Google AdSense vs Layout de websites

Navegando diariamente por muitos websites, reparei algo pouco conveniente do ponto de vista de interação com o usuário. Isto é, os Google's AdSense que infestam as páginas web de qualquer maneira, afetando o próprio conteúdo, que doutrora era o objetivo do site.

[ Hits: 11.747 ]

Por: Manuel Tavares em 14/11/2008


O uso do Google AdSense nos portais: afinal aonde está o problema?



Uma vez resumidos alguns dos meios publicitários, muitos destes necessários, para aqueles que já leram o artigo indicado ou sabem um pouco sobre o Google AdSense, a pergunta que faço é o seguinte, vale a pena trocar a informação do seu portal em detrimento a exibir anúncios publicitários, ganhando $$ com cada clique?

Vejamos um exemplo...
site Noticias Linux
Se o pessoal da área de usabilidade/acessibilidade analisasse este site, a primeira conclusão seria a informação não se encontra organizada nem pela estrutura, nem pela relevância.

Mas não é preciso sermos especialistas para vermos como as publicidades desfocam a notícia em causa e ainda coloca os comentários muito mais além...

O problema então não está no Google AdSense, aliás tanto a idéia como a aplicação é ótima e rende uns trocados, que até dá para custear a hospedagem do site em projetos como VOL. O problema está na utilização abusiva ou excessiva, que aplicado a várias seções do site, mexe com a estrutura do site a nível das informações que são ou não importantes aparecerem no sítio certo, e ainda misturado com anúncios publicitários.

Imaginem o que seria ler um "livro" onde temos de parar num parágrafo, ler um anúncio, continuar a leitura... ou ainda ficar a procura da continuação uma vez que outro pedaço é despropositadamente colocada em baixo ou noutra página.

Não fará muito mais lógica ter estes anúncios organizados e separados do conteúdo principal ou mais relevante pelo qual o utilizador acedeu para ver??

São vários os exemplos menos bons que podemos encontrar, aqui mesmo no VOL quando o código que gera publicidade falha, vemos dentro de uma secção de um artigo ficar meio desestruturado (não tenho printscreen que o prove).

Na imagem abaixo podemos ver o anúncio ao lado do artigo, daí eu pergunto, vale a pena??
site Viva o Linux
De certo que muitos responderão (criticar esta afirmação), mas não podemos negar que a organização de um site conta muito e que tal como os SPAMs ou POP-UPs a utilização desenfreada dos anúncios do Google em qualquer parte (esta é a questão) não favorecem ao utilizador que visita o site.

Solução

A solução deste problema, aparentemente simples, passa pela utilização correta que varia de acordo com a estrutura de cada site e da escolha da forma como o anúncio deverá ser apresentado, por exemplo:
  • Anúncios na vertical - utilizado no menu lateral (tal como aqui no VOL);
  • Anúncios na horizontal - em número menor que na vertical, evitando colocar no meio de um conteúdo (ex.: artigos ou notícias);
  • Anúncios em formato de imagens - as imagens são bastantes apelativas (do ponto de vista de marketing), mas a nível do utilizador distrai e pode causar uma descontextualização desnecessária quando confundida, como se pertencesse ao conteúdo em causa.

De um modo geral a aplicação, desde que não atrapalhe a estrutura do site é bem-vindo, e como disse, rende um belo de um trocado... só não ganhe trocado em troca de monte de crítica sobre o seu site, confuso, demasiado publicitário etc.

Assim sugiro que utilizemos o Google AdSense, mas respeitemos o utilizador, razão de existência do nosso site.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Dos SPAMs, POPUPs ao Google AdSense
   2. O uso do Google AdSense nos portais: afinal aonde está o problema?
Outros artigos deste autor

CSS pela W3schools (Parte 1) - Uma introdução

Eu aprendi!

Leitura recomendada

GNU/Linux, um projeto de sucesso (parte 1)

Com vocês, Larry, a vaca

Terminais leves: Analisando as tecnologias XDMCP, NXSEVER E LTSP

K12LTSP - Executando o Mozilla antes do GDM

WebCDWrite: O incrível serviço de gravação de CD-R sob demanda via HTTP

  
Comentários
[1] Comentário enviado por paulocelso68 em 14/11/2008 - 15:28h

Grande Tavares... Comparo tal situação ao folhear (não que eu goste dela) as páginas de notícias semanais de informação. Às vezes me deparo com 10 páginas de propaganda intensa até chegar à notícia que quero ler. Outro exemplo de publicidade excessiva e que prejudica o conteúdo do poderias ser um bom "sítio" de informações tecnógica é o já conhecido IDG NOW.com.br. Lá, artigos que caberiam em uma "tela" acaba nos obrigando a navegar por 4 delas, pois o espaço para a notícia é por demais resumido devido aos anúncios na vertical, horizontal, banners, pop-up, ou seja, uma poluição visual desagradável e irritante. Por enquanto, ao meu ver, o VOL tem utilizado com bom senso os anúncios e espero que assim permaneça. Parabéns pelo artigo.

[2] Comentário enviado por Teixeira em 15/11/2008 - 09:47h

Concordo.
Além do que, algumas vezes o tempo para carregar o conjunto publicitário é muito grande.

Somem-se ainda os tais "efeitos especiais" que nossos webdesigners insistem em utilizar em profusão e demasia, e temos o site perfeito para o "poço do fedor eterno"...
Ou seja: Pesado, poluído e descaracterizado de seus objetivos.
Não carrega nunca (nem em banda-larga) e quando carrega, apresenta-se de forma totalmente deplorável.

Tem um exemplo típico:
Sites de orientação evangélico-protestante cuja principal propaganda (imposta por esses mecanismos publicitários) vem da oferta de medalhas bentas por alguém, dando assim a impressão de que a orientação doutrinária do site está sendo distorcida.

Certos forums também nos deixam pasmos, sem saber onde começa e onde terminam comentários, tópicos e publicidade.
É tudo um caldo só.

Alguém (?) tem de tomar alguma providência.

Como não há como policiarmos externamente, resta-nos criticar e botar a boca no trombone para ver se alguém acorda...

Falta o cliente dizer sinceramente para o fornecedor: Seu site está ridículo.

Mas isso não acontece.

Ele simplesmente evita o tal site, e pronto.

Pode ser que a propaganda realmente nos renda alguns trocados, mas que não seja o caso de que venhamos a perder clientes por causa disso.

Tenho por princípio não acessar a sites que demorem mais de 10 segundos a apresentar alguma informação útil.
Quando começa com aquele "carregando..."
eu parto imediatamente para outra URL
sem o mínimo remorso.

Outra coisa: Tão importunas quanto as janelinhas "pop-up" são também aquelas "pop-under", que ficam por baixo da página.

Outra coisa ainda:
Estive buscando especificamente por "Canon BJC 2100 driver" e o mecanismo de busca me conduziu a um site pornográfico (há nas "meta tags" daquele site exatamente essa string).
Quem fiscaliza isso (se é que alguém fiscaliza)?
Devemos reclamar com o bispo ou com o Papa?
Como informar ao Google (por exemplo) que isso está acontecendo?

[3] Comentário enviado por leandrojf em 15/11/2008 - 15:15h

Muito bom!!! aparece no msn pra trocar mais idéias sobre nosso grandioso Linux...abraços

[4] Comentário enviado por fabio em 15/11/2008 - 17:19h

Olá Teixeira,

Quando encontrar algum site SPAM como este pornográfico com tags da Canon, reporte a URL em:

http://www.google.com.br/contact/spamreport.html

Um abraço.

[5] Comentário enviado por Grobsch em 18/11/2008 - 11:49h

Um bom uso do adsense faço no novo site do GoblinX.
http://www.goblinx.com.br

[6] Comentário enviado por mtavares em 18/11/2008 - 15:27h

Concordo, a isto podemos chamar de razoável... até parece que o anúncio pertence ao site...

[7] Comentário enviado por removido em 23/11/2008 - 17:45h

estou de acordo ctg.. as publicidades são boas para ganhar uns trocos... mas em demasia altera o visual do site e a explicidade do seu conteudo..
mas acima de tudo o que me mete mais nojo sao aqueles ads em flash que reproduzem musica ou assim, então aquele que faz o som do msn quando recebes uma mensagem.. ui que nojo.

[8] Comentário enviado por mtavares em 24/11/2008 - 09:16h

é, eu penso que devemos acima de tudo ter uma internet de qualidade e com a qualidade ganhar dinheiro e não o contrário....


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts