Guia de referência do ISOLINUX (parte 1)

O ISOLINUX é provavelmente o gerenciador de boot mais utilizado em LiveCDs, certamente pela grande quantidade de recursos que ele oferece para tornar o boot do LiveCD um processo mais amigável. Nesse artigo você verá como utilizá-lo em seu LiveCD, desde as configurações básicas até alguns recursos interessantes.

[ Hits: 73.986 ]

Por: Antônio Vinícius Menezes Medeiros em 17/03/2010 | Blog: http://www.vinyanalista.com.br/


Inserindo uma imagem de fundo



Essa provavelmente é uma das personalizações do ISOLINUX que todo mundo deseja fazer em seu LiveCD. Felizmente, é bastante fácil configurá-la. Por isso comecei por ela.

A tag responsável pela imagem de fundo está apresentada a seguir com sua sintaxe. É importante observar que ela está definida no arquivo "vesamenu.c32", portanto só faz sentido utilizá-la se a linha "DEFAULT vesamenu.c32" estiver presente no início do arquivo de configuração.

MENU BACKGROUND background

O parâmetro que deve ser passado para essa tag é o nome do arquivo que contém a imagem de fundo, que deve ter tamanho 640x480 pixels e pode estar em formato PNG ou JPEG.

Experimente criar uma imagem em um editor de imagem qualquer e salvá-la com o nome "splash.png" dentro da pasta "boot/isolinux". Abra o arquivo "isolinux.cfg" e, no início do arquivo, acrescente a seguinte linha:

MENU BACKGROUND splash.png

Deixando seu começo assim:

DEFAULT vesamenu.c32
MENU BACKGROUND splash.png
TIMEOUT 300
PROMPT 0

Se você gerar novamente a imagem ISO e testá-la na máquina virtual, verá a imagem que você criou no fundo do menu.
Linux: Guia de referência do ISOLINUX - Parte 1
Esta opção é usada no DVD de instalação do Debian e no LiveCD do Slax, por exemplo.
Linux: Guia de referência do ISOLINUX - Parte 1
Linux: Guia de referência do ISOLINUX - Parte 1
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Configuração básica
   3. Testando o ISOLINUX
   4. Inserindo uma imagem de fundo
   5. Organizando os elementos do menu
   6. Definindo as posições e tamanhos dos elementos do menu
   7. Aplicando cores aos elementos do menu
   8. Alterando as mensagens de boot automático e de prompt
   9. Inserindo textos de descrição
   10. Criando um LiveCD usando o ISOLINUX como gerenciador de boot
Outros artigos deste autor

Incrementando o visual do KDE 4

Exibindo um splash durante o boot com Splashy

Portugol Online - Software livre para facilitar o estudo de algoritmos

Instalação do ClamAV com DazukoFS

Desmistificando a instalação do Dazuko

Leitura recomendada

Colocando Windows, Linux e Mac Os X em um mesmo PC

VIM avançado (parte 1)

O futuro e o Linux

Como fazer RAID 0 com mdadm no Debian

Masterização de VCD's com menu interativo

  
Comentários
[1] Comentário enviado por xirux em 27/03/2010 - 17:44h

Muito bom o artigo, vou tirar um tempo pra praticar!

[2] Comentário enviado por zebento.cpd em 07/08/2010 - 12:07h

Parabéns por mais esse artigo!

Dentre as vantagens de cada gerenciador GRUB e ISOLINUX, existe alguma(s) que façam que um gerenciador sobressaia o outro? Resumindo, qual é o melhor e porque?

[3] Comentário enviado por edutaquary em 17/02/2011 - 13:10h

como faço para gerar uma iso do meu hd usando partimage e depois instalar pelo dvd

[4] Comentário enviado por sboorbou em 13/07/2011 - 12:33h

cara tem como usar o ISOLINUX para iniciar uma iso direto do HD?
Tipo uma iso de um live cd iniciar direto no hd?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts