Fractal ou abstratal?

Aqui vamos aprender um pouco sobre psicodelismo abstrato, obviamente que este artigo é para os que acompanharam os anteriores, então acredito que será fácil para todos.

[ Hits: 28.456 ]

Por: Guilherme RazGriz em 19/03/2007 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Chamas



Não parece, mas são os fractais mais simples de se fazer, aliando a isso o fato de serem multi-uso.

Abra uma nova imagem de tamanho qualquer e com a cor de fundo da sua preferência.

Agora vamos ver como chegar a essa ferramenta:


Muito bem, agora que nós já abrimos a ferramenta, vamos apresentar esta interface:




Pois bem, a primeira parte controla basicamente a parte de luz e detalhamento do que será visto, muitos destes recursos vocês já conhecem, então não vejo necessidade de falar a respeito, já que alguns dos meus artigos anteriores e livro falam a respeito.

Já a segunda parte trata do posicionamento que a nossa brincadeira vai ter dentro da imagem, isso inclui o tamanho também, quanto maior, mais detalhes aparecerão, isso em sacrifício de algumas partes da figura sangrarem para fora da imagem.

Agora, a nossa mágica acontece quando clicamos em "Editar".


Repare que a construção não passa de um padrão que obedece a parâmetros geométricos que indiretamente nós modificamos na interface anterior e também clicando na ferramenta de mudança, ela pode ser identificada pela palavra "idêntico", basta clicar nela e você será levado a este sub-menu:


Utilizando o "Randômico" por exemplo ele vai mesclar e mostrar tantas possibilidades você desejar, utilizando todos os parâmetros abaixo sem restrições por tipo.

Quando você encontrar um parâmetro que te satisfaça, basta clicar nele, e depois em "ok".

E quando você se sentir satisfeito, com o efeito, basta clicar em "ok" e aguardar.

Quanto as cores, você pode controla-las também, para tal, basta no mapa de cores alterar o esquema do degrade, ou utilizar o resultante entre as cores utilizadas para fundo e brush.

Finalmente, quando o supracitado for cumprido você pode criar coisas novas utilizando novos parâmetros e ou ainda adicionando novos elementos a figura, seja isto um trabalho complexo de várias camadas, ou com apenas uma.


Não satisfeito, arrisque essas cores com o que foi visto no artigo anterior.


É obvio que tem uma pequena charada para quem acompanha meus artigos, usei um efeito muito conhecido por essas pessoas e as convido a tentar descobrir qual é.

Até que foi divertido =]

Muito bem crianças, na semana que vem, nós vamos ver outro tema que eu considere relevante em edição/criação de imagens, até lá, eu espero que se faça bom uso deste documento, e antecipadamente já digo que pode acontecer de o "semana" que vem virar um ou 2 meses, devido ao atraso do VOL que todos já conhecem (culpem o "crash" no HD do ano retrasado.) bom final de semana.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Fractal ou Abstratal?
   2. IFS
   3. Chamas
Outros artigos deste autor

O MP3 player e o Ogg Vorbis

Composição por anexação e o Gimp

Blender - Como fazer um planeta 3D

Alguém aí falou em deformação?

Inkscape descomplicado - Parte III (criando e imprimindo objetos 3D)

Leitura recomendada

Teoria das Formas e o Aumento da Usabilidade

O reflexo a partir de um plexo

Blender - Como fazer um planeta 3D

ARToolKit: Criando aplicativos de Realidade Aumentada

Inkscape descomplicado - Parte II

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fernandoamador em 09/04/2007 - 00:00h

Ótimo artgo...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts