Octave, uma poderosa e robusta ferramenta matemática

Este artigo apresenta ao leitor a ferramenta Octave, que além de estar no mesmo nível do famoso MatLab (cujas licenças básicas ultrapassam os U$ 1000), é totalmente OpenSource. O Octave pode atuar não só na resolução de sistemas, mas também ser essencial para modelagem matemática. A instalação e algumas operações básicas são abordadas afim de abrir as portas para um novo mundo, ainda em ascensão.

[ Hits: 60.937 ]

Por: Renê de Souza Pinto em 19/11/2005 | Blog: http://renesp.com.br


Conhecendo e instalando o Octave



Assim como o MatLab, o Octave é uma ferramenta para resolver sistemas lineares e não lineares, achar raízes de polinômios, calcular integrais, resolver equações diferenciais e uma afinidade de outros processos. Sua sintaxe é praticamente igual à do MatLab (é importante frisar que há algumas diferenças, ou seja, programas escritos em MatLab muitas vezes precisam de ajustes para funcionarem no Octave), essa sintaxe, que por sua vez é baseada na linguagem C.

Não há segredos na instalação do Octave, o leitor só irá precisar de um pouco de paciência caso não possua um super-computador, pois a compilação do Octave levará algumas horas. Digo compilação, pois os binários estão disponíveis em pacotes apenas para algumas distribuições como Debian, SuSE e Red Hat. Além disso é extremamente aconselhável que o leitor faça a compilação, pois todo o software será compilado baseado na máquina que irá operar. Isso, é claro, gerará uma otimização do sistema.

Pois bem, vamos à instalação:

Entre no site www.octave.org e acesse a sessão Download. Nela há 3 versões do Octave:
  • A versão estável, 2.0.17, porém antiga (esta versão deve ser usada somente em sistemas críticos);
  • A versão de testes, 2.1.71 (a versão mais aconselhável para se utilizar, baixe esta versão);
  • E por fim a versão de desenvolvimento, 2.9.3 (possui alguns bugs é claro, se você quiser colaborar com o desenvolvimento do octave, baixe esta versão).

Feito o download dos fontes, o resto não tem segredo:

$ tar -xvzf octave-2.1.71.tar.gz
$ cd octave-2.1.71
$ ./configure
$ make


Vá tomar um café, assista um bom filme e depois de algumas "horinhas", volte para o sistema, acesse como root e:

# make install

Se tudo der certo (provavelmente dará), o Octave está instalado! Parabéns, você possui uma maravilhosa ferramenta instalada em seu computador.

É válido lembrar que o Octave utiliza o gnuplot para plotagem dos gráficos. O gnuplot pode ser encontrado em gnuplot.sourceforge.net/.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Conhecendo e instalando o Octave
   3. O primeiro contato
   4. Plotando gráficos
   5. Conclusão
Outros artigos deste autor

Como instalar o modem Intel 536EP no Slackware

Enviando e recebendo e-mails criptografados através do Thunderbird

Leitura recomendada

Como instalar o CONKY-colors no Ubuntu 12.10

manDVD - Produza DVD-vídeo rápido e fácil

Um tour pelos gerenciadores de downloads/uploads do Linux

Implantando o Nagios em HTTP Seguro (HTTPS)

Criando um servidor de impressão para residências e pequenas empresas com Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ric.araujo em 20/11/2005 - 09:08h

Muito bom artigo, o octave é uma excelente opção e a altura do Matlab...

[2] Comentário enviado por dennix em 21/11/2005 - 13:27h

É bom saber que há outras pessoas que conhecem o Octave.
Eu tbm escrevi um artigo sobre essa ferramente.
Eu sempre pensei em escrever um tutorial sobre o Octave, pois não se encontra muito documentação em pt.
Quem sabe podemos iniciar um projeto assim.

Dennis Pelluzi <[email protected]>

[3] Comentário enviado por azamudio em 16/01/2006 - 12:57h

yo tambien me apunto si es qe lo inician

[4] Comentário enviado por guimaraescruz em 10/02/2006 - 13:26h

4° na roda. Quando começamos....?
[email protected]

[5] Comentário enviado por rizesimoes em 04/02/2007 - 19:25h

Ola!
Td bem?

Preciso de ajuda com o octave. Na verdade eu tenho um programa .c e preciso compilar no octave. Alguem tem ideia de como faço isso?

Eu tenho um .c e quero um .o. Alguem poderia me dar uma ajuda?

Atte
Marize Simões

[6] Comentário enviado por glp40hs em 02/10/2007 - 14:02h

olá

Como eu salvo as figuras plotadas em bmp, ou jpg ou eps?

[7] Comentário enviado por reng.unip em 23/10/2008 - 09:09h

Ótimo artigo, estava precisando de uma ferramenta assim.

Abraço...

[8] Comentário enviado por knnob9 em 10/04/2010 - 22:16h

Como posso incorporar bibliotecas do matlab no octave?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts