Conheça o OpenOffice.org e o BrOffice.org

O OpenOffice.org é uma das melhores (senão a melhor das) suítes de escritório abertas existentes. Neste artigo, falo dele e da sua versão brasileira, o BrOffice.org: seus programas, como surgiram, como instalá-los e dicas de uso para aumentar sua produtividade. Leitura ideal para quem ainda não os conhece. Destina-se a usuários de Windows e Linux.

[ Hits: 115.606 ]

Por: Antônio Vinícius Menezes Medeiros em 03/05/2010 | Blog: http://www.vinyanalista.com.br/


Os componentes da suíte



O OpenOffice.org e o BrOffice.org são compostos pelos programas Writer, Calc, Impress, Base, Draw e Math. Naturalmente, o Writer e o Calc são os mais conhecidos e utilizados, mas os outros componentes do pacote também surpreendem pelos recursos.

Antes de começar a falar sobre cada um deles detalhadamente, quero observar que esses programas trabalham preferencialmente com um formato de arquivo aberto, o OpenDocument (ODF), que torna as informações armazenadas nos arquivos gerados por eles mais enxutas, confiáveis e portáveis.

Geralmente um mesmo documento salvo em vários formatos apresenta tamanho menor quando salvo no formato OpenDocument e dificilmente tem sua formatação alterada quando aberto em outro computador ou até mesmo em outro sistema operacional. Isso acontece porque os arquivos OpenDocument são, na verdade, arquivos compactados, contendo arquivos separados para o texto, formatação, imagens e outros objetos incluídos. As imagens são mantidas em seu formato original (sem perda de qualidade ou qualquer tipo de alteração) e o texto é salvo na forma de um arquivo XML.

Você pode conferir esse fato alterando a extensão de qualquer arquivo OpenDocument para .zip e abrindo esse arquivo com um programa descompactador de arquivos qualquer:
O OpenOffice.org e o BrOffice.org não suportam no entanto apenas esses formatos de arquivo. Como você verá a seguir, todos os formatos de arquivo mais populares podem ser manipulados tranquilamente por seus programas.

Além disso, um recurso bastante útil do OpenOffice.org e do BrOffice.org presente em todos os programas do pacote (e, provavelmente, um dos preferidos de seus usuários) é a possibilidade de exportar os documentos no formato Adobe PDF (extensão .pdf), que pode ser aberto em qualquer computador que possua o Adobe Reader e não pode ser editado por outros programas. Esse recurso é bastante interessante para quem deseja publicar seus documentos na Internet, pois garante que sua formatação e conteúdo não serão alterados por quem baixar ou repassar esses documentos.

Para exportar um documento no formato Adobe PDF, em qualquer programa do pacote BrOffice.org, basta ir no menu "Arquivo" e clicar em "Exportar como PDF...":
BrOffice.org Writer
O programa mais conhecido do BrOffice.org certamente é o Writer, que é o editor de textos. Com ele, você pode criar desde simples textos, passando por cartas, faxes, agendas, malas diretas, até mesmo livros completos, contendo figuras, tabelas, gráficos e outros objetos. Ele possui vários recursos, como autocorreção, autoformatação, completar palavras, dicionário de sinônimos, estilos, hifenização, índices, referências bibliográficas e verificação ortográfica e gramatical, só para citar alguns.

O Writer gera por padrão arquivos no formato OpenDocument, com a extensão .odt, mas suporta de vários outros formatos, entre eles arquivos de texto (extensão .txt), arquivos Rich Text Format (.rtf), e documentos do Microsoft Word (.doc) e do StarWriter (.sdw). Também pode ser usado para criar páginas da Internet (.html), apesar de não ser uma ferramenta específica para tal.
BrOffice.org Calc
O Calc é a planilha eletrônica do BrOffice.org. Ele pode ser utilizado para calcular, analisar e gerenciar dados. Entre seus recursos mais interessantes encontram-se sua vasta gama de funções, todas em português, o que facilita bastante sua utilização, e a possibilidade de gerar diferentes tipos de gráficos a partir de dados organizados em tabelas. Trabalha com planilhas no formato OpenDocument, com a extensão .ods, mas suporta a leitura e geração de arquivos nos formatos de outros programas de planilha eletrônica, como Microsoft Excel (.xls), StarCalc (.sdc), Lotus (.wk1, .wks e .123) e Quattro Pro (.wb2).
BrOffice.org Impress
O Impress é o gerador de apresentações multimídia e transparências do BrOffice.org. Usando ele você pode criar apresentações com figuras em 2D ou 3D, efeitos especiais, animações e ótimas ferramentas de desenho. Abre e salva arquivos no formato OpenDocument (extensão .odp), mas também suporta outros formatos de apresentação, como Microsoft Power Point (.ppt e .pps) e StarImpress (.sdp). Além disso, permite exportar as apresentações como páginas da Internet (.html) ou animações do Adobe Flash (.swf), permitindo que elas sejam visualizadas em qualquer computador com o Adobe Flash Player instalado. Esses recursos podem ser muito úteis se você pretende publicar suas apresentações na Internet.
BrOffice.org Base
O Base é o sistema gerenciador de banco de dados (SGBD) do BrOffice.org. Ele é ideal para uso em escritórios ou residências, pois permite ao usuário manipular bancos de dados sem o conhecimento técnico requerido por outras aplicações de banco de dados mais robustas. Você pode criar e modificar tabelas, formulários, consultas e relatórios, seja usando um banco de dados externo (o Base suporta nativamente conexão com os bancos de dados mais populares, como, por exemplo, dBASE, Microsoft Access, MySQL, Oracle e outros bancos de dados ODBC), seja através do mecanismo de banco de dados próprio do Base. As bases de dados geradas com esse mecanismo possuem formato OpenDocument (extensão .odb).
BrOffice.org Draw
O Draw é o programa de desenho vetorial do BrOffice.org. Ele permite criar e editar desenhos, desde rascunhos rápidos até fluxogramas, cartazes, logotipos e muito mais. Suporta a criação de imagens 2D ou 3D e possui uma galeria com objetos de desenho e ilustrações prontas. Abre, edita e salva arquivos no formato OpenDocument (extensão .odg), padrão, ou StarImpress (.sda e .sdd). Também suporta a abertura de outros formatos, como Adobe Photoshop (.psd) e AutoCAD Interchange Format (.dxf).
BrOffice.org Math
O Math é o editor de fórmulas matemáticas do BrOffice.org. Através dele é possível escrever os mais variados tipos de expressões matemáticas sem nenhuma complicação. Ele apresenta um menu através do qual é possível escolher entre os diversos tipos de operadores disponíveis qual será inserido na fórmula matemática, dispensando ao usuário o conhecimento da sintaxe utilizada pelo programa para definir a fórmula. Depois disso o usuário só precisa digitar os valores que vão ocupar os lugares dos operandos. Abre e salva arquivos nos formatos OpenDocument (extensão .odf) e StarMath (.smf).
Integração entre os componentes
Um fator que facilita bastante a utilização do BrOffice.org é a alta integração entre os seus componentes. Um exemplo disso é que você não precisa se preocupar com a extensão do arquivo: de qualquer programa do pacote é possível iniciar ou abrir um arquivo que é tratado por outro programa.

Além disso, há uma padronização das ferramentas encontradas nos seus programas, de forma que em todos elas apresentam a mesma aparência e comportamento. As ferramentas de desenho do Draw, por exemplo, também estão presentes no Writer e no Impress. As fórmulas matemáticas que são escritas no Math também podem ser escritas da mesma forma no Writer e no Impress. O objetivo dessa padronização é perfeitamente expresso pela ideia "aprenda uma vez e use em qualquer lugar".

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Os componentes da suíte
   3. Um pouco da história do OpenOffice.org e do BrOffice.org
   4. Instalação do OpenOffice.org
   5. Instalação do BrOffice.org
   6. Instalando extensões no BrOffice.org
   7. VERO - o verificador ortográfico do BrOffice.org
   8. Autocorreção no BrOffice.org
   9. Hifenização no BrOffice.org
   10. DicSin - O dicionário de sinônimos do BrOffice.org
   11. Dicionários temáticos no BrOffice.org
   12. CoGrOO - Corretor Gramatical acoplável ao OpenOffice.org
   13. Retrato e paisagem no mesmo documento
   14. Fontes
Outros artigos deste autor

Exibindo um splash durante o boot com Splashy

Guia de referência do ISOLINUX (parte 2)

Guia de referência do ISOLINUX (parte 1)

Incrementando o visual do KDE 4

Portugol Online - Software livre para facilitar o estudo de algoritmos

Leitura recomendada

Básico do OpenOffice.org Calc

Dominando o BrOffice.org: Pincel de Estilo, Sumários e Objetos OLE no Writer

Formatação de células na planilha do OpenOffice

Novidades do OpenOffice 2.0 e um comparativo com o MS Office 2003

OpenOffice.Org Calc Basic - Funções intermediárias

  
Comentários
[1] Comentário enviado por izaias em 03/05/2010 - 14:27h

Vinicius, parabéns cara!

Elevo seu artigo a categoria de tutorial. Didático e objetivo. Exemplarmente sem erros!

[2] Comentário enviado por julio_hoffimann em 03/05/2010 - 16:52h

Parabéns pelo artigo Antônio,

Precisamos incentivar o uso de softwares abertos, principalmente softwares de qualidade que contribuem com inclusão social, não pirataria e são fortemente desenvolvidos por brasileiros. Por onde passo, tento disseminar o uso do formato aberto ODF, só assim é que conseguiremos nos desligar da importação de software fechado e pago.

[3] Comentário enviado por morvan em 03/05/2010 - 23:30h

Boa noite, viniciusecia.
Diria, mais do que boa noite, "Bem-vindo ao Clube", já que eu e outros autores temos alguns trabalhos no VOL sobre a suíte livre e gratuita.
Gostei bastante dos enfoques feitos no seu artigo, destaques para a cronologia do [Br|OpenOffice] e para a instalação das Extensões.
Parabéns.

Abraço,

Morvan, Usuário Linux #433640.

[4] Comentário enviado por Lisandro em 05/05/2010 - 14:39h

Exelente artigo.
Parabéns!

[5] Comentário enviado por pinduvoz em 05/05/2010 - 14:55h

Não consegui fazer o DicSin funcionar no OO 3.2, seja no Linux, seja no Windows.

Vi que o Hamacker, do "Ubuntu Perfeito", também não conseguiu.

Alguma dica?

[6] Comentário enviado por vinyanalista em 08/06/2010 - 15:22h

Olá André (pinduvoz), desculpe não ter respondido logo. Em compensação, tenho uma boa notícia para você.

Vou ser bastante sincero com você: durante a elaboração deste artigo eu também não consegui fazer o DicSin funcionar, eu falei sobre ele mais para não deixar o artigo incompleto. Pode perceber que a screenshot de como acessar o DicSin é a única diferente de todas, isto porque essa screenshot na verdade foi retirada de um artigo do Morimoto. Então eu publiquei o artigo e esperava que o lançamento de uma nova versão do DicSin iria resolver o problema e as pessoas poderiam seguir o meu artigo sem problemas.

Felizmente, o que eu esperava aconteceu: agora acabei de verificar no site do DicSin que uma nova versão foi lançada em 28 de maio, baixei, instalei e consegui executar. Confira você mesmo: http://www.dicsin.com.br/

Obrigado a todos pelos comentários. Um abraço e até a próxima.

[7] Comentário enviado por removido em 04/07/2010 - 13:55h

Simplesmente Exelente!

sniper!

[8] Comentário enviado por gibaerebeca em 18/08/2010 - 11:46h

Olá amigo, muito valiosa sua postagem, pois, eu estava quebrando a cabeça e até excomungando o openoffice. Agora, tudo bem. Valeu mesmo. Sou adepto do software livre e me esforço para que os companheiros de trabalho entendam quanto é bom e grátis ( o melhor de tudo ), depois da segurança é claro! Também quero dizer que pode ser considerado mesmo um tutorial, pois, você conseguiu dispor o passo a passo exemplarmente e sem erros. Parabéns amigo!

[9] Comentário enviado por vinyanalista em 05/11/2010 - 23:10h

Olá pessoal, obrigado novamente pelos comentários positivos, que me incentivam a continuar publicando bons artigos aqui no Viva o Linux. Andei um tempo sumido, vou passar mais um tempo praticamente parado, mas já submeti um novo artigo à equipe do VOL, que está na fila de espera.

Essa semana eu recebi um e-mail de um usuário do Viva o Linux me perguntando quais eram as vantagens e as desvantagens do BrOffice.org em relação ao Microsoft Office. Gostei tanto de redigir a resposta que decidi publicá-la no meu blog:

http://avmlinux.blogspot.com/2010/11/comparacao-broffice-msoffice.html

Pensei em colocar aqui como comentário, mas o texto é um tanto grandinho, por isso preferir colocar no blog e o link aqui para referência.

Um abraço a todos e até a próxima

[10] Comentário enviado por WhiteHawk em 12/12/2011 - 09:12h

Olá.

Este é, sem dúvidas, um excelente artigo. Bem escrito e completo, abrangendo diversas funcionalidades dos pacotes de escritório OpenOffice e BrOffice.

Até mais.

[11] Comentário enviado por ychi em 17/10/2012 - 11:36h

Sou novata no uso do Linux(debian) fico sempre perguntando.
Esse artigo me ajudou muito esclareceu muito, fico "fuçando" tudo e numa dessas fiz bobagem no
office e agora vou conseguir ajeitar. ADOREI

[12] Comentário enviado por RoHistoriador em 27/08/2014 - 15:26h

Ola, primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelas ótimas dicas.
Bom, estou tentando colocar os dicionários temáticos funcionando no meu linux mint 17 e não sei como faço. pode me ajudar? não acho a referia pasta que menciona. utilizo o libreoffice 4.2
Desde já fico grato pela ajuda.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts