Instalando o Slackware sem sofrimento (parte 1)

Aqui explico como instalar o Slackware enquanto o Patrick não se decide por uma ferramenta gráfica ao melhor estilo Fedora ou Mandriva... ;-) Farei um particionamento simples com o cfdisk; pra que ficar quebrando a cara se os manés aqui já passaram horas ralando o fucinho na frente do PC??? A versão utilizada foi o slackão 11.0.

[ Hits: 82.262 ]

Por: Perfil removido em 11/01/2007


Particionando o disco com cfdisk



Preste muita atenção pois agora você vai aprender como usar o cfdisk para fazer uma partição simples em seu HD. Assumirei que será usado todo o espaço disponível deste, sendo uma partição para swap e o restante para a raiz /, perfazendo um total de 3GB que preparei com o emulador qemu.

Não vou aqui sugerir qual o tamanho ótimo do swap mas utilizo a seguinte regra: até 512MB de RAM, o dobro de swap; acima deste valor, swap igual ao total de RAM.

Também não entrarei em qualquer discussão se esta regra é boa ou não. Nunca tive problema com ela e creio que você também não terá. De qualquer forma, sugestões nos comentários serão bem vindas.

Vamos lá que o papo já está chato!!!

Observe que na imagem abaixo o Slackware pede que você digite root para obter status de super usuário e poder prosseguir na instalação:


Sinceramente, não imagino a mínima utilidade para este passo que já não pudesse ser feito automaticamente mas o Patrick é o Patrick e quem sou para questionar alguma coisa. ;-)

Geralmente aqui temos duas opções:

1) se você usar um particionador gráfico (Fedora, Mandriva, SuSE) vá direto para a instalação com o comando setup;

2) se vai instalar o slack pela primeira vez, use o comando cfdisk. Esta foi nossa opção para poder ensinar-lhe a utilizá-lo:


O digitar "cfdisk", use as setas direcionais até o botão delete para apagar a(s) partição(ões) existentes no disco (se for um HD virgem, isto é obviamente desnecessário).


Após apagar a(s) partição(ões) que havia(m) no HD, navegue até ao botão new para criarmos a swap, primária, digitando o tamanho dela (MB). Isto é feito clicando-se no botão type e escolhendo o número 82:






Repita o processo para o espaço restante, aceitando o valor deste, transformando-a a seguir em bootável, também utilizando-se o botão type e número 83:








OBS: Os números 82 e 83 apenas criam as partições. A formatação ocorrerá mais a frente.

Agora que você fez o descrito acima, salve a configuração no disco selecionando write.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. No início era o verbo...
   2. Configurações iniciais
   3. Particionando o disco com cfdisk
   4. Formatando as partições
   5. E o verbo se fez carne
Outros artigos deste autor

Balanceamento de link + redundância

Recuperar a senha de root iniciando através do init=/bin/bash e alterando o arquivo /etc/shadow

Programando em Qt

Inclusão Digital

Sudoers 1.8.12 - Parte I - Manual

Leitura recomendada

Como Rodar o Mplayer no Linux

Gerência de projetos com Redmine

Como criar um box para o Vagrant

Bandwidthd + Postgre

Interação entre MLdonkey e Mozilla no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por flipe em 11/01/2007 - 09:35h

legal, um passo a passo bem interessante, agora tem que conferir.

valeu!

[2] Comentário enviado por tenchi em 11/01/2007 - 10:03h

Hum... não sei porque, mas eu nunca tive problemas na instalação do slack...
Acho que essa história de que o slackware é uma distribuição difícil de instalar existe somente por uma causa: O mouse. Ou pelo menos a ausencia dele.
Você pode verificar isso: Qualquer aplicação que não permita o uso do mickey é considerada difícil por muitos.
Mas mesmo assim, é válido o seu trabalho

[3] Comentário enviado por davidsonbhz em 11/01/2007 - 10:15h

O dia que o Patrick colocar uma instalacao grafica pra instalação, o Slackware deixa de ser Slackare...
Nao troco o slack por outro justamente por causa da simplicidade, e, na minha opiniao é bom vc ter de fazer um bocado de coisa "na mão" porque isso te familiariza mais com o sistema. Mas enfim, cada admin tem sua administração... rs rs

[4] Comentário enviado por marciolyma em 11/01/2007 - 10:15h

Muito bom, o seu modem Lucent está funcionando com Kernel 2.6.17.13.


[5] Comentário enviado por pssgyn em 11/01/2007 - 13:50h


Concordo com o amigo davidsonbhz. O dia em que o Slackware tiver instalação gráfica, o Slackware deixa de ser a distro maravilhosa que é.
Eu também nunca tive problemas sérios ou complicados para instalar o Slackware. E quem a utiliza não muda para outra de forma nenhuma. O Slackware é de uma simplicidade que facilita muito o entendimento.

[6] Comentário enviado por DiegoR0dr1gu3s em 11/01/2007 - 17:38h

tbm concordo com o davidsonbhz. instalo o slack muito mais rápidamente usando o teclado, principalmente na hora de criar partiçoes, q é 2 tempos..., do que usando o mouse. é um tal de clica aqui, abre ali, volta pra janelinha fulana de tal... aff... sou mais: seta seta seta (ou primeira letra) espaço, enter, tab, tab.... rsrs

e concordo tbm com fazer as coisas na mao, nao tudo, pois pra uso no dia a dia, como desktop, uso meu slackao no modo grafico mesmo e tals. mas pra configurar prefiro mil vezes ir ao arquivo de conf q ficar abrindo assistente, que geralmente bagunça seu conf...

cada um cada um.... mas valeu pelo artigo, pois vai ajudar quem precisa.

falows!

[7] Comentário enviado por Marcelo_Reis em 11/01/2007 - 20:33h

Olá amigos
Uma duvida... me disseram q eh melhor instalar com o Kernel 2.4, do q com o Kernel 2.6, e fazer a atualização posteriormente, mas toda vez q eu tento atualizar rola um Kernel Panic de leve...rs
gostaria de saber se rola bem instalar direto com o Kernel 2.6 ???
valew
abs

[8] Comentário enviado por Marcelo_Reis em 11/01/2007 - 22:49h

Poxa...
desculpe a minha ignorancia!
segui o passo a passo, no inicio usei o comando "test26.s", e pensei q ele instalaria o kernel 2.6.x.x, mas quando uso o comando
#uname -r
ele me diz q eh o 2.4.33.3
o q eh necessário para instalar o slackware com o kernel 2.6.x.x sem precisar compila-lo???
obrigado

[9] Comentário enviado por haltdef em 11/01/2007 - 23:20h

joereis51, acho que no final da instalação ele pergunta qual kernel instalar, daí na lista vc escolheria o test26. Dá uma olhada aqui e vê se te ajuda em alguma coisa.
O test26.s é o 2.6.18 se não me engano, e o huge26.s é o 2.6.17.13.

huge26 -> http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=7777 :)
teste26 -> http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=7815

Abraço.

[10] Comentário enviado por Marcelo_Reis em 12/01/2007 - 00:19h

opa... valew!
vc acha mais confiavel o 2.6.17.13 ou o 2.6.18?
tentei o 18 e travou o mouse

[11] Comentário enviado por haltdef em 12/01/2007 - 00:24h

Hm, tenta o 2.6.17.13. :)
Acho que vai funcionar legal aí!
Abraço.

[12] Comentário enviado por removido em 13/01/2007 - 00:33h

Parabéns...

Já utilizei o Slackware por pouco tempo, mas gostei também dessa distro por ser 100% customizável e escessivamente estável. O artigo está ótimo e bem explicado.

:::... Viva o Linux ...:::

[13] Comentário enviado por tenchi em 13/01/2007 - 11:08h

joereis51, acho que o problema possa não ser o "travamento" do mouse, mas o não carregamento do módulo correspondente. Se você usa um PS/2, basta carregar o módulo psmouse na inicialização do sistema:
# echo '/bin/modprobe psmouse' >> /etc/rc.d/rc.modules

É, o Patrick compila o kernel o mais modularizado possível, o que gera confusões deste tipo.. rsrs

Minha recomendação é: Compile o seu próprio kernel. Eu mesmo nunca consegui ficar uma semana usando um kernel "oficial' do slack. Nada contra, deixo claro, mas é possível resolver vários problemas, como o kernel panic, suporte a outros sistemas de arquivo, etc.

Ou, se o problema não for este, ignore esta mensagem, que se autodestruirá em 5...4....3....2.....1...... KKKKK

[14] Comentário enviado por removido em 13/01/2007 - 14:56h

Ô loco meu!!!!

Quanta celeuma por um particionadorzinho gráfico na inicialização do sistema....

Crééééééééééééédo!!!

Vcs são todos xiitas!...

hua,hua,hua,hua...

[15] Comentário enviado por GilsonDeElt em 13/01/2007 - 19:06h

Muito bom o artigo!
Parabéns!

Só uma dúvida: Já tenho o Slackware instalado, com Kernel 2.4.33.3. Quando tentei instalar o 2.6.17.13 - mesmo não tendo desmarcado o pacote do kernel- o sistema bootou, mas não consegui instalar os módulos.
Como faço para instalá-los sem ter de compilar o Kernel???
Valeu!!!

[16] Comentário enviado por kataoka em 14/01/2007 - 13:20h

Queira Deus que o Patrick nunca opte por usar interface gráfica na instalação.
O slackware não é para qualquer usuario.
alem do mais
quanto mais complicar mais bugs podem surgir
se ele passar a usar interface gráfica na instalação
eu mudo para o debian

mas teu artigo está bom
e incentiva o uso do slack
parabens

[17] Comentário enviado por tenchi em 14/01/2007 - 19:49h

Vem cá... mas por acaso há alguma diferença na instalação do 11 para a das outras versões? Sim, pq se tiver, passou despercebida aos meus olhos.

[18] Comentário enviado por spawnlook em 16/01/2007 - 16:39h

ninguém teve problema no boot da versão 11?
Tenho os cds das versões 9 até a 10.2 e todas vão direitinho, so a 11 que ja fiz até macumba e nao da boot pelo cd de jeito nenhum uhu

[19] Comentário enviado por darkstarfire em 02/02/2007 - 21:48h

kataoka ...
pode esquecer o debian, pois já está em teste/uso um instalador grafico pro debian feito em gtk si não mi engano

[20] Comentário enviado por jairohaake em 16/03/2007 - 13:20h

spawnlook, tbem tive problemas de boot em algumas maquinas, mas sao pucas axo q duas ate agora, mas o 10.2 vai blz... flww

[21] Comentário enviado por mkinfo em 30/08/2007 - 12:19h

Bom artigo e tb concordo com o davidsonbhz, pois o criador do slackware deixa é muito conservador porque é preciso estar com o pacote estavel para lançar e nada de perfumarias quem gosta de tela colorida que fique com o Ruindows

[22] Comentário enviado por shaitannechrist em 05/10/2007 - 10:06h

Parabéns!

Muito bem Explicado. ;D

E Viva o Linux!!!

[23] Comentário enviado por semateruki em 05/07/2008 - 01:13h

kra...

maravilhoso tuto...

se n fosse esse eu tava perdido no meio dainstalacao do slackware aki em ksa

Gratz!

Cya

[24] Comentário enviado por semateruki em 05/07/2008 - 01:13h

kra..

maravilhoso esse tuto

se n fosse ele eu tava perdido no meu da minha instalcao do slackware 11

Gratz

Cya

[25] Comentário enviado por ashmsx em 28/03/2009 - 11:21h

Instalar é fácil, eu acho dificil instalar os programas e configurá-los rs
Bom artigo, ajuda muita gente a se localizar numa instalação


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts