Instalando e Configurando o SAMBA3 no FreeBSD 8.1 Release

Olá. Artigo com o objetivo de instalar e configurar de forma básica e objetiva o SAMBA 3.5.6 no FreeBSD 8.1 Release.

[ Hits: 29.279 ]

Por: Danilo Perillo Chiacchio em 23/06/2011


Adicionando usuários para acesso aos Recursos



Passo 6: Agora, para que funcione devemos adicionar os usuários no sistema e também na base de dados do SAMBA. Segue abaixo procedimentos necessários:

Adicionado usuário no sistema e definindo uma senha para o mesmo:

# pw useradd -n joao -u 1005 -g 1005 -c Usuário para acesso a compartilhamentos -d /home/joao -s /bin/sh

# passwd joao


Nota: Usuários podem ser adicionados no sistema com auxilio do utilitário “sysinstall”. Adicionado um usuário no SAMBA:

# smbpasswd -a joao (Depois, definir a senha)

Pronto. Basta a partir de uma estação Windows tentar o acesso ao compartilhamento. Isso pode ser feito atraves do caminho UNC. Por exemplo:

\\192.168.1.20\arquivos onde: IP do Servidor SAMBA + Compartilhamento chamado “arquivos”.

Observação: Para verificar se os daemons do SAMBA estão em execução, versão do SAMBA e demais informações uteis, podemos utilizar os comandos abaixo:

# /usr/local/etc/rc.d/samba status
# smbstatus
# top
# ps -aux | grep smbd nmbd


Observação 2: A maiora das alterações realizadas no arquivo de configuração do SAMBA (/usr/local/etc/smb.conf) para que as mesmas entrem em funcionamento, é necessário “restartar” o serviço do SAMBA. Isso pode ser feito atraves do comando abaixo:

# /usr/local/etc/rc.d/samba restart

Compartilhando e Gerenciando Impressoras

Passo 7: O lpd é o antigo daemon de spooler de impressão utilizado no FreeBSD e na maioria dos sistemas baseados em Unix. Ele é um protocolo que está definido na RFC 1179 e é capaz de lidar com solicitações de impressões de entrada de rede ou localmente e armazena-las no diretório onde o mesmo utiliza para fazer “spool”, e em seguida envia-los para as respectivas impressoras. O daemon lpd utiliza o arquivo de configuração /etc/printcap para poder se comunicar com as impressoras. Por esse arquivo ser complicado de se trabalhar, existe um utilitário que pode ser instalado via Ports chamado “apsfilter”, localizado em /usr/ports/print/apsfilter.

Para habilitar a execução do daemon, basta inserir a entrada abaixo no arquivo de configuração /etc/rc.conf:

lpd_enable=”YES”

# sh /etc/netstart # /etc/rc.d/lpd start

Observação: Esse sistema de impressão é obsoleto, e não é muito utilizado atualmente. Em substituição a esse sistema, foi lançado o CUPS.

O CUPS é o acrônimo de Common Unix Printing System. É um sistema para gerenciamento e controle de impressoras, com uma interface muito mais amigavel e simples em comparação ao daemon lpd. Além de suportar o próprio protocolo lpd, o CUPS possui suporte nativo aos seguintes protocolos de impressão:
  • IPP (Internet Printing Protocol);
  • SMB;
  • Protocolo HP JetDirect;
Podemos dizer que a “grosso” modo o CUPS é um super melhoramento do sistema lpd. Além dos vários protocolos suportados, o CUPS suporta Controle de Acesso, Encriptação e Autenticação.

Instalando o CUPS

O CUPS pode ser instalado via Ports, conforme os passos abaixo:

# cd /usr/ports/print/cups
# make install clean


Basta aguardar alguns minutos que o CUPS ira ser instalado. Durante a instalação pode ser lhe perguntando sobre a instalação de bibliotecas e itens adicionais. Apenas siga com a instalação padrão (default).

Nota: Opcionalmente, nas opções da biblioteca “GhostScript8” você pode selecionar a primeira opção para definir o tamanho default da página como A4 e não Letter.

Habilitando a execução do daemon do CUPS

Para habilitar a execução do daemon, basta inserir a entrada abaixo no arquivo de configuração /etc/rc.conf:

cupsd_enable=”YES”

# sh /etc/netstart

ou

Reiniciarlizar o sistema:

# shutdown -r now

Manipulando o daemon do CUPS

Assim como qualquer serviço de sistema, o daemon do CUPS (cupsd) pode ser iniciado, pausado e reiniciado, através dos comandos abaixo:

# /usr/local/etc/cups/cupsd.conf start
# /usr/local/etc/cups/cupsd.conf stop
# /usr/local/etc/cups/cupsd.conf restart


Opcional (para ver o status do daemon):

# /usr/local/etc/cups/cupsd.conf status

Preparando o arquivo de configuração: /usr/local/etc/cups/cupsd.conf

Após a instalação do CUPS, necessitamos configurar (ajustar) seu arquivo de configuração para que possamos acessa-lo via Browser para poder realizar as configurações/gerenciamento de impressoras e jobs (trabalhos). O arquivo de configuração, deve possuir o conteudo abaixo:

# ee /usr/local/etc/cups/cupsd.conf

Inicio do arquivo de configuração:

# Log general information in error_log - change "warn" to "debug"
# for troubleshooting...
LogLevel warn
# Administrator user group...
SystemGroup
# Only listen for connections from the local machine.
Port 631
#Listen localhost:631
Listen /var/run/cups.sock
# Show shared printers on the local network.
Browsing On
BrowseOrder allow,deny
BrowseAllow all
BrowseAddress @LOCAL
BrowseLocalProtocols CUPS
# Default authentication type, when authentication is required...
DefaultAuthType Basic
DefaultEncryption IfRequested
# Restrict access to the server...

Order deny,allow
Deny From All
Allow From 127.
Allow From 192.168.1.
</Location>
# Restrict access to the admin pages...

Order deny,allow
Deny From All
Allow From 127.
Allow From 192.168.1.
</Location> # Restrict access to configuration files...

AuthType Default
Require user @SYSTEM
Order deny,allow
Allow From 127.
Allow From 192.168.1.
</Location>
# Set the default printer/job policies...

# Job-related operations must be done by the owner or an administrator...
<Limit Send-Document Send-URI Hold-Job Release-Job Restart-Job Purge-Jobs Set-Job-Attributes Create-Job-Subscription Renew-Subscription Cancel-Subscription Get-Notifications Reprocess-Job Cancel-Current-Job Suspend-Current-Job Resume-Job CUPS-Move-Job CUPS-Get-Document>
Require user @OWNER @SYSTEM
Order deny,allow
</Limit>
# All administration operations require an administrator to authenticate...
<Limit CUPS-Add-Modify-Printer CUPS-Delete-Printer CUPS-Add-Modify-Class CUPS-Delete-Class CUPS-Set-Default CUPS-Get-Devices>
AuthType Default
Require user @SYSTEM
Order deny,allow
</Limit>
# All printer operations require a printer operator to authenticate...
<Limit Pause-Printer Resume-Printer Enable-Printer Disable-Printer Pause-Printer-After-Current-Job Hold-New-Jobs Release-Held-New-Jobs Deactivate-Printer Activate-Printer Restart-Printer Shutdown-Printer Startup-Printer Promote-Job Schedule-Job-After CUPS-Accept-Jobs CUPSReject-
Jobs>
AuthType Default
Require user @SYSTEM
Order deny,allow
</Limit>
# Only the owner or an administrator can cancel or authenticate a job...
<Limit Cancel-Job CUPS-Authenticate-Job>
Require user @OWNER @SYSTEM
Order deny,allow
</Limit>
<Limit All>
Order deny,allow
</Limit>

# Set the authenticated printer/job policies...

# Job-related operations must be done by the owner or an administrator...
<Limit Create-Job Print-Job Print-URI>
AuthType Default
Order deny,allow
</Limit>
<Limit Send-Document Send-URI Hold-Job Release-Job Restart-Job Purge-Jobs Set-Job-Attributes Create-Job-Subscription Renew-Subscription Cancel-Subscription Get-Notifications
Reprocess-Job Cancel-Current-Job Suspend-Current-Job Resume-Job CUPS-Move-Job CUPS-Get-Document>
AuthType Default
Require user @OWNER @SYSTEM
Order deny,allow </Limit> # All administration operations require an administrator to authenticate...
<Limit CUPS-Add-Modify-Printer CUPS-Delete-Printer CUPS-Add-Modify-Class CUPS-Delete-Class CUPS-Set-Default>
AuthType Default
Require user @SYSTEM
Order deny,allow
</Limit>
# All printer operations require a printer operator to authenticate...
<Limit Pause-Printer Resume-Printer Enable-Printer Disable-Printer Pause-Printer-After-Current-Job Hold-New-Jobs Release-Held-New-Jobs Deactivate-Printer Activate-Printer Restart-Printer
Shutdown-Printer Startup-Printer Promote-Job Schedule-Job-After CUPS-Accept-Jobs CUPSReject-Jobs>
AuthType Default
Require user @SYSTEM
Order deny,allow
</Limit>
# Only the owner or an administrator can cancel or authenticate a job...
<Limit Cancel-Job CUPS-Authenticate-Job>
AuthType Default
Require user @OWNER @SYSTEM
Order deny,allow
</Limit>
<Limit All>
Order deny,allow
</Limit>


Observação: O arquivo já está com comentários (em Inglês) descrevendo a funcionalidade básica de cada opção inserida no arquivo. Basta reiniciar o serviço do CUPS para que as configurações entrem em funcionamento.
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Cenário utilizado
   2. Manipulando o daemon do SAMBA
   3. Adicionando usuários para acesso aos Recursos
   4. Acessando o CUPS através de um host da Rede Local
Outros artigos deste autor

Configuração de servidor DHCP no Debian Linux

Servidor SSH (Secure Shell Hosting)

Anon-Proxy no Debian Lenny

Leitura recomendada

Configurando o Samba para compartilhamento por autenticação de usuários

Configurando o Samba facilmente

Configurando servidor Samba como Workgroup no Slackware

Servidor Samba com autenticação no Windows XP e troca de senha automática

Minimizando o delay de logon do Samba

  
Comentários
[1] Comentário enviado por danilorpneves em 29/06/2011 - 15:42h

mandou bemm...parabéns :D

[2] Comentário enviado por danchiacchio em 29/06/2011 - 22:38h

Boa Noite danilo neves,

Que bom que gostou, fico feliz.

Abraço,
Danilo.

[3] Comentário enviado por turad em 02/08/2011 - 12:43h

Bom tutorial parabéns

[4] Comentário enviado por leandromfacchini em 07/09/2011 - 15:05h

Boa tarde, to com um problema na hora de achar o diretorio do samba eu faço #cd /usr/ports/net/samba3, e ele retorna a mensagem: no such file or directory, quem puder me ajudar agradeço.

[5] Comentário enviado por danchiacchio em 07/09/2011 - 17:02h

Boa Tarde leandromfacchini,

Se estiver utilizando a versão 8.1 ou 8.2 Release do FreeBSD, tente o seguinte:

# cd /usr/ports/net/samba35

Abraço,
Danilo.

[6] Comentário enviado por leandromfacchini em 08/09/2011 - 01:02h

deu certo, o problema era com o diretorio ports que não estava configurado corretamente, vlw pela dica.

att.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts