Octave, uma poderosa e robusta ferramenta matemática

Este artigo apresenta ao leitor a ferramenta Octave, que além de estar no mesmo nível do famoso MatLab (cujas licenças básicas ultrapassam os U$ 1000), é totalmente OpenSource. O Octave pode atuar não só na resolução de sistemas, mas também ser essencial para modelagem matemática. A instalação e algumas operações básicas são abordadas afim de abrir as portas para um novo mundo, ainda em ascensão.

[ Hits: 59.217 ]

Por: Renê de Souza Pinto em 19/11/2005 | Blog: http://renesp.com.br


Introdução



É impossível falarmos do Octave sem deixar de citar ou compará-lo com o MatLab. O MatLab foi um software desenvolvido inicialmente na década de 70, com o intuito de resolver e manipular sistemas e matrizes. Várias bibliotecas foram sendo implementadas até que o MatLab tornou-se uma ferramenta poderosíssima na área de modelagem, tratamento de sinais, controle e uma infinidade de processos. Hoje, o MatLab possui uma interface altamente amigável, prática e de fácil utilização.

Claro que tudo isso tem um preço, e muito caro. Licenças básicas do software ultrapassam os US$ 1.000,00, mas o que poucas pessoas sabem é que esse preço é apenas pela interface, pois todas as bibliotecas (que incluem as funções matemáticas) são OpenSource!

Além de toda essa capacidade, o MatLab ainda permite a adição das chamadas ToolBoxes, que são ferramentas construídas por outras pessoas ou empresas que podem ser inclusas ao MatLab. É claro que a maioria dessas ToolBox's também são pagas, mas neste caso, o preço não é pela interface e sim pelas funções que as mesmas executam.

Mas já que as bibliotecas matemáticas são OpenSource porque não termos um software tão robusto e poderoso quanto o MatLab e além de tudo OpenSource? John E. Weaton, fazendo um imenso favor à comunidade, respondeu à essa pergunta: criou o Octave.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Conhecendo e instalando o Octave
   3. O primeiro contato
   4. Plotando gráficos
   5. Conclusão
Outros artigos deste autor

Enviando e recebendo e-mails criptografados através do Thunderbird

Como instalar o modem Intel 536EP no Slackware

Leitura recomendada

Até onde é vantajoso o Cloud Computing?

Problemas no XMMS c/ RedHat 8.0

Metisse + Gnome + Slackware (3D Desktop)

Instalar o Composer - Framework para o Ginga - NCL

Instalando o Ultra Servidor no Debian Lenny

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ric.araujo em 20/11/2005 - 09:08h

Muito bom artigo, o octave é uma excelente opção e a altura do Matlab...

[2] Comentário enviado por dennix em 21/11/2005 - 13:27h

É bom saber que há outras pessoas que conhecem o Octave.
Eu tbm escrevi um artigo sobre essa ferramente.
Eu sempre pensei em escrever um tutorial sobre o Octave, pois não se encontra muito documentação em pt.
Quem sabe podemos iniciar um projeto assim.

Dennis Pelluzi <pelluzi@dca.fee.unicamp.br>

[3] Comentário enviado por azamudio em 16/01/2006 - 12:57h

yo tambien me apunto si es qe lo inician

[4] Comentário enviado por guimaraescruz em 10/02/2006 - 13:26h

4° na roda. Quando começamos....?
guimaraescruz@yahoo.com.br

[5] Comentário enviado por rizesimoes em 04/02/2007 - 19:25h

Ola!
Td bem?

Preciso de ajuda com o octave. Na verdade eu tenho um programa .c e preciso compilar no octave. Alguem tem ideia de como faço isso?

Eu tenho um .c e quero um .o. Alguem poderia me dar uma ajuda?

Atte
Marize Simões

[6] Comentário enviado por glp40hs em 02/10/2007 - 14:02h

olá

Como eu salvo as figuras plotadas em bmp, ou jpg ou eps?

[7] Comentário enviado por reng.unip em 23/10/2008 - 09:09h

Ótimo artigo, estava precisando de uma ferramenta assim.

Abraço...

[8] Comentário enviado por knnob9 em 10/04/2010 - 22:16h

Como posso incorporar bibliotecas do matlab no octave?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts