Linux ou Windows? Eis várias questões

Sem fanatismos ou xiitismos, mas buscando uma análise criteriosa, primeiramente percebendo que sistemas operacionais não são times de futebol, o qual quando criança eu escolho um e até a morte sou fiel.

[ Hits: 24.731 ]

Por: Perfil removido em 13/03/2009


Linux ou Windows? Eis várias questões



Linux ou Windows? Do ponto de vista técnico e do ponto de vista do usuário comum. Qual a melhor escolha. Eis a questão.

Sem fanatismos ou xiitismos, mas buscando uma análise criteriosa, primeiramente percebendo que sistemas operacionais não são times de futebol, o qual quando criança eu escolho um e até a morte sou fiel.

Computadores são eletrônicos cada vez mais presentes e cada vez mais importantes, tanto em empresas, como também dentro dos lares, portanto, antes de comprar um é preciso avaliar bem, tanto hardware, como software. Nesse primeiro ponto, já surge a primeira grande vantagem do pinguim sobre seu concorrente. Pagar caro apenas por uma licença para uso de um sistema operacional, que tem como fabricante uma grande empresa, ou a segunda alternativa, não pagar nada por um ou outro sistema operacional, comprovadamente de qualidade, mas mantido por uma comunidade? Eis mais uma questão.

Hoje é bem comum grandes supermercados e lojas venderem computadores baratos com alguma distribuição Linux já pré-instalada, porém, é mais comum ainda ver as pessoas comprando esses computadores e depois pagando um técnico para desinstalarem tal sistema e substituírem por um software pirata. Neste ponto, temos que falar que é até um tanto hipócrita reclamar da corrupção que cobre nosso país e ao mesmo tempo viver de pirataria, só porque se tem a certeza de impunidade.

Quanto a segurança em Linux até parece chover no molhado, já que este é um de seus grandes atributos. Já no software das janelas, quase sempre, nem mesmo o melhor antivírus do mundo é capaz de combater as entradas e conexões maliciosas.

A famosa e assustadora telinha preta de seu console deu ao Linux um estigma de sistema difícil de ser operado, porém, a verdade é bem diferente, da mesma forma que o famoso sistema proprietário, o Linux é bem fácil de usar. O que é preciso apenas é vontade de aprender algo diferente.

Outro ponto importante a ser destacado, é que Linux é customizável. Esta é uma das grandes vantagens tanto para programadores, como também para usuários mais experientes. O fato de ser um software livre, ou seja, ter seu código fonte aberto, faz com que empresas, governos, organizações, entre outros, possam customizá-lo de forma a atender melhor suas necessidades. Este é o principal motivo de existirem tantas distribuições, cada uma com uma particularidade e especialidade.

Depois dessa breve explanação a cerca de dois sistemas operacionais opostos - já que um é mantido por uma grande empresa e outro é mantido por comunidades de programadores - algumas das principais dúvidas sobre as diferenças, vantagens e desvantagens desses dois softwares tenham sido esclarecidas.

Por último, cabe aqui uma ressalva: nem todas as distribuições Linux são gratuitas e nem todas são mantidas por comunidades, porém todas são software livre, ou seja, todas depois de adquiridas, podem ser modificadas, copiadas ou vendidas, obviamente, observando-se as particularidades de cada licença.

   

Páginas do artigo
   1. Linux ou Windows? Eis várias questões
Outros artigos deste autor

Banda Larga é um direito de todos!

Compilando e otimizando KDE 3.x

Navegando com privacidade com Tor e Firefox

PuTTY - Release 0.66 - Parte II

GNU/Linux - Benefícios na Área Administrativa

Leitura recomendada

Fale sobre o Linux, sem precisar agredir a concorrência

Sistemas Operacionais - Experiência

SCO & Microsoft unidas contra o Linux?

Preconceito em um mundo livre?

Uso de terminologia imprópria com software livre

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cassimirinho em 13/03/2009 - 15:48h

Isso é um artigo???

Eu hein.

[2] Comentário enviado por everton3x em 13/03/2009 - 16:24h

Achei que seria mais abrangente.....

[3] Comentário enviado por vinipsmaker em 13/03/2009 - 16:32h

Podia mostrar mais "questões".

[4] Comentário enviado por fabio em 13/03/2009 - 16:39h

Realmente o artigo poderia ser melhor trabalhado, se aprofundando mais nas questões abordadas. Porém a moderação do VOL costuma aprovar textos que estimulam os debates por considerar que neste caso os comentários serão o complemento do artigo.

Um abraço.

[5] Comentário enviado por cassimirinho em 13/03/2009 - 16:41h

Não vejo isso como artigo, e sim um furo dos moderadores que aprovaram isso.

Não acrescenta em absolutamente nada, nada e nada com nada.

[6] Comentário enviado por removido em 13/03/2009 - 17:02h

O artigo dar apenas pinceladas em pontos chaves, sem adentrar mais profundamente em nenhum deles, pois a idéia era mesmo algo curto, mas que mostrasse "o porquê do Linux" ou "o porquê do Windows" de forma rápida. Concordo que o assunto é muito vasto e logicamente, pode ser mais detalhado.

De qualquer forma as críticas, elogios e sugestões são bem vindas.

[7] Comentário enviado por ron_lima em 13/03/2009 - 20:35h

Marcelo,

apesar de dizer "sem fanatismos ou xiitismos, mas buscando uma análise criteriosa" no início do seu texto, percebe-se sua tendência em colocar o linux em um pedestal. Existem várias formas de observar o fenômeno linux, sendo uma delas a questão técnica. A sua argumentação não está bem embasada e pode ser facilmente questionada, principalmente por que você discorreu apenas sobre os aspectos positivos do linux, esquecendo-se dos aspectos positivos do Windows.

Mas uma coisa é certa: valeu sua iniciativa. Uma das coisas que me incomodam na comunidade do software livre é justamente o fanatismo descabido. Tanto é assim que me desliguei da Free Software Foundation, entidade com a qual eu contribuía e era membro. Infelizmente trata-se de uma entidade que está muito mais preocupada com questões técnicas do que com o objeto principal de qualquer sistema de computação: o usuário.

[8] Comentário enviado por joao_15 em 13/03/2009 - 23:16h

isso é mesmo um artigo?
está parecendo coisas daqueles entusiastas que acabam de mudar do windows para o Ubuntu. (eu já fui assim... hahusuhas)

[9] Comentário enviado por igor.rx em 14/03/2009 - 00:04h

Concordo com o ron_lima, acho que acabou não ficando tão imparcial, mas também acho que explicou bem e de uma forma resumida.

Valeu!

[10] Comentário enviado por michel5670 em 14/03/2009 - 09:19h

Senhores moderadores o que é isso como vcs deixam passar um tipo de artigo desse que não traz nenhuma informação para comunidade é lamentavél....
Estou indignado!!!

[11] Comentário enviado por claitom em 14/03/2009 - 11:24h

Seu artigo ao contrário do que muito pensam foi de grande valia pois nós remete a reflexão e o porque de certas coisas.
Acho muito verdadeiro o seu ponto de vista que me faz concordar com voçê.
Tu não estavás escrevendo um jornal ou livro é apenas um artigo para os críticos.
Não foi tão parcial com dizem apenas deu enfase em alguns pontos.
Se alguem gosta ou não gosta do que é escrito problema de cada um afinal o papel é feito para aceitar tudo.
Parabéns pelo artigo.
Um forte abraço

[12] Comentário enviado por luchas.linux em 14/03/2009 - 11:30h

Achei muito legal o artigo! O problema é que, a maioria da comunidade do Viva está acostumada a artigos do tipo tutoriais(explicando como fazer algo) e destinados só ao público de intermediário à experiente. São válidos artigos desse tipo.

[13] Comentário enviado por thiago.souza em 14/03/2009 - 12:17h

Olá Marcelo, valeu pelo artigo, só achei que faltou um pouco mais sobre os pontos positivos do Windows,
e concordo plenamente com o luchas.linux, q a comunidade geralmente espera coisas mais avançadas, para usuários mais experientes.

Um Abraço...

[14] Comentário enviado por Teixeira em 14/03/2009 - 13:29h

Estamos em uma comunidade voltada para o Linux.
Nada mais natural portanto que nossas opiniões revertam sempre em favor de Open Source e coisas afins.
Por outro lado, Windows também tem muitos pontos positivos (ou será que não?).
DEVERIA ser perfeito, pois afinal é pago (e muito bem pago), e no entanto não é, e sempre esteve e estará longe da perfeição, coisa que jamais foi pretendida por seus idealizadores.
Por outro lado, as coisas aqui no mundo Linux nem sempre são um mar de rosas, e existem muitas dificuldades, especialmente para os chamados usuários-finais.
Achei que o artigo fosse levantar algum questionamento, trazer alguma luz para a questão, mas não.
Desejo-lhe melhor sorte da próxima vez. Espero que você não pare de contribuir apenas por ter recebido alguma crítica não muito favorável.

[15] Comentário enviado por ana_gandolpho em 14/03/2009 - 16:18h

Achei q fosse explicar mais coisas. Acabei de comprar um note com Satux, confesso que to muito perdida ainda..

[16] Comentário enviado por monsores em 14/03/2009 - 17:44h

O problema do artigo foi ter anunciado uma "análise criteriosa" e "várias questões" que não aconteceram. Se tivesse sido anunciado com um pouco mais de modéstia não criaria falsas expectativas e tornaria a leitura de seu ponto de vista mais interessante...

[17] Comentário enviado por heitormsilva em 14/03/2009 - 17:57h

1° isso esta muito longe de ser um artigo;
2° falou, falou, falou e não disse absolutamente nada;
3° pelo que sei todos os conteúdos são moderados antes de serem publicados aqui, portanto acho que o moderador perdeu uma grande chance de dar a oportunidade do autor reescrever seu "artigo".

[18] Comentário enviado por albfneto em 14/03/2009 - 22:44h

ana... a gente te ajuda com o Satux...

[19] Comentário enviado por upc0d3 em 15/03/2009 - 00:49h

"Desculpa eu sei que nao devo ofender membros da comunidade, porem eu sou grosso mesmo, mas tenho argumento, se quiserem me tirar do vivaolinux fiquem a vontade."
===============================================
Inicio

Que merda foi essa ?

"Linux ou Windows? Do ponto de vista técnico e do ponto de vista do usuário comum. Qual a melhor escolha. Eis a questão"
O que eh usuario comum pra ti ? Tu nao deu nenhum motivo para usuario COMUM.

"Nesse primeiro ponto, já surge a primeira grande vantagem do pinguim sobre seu concorrente. Pagar caro apenas por uma licença para uso de um sistema operacional, que tem como fabricante uma grande empresa, ou a segunda alternativa, não pagar nada por um ou outro sistema operacional, comprovadamente de qualidade, mas mantido por uma comunidade? Eis mais uma questão. "

1) Tu pode comprar computador sem sistema operacional
2) Quem comprova a QUALIDADE do linux? a Linux Foundation ?
3) Quem comprova a QUALIDADE do windows ? a Microsoft ?
4) "mas mantido por uma comuniade", isso PODE ser uma merda, pq tu DEPENDE da boa vontade dos outros, e nem sempre querem ti ajudar e podem mentir para ti e danificar o teu SO e quem vai pagar para concertar ?

"Quanto a segurança em Linux até parece chover no molhado, já que este é um de seus grandes atributos. Já no software das janelas, quase sempre, nem mesmo o melhor antivírus do mundo é capaz de combater as entradas e conexões maliciosas."

1) Que merda foi essa que tu tento falar de seguranca? nao deu NENHUM argumento tecnico.
2) "Já no software das janelas." "Sem fanatismos ou xiitismos, mas buscando uma análise criteriosa", Entao explica isso ?

"Outro ponto importante a ser destacado, é que Linux é customizável. Esta é uma das grandes vantagens tanto para programadores, como também para usuários mais experientes. O fato de ser um software livre, ou seja, ter seu código fonte aberto, faz com que empresas, governos, organizações, entre outros, possam customizá-lo de forma a atender melhor suas necessidades. Este é o principal motivo de existirem tantas distribuições, cada uma com uma particularidade e especialidade. "

1) "é que Linux é customizável" tanto quanto o windows.
2) "Esta é uma das grandes vantagens tanto para programadores, como também para usuários mais experientes" e os malditos usuarios COMUNS ?
3) "O fato de ser um software livre, ou seja, ter seu código fonte aberto, faz com que empresas, governos, organizações, entre outros, possam customizá-lo de forma a atender melhor suas necessidades." Isso nao eh customizacao e sim melhoria e/ou adaptacao.
4) "ter seu código fonte aberto" Quantas vezes tu modificou o codigo fonte ? falar eh facil...usuario COMUM nao faz isso, na minha opiniao esse eh um dos PIORES argumentos usados pelos usuarios linux.

"Depois dessa breve explanação a cerca de dois sistemas operacionais opostos - já que um é mantido por uma grande empresa e outro é mantido por comunidades de programadores - algumas das principais dúvidas sobre as diferenças, vantagens e desvantagens desses dois softwares tenham sido esclarecidas."

1) Bem breve mesmo neh ?
2) "algumas das principais dúvidas sobre as diferenças, vantagens e desvantagens desses dois softwares tenham sido esclarecidas" tu nao terminou esta frase neh ? que duvidas tu falou ?

Tu cago este texto pela boca neh ? tu nem leu ele de novo antes de postar isso neh ? e moderador como tu pode permitir uma asneira destas ?

Quando tu ou alguem quiser falar sobre diferencas, vantagens e desvantagens sobre uma coisas, seja o que for, tu NAO PODE tomar partido, tu precisa ser neutro, tu precisa apontar coisas e argumentar em cima.

Eu escrevi um post no meu blog sobre eventos de software livre.... se alguem tiver interresse em ler e comentar, mande-me um e-mail que eu passo o site, pq se passar aki, alguem vai sair dizendo: "ele quer se auto promover."

e-mail: andiroots@gmail.com

Ateh+++

===================================== Corte Aqui ====================================

[20] Comentário enviado por paulorvojr em 15/03/2009 - 01:51h

A intenção até vai, mas parece texto sendo digitado na hora sem alguma revisão.

Vejo que o pessoal ficou revoltado e descarregou a raiva entalada ahahhahaha, mas beleza.

Brother segunda chance, escreva algo foda pra se redimir, porque isso não é artigo nem aqui nem no kurumin hahhaa

Linux e Windows tem muitos pontos positivos, é ser ignorante uma pessoa dizer que windows é tudo de ruim, senão não estariamos usando ele em sua maioria, windows melhorou muito de uns tempos, e piorou também.

Pra não falar muito, linux perde feio na questão Active Directory e Recursos de Anti-spam.

Windows perde feio no quesito firewall, seu ISA SERVER é complexo, e no quesito desktop nem falo ....


Ser um bom profissional hoje em dia é conhecer todos os pontos das tecnologias, e não ser xiita, linux, windows, unix, bsd, solaris, deve se conhecer tudo, e claro ter aquela que mais se admira, tudo eu sempre busco conhecimento, hoje nao sei nada de solaris, mas ja conheço profundamente linux, windows, unix, bsd, em tempos solaris também.




[21] Comentário enviado por portelinha em 15/03/2009 - 15:23h

Olá Marcelo,

Ao contrário da maioria dos comentários postados desde então, o texto traz diversas características de ambos os sistemas operacionais. Pontos estes, que definem no último momento se o usuário ou empresa fará como escolha Windows ou Linux.

Trago a experiência de quase 10 anos atuando como Analista e Técnico na área. Durante este período, identifico como principal problema para uma maior abrangência do sistema Linux a forte propaganda e presença do sistema Windows nos supermercados, televisão, revistas, faculdades, congressos, etc, o que causou uma certa lavagem cerebral nas pessoas.

No entanto, penso que as empresas vendedoras de desktops e notebooks, segundo uma pesquisa pessoal, não assumiram um verdadeiro compromisso ao decidirem vender seus equipamentos com o sistema Linux. Parecem visar o lucro financeiro utilizando-se de um sistema sem custos e não uma tentativa de propagar o sistema Linux entre os usuários.

Para exemplificar tal fato, em dezembro de 2008 minha irmã comprou um desktop com Linux (não mencionarei a marca do equipamento, mas, trata-se de marca com forte presença no mercado e na cabeça dos usuários). O sistema veio todo bagunçado - em termos técnicos: faltava configuração adequada de vídeo, som e modem - o que dificulta a "tentativa" do usuário comum de aprender a utilizar o sistema Linux. Como mágica, automaticamente minha irmã pediu para que eu retirasse o Linux e o substituísse pelo Windows que ela "já conhecia e sabia "mexer"".

Concluindo esta rápida abordagem sobre uma possível migração do usuário comum para o software livre, penso que o que falta não é a tão já massificada "super segurança" do sistema Linux e nem a melhora radical da usabilidade a fim de facilitar o uso e, nem mesmo uma adaptação para assemelhar-se ao Windows. Falta inicialmente um compromisso responsável das grandes empresas que inserem o Linux como sistema operacional em seus computadores. Estes deveriam estar completamente configurados para o usuário final. Penso também, que cada vez mais existem distribuições com mais firulas a fim de "encantar" os usuários, esquecendo-se esses programadores de facilitar ao máximo uma instalação autônoma sem traumas para o usuário comum. A exemplo: no meu notebook já testei cerca de 15 distribuições diferentes, a fim de encontrar uma que faça a instalação completa e sem problemas ou pendências, mas não aconteceu, sempre tenho problemas de configuração de vídeo, som e wireless (este último parece ser o maior problema). Então, se tivermos um sistema Linux "fácil" para o usuário comum instalar, teríamos mais adeptos, ficando desta forma, faltando somente o aprendizado para o novo sistema.

Espero ter contribuído de alguma forma para a comunidade Linux, o assunto pode ser tão extenso que trocaríamos ideias por uns mil anos...

Abraço.

[22] Comentário enviado por thiagoamm em 15/03/2009 - 15:45h

Nao gostei do artigo.
Existem toneladas de artigos como esse ou piores!
Muitos apenas afim de fazer flame wars.
Serve de aprendizado para ti e para outros usuarios que leiam esse artigo.
Ninguem acerta de primeira e as criticas servem para moldar as pessoas.
Saiba tirar proveito das criticas serias que foram feitas aqui.
Espero que melhore.
Terei prazer em comentar teus artigos posteriores.

=)

Quanto aqueles que proferiram criticas ofensivas; Aprendam acima de tudo, a respeitar um ser humano.
Criticas desse nivel nao tem credibilidade junto a minha pessoa!

Nao existe sistema perfeito!
Linux nao e perfeito e muita gente vai correr dele!

A Microsoft tem seus meritos e alguns usuarios Linux que ignoram isso agem como tolos!

Particularmente, sou fascinado pela forma como o Linux surgiu, pela comunidade envolvida no projeto, pelo contexto como um todo.
Internet, hackers, open source, free software.

Acredito que Linus Torvalds o pai do Linux nao tenha uma opiniao tao pobre como a de muitos usuarios do seu sistema.
Muitos sabem que Linus Torvalds e Richard Stallman nao concordam em alguns pontos.
Nao vou cita-los. Quem quiser pesquise.
E tem muito usuario adotando a mesma postura.

A proposta inicial feita por Linus Torvalds nao era de produzir um sistema para o usuario comum.
Ele queria produzir um sistema operacional, como todos sabem, baseado no Minix, onde ele pudesse entre outras coisas escrever seus device drivers.

Com o tempo o projeto teve seu foco alterado.
O surgimento do Linux trouxe a tona um novo modelo de negocio. Uma nova forma de encarar o software.

O Linux evoluiu bastante e deixou de estar presente apenas em servidores.
Gracas a colaboracao FSF e de outras pessoas ele chegou no ponto de poder ser utilizado como sistema desktop.
O fato do Linux ser open source e interessante para os governos e algumas instituicoes que tem pessoal capacitado para customiza-lo.
Alguns poucos usuarios caseiros vao conseguir tal feito.

O grande problema reside no fato do usuario nao sabe o que quer.
Se quer, nao sabe as caracteristicas do que esta querendo.
Nao tem o minimo de conhecimento ou as vezes nao esta afim mesmo e aprender algo novo.
Quer apenas usar.
Alem do que nao procuram na maioria das vezes suporte de alguma pessoa capacitada.

Quem vai pela sorte tem que se contentar com os resultados obtidos atraves dela!

[23] Comentário enviado por isaque_alves em 15/03/2009 - 16:35h

Sem quere 'tirar' a galera que comentou negativamente, esse artigo, ao que me parece, é um artigo de opinião... Sem comentários quanto a isso.... Opinião, qualquer que seja, e de quem quer que seja, é válida... quanto a ser verdadeira e aplicável, aí, a história é outra...

Voltando ao caso do artigo, é interessante... Mas realmente, faltaram observações no tocante aos 'requisitos do sistema' para usuarios comuns.
Como tenho oportunidade de comentar, sugiro uma observação desses requisitos:
Intuitividade - O Sistema operacional deve ser intuitivo, quer dizer, fácil de operar na medida em que as ações para por exemplo, acessar um pendrive, sejam simples... Hoje temos isso funcionando de forma bem melhor que no windows. Por exemplo: Montar pendrives no Linux é simplíssimo, e seguro... também a não ser que o usuário queira, dificilmente ele irá formatar um pendrive por engano clicando em uma opção do menu de contexto... Os 'discos rígidos' são protegidos contra erros do usuário comum, uma vez que a forma como são tratados no Linux é muito mais 'intuitiva'... Tudo bem que precisa criar o ponto de montagem e editar o /etc/fstab, mas quem manda no sistema não é mesmo o usuário? Então... Dá-lhe manual...

Coesão - O sistema deve ser coeso. Quer dizer, ao instalar um programa, o usuário pode não querer ter o trabalho de 'procurar outro diretório'... então, por padrão, o sistema deve organizar e separar tudo para o usuario comum. No windows isso funciona através de variáveis de ambiente... Não vejo porque no Linux não funcionaria... é trabalhar e implementar...

Modularidade - O sistema deve ser modular. Na medida do possível, o sistema só deve conter o estritamente necessário para um boa 'primeira impressão' por parte do usuário. Nada de recursos que nunca serão utilizados. Sabe aquele 'painel de controle' do windows? recheado com opções que a maioria dos simples mortais nunca vão utilizar... pois é... qualquer Linux deixa ele no chinelo...

Flexibilidade - O sistema deve permitir que o usuário altere configurações conforme a sua vontade... Claro que o usuário precisa saber o que quer e como fazer, mas o Linux dá de 1000 a zero no windows... Tudo é alterável sem muito esforço, sem precisar de 'novos programas' ou add-ons... a flexibilidade vai desde o customizar aparência até alterar opções de ativação de dispositivos 'no boot' (acpi=off, noapic, etc)

Interatividade - O sitema deve sempre que possível , solicitar ao usuario alguma entrada de dado ou intervenção. Sistema 'autômato' é furada... Quem quer um computador que 'faça tudo' sozinho? Eu não... nem ninguém entre os leigos da minha família... Esse papo de 'next, next, next...' emburrece e escraviza...

Mobilidade: O sistema deve possibilitar e simplificar a migração de hardware. Por exemplo: Queimou a placa mãe do PC. O sistema deve permitir ao usuário a simples troca da placa-mãe... Linux dá de 1.000.000 a -1000 no windows... quem quiser argumentar contra que o faça... mas que usuário de MS Windows já não experimentou a BSOD ao trocar um componente do pc.. .mesmo um simples módulo de RAM?
Pois é... Com Linux, é pegar a placa, levar pro labotratório para consertar, quando possível, e instalar outra para ficar usando enquanto espera o retorno do técnico... Sem travamentos, decepções... a não ser que não existam drivers dos dispositivos para Linux... Mas aí, uma pesquisa simples, pode resolver o rpoblema.. .nada de 'formatar' o pc, reinstalar programas, e tal...


Acho que esses são os principais requisitos que um usuário espera em um sistema operacional...
É identificar onde o Linux ou o Windows perde e tentar melhorar...

Melhorar o Linux é mais 'fácil'... escolha uma distro (slackware, debian, gentoo, red hat) e inscreva-se em uma lista de discussão.... faça suas sugestões, obtenha o código fonte e faça voce mesmo, se puder...
Agora, quero ver quem consegue melhorar o Windows sem o código fonte...

No mais, pra que olhar a vida através da janela, se o universo está inteiro à sua disposição? Seja LIVRE!!

[24] Comentário enviado por annakamilla em 15/03/2009 - 22:43h

uma dica:

quando voce fizer alguma dissertação tem que ter começo, meio e fim. até agora só vi lançamento de idéias e nenhuma teoria explicando essas idéias.

o ubuntu não é tão customizado portanto mesmo que instale o alternate e depois a parte gráfica ainda não dá para computadores muito , mas muito antigos.

[25] Comentário enviado por psychokill3r em 15/03/2009 - 23:53h

é realmente o artigo ficou meio vago , mais não vamos esculhambar o rapaz ele acabou de chegar , entrou sexta feira.
o que ele queria era provocar a comunidade "vol" a defender seu sistema . e parece que conseguiu então vamos la.
eu uso os dois sistemas acima mencionados linux p navegar ,baixar , torrents e tals . é mais seguro com certeza não tem vírus e comando esta na mão do root se este não for um idiota tudo ficara bem.
e o windows para jogar e editar meus vídeos da minha câmera mini-dv. (nero vision , photoshop , reason nao funfa no linux) (nunca para navegar)
poderia jogar fora o windows se a ati tivesse drivers decentes p linux pois os mesmos não funcionam com o cedega (emulador de jogos win).

quanto ao comentario infeliz
"ter seu código fonte aberto" Quantas vezes tu modificou o codigo fonte ? falar eh facil...usuario COMUM nao faz isso, na minha opiniao esse eh um dos PIORES argumentos usados pelos usuarios linux.

Voce já instalou winxp 64, vista 64 ou win7 64?.
poderia me dizer onde achar firefox 64 bits p win ou entao flash player 64 bits. nao adianta ter um sistema 64 se os programs rodam em 32 emulados (wow64).
aqui no linux você poderia (se nao for um idiota) baixar os fontes do programa descompactar e dai ./configure ; make ; e make install. pronto.
com algum conhecimento pode setart ate quantos núcleos tem seu processador dai é só voar.

Se alguem estiver com problemas para rodar jogos win no linux não se preocupe eles não vão funcionar no win7 também terão que ser refeitos estão (deprecated).


[26] Comentário enviado por upc0d3 em 16/03/2009 - 10:31h

"psychokill3r" diz:

( quanto ao comentario infeliz
"ter seu código fonte aberto" Quantas vezes tu modificou o codigo fonte ? falar eh facil...usuario COMUM nao faz isso, na minha opiniao esse eh um dos PIORES argumentos usados pelos usuarios linux. )

( aqui no linux você poderia (se nao for um idiota) baixar os fontes do programa descompactar e dai ./configure ; make ; e make install. pronto.
com algum conhecimento pode setart ate quantos núcleos tem seu processador dai é só voar. )

ee desde quando isso é MODIFICAR O KERNEL ?

isso pra mim é pegar um kernel pronto desenvolvido e editado por outras pessoas e instalar no meu pc, é QUASE igual a instlar um software sem o codigo fonte.

mas a tentativa foi boa.

ateh+++

[27] Comentário enviado por femars em 16/03/2009 - 16:38h

O que está acontecendo com os moderadores desse site??? Que merda foi essa? O trabalho deles é filtrar o "lixo", seja de quem for!

[28] Comentário enviado por removido em 16/03/2009 - 16:56h

Em outro comentário eu falava que críticas e sugestões seriam bem vindas, mas infelizmente, metade dos comentários foram inúteis, geralmente vindo de pessoas que em sua maioria, em nada contribuem e que talvez nem tenham lido o artigo.

Suponha-se que pelo tema, o público deste site tenha um certo nível, mas pelo visto, boa parte é chegada em baixarias. Não descendo ao nível de alguns, quero agradecer aos comentários que tiveram algum fundamento e aos feedbacks que para mim foram de muita valia.

Marcelo.

[29] Comentário enviado por femars em 16/03/2009 - 17:45h

amigão... o nivel baixo é do seu artigo, os comentários só manifestão o seu resultado!

[30] Comentário enviado por frxico.lopes em 16/03/2009 - 17:56h

Sem comentários!

[31] Comentário enviado por psychokill3r em 16/03/2009 - 18:59h

CaMiKaSe em 16/03/2009 - 10:31h:

você tem google ai mano , sabe digitar , e so pesquisar "compilar um kernel no ubuntu ou mandriva ou slax ou o que voce quiser"
então tente "compilar um kernel para windows" veja se é mais fácil para você.

se alguem me contratar para instalar um server de e-mail um dns e um web-server eu instalo um linux com a garantia que nada vai se perder .(raid e backup regular)
a nao ser que o contratante queira o winserver por ter a licenca ou sei la porque, também faço mais sem garantir os dados vai que corrompe aquela m#@$%.
note que o winserver 2008 agora é modular você pode instalar apenas os servers que voce quer assim como o linux
(microsoft aprendeu com o linus) é isso que quer dizer customizavel você instala só o que você quer !!

se eu estivesse ligado a um respirador daqueles de uti (tem um sistema ali dentro)gostaria que fosse um linux vai que a tela azul da morte me pega!!!! HIHIHIHI!!!!


http://www.vivaolinux.com.br/artigo/30-motivos-para-usar-o-Linux/
sem mais comentários para este topico.

[32] Comentário enviado por EnzoFerber em 16/03/2009 - 21:08h

Olha, eu concordo que sistemas operacionais não são como times de futebol. (gostei muito desse seu argumento ;)

Agora, um problema que sempre vejo em discussões sobre Linux x Windows é a seguinte:
"O linux é totalmente customizável e o windows não."

Hum... será? Tendo a discordar. Pensem comigo:

Como a base do Windows (XP no meu exemplo) é feita? Com linguagem de programação C. (o.O)
Sim, C, igual ao Unix/Linux/etc.

Como o Windows é carregado na memória? DLLs.

Então é só pensar: Se você alterar a DLL, você altera e customiza TOTALMENTE seu Windows, e isso não é crime.
Nos termos de contrato do seu windows original vem escrito de todo tamanho, você pode alterar o SEU WINDOWS, QUE POSSUI A CHAVE QUE VOCÊ PAGOU POR ELA, mais nao pode redistribuir.

Mas tem um problema, a maioria das dlls não podem ser alteradas com o sistema rodando, o que faz com que fique infinitamente mais complicado editar o sistema (mas nao impossivel) - voce gasta mais tempo, muito muito mais tempo editando umas simples dll para alterar a cor vermelha da caixinha de fechar janelas para azul do que para alterar toda a forma como voce inicializa seu linux, ou como seu xorg inteiro funciona.

Os dois sistemas são customizáveis (totalmente customizáveis). Não existe nada dentro do windows que quando voce tente editar apareca uma caixa de "Autenticação de Programador Microsoft", você só tem que saber fazer (esse é o problema - é bem complicado).

Apenas achei errado você falar (ou pelo menos deixar subentedido) que o linux é customizavel e o windows não. Ele é, você só vai dispender mais tempo. Entenda: não falei que valhe mais a pena ou o mesmo tanto customizar windows como linux. Não, não valhe. Apenas defendo que você precisa saber como falar sobre isso. Para customizar o windows é mais complicado, mais você pode conseguir coisas totalmente iguais ao linux se possuir o tempo necessario (sim, voce vai gastar bastante tempo) - as vezes consegue coisas até melhores ;)

Qualquer coisa que esteja conectada ao seu PC é acessivel atraves do seu teclado (programacao), basta saber como! ;)

[]'s
Slackware_10

[33] Comentário enviado por EnzoFerber em 16/03/2009 - 21:36h

P.S.: Nao puxei a sardinha pro lado do windows.

Só defendi meu ponto de vista:

Cada sistema operacional tem um ponto forte. E dois trabalham melhor que um.

É como o Yin-Yang:

"O dinamismo dos opostos ocasionam mudanças. Mudanças essas que podem por quaisquer fatores levar a um desequilibrio e fazer com que um lado sobressaia ao outro. Mas no fim, nascerá dentro do dominante uma semente do dominado, e esta semente representará que nada é eterno ou supremo."

Pensem nisso!
Filosofia é sempre bom ;)

[34] Comentário enviado por psychokill3r em 17/03/2009 - 02:44h

é realmente você foi ao ponto da questão.

Eu to "chateado" como o win porque não consegui compilar meu firefox pra 64 bits sozinho,((porque já tem o minefield 64 )não tem é o flash para ele).
revirei a net pra tentar isso e nada ,é porque e difícil ou ninguém faz, ou os robôs do google omitiram resultados ???
os dois funcionam melhor juntos e nos deveríamos aprender com os dois nâo é !! ,(como ganhar dinheiro o tio Bil ensina).
Vejam isso.
http://www.xandros.com/xandrosandmicrosoft.html
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.xandros.com/xandrosandmicrosoft.html .(traduzido pelo Enjoado da Pinga).
Quem sabe o tio Bil não ensina algo ao Linus e vice-versa.(esses dois devem trocar e-mails diariamente).

TaTaTa agora eu fico quieto!!!!!!!!!

[35] Comentário enviado por femars em 17/03/2009 - 08:13h

o que eu quis dizer e vc nao entendeu ou nao quis entender, é que os comentários manifestam (obrigado pela correção) o resultado final da comunidade, era só isso! No próximo eu desejo que vc vá até o fim!

[36] Comentário enviado por removido em 17/03/2009 - 09:48h

Então xiico, você e qualquer um aqui tem o direito de manisfetar sua opinião, seja ela qual for, independente de favorável ou contrária. No entanto, por se tratar de uma comunidade, um site colaborativo, aberto a qualquer um que queira expressar uma opinião ou idéia sobre o tema central que é o Software Livre e o Linux em si, acho que deveríamos pelo menos manter um certo nível de respeito e educação. Creio que isto é básico para uma boa convivência e não é pedir demais, a não ser que estejamos lidando com crianças(e olhe lá).

No mais, não vejo motivos pra tantos xiliques. Mais uma vez agradeço aos comentários que concordaram ou descordaram, aos que me passaram feedbacks e aos que expressaram que esperavam mais(realmente, exagerei um pouco no markerting da chamada), afinal de contas, tudo isso é válido.

[37] Comentário enviado por femars em 17/03/2009 - 10:53h

MarceloWeb, pelo que vi você é novo no site então vou lhe dizer o que me chateia e, se você não gosta da forma como eu falo, desculpe mas não vou mudar por vc!
O que acontece é, não é só o fato do seu artigo ser um tanto vago, é o fato dos moderadores filtrarem o que é bom e útil do que não é, vc não é obrigado a fazer um artigo em alto nível sempre, é pra isso que os moderadores trabalham! E também não precisa ficar levando pelo lado pessoal, (como sutilmente vc faz), o meu manifesto é apenas sobre o seu artigo. A questão dos moderadores filtrarem os artigos, é para que sempre o nível do site seja bom.

[38] Comentário enviado por charlessevero em 18/03/2009 - 13:30h

OI Marcelo !!

Vejo que vc esta iniciando no projeto linux.
Seja construtivo , absorva todas essas criticas e refaça seu artigos com pontos interessantes , evolua a ideia que vc começou . Mostre os principais defeitos do windows , desde o windows NT até o atual windows 2008 . O windows sempre solta um software no mercado cheio de bugs , os usuarios enviam as reclamações e assim eles vao corrigindo os erros .

Abraço

[39] Comentário enviado por removido em 18/03/2009 - 17:07h

O grande problema é que a malta já desde pequena tem windows á frente :S
Muitos já desde putos...

Vejam bem aqui na Europa por exemplo, ou em Portugal, aqui o estado está a dar portateis e internet.

aos pequenos que ainda andam na primária 1º ao 4º levam os tais "magalhães"
que gera tanta polémica aqui pq o Ministro disse que era uma ideia portuguesa e afinal não era.
os miúdos dos 6 aos 10 anos andam com isso para traz e para a frente, e adivinhem leva Windows :S
por isso os miúdos já levam com a micromind na cabeça... xD

outra parte do projecto para os mais velhos dos +11
já era computadores "decentes", mais poderosos que o pequeno Magalhães resistente à água xD
e das redes moveis provedoras de Internet, um total de 3, apenas uma tinha um computador (bem poderoso dos melhores se não for o melhor) só esse trazia Linux.

por isso é que o pessoal anda com windows para cima e para baixo... é o que sempre conheceram :S

culpa dos nossos políticos digo eu...
eu cá fiquei com o Insys Gameforce com linux xD

[40] Comentário enviado por lm.moreira em 19/03/2009 - 12:15h

Este é de Longe o Pior e mais Mediocre artigo que eu já Lí na vida.

Estou puto por ter perdido um minuto com essa merda...

[41] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 30/03/2009 - 17:49h

Estava pensando em escrever algo, contando as razões que me levaram a migrar para o Linux como usuário comum, porém já desisti!!
Vejo que isto deve ser reservado apenas aos doutos e/ou talvez masoquistas. As críticas devem sempre ser bem-vindas e quem se expõe a escrever publicamente deve estar preparado para todo o tipo de criticas, válidas e construtivas, porém principalmente a todas aquelas negativas. È preciso antes de mais nada ter espirito esportivo.
Uso o Linux desde 2000, primeiro de forma incipiente pelas imensas dificuldades que encontrei para instalar o mesmo naquela época e ainda mais em um NoBo complicado, tendo migrado definitivamente apenas há uns dois anos, depois de haver usado versões de distros com CD-Live disponível por pelo menos outro par de anos.
Sou apenas mais um usuário comum, sem ambições ou necessidade de me aprofundar nas linguagens de programação, embora desde o ano 2000 tenha estado lendo ampla literatura a respeito do Linux, tanto nacional como principalmente estrangeira.
Com tudo isto não me atreveria a escrever várias das criticas apresentadas acima, no mínimo porque o autor com toda a certeza tentou fazer o melhor que podia, tendo revisado seu texto, etc. Por esta razão entendo que as sugestões no sentido de complementar, revisar, agregar outros pontos ou aprofundar determinados aspectos ou enfoques seja pertinente, sendo o resto apenas impertinente.

Acho até que seria válido deixar um aviso aos menos letrados em linux para que não se atrevam a escrever qualquer coisa sob pena de serem linchados, já que pelo que me pareceu a maioria ou pelo menos aqueles que se manifestam é de experts.
Li o artigo na integra e não vejo porque massacrar o autor.

[42] Comentário enviado por guest19 em 02/06/2009 - 11:29h

um dos maiores problemas é que usuário comum não tem paciencia pra aprender coisas novas , Linux pra muitos é um sistema dificil e complicado e se você for botar na prática de uma pessoa que mal sabe mecher num windows é dificil mesmo , para empresas e mercados que maiores do funcionários mal sabem mecher em windows colocar linux e falar se vira é bronca , mais se você for perder tempo pra dar treinamento também é bronca , oque fica mais facil colocar um windows tocar um anti-virus e rezar para usuário não fazer cagada. Mais o dia que o povo para e usar internet para um meio realmente de estudo não MSN e Orkut vão ver que linux não é o tal bixo de 7 cabeças.
Thanks and peace.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts