Firefox: Testando e/ou utilizando várias versões

O artigo descreve como instalar, testar e utilizar uma ou várias novas versões de navegador Firefox ao mesmo tempo, em Linux, sem substituir a versão padrão do sistema. Pode ser aplicado para instalar mais de uma versão, utilizável separadamente, coexistindo no mesmo sistema sem conflitar ou misturar complementos ou plugins.

[ Hits: 34.661 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 04/02/2009 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Configurando e personalizando Firefox



Apesar de existirem várias outras opções, para mim o Firefox continua sendo o melhor e o mais versátil do navegadores e por isso, o de maior potencialidade.

Há centenas de complementos e plugins pra Firefox.

Muitas dúvidas dos usuários referem-se à compatibilidade desses complementos. Várias pessoas não atualizam seus Firefox, para não perderem seus complementos e configuração. Porém, lembro a vocês que muitos complementos antigos podem ser compatibilizados para funcionar em Firefox novos. Por exemplo, veja:
Porém advirto que especificamente, pacotes de linguagem pt-BR das versões 3.1, não são compatíveis com a 3.2. Em meus testes, o Firefox não abriu depois da instalação.

Por isso se for testar o 3.2, lembre-se que ele é só em Inglês, no momento.

Porém eu consegui instalar vários complementos, com alternador rápido de locais, DTAOneClick, Temas, Barras de Busca, Nightly Tester Tools etc..., tudo considerado não compatível e rodou. Por isso se for testar o 3.2, lembre-se que ele é só em Inglês, no momento.

Na sua instalação dos Firefox experimentais, tirando o Flash Player e os pacotes de linguagens, muitas outras extensões do Firefox do sistema poderão ser automaticamente transferidas, mas isso dependerá da configuração do seu Linux.

Geralmente os Firefox novos tem um sistema automático de proteção e manutenção e seus marcadores e configurações (geralmente compartilhadas, Shared) serão mantidas e transferidas. Mas se você quiser garantir isso, copie o conteúdo do diretório:

/home/usuário/mozilla/firefox

NOTA: Em alguns Linux é .mozilla e não mozilla simplesmente.

Para um pendrive ou um local reservado de sua pasta /home.

Os marcadores costumam ficar em uma pasta com extensão .default. Também podem ser encontrados no diretório /default/profile do Firefox. Finalmente você pode ainda personalizar, acelerar, compatibilizar, otimizar seus Firefox.

Aqui, como se costuma fazer em artigos científicos ou técnicos sobre assuntos muito extensos, em que há muita coisa feita, abaixo há uma revisão de uma série de links úteis de trabalhos aqui do VOL, com muitas possíveis configurações e métodos alternativos para seus Firefox:
Existem também otimizações de outros navegadores tipo Mozilla para determinadas arquiteturas de hardware:

Várias versões de Firefox em Windows

Também é possível usar Firefox Experimentais em Windows. Para isso baixe as versões a partir do mesmo site.

Ao instalar, dando um duplo clique nos arquivos, de maneira usual, basta escolher ou criar uma pasta de instalação diferente da do sistema (geralmente é \Firefox ou \Mozilla\Firefox).

Como muitas versões chamam-se Minefield e não Firefox, não há muito a se preocupar, pois o instalador vai gravá-lo em pasta chamada Minefield e não Firefox.

Como em Linux, muitos complementos e marcadores serão mantidos.

Se quiser guardar seus marcadores, basta copiar o arquivo bookmarks.html do sistema no lugar do da versão de testes. Ele geralmente fica na área "Users", em um diretório "Share", ou em um diretório \Firefox\Default\Profile ou \Mozilla\Firefox\Default\Profile.

Os Firefox para Windows, não tem no momento, versões em 64 Bits, isto provavelmente porquê muitos de seus desenvolvedores usam e o fizeram em... Linux! (Mérito para o nosso Linux!)

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Expandindo independentemente o Firefox
   3. Usandos os vários Firefox
   4. Instalando Adobe Flash Player
   5. Configurando e personalizando Firefox
Outros artigos deste autor

Introdução aos ambientes gráficos e gerenciadores de janelas menos conhecidos

Editores e processadores de texto para GNU/Linux

Como usar o Bugzilla do Sabayon

Otimizando o Sabayon Linux (inclusive o Firefox)

Cansou do Konsole e GNOME-Terminal? Existem outros terminais, escolha o seu!

Leitura recomendada

Acesso à VPN com etoken USB

Amadeus: Ambiente Virtual de Aprendizagem - Instalação e Configuração

Google Chrome no Linux Mint

Criando relatórios estatísticos da web com o awstats

Tor Browser e Rede Tor no Arch Linux - Instalação e Utilização

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jpalvesdourado em 10/02/2009 - 23:50h

Correto. vale também lembrar que o FireFox e um dos Navegadores com maior quantidade de plugins e disposto de varias
bibliotecas de execução de sripts java e c/c++.

[2] Comentário enviado por albfneto em 30/09/2009 - 18:55h

COMPLEMENTO: DEIXANDO OS FIREFOX EM PORTUGUÊS DO BRASIL,

Se você instalou uma versão qualquer de Firefox, e ele não está em PortugUẽs do Brasil, siga o método abaixo:

Abra-o, ele vai estar em Inglês. clique em "Help", "About" e veja a versão, cuidadosamente, precisa ser a versão que você tem instalada.

Navegue até:

ftp://ftp.mozilla.org/pub/firefox/releases/


e Procure o diretório Linux, sub-diretório da versão e o outro sub-diretório "xpi" dessa versão que você instalou e clique duas vêzes no pacote pt-BR.xpi

Precisa ser o da versão que você tem!

a Instalação é automática.

Apenas para exemplificar, em de Março de 2009, a última versão estava em:

ftp://ftp.mozilla.org/pub/firefox/releases/3.1b2/linux-i686/xpi/

Feche e abra o Firefox novamente,ele já vai estar em Português do Brasil.

Algumas versões pode continuar em Inglês, se isto acontecer, Sete o "locale" para o Brasil.

A maneira mais fácil é ir a:
"Tools", "Add-Ons", Procurar o complemento ("Add-On") "Quick Locale Switch" e instala-lo.

A seguir, feche e abra novamente o Firefox,vá para "Tools", "Add-Ons", "Quick Locale Switcher" e sete-o para Português do Brasil.

Feche o Firefox, abra-o novamente, vá para o menu "Ferramentas", "Alternador Rápido de Locais", e acerte-o para Brasil, Português do Brasil.

Pronto, Firefox em pt-BR!


Adaptado do método para Sabayon Linux:


[3] Comentário enviado por sandrosfc em 03/11/2009 - 00:33h

Poxa amigo,muito obrigado! Estou a pouco tempo no Linux,e quebrava a cabeça,pensando em como fazer isso(no uindous é fácil)...sou fã da raposa,e graças a esse artigo,posso ter várias versões aqui! Uso o Debian Lenny(Iceweasel 3.0.6) e Arch(Shiretoko 3.5.4) e rodei em ambos os sistemas o 3.6beta1 e Minefild 3.7a1pre,vlw mesmo parabéns.

[4] Comentário enviado por josemirsilva em 03/12/2011 - 07:29h

bom dia,

muito bom o artigo, continua nesta força.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts