DragonLinux - Distro levíssima

DragonLinux é uma distro leve baseada no famigerado Slackware, ela é capaz de rodar em cima do MS-DOS em até 8Mb de RAM sem precisar particionar o HD e ainda possui uma larga escala de recursos.

[ Hits: 12.605 ]

Por: Perfil removido em 21/12/2006


Introdução



o DragonLinux é uma distro baseada no Slackware, possui ambiente gráfico onde você poderá escolher entre KDE e GNOME, além de vir com kernel 2.2.16. Possui duas versões, a versão LITE e a FULL. O DragonLinux tem tudo que alguém precisa para ressuscitar velhos 486's da vida com um excelente suporte a rede, internet e tudo mais que um Slackware pode oferecer.

o DragonLinux é uma distro remasterizada para funcionar em ambiente FAT, ou seja, basta que você execute um arquivo de dentro MS-DOS para que tenha um Linux sem precisar particionar HD nem nada.

Download

Para obter o DragonLinux em qualquer uma das duas versões é só ir na sua página:
Entretanto aqui cabe uma dica: o Dragon Linux é uma excelente distro, além de não precisar particionar o HD, basta ter uma partição FAT e ele executa lá de dentro.

Instalando

O DragonLinux precisa ser executado de dentro do DOS, então para rodar a distro, crie uma pasta dentro da seu C: com o nome de DRAGON (esse passo é essencial), copie para dentro da pasta c:DRAGON todo o conteúdo do arquivo que você baixou, de forma que fique dentro da pasta DRAGON as pastas kernel, packages e setup.

Assim você reinicia a máquina, dá o boot no MS-DOS, navega até a pasta do DRAGONsetup com o comando:

> CD DRAGONSETUP

E executa o comando:

> SETUP.BAT

Executando como indicado, uma instalação do Slackware será iniciada, o Slack tem uma má fama quanto a sua instalação, porém essa é bem fácil e intuitiva, não irei me ater a sua instalação.

Executando

Se você procedeu com tudo normalmente até aqui, basta que você reinicie o computador depois da instalação, entre no MS-DOS novamente e navegue até a pasta do sistema com o comando:

> CD DRAGON

Execute o o arquivo DRAGON.BAT, como fez com o SETUP.BAT na instalação, basta indicar o nome do arquivo que ele se encarrega de tudo.

> DRAGON.BAT

Pronto! Você já tem um Slackware rodando sobre o DOS sem particionar o HD e pronto para ressuscitar qualquer máquina antiga.

Ressuscitei um Laptop Compaq 486 DX4 12Mb RAM com essa distro, estou apenas tendo problemas com configuração do ambiente gráfico, mas o mesmo está totalmente funcional e com bom rendimento.

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Falta de ética dos "profissionais" da informática

Regulamentação das profissões na área de informática

Software Livre - Migração concluída

Navegando na internet com (mais) segurança usando extensões no Mozilla/Firefox

Servidores Debian ou Ubuntu integrados ao AD com cid-tty

Leitura recomendada

Programando em Octave (parte 1)

OCS Inventory NG Server 2.0.5 no Debian Squeeze e agentes via Active Directory - Instalação e configuração

Turbinando o seu aMSN

Disponibilidade em VOIP (VOIP WIFI POE)

LinuxStok: Gestão comercial

  
Comentários
[1] Comentário enviado por dtux em 21/12/2006 - 07:32h

Gostei cara aki na empresa tem um not antigo num vai dar outra
aehueah

[2] Comentário enviado por mpinho em 21/12/2006 - 10:45h

Rodar linux em FAT com esses artifícios de loopback reduz o desempenho e é feito somente para quem ainda está usando windows na máquina.

Há várias distribuições leves para esses micros antigos e rodando em sistemas de arquivos linux mais modernos e poderosos como ext3, reiserfs, etc.

[3] Comentário enviado por EdDeAlmeida em 21/12/2006 - 13:21h

Parabéns! Eu que sou interessado em "aproveitamento de micros antigos" vou experimentar assim que puder.

[4] Comentário enviado por thelinux em 21/12/2006 - 13:28h

boa dica para quem está começando no mundo Linux e sendo com o Slackware melhor ainda.

[5] Comentário enviado por Century_Child em 21/12/2006 - 16:21h

Kernel 2.2.16? ULTRA-desatualizada... não recomendo pra ninguém. Pra quê usar uma coisa tão antiga, se existem distros mais recentes e mais atualizadas?

[6] Comentário enviado por removido em 22/12/2006 - 08:16h

Century_Child, esta preguiça você trouxe do windows? como diz o artigo, a distro é baseado no slackware, basta usar pacotes tgz pra atualizar o kernel, e duvido que com um 486 vai ser necessário.

[7] Comentário enviado por alexlucena em 22/12/2006 - 15:21h

boa ;]

[8] Comentário enviado por ambuzr em 24/12/2006 - 01:33h

Eu não conhecia essa distro mas me aprofundei nela e achei muito boa viu, coloquei ela em um Pentium 133 com 32 de Ram e ta funcionando massa, mas nao usei o Dos, e sim o FreeDos que e livre tambem, portanto agora tenho um sistema 100%Free e ta fuicionado perfeitinho...vlw cara vc poderia ter citado o FreDos no seu artigo mas mesmo assim esta tudo bem...vlw

[9] Comentário enviado por kalib em 24/12/2006 - 12:32h

Muito interessante... ;]

[10] Comentário enviado por removido em 24/12/2006 - 14:11h

FreeDos é ótimo mesmo, basta que vc instale-o e tenha um PC rodando dos sistemas Free's e além de ter o grande e poderoso Linux em suas mãos...
quanto a versão do Kernel eu acho que não há o que se preocupar, basta instalar os novos pacotes de kernel afinal vc esta nun Slack e isso nao é um bicho de sete cabeças.

[11] Comentário enviado por Century_Child em 27/12/2006 - 14:08h

"basta usar pacotes tgz pra atualizar o kernel, e duvido que com um 486 vai ser necessário. "

Mas mesmo assim, não seria mais fácil usar uma distro mais atualizada, como o Damn Small Linux?

Não seria o caso de APENAS atualizar o kernel, mas sim atualizar TODO o sistema.

E sinceramente, pra mim não vale a pena insistir em um kernel velho, não faz sentido.

[12] Comentário enviado por f_Candido em 12/08/2007 - 17:08h

Muito boa.
Parabéns.

[13] Comentário enviado por giovanildo em 08/06/2008 - 00:52h

Parabéns cassio, isso eh excelente no caso de precisar mostrar para um usuario do windows 95,98 em um pentium 100 da vida que o linux eh mais estavel e confiavel, sem necessitar mexer com seu sistema operacional. vlw

[14] Comentário enviado por tsuriu em 20/06/2012 - 11:34h

Poderia me dizer... se é possível usar um pendrive formatado em fat32 e manter o DRAGON nele, para iniciar em qualquer computador com windows...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts