morar na sintaxe de configuração do Conky, seu artigo foi um belo passo


Contribuir com comentário