Funtoo Linux - Pré-instalação

Este artigo explica os conceitos necessários para planejar a instalação do Funtoo Linux.

[ Hits: 7.119 ]

Por: Perfil removido em 29/02/2016


Parte III



6. Estável ou Instável?

De modo similar a outras distribuições, Funtoo possui dois ramos distintos: um estável (stable) e outro instável (current). O ramo estável não faz atualizações constantes (exceto de segurança) e o ramo instável é útil para quem prefere um sistema constantemente atualizado.

As versões stable e current possuem três variantes. A versão padrão (standard) suporta 32 e 64 bits (multilib), temos a versão 64 bits pura (pure64) e a versão para especialistas em segurança (hardened). Existem combinações entre essas variantes em algumas microarquiteturas. Escolha seu ramo e sua variante antes de continuar.

7. O estágio 3

Como dito anteriormente, Funtoo não possui um instalador. Sistemas construídos por compilação como Gentoo e Funtoo possuem estágios (stages). Para usuários avançados existem os estágios 1 e 2. Esses estágios permitem construir as ferramentas necessárias (compilador, montador e outras) a partir do zero como é feito em LFS Linux.

O processo de construir os estágios 1 e 2 é chamado de compilação cruzada e pode ser bastante demorado e complexo. O custo-benefício de construir um sistema a partir do zero pode ser inapropriado para a maioria dos usuários. O tempo necessário para compilação e testes dessas ferramentas é grande. Funtoo permite a construção a partir do zero com estágios 1 e 2, mas o padrão é a instalação a partir de um estágio 3.

O estágio três (stage 3) funciona como uma semente que explode e dá origem a um Linux básico, porém pronto para uso. É criada a estrutura de diretórios e são instaladas as ferramentas básicas. Este sistema permite dar seguimento na instalação com a compilação de pacotes personalizados gerados a partir de código fonte obtido da Internet. Funtoo, a partir deste ponto, é incrementado por compilação de pacotes em código-fonte. O nome de um arquivo de estágio 3 reflete suas escolhas pessoais e baseado na arquitetura, microarquitetura, construção (build) e variante, como por exemplo:

stage3-amd64-k10-pure64-funtoo-current-2015-12-29.tar.xz

8. O sistema de Portes (Portage)

O sistema de portes é uma coleção de instruções sobre como compilar softwares. Ele reúne milhares de softwares livres que foram "portados" para o sistema Funtoo. O sistema de portes funciona como um ecossistema de softwares.

Um dos pilares do sistema de portes são os ebuilds. Esses arquivos são scripts bash cujo conteúdo propicia a instalação e compilação automatizada de softwares. Os ebuilds são originados do Gentoo Linux e são a base do Portage.

Existem dois modos de emergir uma coleção de portes. Podemos chamar um modo de online e o outro de offline para fins didáticos:

No modo online precisamos de uma conexão Internet durante a instalação para alcançar um repositório através do sistema emerge (explicado no próximo tópico) e obter a coleção de portes em tempo real.

No modo offline baixamos um arquivo com a coleção de portes e extraímos seu conteúdo no local apropriado durante a instalação. O segundo método é mais eficiente em termos de uma instalação planejada. Procure pelo arquivo mais recente (portage-latest.tar.xz).

9. emerge (ferramenta do gerenciador de pacotes)

Emerge é o front-end para o Portage do Funtoo. Com o emerge é fácil instalar, atualizar ou remover softwares do sistema. Emerge resolve dependências e instala pacotes com base nos dados do Portage. Para um resumo sobre como emerge funciona leia:
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Parte I
   2. Parte II
   3. Parte III
   4. Parte IV
Outros artigos deste autor

Acessando a Internet 3G da Claro no Ubuntu e no Debian de maneira simples

Dá para usar BackTrack como desktop! Sabia?

É o Linux somente para especialistas?

Instalando o modem Huawey E1556 no GNU/Linux

Ambiente de desenvolvimento Java com Ubuntu 7.10 e Net Beans 6

Leitura recomendada

A distribuição Slackware Linux

APLINUX Server

Apresentando a distribuição OpenSuSE Linux

Instalação do Debian Linux (passo-a-passo)

Guia Introdutório do Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por sacioz em 01/03/2016 - 15:48h

Mais um bom artigo do jovem KYETOY . Como de praxe C^ + d . Obrigado .

[2] Comentário enviado por Freud_Tux em 01/03/2016 - 18:56h

Faz um da instalação do Funtoo, usando tudo dos repositórios do próprio, como Kernel etc.

T+

[3] Comentário enviado por pherde em 02/03/2016 - 08:06h

Com esse planejamento e mais o wiki da instalação oficial em português, fica bem mais fácil instalar o sistema. http://www.funtoo.org/Install/pt-br

[4] Comentário enviado por Fabiofsg em 25/09/2016 - 10:24h

Excelente!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts