Instalando e Usando a Versão Mais Recente do BleachBit no Linux

O presente artigo mostra a mais recente versão do pacote limpador BleachBit, sua instalação e uso em Sistemas Operacionais Linux.

[ Hits: 1.913 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 04/10/2021 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Executando o BleachBit



Feche suas aplicações: navegador, editor de texto, tocadores de multimídia etc.

Usando direto o comando:

Para executar o aplicativo, abra o terminal e navegue até a pasta que contém o programa e execute o binário em Python, com estes comandos.

cd ~/PACOTES/bleachbit/bleachbit-4.4.0
python3 bleachbit.py

Clicando em um atalho:

Com interfaces gráficas, óbvio, é conveniente criar um "atalho" para clicar direto e já executar o programa.

Aí que está. Depende da sua interface gráfica, porque cada uma é de um jeito. Olhe na sua interface gráfica para ver como se criam os atalhos nela. Eles são arquivos com extensão .desktop.

Eu criei em KDE. Nesse ambiente gráfico, o atalho é feito clicando com o botão direito do mouse, dentro do diretório onde quer criar o atalho, e seguindo as instruções que aparecem nas diversas abas da tela. Eu criei em /home/meu_nome_de_usuário/APLICATIVOS.

Após alguns testes preliminares, seja abrindo o Python no comando, como executando diretamente, encontrei o melhor e mais rápido atalho. Como guia para ajudar você, forneço as linhas do arquivo desse atalho, as que deram melhor resultado no KDE do Sabayon Linux.

# Atalho para executar BleachBit
# Por albfneto, 2021.
# Salvar em ~/APLICATIVOS
[Desktop Entry]
Comment[pt_BR]=Atalho para BleachBit
Comment=Atalho para BleachBit
Exec=/home/albfneto/PACOTES/bleachbit/bleachbit-4.4.0/bleachbit.py
GenericName[pt_BR]=Atalho para BleachBit
GenericName=Atalho para BleachBit
Icon=/usr/share/pixmaps/bleachbit.png
MimeType=
Name[pt_BR]=BleachBit
Name=BleachBit
Path=/home/albfneto/PACOTES/bleachbit/bleachbit-4.4.0
StartupNotify=true
Terminal=false
TerminalOptions=
Type=Application
X-DBUS-ServiceName=
X-DBUS-StartupType=
X-KDE-SubstituteUID=false
X-KDE-Username=

Eis meu atalho:
Executando como root, usando atalho:

Alguns usuários e autores não consideram seguro usar BleachBit como root. Entretanto, outros o fazem:
Eu uso muito o BleachBit, como usuário comum, e também como Root, tanto em Sabayon como em Gentoo. Uso a muitos anos, e nunca tive problemas com ele. Em todo o caso, se tiver dúvida, faça um backup do que não quer perder.

Modifique seu atalho, ou faça outro, para BleachBit como root. Como ajuda, eis a linhas do meu atalho para iniciar o BleachBit, como root, usando sudo gráfico:

# Atalho para executar BleachBit como Root.
# Por albfneto, 2021.

[Desktop Entry]
Comment[pt_BR]=Atalho para BleachBit como Root
Comment=Atalho para BleachBit como Root
Exec=kdesu /home/albfneto/PACOTES/bleachbit/bleachbit-4.4.0/bleachbit.py
GenericName[pt_BR]=Atalho para BleachBit Como Root
GenericName=Atalho para BleachBit Como Root

<div class="figura"><a href="//img.vivaolinux.com.br/imagens/artigos/comunidade/bleachbit.png" target="_blank"><img src="//img.vivaolinux.com.br/imagens/artigos/comunidade/thumb_bleachbit.png" width=500 height=518 border=0 alt="" /></a></div>

MimeType=
Name[pt_BR]=BleachBit
Name=BleachBit
Path=/home/albfneto/PACOTES/bleachbit/bleachbit-4.4.0
StartupNotify=true
Terminal=false
TerminalOptions=
Type=Application
X-DBUS-ServiceName=
X-DBUS-StartupType=
X-KDE-SubstituteUID=false
X-KDE-Username=

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação para Sabayon, Gentoo e Linux em Geral
   3. Executando o BleachBit
   4. Usando BleachBit
Outros artigos deste autor

Comparando desempenho de distros, arquiteturas ou ambientes gráficos - Método universal

Sabayon completo, personalizado e portátil, em pendrive de boot

Sabayon Linux 5.3, versões futuras e seu potencial + remasterização

Sabayon Linux: Migrando KDE4 para KDE5

Os bons tempos voltaram! Revivendo e revisitando o WindowMaker

Leitura recomendada

Scribus 1.1.6: A opção Linux para Adobe PageMaker, QuarkXPress e InDesing

Escrevendo em arquivos PDF

LINCE - A biblioteca de visão artificial open source

O quê que há velhinho?!

Monitorando a temperatura do computador com lm_sensors + MRTG

  
Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 04/10/2021 - 20:55h


Interessante, até referenciou minhas dicas, valeu.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]

[2] Comentário enviado por Freud_Tux em 07/10/2021 - 23:08h

Interessante.

Valeus


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
[b]Noob:[/b] [i]"[...]Sou muito noob ainda usando o terminal, então preciso de ajuda "mastigada", pra operá-lo."[/i]
[b]zhushazang[/b]: [i]"Sou velho e meus dentes desgastados. Estude linux www.guiafoca.org";[/i]

[i][b]" Ignorance is bliss, for learning is the highest joy. "[/i][/b] - High Elf Archer

[3] Comentário enviado por Capitainpoisy em 15/10/2021 - 17:26h


Aki só segunda mesma

[4] Comentário enviado por Katharina em 27/11/2021 - 07:19h

Thanks for really information share.

https://www.mybalancenow.buzz/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts