Funtoo Current - Instalação completa

Neste artigo compartilho a instalação completa do Funtoo Current.

[ Hits: 39.534 ]

Por: Igor Felipe em 10/04/2015


Stage3 / Chroot / Portage / Fstab / Make.conf / Configurações do sistema



Continuando, aqui nós iremos usar o Stage 3.

Vamos usar o Links, que é um navegador em modo texto para baixar o Stage3. Se estiver usando o live-CD do Ubuntu, acesse a Central de Programas e procure por "links2". Vamos lá.

# links http://ftp.osuosl.org/pub/funtoo/ #Use as setas Cima, Baixo e Enter para navegar.

No live-CD do Ubuntu:

# links2 http://ftp.osuosl.org/pub/funtoo/

Desça até Funtoo Current e aperte Enter.

Escolha a arquitetura referente ao seu PC. No meu caso, é x86-64bit e aperte Enter.

Agora vou escolher a opção "generic_64", "stage3-latest.tar.xz" e aperte Enter para começar o download. Aperte a tecla q e depois Enter, para sair do navegador Links.

Agora extraia o arquivo:

# tar -Jxpvf stage3-latest.tar.xz

E vamos montar o "proc" e "dev" antes de fazer o Chroot:

# mount -t proc none proc
# mount --rbind /sys sys
# mount --rbind /dev dev

Copie também o "resolv.conf":

# cp /etc/resolv.conf etc

Então, faça o Chroot:

# env -i HOME=/root TERM=$TERM chroot . bash -l
Ou:
# chroot /mnt/funtoo /bin/bash #Se estiver usando algum live-CD de outras distros

Pode ser uma boa ideia usar o comando:

# export PS1="(chroot) $PS1"

... para não fazer confusão, caso precise mudar de terminal.

Vamos clonar a árvore Portage do GitHub, com o comando:

# emerge --sync

Agora vamos editar a tabela de partições:

# nano /etc/fstab

A minha tabela de partições ficou assim:

# <fs>         <mountpoint>  <type>   <opts>          <dump/pass>
/dev/sda1      /boot         ext4     noauto,noatime  1 2 <-- BOOT
/dev/sda2      /             ext4     noatime         0 1 <-- RAIZ
/dev/sda3      /home         ext4     noatime         0 2 <-- HOME
/dev/sda4      none          swap     sw              0 0 <-- SWAP
#/dev/cdrom    /mnt/cdrom    auto     noauto,ro       0 0

Definindo o timezone:

# ln -sf /usr/share/zoneinfo/America/Sao_paulo /etc/localtime

Para ver mais opções, use o comando:

# ls /usr/share/zoneinfo

make.conf

E chegamos a parte mais importante , o "make.conf".

Aqui temos que definir as CFLAGS e CXXFLAGS, que são variáveis de ambiente utilizadas para otimização do sistema, também podem ser usados para diminuir a quantidade de mensagens de depuração para um programa e aumentar os níveis de aviso de erro.

A variável CFLAGS é usada para compilar o código escrito em C, enquanto a variável CXXFLAGS, é para o código escrito em C ++.

O manual do GCC mantém uma lista completa de opções disponíveis e suas finalidades. Se quiser saber mais, vá até:
Entre em "/etc/portage/make.conf", o arquivo estará assim:

CFLAGS="-mtune=generic -O2 -pipe"
CXXFLAGS="-mtune=generic -O2 -pipe"

Antes de alterar o "make.conf", temos que saber a quantidade de CPUs da máquina para usar em MAKEOPTS.

MAKEOPTS pode ser usado para definir quantas compilações paralelas deverão ocorrer quando compilar um pacote, o que pode acelerar a compilação de forma significativa. A regra de ouro aqui é usar o número de CPUs +1. Para isso, execute o comando:

# nproc

O resultado do meu foi 4, então, já sei que no meu MAKEOPTS vou usar "-j5". Então, altere o arquivo deixando assim:

CFLAGS="-march=native -O2 -pipe"
CXXFLAGS="${CFLAGS}"
ACCEPT_KEYWORDS="~amd64" #Para ter os pacotes mais recentes, alguns podem ser considerados instáveis e "amd64" se quiser os pacotes estáveis.
MAKEOPTS="-j5"

Salve e saia.

Não vou falar sobre as USE FLAGS, durante a instalação do sistema não é recomendado flags no "USE". Após a instalação, eu recomendo usar a flag "nls" de Native Language Support para instalar os programas na linguagem nativa "pt_BR".

Obs.: "-march=native <--" diz ao GCC para detectar automaticamente a arquitetura do seu sistema, ao invés de especificar manualmente.
  • -O2 <-- diz ao GCC para otimizar o código .
  • -pipe <-- -pipe: acelera o processo de compilação.

Se quiser alterar o nome do sistema, edite o arquivo:

# nano /etc/conf.d/hostname

hostname="localhost" #Altere "localhost" para o nome que quiser.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Boot / Mapa do teclado / Criando, formatando e montando partições
   3. Stage3 / Chroot / Portage / Fstab / Make.conf / Configurações do sistema
   4. Idioma / Mapa do teclado / Profiles / Kernel
   5. Grub / Ferramentas / Wireless / Senha Root / Usuário / Sudo
   6. Xorg / Mate / Configurações / Extras
Outros artigos deste autor

Arch Linux - Instalação completa

FreeBSD 10 com GNOME 2 - Instalação no VirtualBox

Leitura recomendada

Rundeck - Um Poderoso Agendador de Tarefas

Apresentando e pondo a prova o Mono

Torne-se um DJ usando Linux

DVDAuthor: Como autorar DVDs no Linux

Acessando desktop remotamente com noMachine

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 10/04/2015 - 10:14h

Muito bom artigo, parabéns pelo trabalho!

[2] Comentário enviado por zezaocapoeira em 10/04/2015 - 10:31h


Salve mano . Parabéns pelo trabalho .

A instalação do Gentoo/Funtoo dá trabalho , mas depois o " Portage " facilita a vida .

Obrigado pela atenção , salve !!!

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 10/04/2015 - 11:06h


Parabéns! Vou favoritar.

Estou usando o Elementary OS Freya agora. Mas vou repartir o HD para acomodar o Funtoo... Fiquei com vontade depois depois desse artigo.

Não sou muito bom com Funtoo, mas já instalei. Gostei muito da experiência.

Obrigado!

[4] Comentário enviado por albfneto em 10/04/2015 - 12:41h

Favoritado, excelente artigo.
Gentoo e Funtoo sempre dão trabalho, mas depois ficam excelentes.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux,Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva.

[5] Comentário enviado por otaviobrito77 em 10/04/2015 - 13:39h

Felipe, parabéns pela matéria.

Já instalei o Gentoo uma vez numa máquina virtual. O funtoo parece ser tão ou mais trabalhoso que ele. hehehe.
Vou experimentar numa máquina virtual.

No dia a dia, preferi tentar juntar o melhor de dois mundos, utilizo o arch linux e, pessoalmente, gosto muito dele (bastante rápido e sem essa de compilar tudo, o pacman é show).

[6] Comentário enviado por Felipeigor em 10/04/2015 - 13:52h


[1] Comentário enviado por fabio em 10/04/2015 - 10:14h

Muito bom artigo, parabéns pelo trabalho!


Valeu Fábio

[7] Comentário enviado por Felipeigor em 10/04/2015 - 13:54h


[2] Comentário enviado por zezaocapoeira em 10/04/2015 - 10:31h


Salve mano . Parabéns pelo trabalho .

A instalação do Gentoo/Funtoo dá trabalho , mas depois o " Portage " facilita a vida .

Obrigado pela atenção , salve !!!


Valeu mano , depois que instalei o Funtoo não sai mais e gosto muito do jeito que o Portage interage com o usuário.

[8] Comentário enviado por Felipeigor em 10/04/2015 - 14:01h


[3] Comentário enviado por xerxeslins em 10/04/2015 - 11:06h


Parabéns! Vou favoritar.

Estou usando o Elementary OS Freya agora. Mas vou repartir o HD para acomodar o Funtoo... Fiquei com vontade depois depois desse artigo.

Não sou muito bom com Funtoo, mas já instalei. Gostei muito da experiência.

Obrigado!


Valeu xerxes ta ai a minha "vingança" pq só instalei o Arch a primeira vez e o Funtoo depois dos seus artigos kkk , to usando o Funtoo desde o seu artigo ano passado

[9] Comentário enviado por Felipeigor em 10/04/2015 - 14:05h


[4] Comentário enviado por albfneto em 10/04/2015 - 12:41h

Favoritado, excelente artigo.
Gentoo e Funtoo sempre dão trabalho, mas depois ficam excelentes.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux,Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva.


Valeu Alberto , esse trabalho da instalação compensa depois , tudo funciona que é uma beleza

[10] Comentário enviado por Felipeigor em 10/04/2015 - 14:08h


[5] Comentário enviado por otaviobrito77 em 10/04/2015 - 13:39h

Felipe, parabéns pela matéria.

Já instalei o Gentoo uma vez numa máquina virtual. O funtoo parece ser tão ou mais trabalhoso que ele. hehehe.
Vou experimentar numa máquina virtual.

No dia a dia, preferi tentar juntar o melhor de dois mundos, utilizo o arch linux e, pessoalmente, gosto muito dele (bastante rápido e sem essa de compilar tudo, o pacman é show).


Valeu Otavio, cara eu usei o Arch durante um bom tempo e gostei muito tbm , mas eu gosto mesmo é distro manual e de compilação, depois que conheci o Funtoo foi amor a primeira vista kkk

[11] Comentário enviado por lcavalheiro em 10/04/2015 - 16:36h

Funtoo... grande distro. Assim como Slackware e Gentoo, distro pros cabras valentes
--
Luís Fernando Carvalho Cavalheiro
Public GPG signature: 0x246A590B
Licenciado Pleno em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Mestrando em Medicina (Cardiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

[12] Comentário enviado por SpoooK em 10/04/2015 - 17:05h

Parabéns pelo artigo cara, muito bom! Instalei o Funtoo em uma máquina virtual também após ver o artigo do xerxeslins e achei muito bom, instalar não e complicado, problema maior é o uso do dia-a-dia. Só achei que ainda sou iniciante demais para isso kkkkkkkk. Mas agora vendo seu artigo, novamente fiquei com vontade de tentar. Mas surgiu uma dúvida, estou usando no notebook o Arch com o HD dividido em 4 partições (boot,raiz,home e swap). Eu posso compartilhar a pasta HOME e a BOOT com o funtoo ? elas estão ext4, teria algum problema? Na hora de montar precisaria apenas #mkdir /mnt/funtoo/home /dev/sdX ?

Desculpa tantas perguntas,

Abs!

[13] Comentário enviado por izaias em 10/04/2015 - 18:07h

Tem que ser muito nerd! :)

[14] Comentário enviado por bleckout em 10/04/2015 - 19:49h



[15] Comentário enviado por bleckout em 10/04/2015 - 19:53h

Caramba, belo tópico, parabéns!

Eu sou um usuário novo no mundo GNU/Linux, tem quase 3 anos que tenho contato com Linux no meu trabalho, mais somente há 1 ano que eu peguei interesse mesmo de me aprofundar e acabei me viciando huehue.

Uso o Ubuntu, mas eu sou muito curioso(acho isso bom), possuo algumas distros aqui já virtualizadas para "brincar", então estou querendo pegar uma distro desse nível para poder estudar numa VM, mas ainda estou em dúvida: Funtoo, Slackware ou Arch? =P

[16] Comentário enviado por removido em 10/04/2015 - 20:47h

Muito bom!
Só uns detalhes:
Recentemente foi introduzido no funtoo novos profiles, chamados de "subarch". Isso torna desnecessário a opção CFLAGS no make.conf ( http://forums.funtoo.org/topic/447-subarch-profiles/ )
Além disso, adicione o CPU_FLAGS_X86="coloque aqui o que for necessário" , como é explicado aqui http://www.funtoo.org/CPU_FLAGS . É importante não esquecer essa configuração pois, por exemplo, ao tentar instalar o XFCE em um sistema novo haverá uma mensagem de erro que informa a falta de determinada configuração.

[17] Comentário enviado por Felipeigor em 10/04/2015 - 23:19h


[11] Comentário enviado por lcavalheiro em 10/04/2015 - 16:36h

Funtoo... grande distro. Assim como Slackware e Gentoo, distro pros cabras valentes
--
Luís Fernando Carvalho Cavalheiro
Public GPG signature: 0x246A590B
Licenciado Pleno em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Mestrando em Medicina (Cardiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro


Concordo com vc Luís kkkk

[18] Comentário enviado por Felipeigor em 10/04/2015 - 23:38h


[16] Comentário enviado por f4k3 em 10/04/2015 - 20:47h

Muito bom!
Só uns detalhes:
Recentemente foi introduzido no funtoo novos profiles, chamados de "subarch". Isso torna desnecessário a opção CFLAGS no make.conf ( http://forums.funtoo.org/topic/447-subarch-profiles/ )
Além disso, adicione o CPU_FLAGS_X86="coloque aqui o que for necessário" , como é explicado aqui http://www.funtoo.org/CPU_FLAGS . É importante não esquecer essa configuração pois, por exemplo, ao tentar instalar o XFCE em um sistema novo haverá uma mensagem de erro que informa a falta de determinada configuração.


Opa valeu , bom esses profiles "subarch" só irão aparecer depois de atualizar o sistema pela primeira vez, não achei necessário falar sobre eles , em relação ao "CPU_FLAGS_X86" eu não uso e não tive nenhum problema na hora de instalar o Xfce.

[19] Comentário enviado por Felipeigor em 11/04/2015 - 00:05h


[15] Comentário enviado por Kuchiki em 10/04/2015 - 19:53h

Caramba, belo tópico, parabéns!

Eu sou um usuário novo no mundo GNU/Linux, tem quase 3 anos que tenho contato com Linux no meu trabalho, mais somente há 1 ano que eu peguei interesse mesmo de me aprofundar e acabei me viciando huehue.

Uso o Ubuntu, mas eu sou muito curioso(acho isso bom), possuo algumas distros aqui já virtualizadas para "brincar", então estou querendo pegar uma distro desse nível para poder estudar numa VM, mas ainda estou em dúvida: Funtoo, Slackware ou Arch? =P


Valeu brother , isso não é bom é muito bom rs , assim vc aprende , eu iria de Slackware primeiro. pra mim o slack foi como uma escola depois que vc aprende a usar o slack tudo fica mais fácil :P

[20] Comentário enviado por mcnd2 em 11/04/2015 - 00:08h


10!

Artigo bem didático.

Parabéns pelo trabalho.

Favoritado!!!

[21] Comentário enviado por Felipeigor em 11/04/2015 - 00:44h


[13] Comentário enviado por izaias em 10/04/2015 - 18:07h

Tem que ser muito nerd! :)


kkkkkk me lembro de um certo izaias ai dizer que ia instalar o Funtoo nas férias :P

[22] Comentário enviado por izaias em 11/04/2015 - 00:46h


[21] Comentário enviado por Felipeigor em 11/04/2015 - 00:44h


[13] Comentário enviado por izaias em 10/04/2015 - 18:07h

Tem que ser muito nerd! :)

kkkkkk me lembro de um certo izaias ai dizer que ia instalar o Funtoo nas férias :P


Esqueça! Sou um clicador. :)

[23] Comentário enviado por Felipeigor em 11/04/2015 - 00:56h


[12] Comentário enviado por SpoooK em 10/04/2015 - 17:05h

Parabéns pelo artigo cara, muito bom! Instalei o Funtoo em uma máquina virtual também após ver o artigo do xerxeslins e achei muito bom, instalar não e complicado, problema maior é o uso do dia-a-dia. Só achei que ainda sou iniciante demais para isso kkkkkkkk. Mas agora vendo seu artigo, novamente fiquei com vontade de tentar. Mas surgiu uma dúvida, estou usando no notebook o Arch com o HD dividido em 4 partições (boot,raiz,home e swap). Eu posso compartilhar a pasta HOME e a BOOT com o funtoo ? elas estão ext4, teria algum problema? Na hora de montar precisaria apenas #mkdir /mnt/funtoo/home /dev/sdX ?

Desculpa tantas perguntas,

Abs!


Valeu brother , vamos as suas perguntas kkk quanto a partição /boot eu não sei se é possível pois nunca fiz , já a partição /home da sim pra compartilhar desde que vc crie um usuário diferente para cada distro , mas cuidado pra não virar bagunça de uma olhada aqui nesse tópico http://www.vivaolinux.com.br/topico/Iniciantes-no-Linux/Duas-distros-com-a-mesma-particao-home

[24] Comentário enviado por Felipeigor em 11/04/2015 - 00:57h


[20] Comentário enviado por mcnd2 em 11/04/2015 - 00:08h


10!

Artigo bem didático.

Parabéns pelo trabalho.

Favoritado!!!


Valeu mano

[25] Comentário enviado por removido em 11/04/2015 - 13:24h

Nao tem como nao favoritar!Eu to rachando a cabeça com o slackware aqui,mais dessa vez eu vou resolver sozinho pra aprender e nao ser um script kid.Vou favoritar porque um dia vou usar o gentoo.Concordo com o Cavalheiro tem que ser cabra macho pra usar o funtoo!

A liberdade indocil e domada pela propria desgraça -William Shakespeare

[26] Comentário enviado por Felipeigor em 11/04/2015 - 18:54h


[25] Comentário enviado por SamsonBurke em 11/04/2015 - 13:24h

Nao tem como nao favoritar!Eu to rachando a cabeça com o slackware aqui,mais dessa vez eu vou resolver sozinho pra aprender e nao ser um script kid.Vou favoritar porque um dia vou usar o gentoo.Concordo com o Cavalheiro tem que ser cabra macho pra usar o funtoo!

A liberdade indocil e domada pela propria desgraça -William Shakespeare


Valeu brother , cara com certeza vc está indo para o melhor caminho, Slackware é uma escola mas cuidado com a maldição de Patrick Volkerding kkkkk

[27] Comentário enviado por albfneto em 13/04/2015 - 17:09h

Acho que é o melhor artigo de instalação de Funtoo, que ví em língua portuguêsa.
Voce está de parabéns.
Uma grande contribuição para quem quer conhecer Funtoo.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux,Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva.

[28] Comentário enviado por Felipeigor em 14/04/2015 - 13:45h


[27] Comentário enviado por albfneto em 13/04/2015 - 17:09h

Acho que é o melhor artigo de instalação de Funtoo, que ví em língua portuguêsa.
Voce está de parabéns.
Uma grande contribuição para quem quer conhecer Funtoo.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux,Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva.


Valeu mesmo Alberto , eu tentei deixar o artigo mais completo possível.

[29] Comentário enviado por DaianR em 02/11/2015 - 03:46h

Cara, parabéns pelo artigo!
Eu estava lendo aqui no site e por acaso encontrei essa contribuição, fiquei animando para tentar instalar, segui os processos e estou quase terminando.
Está dando muito trabalho, faz 3 dias que a máquina está ligada, mas estou fazendo por etapas, rs.
Valeu!

[30] Comentário enviado por Felipeigor em 03/11/2015 - 21:47h


[29] Comentário enviado por DaianR em 02/11/2015 - 03:46h

Cara, parabéns pelo artigo!
Eu estava lendo aqui no site e por acaso encontrei essa contribuição, fiquei animando para tentar instalar, segui os processos e estou quase terminando.
Está dando muito trabalho, faz 3 dias que a máquina está ligada, mas estou fazendo por etapas, rs.
Valeu!


Opa valeu brother , qualquer coisa posta ai que se eu souber como resolver te ajudo .
Abraço.

Igor Felipe
Cadastrado desde: 25/09/2009

[b]If it moves , compile it.[/b]

[31] Comentário enviado por Rhobb em 01/06/2017 - 20:16h

Foi o melhor tutorial de instalação do funtoo que eu já encontrei, agora sei que vou conseguir instalar, , fiquei surpreso com a riqueza de detalhes ,,
,explicado tão simples, que até incluiu informações sobre como compilar o kernel, ficou tudo fácil , obrigado por ensinar, , gostaria de fazer uma pergunta , porque a partição raiz , é montada antes da /boot , ou tanto faz a ordem,,? Um abraço

[32] Comentário enviado por AndersonInacio em 14/07/2017 - 11:30h


[31] Comentário enviado por Rhobb em 01/06/2017 - 20:16h

Foi o melhor tutorial de instalação do funtoo que eu já encontrei, agora sei que vou conseguir instalar, , fiquei surpreso com a riqueza de detalhes ,,
,explicado tão simples, que até incluiu informações sobre como compilar o kernel, ficou tudo fácil , obrigado por ensinar, , gostaria de fazer uma pergunta , porque a partição raiz , é montada antes da /boot , ou tanto faz a ordem,,? Um abraço


Olá Rhobb,
Durante a instalação a Raiz é montada antes porque não existe a pasta root / nem a pasta boot /boot


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts