Arch Linux - Instalação completa

Este guia tem por finalidade, ajudar iniciantes que têm curiosidade em conhecer e instalar o Arch Linux e também compartilhar meu método de instalação.

[ Hits: 103.848 ]

Por: Igor Felipe em 10/10/2014


Introdução



Para quem nunca usou, só ouviu falar, Arch Linux é uma distribuição criada por Judd Vinet e inspirada no CRUX.

É uma distribuição que preza pelo minimalismo e simplicidade, a instalação é toda manual. Assim como o Gentoo/Funtoo, também é Rolling Release, sendo diferente das outras distribuições como Ubuntu e Fedora.

O Arch Linux não possui versões, isso permite que o usuário tenha um sistema sempre atualizado e com novos pacotes.

O gerenciador de pacotes usado pelo Arch se chama Pacman de Package Manager usado para instalação de pacotes, atualizações do sistema, remoção de programas e consultas ao banco de dados de pacotes.

Você pode fazer o download, em:
Tem opção de baixar por Torrent ou através do navegador em Mirrors de vários países, recomendo esse: :
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação
Outros artigos deste autor

Funtoo Current - Instalação completa

FreeBSD 10 com GNOME 2 - Instalação no VirtualBox

Leitura recomendada

Guia rápido VI

Instalando o SNX check point no Linux Mint 18 e Ubuntu 16.04

O "Synaptic"

Monte seu próprio servidor de ICQ

Asterisk Central IPBX - Debian

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 10/10/2014 - 11:52h

Artigo excelente, muito completo, muito bom.
Parabéns.

[2] Comentário enviado por heuer em 10/10/2014 - 12:46h

Muito bom, favoritado.
Estou testando o manjaro linux mais depois de ler seu artigo fiquei com vontade de testar o arch.

[3] Comentário enviado por Felipeigor em 10/10/2014 - 13:19h


[1] Comentário enviado por albfneto em 10/10/2014 - 11:52h:

Artigo excelente, muito completo, muito bom.
Parabéns.


Valeu Alberto :)

[4] Comentário enviado por Felipeigor em 10/10/2014 - 13:24h


[2] Comentário enviado por heuer em 10/10/2014 - 12:46h:

Muito bom, favoritado.
Estou testando o manjaro linux mais depois de ler seu artigo fiquei com vontade de testar o arch.


Valeu Heuer , cara pode testar que vc não vai se arrepender :)

[5] Comentário enviado por Felipeigor em 10/10/2014 - 13:28h

Corrigindo um erro que vi só agora, na linha E adicione: mate-session troque por exec mate-session

[6] Comentário enviado por dimasdaros em 10/10/2014 - 15:03h

Opa, boa tarde

artigo perfeito, sem enrolar, muito direto ao ponto, parabéns ai.
Só uma sugestão, se é que me permite, para adicionar o usuário nos grupos, pode-se fazer assim também:


#usermod -G daemon,disk,wheel,locate,rfkill,dbus,network,video,audio,storage,power,users,dimas dimas


Informa-se todos os grupos que deseja aquele usuário separados por vírgula + espaço + nome do usuário
assim coloca todos os grupos do usuário em uma única linha, fica mais prático ;)
Grande abraço.

[7] Comentário enviado por Felipeigor em 10/10/2014 - 16:38h


[6] Comentário enviado por dimasdaros em 10/10/2014 - 15:03h:

Opa, boa tarde

artigo perfeito, sem enrolar, muito direto ao ponto, parabéns ai.
Só uma sugestão, se é que me permite, para adicionar o usuário nos grupos, pode-se fazer assim também:


#usermod -G daemon,disk,wheel,locate,rfkill,dbus,network,video,audio,storage,power,users,dimas dimas


Informa-se todos os grupos que deseja aquele usuário separados por vírgula + espaço + nome do usuário
assim coloca todos os grupos do usuário em uma única linha, fica mais prático ;)
Grande abraço.


Valeu dimasdaros , com certeza toda sujestão é bem vinda, na hora do artigo nem pensei nisso rs valeu mesmo :)

[8] Comentário enviado por dimasdaros em 10/10/2014 - 17:30h


[7] Comentário enviado por Felipeigor em 10/10/2014 - 16:38h:


[6] Comentário enviado por dimasdaros em 10/10/2014 - 15:03h:

Opa, boa tarde

artigo perfeito, sem enrolar, muito direto ao ponto, parabéns ai.
Só uma sugestão, se é que me permite, para adicionar o usuário nos grupos, pode-se fazer assim também:


#usermod -G daemon,disk,wheel,locate,rfkill,dbus,network,video,audio,storage,power,users,dimas dimas


Informa-se todos os grupos que deseja aquele usuário separados por vírgula + espaço + nome do usuário
assim coloca todos os grupos do usuário em uma única linha, fica mais prático ;)
Grande abraço.

Valeu dimasdaros , com certeza toda sujestão é bem vinda, na hora do artigo nem pensei nisso rs valeu mesmo :)


Opa, só mais uma coisa xD
Aqui como meu link é de 2Mb, sempre uso os servers BR na instalação (todo Kbit é precioso haha), dai edito antes do pacstrap o arquivo /etc/pacman.d/mirrorlist e jogo os servidores brasileiros para o inicio da lista, faz uma diferença legal na velocidade :)

[9] Comentário enviado por Felipeigor em 10/10/2014 - 19:06h


[8] Comentário enviado por dimasdaros em 10/10/2014 - 17:30h:


[7] Comentário enviado por Felipeigor em 10/10/2014 - 16:38h:


[6] Comentário enviado por dimasdaros em 10/10/2014 - 15:03h:

Opa, boa tarde

artigo perfeito, sem enrolar, muito direto ao ponto, parabéns ai.
Só uma sugestão, se é que me permite, para adicionar o usuário nos grupos, pode-se fazer assim também:


#usermod -G daemon,disk,wheel,locate,rfkill,dbus,network,video,audio,storage,power,users,dimas dimas


Informa-se todos os grupos que deseja aquele usuário separados por vírgula + espaço + nome do usuário
assim coloca todos os grupos do usuário em uma única linha, fica mais prático ;)
Grande abraço.

Valeu dimasdaros , com certeza toda sujestão é bem vinda, na hora do artigo nem pensei nisso rs valeu mesmo :)

Opa, só mais uma coisa xD
Aqui como meu link é de 2Mb, sempre uso os servers BR na instalação (todo Kbit é precioso haha), dai edito antes do pacstrap o arquivo /etc/pacman.d/mirrorlist e jogo os servidores brasileiros para o inicio da lista, faz uma diferença legal na velocidade :)


hiauhsiahs muito bom pra quem tem net 1 ou 2Mb , aqui eu tenho 10Mb rapidinho o sistema já ta instalado :P

[10] Comentário enviado por koutalopes em 10/10/2014 - 20:33h

Excelente artigo, só complementando aqui, antes do pacstrap, é legal escolher os mirrors de acordo com a velocidade, dá pra fazer assim:

# cp /etc/pacman.d/mirrorlist /etc/pacman.d/mirrorlist.bkp (faz um backup da lista)
# sed -i 's/^#Server/Server/' /etc/pacman.d/mirrorlist.bkp (remove os # dos servers)
# rankmirrors -n 6 /etc/pacman.d/mirrorlist.bkp > /etc/pacman.d/mirrorlist (6 é o número de mirrors)


Isso ajuda bastante a usar somente os mirrors mais velozes.

Valeu e bom trabalho.

[11] Comentário enviado por Felipeigor em 11/10/2014 - 01:07h


[10] Comentário enviado por koutalopes em 10/10/2014 - 20:33h:

Excelente artigo, só complementando aqui, antes do pacstrap, é legal escolher os mirrors de acordo com a velocidade, dá pra fazer assim:

# cp /etc/pacman.d/mirrorlist /etc/pacman.d/mirrorlist.bkp (faz um backup da lista)
# sed -i 's/^#Server/Server/' /etc/pacman.d/mirrorlist.bkp (remove os # dos servers)
# rankmirrors -n 6 /etc/pacman.d/mirrorlist.bkp > /etc/pacman.d/mirrorlist (6 é o número de mirrors)

Isso ajuda bastante a usar somente os mirrors mais velozes.

Valeu e bom trabalho.


Com certeza isso vai ajudar koutalopes valeu pela sujestão :)

[12] Comentário enviado por r00g3r em 13/10/2014 - 02:48h

nao se pode formata a particao de swap com ext4

[13] Comentário enviado por Felipeigor em 13/10/2014 - 03:21h


[12] Comentário enviado por Rorsch4chx em 13/10/2014 - 02:48h:

nao se pode formata a particao de swap com ext4


Não esta como ext4, ta normal como mkswap!

[14] Comentário enviado por px em 13/10/2014 - 11:28h

bacana, pena que tive que dar uma parada no Arch já que estou em um lugar que a internet não presta! kkkk, bom pelo menos aprendi muito sobre o Debian.

Artigo nota 10! abordou tudo na pre-instalação, instalação e o básico da pós-instalação.

[15] Comentário enviado por Felipeigor em 13/10/2014 - 15:14h


[14] Comentário enviado por px em 13/10/2014 - 11:28h:

bacana, pena que tive que dar uma parada no Arch já que estou em um lugar que a internet não presta! kkkk, bom pelo menos aprendi muito sobre o Debian.

Artigo nota 10! abordou tudo na pre-instalação, instalação e o básico da pós-instalação.


Valeu mano :P mas não consigo parar em uma distro , ultimamente to com uma "crise" de distro kkkkk , do Slack fui pro Arch depois voltei pro Slack , depois Arch novamente , ai instalei o Funtoo , voltei pro Arch sempre indo e voltando kkkkkkkkk


[16] Comentário enviado por guimaraesrocha em 13/10/2014 - 20:01h

Senhores, quais pacotes devo baixar para usar o ambiente LXDE e devo editar o .xinitrc ?. Agradeço

[17] Comentário enviado por Felipeigor em 13/10/2014 - 20:33h


[16] Comentário enviado por guimaraesrocha em 13/10/2014 - 20:01h:

Senhores, quais pacotes devo baixar para usar o ambiente LXDE e devo editar o .xinitrc ?. Agradeço


guimaraesrocha tente assim : sudo pacman -S lxde , e no .xinitrc exec startlxde, pode dar uma olhada aqui se quiser https://wiki.archlinux.org/index.php/LXDE
qualquer coisa só postar aqui.

[18] Comentário enviado por guimaraesrocha em 14/10/2014 - 08:44h


[17] Comentário enviado por Felipeigor em 13/10/2014 - 20:33h:


[16] Comentário enviado por guimaraesrocha em 13/10/2014 - 20:01h:

Senhores, quais pacotes devo baixar para usar o ambiente LXDE e devo editar o .xinitrc ?. Agradeço

guimaraesrocha tente assim : sudo pacman -S lxde , e no .xinitrc exec startlxde, pode dar uma olhada aqui se quiser https://wiki.archlinux.org/index.php/LXDE
qualquer coisa só postar aqui.


Esse pacote lxde é o ambiente completo, certo? Então obrigado Felipeigor.

[19] Comentário enviado por Felipeigor em 14/10/2014 - 11:00h


[18] Comentário enviado por guimaraesrocha em 14/10/2014 - 08:44h:


[17] Comentário enviado por Felipeigor em 13/10/2014 - 20:33h:


[16] Comentário enviado por guimaraesrocha em 13/10/2014 - 20:01h:

Senhores, quais pacotes devo baixar para usar o ambiente LXDE e devo editar o .xinitrc ?. Agradeço

guimaraesrocha tente assim : sudo pacman -S lxde , e no .xinitrc exec startlxde, pode dar uma olhada aqui se quiser https://wiki.archlinux.org/index.php/LXDE
qualquer coisa só postar aqui.

Esse pacote lxde é o ambiente completo, certo? Então obrigado Felipeigor.

Essa infelizmente vou ficar te devendo , nunca instalei o lxde no Arch

[20] Comentário enviado por guimaraesrocha em 15/10/2014 - 19:01h


[19] Comentário enviado por Felipeigor em 14/10/2014 - 11:00h:


[18] Comentário enviado por guimaraesrocha em 14/10/2014 - 08:44h:


[17] Comentário enviado por Felipeigor em 13/10/2014 - 20:33h:


[16] Comentário enviado por guimaraesrocha em 13/10/2014 - 20:01h:

Senhores, quais pacotes devo baixar para usar o ambiente LXDE e devo editar o .xinitrc ?. Agradeço

guimaraesrocha tente assim : sudo pacman -S lxde , e no .xinitrc exec startlxde, pode dar uma olhada aqui se quiser https://wiki.archlinux.org/index.php/LXDE
qualquer coisa só postar aqui.

Esse pacote lxde é o ambiente completo, certo? Então obrigado Felipeigor.
Essa infelizmente vou ficar te devendo , nunca instalei o lxde no Arch


Ficou assim, instalei o lxde

# pacman -S lxde

Fui editar o .xinitrc e verifiquei que o arquivo não existia, então instalei o pacote e copiei o arquivo para /home conforme wiki.archlinux.org/index.php/Xinitrc

# pacman -S xorg-xinit && cp /etc/skel/.xinitrc ~

Editei o .xinitrc colocando a linha exec startlxde

Como o LXDM é o gerenciador de login defaut do LXDE, tentei usar mas não consegui, consultei o wiki mas não obtive exito então por fim optei pelo GDM que também instalou o gnome.
Então fiquei com lxde e gnome e esta tudo funcionando perfeitamente conforme o seu artigo, parabéns.

[21] Comentário enviado por Felipeigor em 16/10/2014 - 12:39h

Realmente agora o xinitrc não tem mas as opções , acabei de instalar o arch com gnome3 , mas que bom que conseguiu resolver :)

[22] Comentário enviado por removido em 19/10/2014 - 05:16h

Para escolher o melhor mirror pode usar o próprio Pacman.

# pacman-mirrors -g

[23] Comentário enviado por Felipeigor em 19/10/2014 - 15:46h


[22] Comentário enviado por pekman em 19/10/2014 - 05:16h:

Para escolher o melhor mirror pode usar o próprio Pacman.

# pacman-mirrors -g


Valeu pelo complemento pekman

[24] Comentário enviado por xerxeslins em 24/10/2014 - 13:39h

Muito bom! 10.

[25] Comentário enviado por Felipeigor em 24/10/2014 - 23:42h


[24] Comentário enviado por xerxeslins em 24/10/2014 - 13:39h:

Muito bom! 10.


Opa valeu mano

[26] Comentário enviado por Sandro1 em 28/12/2014 - 13:21h

Excelente Artigo, parabéns! Acabei de instalá-lo aqui no HD.

Só tive um "probleminha" depois do primeiro boot, a internet (cabeada) não estava conectando, tive que digitar (demorei um pouco pra achar esse comando) 'systemctl start dhcpcd' pra ela funcionar, fora isso correu tudo bem, muito bem explicado!

[27] Comentário enviado por Felipeigor em 03/01/2015 - 12:47h


[26] Comentário enviado por Sandro1 em 28/12/2014 - 13:21h:

Excelente Artigo, parabéns! Acabei de instalá-lo aqui no HD.

Só tive um "probleminha" depois do primeiro boot, a internet (cabeada) não estava conectando, tive que digitar (demorei um pouco pra achar esse comando) 'systemctl start dhcpcd' pra ela funcionar, fora isso correu tudo bem, muito bem explicado!


Vi só agora a resposta , era só rodar 'systemctl enable dhcpcd.service e depois systemctl start dhcpcd.service' e não teria mais problemas :)
valeu brother .

[28] Comentário enviado por Sandro1 em 03/01/2015 - 13:11h


[27] Comentário enviado por Felipeigor em 03/01/2015 - 12:47h


[26] Comentário enviado por Sandro1 em 28/12/2014 - 13:21h:

Excelente Artigo, parabéns! Acabei de instalá-lo aqui no HD.

Só tive um "probleminha" depois do primeiro boot, a internet (cabeada) não estava conectando, tive que digitar (demorei um pouco pra achar esse comando) 'systemctl start dhcpcd' pra ela funcionar, fora isso correu tudo bem, muito bem explicado!

Vi só agora a resposta , era só rodar 'systemctl enable dhcpcd.service e depois systemctl start dhcpcd.service' e não teria mais problemas :)
valeu brother .


Falou Igor, eu já tava quase desistindo, até pensei que o problema era na net, mas depois testei no VB e o problema se repetiu, depois encontrei o comando que falei num artigo aqui do VOL (sobre a instalação do Arch também); então fica a tua dica aí pra quem passar pela mesma situação!

Abraços!

[29] Comentário enviado por bantoike em 21/01/2015 - 19:25h


Salve!!!

uma duvida, se marcar a partição como boot como ??

[30] Comentário enviado por Felipeigor em 23/01/2015 - 04:46h


[29] Comentário enviado por bantoike em 21/01/2015 - 19:25h


Salve!!!

uma duvida, se marcar a partição como boot como ??


bantoike não entendi a sua duvida, vc quer saber como marca a partição de boot como bootável?

[31] Comentário enviado por SpoooK em 12/02/2015 - 18:08h


Amigo tenho 2 duvidas,

pretendo utilizar 2 partições apenas, uma para o diretório raiz "/" que ficaria em um SSD, e a partição /home ficaria em outro HD. Não usarei swap. Como ficaria o esquema da partição? Na verdade ja esta particionado dessa forma, só teria que formatar. Poderia me explicar antes deu tentar fazer o procedimento?

A outra dúvida é em relação ao Cinnamon, ele existe nos repositórios do Arch? Como faço para instalar ele?

Agradeço desde já,

Abs!

[32] Comentário enviado por _unity em 02/05/2015 - 02:01h

Loguei só para comentar.

Muito obrigado Felipe Igor, seu tutorial foi o mais efeiciente de todos que já vi até agora!

Abraços, fique com Deus.

[33] Comentário enviado por Kill2033 em 09/09/2016 - 20:52h

Meu pc e de 4gb de ram e 1TB e quero instala sem maquina virtual, como faço pra dividir as partições? deixo quanto pro Linux? quantos pra memoria swap? pois quero tem o Arch Linux numa instalação limpa.espero um retorno e agradeço desde já.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts