Projeto Linux nas escolas públicas

Este é um artigo que visa idealizar um projeto criado por alunos do terceiro semestre de Ciência da Computação do Centro Universitário Anhanguera Leme/SP. Nosso projeto tem o objetivo de difundir a utilização do Software Livre na comunidade. É muito importante para nós fazer com que o Software Livre se torne algo mais abrangente não só no mercado de trabalho, mas também em computadores pessoais.

[ Hits: 30.995 ]

Por: Fabricio Beltram em 04/06/2005


Software livre nas escolas públicas



Projeto - A universidade na escola

Tema: Software livre nas escolas públicas

Objetivo


O presente trabalho visa à utilização e implantação dos softwares livres nos ambientes escolares, permitindo à todos uma ferramenta de apoio ao ensino com custo de software zero, através de recursos OPEN SOURCE, ou seja, ferramentas desenvolvidas por uma comunidade aberta que visa a utilização de softwares totalmente gratuitos ou a um preço muito baixo.

Portanto, o objetivo maior é: difundir a utilização do Software Livre na comunidade escolar, preparando o aluno para o futuro.

Metodologia de trabalho


Para o desenvolvimento deste trabalho, a equipe de alunos da Universidade Anhanguera S/A estará desenvolvendo uma integração Universidade - Escola Pública, através de uma parceria que visa preparar e ensinar os professores na utilização deste recursos, bem como a escola na implantação das ferramentas necessárias em seus laboratórios de informática.

Basicamente, a estrutura de trabalho será composta de três fases iniciais:

1ª fase: Implantação de aplicativos Open (gratuitos) nos sistemas operacionais existentes na própria instituição de ensino (escola pública).

Tais aplicativos teriam como premissa a familiarização por parte dos professores e demais funcionários na utilização dos sistemas aplicativos, como: Open Office, FilZip, Mozilla, etc.

2ª fase: A implantação de um ambiente Linux (sistema operacional que substituiria o ambiente Windows). O sistema a ser implantado será o Slackware Linux. Este ambiente permite uma configuração e uma proteção para sistemas em rede com maior segurança e um melhor desempenho, além de permitir caso queira, a utilização de algumas máquinas Windows na mesma plataforma de trabalho.

3ª fase: A implantação de softwares educacionais desenvolvidos especialmente para o aprimoramento mental e intelectual dos alunos da IES. Estes softwares seriam ministrados aos professores em sua totalidade e após a interiorização dos conceitos e técnicas de manuseio, o mesmo seria transmitido para os alunos em trabalhos de aula, como: exercício, acesso a Internet e a softwares educacionais para apoio ao ensino.

Custo operacional


Devido a utilização de ferramentas livres no projeto, seu custo tende a ser baixo, afinal este custo será direcionado para os materiais a serem implantados na comunicação em rede da plataforma Linux e no pagamento de um técnico em informática para a manutenção do sistema na Instituição.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Software livre nas escolas públicas
   2. Conclusão
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Basicão Funtoo

Fazendo backup com o tar

Veja o Linux com outros olhos

Lógica para computação - parte II

Arch Linux - Passo a passo pós-instalação

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 04/06/2005 - 14:06h

Olá Belem, parabéns pela iniciativa! Bom, sugiro que poste aqui maiores informações sobre o projeto, tais como endereço da página do mesmo, endereço de e-mail para contato, endereço para download das especificações técnicas do projeto.

Enfim, mande tudo o que tiver por aí, assim os membros do VOL poderão ter mais proximidade com o projeto e quem sabe, ajudar em sua elaboração.

[]'s,
Fábio

[2] Comentário enviado por pezt em 05/06/2005 - 00:28h

Cara, a idéia é ótima, e não deixa de ser inovadora. Iria ser interessante divulgar dados técnicos, dados de infraestrutura entre outros.
A idéia principal serial divulgar firmemente os bons resultados que certamente vocês encontrarão.
Lembrando que o objetivo principal a ser focado, é espalhar a informação livre e mostrar o quão interessante pode ser "ensinar a pescar ao invés de dar o peixe". Se é que me entendem.

Parabéns.

[3] Comentário enviado por pablocarlos em 05/06/2005 - 11:01h

Parabéns pela iniciativa!
Gostei bastante do projeto, porém uma coisa poderia ser mudada se o projeto for para frente. Na minha opiniao, nao somente alunos de colégios da rede pública teriam a oportunidade de conhecer o Linux. Concordo em iniciar o projeto em escolas da rede pública, mas mais tarde o projeto poderia, por que nao, atingir a rede particular.
Se todos somos iguais, se temos os mesmos direitos e deveres na sociedade, por que olhar apenas para os que estao na rede pública ? Alunos de colégios da rede particular também usam computadores ! E estes também usam windows...
Outra coisa, como você disse, na introduçao do artigo," também em computadores pessoais.", porém, instalando Linux nos colégios nao garantiria que os alunos passassem a usar Linux em casa. Apenas teriamos mais uma instituiçao usando Linux, e ao que parece, nao é isso que queremos com esse projeto.
Talvez um colégio, público ou nao, disponibilizando um laboratório de informática para os alunos de Ciencias da Computaçao darem aulas de Linux abertas para a comunidade seria mais interesante.
Divulgaçao nas salas de aulas, publicas e particulares, atrairia os curiosos e que querem realmente aprender Linux.
Acho que teria um resultado melhor, pois as chances dos alunos do modelo que apresentei usarem Linux em casa seriam maiores.

Fica aí minha opiniao, cabe a vocês avaliarem, apresentarem novos pontos de vsta e decidir como sairia o projeto.
Mesmo Assim Parabéns Pela Idéia de Enfiar o Linux nas Escolas !

[]'s
Pablo Carlos

[4] Comentário enviado por pharaoh__ em 05/06/2005 - 15:55h

Pode cre... muito boa a iniciativa...
O maior "preconceito" para com o Linux está no fato de quem o utiliza serem normalmente usuários experientes e o utilizar a nível de programação, mas o que a maioria não sabe é que o Linux também tem a flexibilidade para ser um Sistema Operacional para usuários, obviamente que não será utilizado bem logo na primeira vez que se tente usar já que fomos "viciados" com Windows, mas é só se acostumar com a cara dele que já não parece tão dificil...
E tem o lance também do governo limitar ao máximo as verbas para educação sendo este projeto uma pequena ajuda para a integração da população de menor renda com a informática...
Parabéns mesmo pelo projeto... estou torcendo para que funcione...



Marcos

[5] Comentário enviado por donald_duck em 06/06/2005 - 00:15h

Era exatamente o que eu gostaria de ver na comunidade Linux: projetos de implantação na área educacional. Há um tempo atrás eu sofri para fazer um no meu colégio(rede particular), só que a tentativa naufragou, pois eu só tinha apoio de um professor, contra mais de 5 contra. O máximo que eu consegui foi fazer um dual-boot em todas as máquinas, que praticamente ninguém usava(claro, no servidor era Linux e com louvor, até os professores que foram contra elogiaram o Squid e o bloqueio de páginas).

A falta de uma orientação é muito grande nessa área, então você tem que adaptar projetos de migração padrão para ver se dá certo. Só que os softwares educacionais disponíveis para Linux é irrisória, comparada ao Windows, claro. Então você diz:"É só emular...". Mas a nossa intenção era ficar totalmente livre do Windows e seus programas, o que não aconteceria. E isso é apenas um detalhe, pois também tinha o pessoal do Office, o pessoal do Corel, o pessoal do Delphi(esse então foi o mais difícil de convencer). Eram muitos pontos a se preocupar para apenas 1 pessoa, pois o outro professor estava aprendendo Linux comigo. Pode não parecer, mas mudar totalmente a estrutura computacional de uma escola é uma atividade muito complexa, em que você envolve mais de mil usuários e uma gama de profesores já formados em dada tecnologia, inclusive professores pós-graduados, e de uma hora pra outra um *aluno* mudar isso tudo é difícil. Ainda mais pelo fato de ser aluno, indo de frente à relação professor/superior-aluno/inferior.

Dou apoio total e incondicional ao projeto, e inclusive me faço disponível para contribuir com o mesmo, pois realmente acredito nessa implantação. Só mesmo difundindo o Linux e o software livre no meio carente você transforma essas pessoas antes dependentes de capital para investir em treinamento, em que parte deste capital iria para o exterior, em dominantes de uma tecnologia que pode vir a prevalecer daqui a algum tempo, dando-os a chance REAL de competir com classes mais altas, diminuindo a concentração de renda e democratizando o acesso à informática no Brasil. Sem dúvida seu projeto é de um cunho social inimaginável e com certeza(torcemos por isso) servirá de exemplo para tantos outros grupos no Brasil que desejam o mesmo.

P.S.: pablocarlos, não há como implantar um sistema desses em um colégio particular DESSE JEITO. Afinal, quem decide o que entrará na área de informática desse colégio é o dono, não o governo. Mas com certeza com a implantação do projeto em escolas públicas, as particulares fariam um "upgrade" nesse ensino e também implantariam em seus laboratórios. É questão de competitividade.

Donald Duck

[6] Comentário enviado por engos em 06/06/2005 - 11:08h

Os comentários acima já dizem tudo, boa sorte com o projeto.

[7] Comentário enviado por gp7junior em 06/06/2005 - 18:02h

Achei interessantísima a matéria, gostaria de saber mais a respeito, pois tenho um projeto em andamento na faculdade que visa a implantação de software de código aberto em repartições públicas.

[8] Comentário enviado por ijua em 06/06/2005 - 20:31h

Eu acho essa idéia louvável. Pois eu estou com um projeto igual aqui na nossa região, mas seria de disseminação nas empresas e entidades.
Pois na escola deveria ter alguém mais influente.
E gostaria bastante de trocar figurinhas com essse pessoal pois temos tudo a ver.
Valeu um abração!!!!

[9] Comentário enviado por evandro.abitante em 07/06/2005 - 11:10h

A iniciativa é louvável e como já disse pessoalmente para vocês, podem contar com minha ajuda. Fica aqui uma sugestão: utilizar soluçõess baseadas no kurumin, pois já há casos de relativo sucesso na área educaional utilizando o mesmo.
Veja por exemplo os telecentros ou ainda o BOTO (http://www.seduc.pa.gov.br/boto/) que tem tudo haver com o projeto de voces.
PS: Não tenho absolutamente nada contra o Slack, que aliás é uma de minhas distros preferidas, a questão é simplemente FOCO.
Um abraço!

[10] Comentário enviado por vedovatto em 07/06/2005 - 13:50h

aqui onde trabalho, é uma escola municipal q a prefeitura daqui comprou computadores duma empresa EDUCA ATIVA (quem é da região de campinas deve conhecer ou ja ouviu falar!).

eh mt interesasnte isso, pq os alunos daqui do Bairro Matão nao tinha nenhum contato com computadores (há algumas excessões q jah tem pc em casa, mas sao m poucos!)

os alunos ficam extremamente atentos ao q vc fala a eles, pq eh como c fosse um novo mundo c abrindo para eles!

bom eh isso aí... axo q retratei um poko o esquema q existe aqui na cidade de Sumaré e muitas outras como Nova Odessa q a Educa Ativa tb está presente!

[11] Comentário enviado por hyraxmaster em 08/06/2005 - 00:19h

a idéia de implantação de software livre nas escolas é muito boa, porém eu sinto falta de bons softwares livres, principalmente que sejam fáceis de usar, para gestão de escolas públicas...

digo isso pq nesses dias próximos a secretaria de educação da minha cidade pretende informatizar algumas tarefas que são realizadas nas secretarias das escolas municipais, tais como controle de alunos, frequência e impressão de históricos escolares, e embora eu possa sugerir a implantação do linux, não vai adiantar muito, pois como já disse não se encontra bons softwares de gestão escolar... a solução: comprar um software proprietário para windows...

na teoria até q tá bonito, mas na prática ainda tá meio embaçado...

[12] Comentário enviado por sandoka em 10/06/2005 - 18:11h

Otima iniciativa...

[13] Comentário enviado por nilvando em 29/06/2006 - 20:47h

Tenho um interesse muito grande sobre esta matéria, e pretendo obter mais informações.

[14] Comentário enviado por vvvdracula em 09/02/2007 - 05:53h

Gostei muito da idéia, revolucionaria e inovadora!!!
Gostaria muito de poder ler mais sobre o projeto
quem sabe poderiamos espalhar esse projeto em escolas pelo brasil todo
valeu
;)

[15] Comentário enviado por sgpm19@Gmail.com em 28/02/2008 - 08:44h

?comentario=

[16] Comentário enviado por DMS em 02/10/2009 - 09:06h

Bom artigo, os laboratorios do colegio onde eu estudo, ja estão sequindo esse padrâo. Todos os computadores de todos os laboratorios usam o Mandriva linux. ;D


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts