Configure o Linux para sua avó!

Provavelmente sua avó não consegue sozinha configurar o Linux antes de começar a usá-lo e tudo o que ela quer é se divertir com seus joguinhos do Orkut, consumir informação, ler e-mail, ouvir músicas e ver filmes. Ela não quer saber de usar gerenciador de pacotes, editar arquivos de configuração e habilitar serviços. Que tal entregar um Linux todo configurado para sua avó?

[ Hits: 47.565 ]

Por: Xerxes em 12/10/2011


Drivers Nvidia/ATI e sugestões de aplicativos



Se você precisa de drivers Nvidia ou ATI para habilitar aceleração 3D da placa de vídeo, acesse o menu Sistema -> Habilitar driver? E será mostrado algum driver na lista caso seu sistema precise. Caso contrário a lista ficará vazia.
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Caso apareça, selecione e mande instalar. Será pedido sua senha.

Quais aplicativos instalar para minha vozinha?

Para fornecer uma experiência bem completa para sua avó será necessário instalar alguns aplicativos para completar os aplicativos que vem instalados por padrão. Porém, dos aplicativos e ferramentas sugeridas fique a vontade para instalar apenas o que julgar necessário.

Navegadores: o navegador Firefox já está instalado por padrão (com plugin JAVA e Flash). Porém outras opções recomendadas são Opera e Chromium.

Bate-papo: por padrão há o Pidgin (multi-protocolo) e Xchat (cliente para IRC), mas é interessante instalar o Skype.

Gerenciadores de e-mail:: o padrão é o Thunderbird. Para quem usa esses gerenciadores o Thunderbird é um ótimo aplicativo. Opcionalmente pode-se instalar o Evolution.

Clientes P2P: o Bittorrent é padrão. Pode-se adicionar o aMule.

Escritório: Por padrão há o Gnumeric editor de planilhas e um processador de textos chamado Abiword. Mas é recomendado instalar o LibreOffice completoto e o Adobe Reader.

Multimídia: por padrão temos Exaile, VLC e Gnome MPlayer. Creio que esse conjunto seja mais que suficiente. Outras opções incluem o Sound Juicer (ripador de CD), Amarok (player muito completo), Totem, XMMS, Rhythmbox e Gtkpod, caso queira integração com iPhone ou iPod.

Queimadores de CD/DVD: por padrão Xfburn, mas há outras opções bem mais completas que podem ser instaladas como Brasero, K3b e K9Copy (ótimo para fazer cópias de segurança de CDs e DVDs).

Desenvolvimento: nada por padrão. Caso sua avó queira usar uma ferramenta de desenvolvimento, uma bem completa seria Eclipse. Uma leve seria Geany e para web, Bluefish.

Imagem: o Gimp vem por padrão e creio que seja suficiente. É um editor completo. Para desenhos vetoriais pode-se instalar o Inkscape.

Outros: Google Earth (para sua avó viajar pelo mundo), VirtualBox (para usar máquinas virtuais), ttf-mscorefonts (aumentar quantidade de fontes), PlayOnLinux (para instalar programas de Windows no Linux), gnome-ppp (front-end para o Wvdial. Muito bom para conexão 3G), non-free-codecs.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação do Linux
   3. Conexão (wi-fi, ADSL, 3G)
   4. Atualização e suporte ao idioma
   5. Drivers Nvidia/ATI e sugestões de aplicativos
   6. Como instalar os aplicativos e criar usuário
   8. Ajustes e conclusão
Outros artigos deste autor

Mamãe, quero Slack! (parte 3 - final)

Otimizando a Distribuição Gentoo

Como transformar Salix OS em Slackware

Quero facilidade!

Instalação do Gentoo GNU/Linux em um SSD NVMe (UEFI/GPT)

Leitura recomendada

Transformando seu Windows em um quase Linux

APLINUX Server

CentOS + RAID1 via software

Se preparando para obter certificação LPI

Comandos básicos do Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 12/10/2011 - 09:26h

Muito bom artigo! Parabens!

[2] Comentário enviado por removido em 12/10/2011 - 09:40h

HEHE belo artigo.

[3] Comentário enviado por bawlaw em 12/10/2011 - 10:07h

hehe.. muito bom!
fico imaginando minha avó tirando onda porque usa linux xD

[4] Comentário enviado por lfmoreno em 12/10/2011 - 10:46h

Linux Mint.. o melhor mesmo. :-)

[5] Comentário enviado por levi linux em 12/10/2011 - 10:55h

Parabéns pelo excelente artigo. Realmente o Mint é um dos Linux mais próximos do usuário final.
Gostaria de fazer uma pergunta o Mint já vem com compiladores GCC instalados por padrão?
Grato,
Levi Gomes

[6] Comentário enviado por xerxeslins em 12/10/2011 - 11:13h

Valeu pessoal!

levi_linux: sim, com GCC 4.5 de acordo com o que vi na lista dos aplicativos instalados.

[7] Comentário enviado por levi linux em 12/10/2011 - 12:36h

Muito obrigado!
Estou pesquisando um Linux mais automático para uma colega que quer estudar o sistema.
Pelo artigo acho que a melhor opção até agora é o Mint.
Grato,
Levi

[8] Comentário enviado por removido em 12/10/2011 - 13:11h

Hahahaha, o artigo está excelente. Mas você apelou no título eim xerxes rsrsrsrsrs

10 pra vc!
Abs

[9] Comentário enviado por fabio em 12/10/2011 - 13:39h

Poxa, acho que finalmente me convenci a testar o Mint.

Excelente artigo!

[10] Comentário enviado por removido em 12/10/2011 - 13:48h

Será que existe distro mais fácil que o Mint? Acredito que não.
O Mint é ótimo e está indicado para usuários sejam de que idade forem.

Escolheu bem, o Mint é completíssimo.

Serve também pra mães 'sessentonas'? rs

[11] Comentário enviado por mcnd2 em 12/10/2011 - 14:55h

Muito bom esse seu artigo xerxes.

Favoritado!

Recomendarei para os iniciantes que servirá como base para iniciar com o sistema GNU/Linux.

[12] Comentário enviado por leandro em 12/10/2011 - 18:21h

Excelente artigo!

Agora nós podemos dizer:

" O Linux é tão fácil, que até a minha avó consegue usar."

rsrs.

[13] Comentário enviado por removido em 12/10/2011 - 20:04h

Ótimo artigo!!

Muito bem explicado.

Favoritado!²

[14] Comentário enviado por lucascabeda em 12/10/2011 - 21:02h

Parabéns pelo artigo! O VOL precisa de mais artigos assim!

[15] Comentário enviado por pinduvoz em 12/10/2011 - 22:30h

Isso dá para fazer fácil com o Ubuntu e outros Linux baseados nele, como Tuquito, Zorin e YLMF, sendo que os dois últimos ainda têm "cara" de Windows.

Escolha seu Linux e faça como disse o Xerxes: pesquise, pois as informações de instalação e configuração estão por toda internet.

No mais, cabe dizer: bom artigo Xerxes; aliás, mais um bom artigo, pois vc já nos brindou com outros.

[16] Comentário enviado por david.sousarj em 13/10/2011 - 08:30h

Realmente, linux Mint é o melhor mesmo. Instalei no PC de casa e minha familia gostou, mas no meu netbook continuo usando Ubunu 11.10.

[17] Comentário enviado por davimendes em 13/10/2011 - 14:56h

hauhauHUAhuHAuAHu.... pra minha vó não vou usar mas, talvez sirva para meu pai!

[18] Comentário enviado por davimendes em 13/10/2011 - 15:08h

Boa Xerxes!!! DNS da Google!! show! rsrsrsrs... pena q eu não posso usá-lo, estudo na usp e aqui vc tentar utilizar um dns que não seja da usp, a net não funciona...

[19] Comentário enviado por milesmaverick em 13/10/2011 - 15:15h

ótimo artigo...

[20] Comentário enviado por davimendes em 13/10/2011 - 15:17h

Parabéns cara. Um tuto bem simples até mesmo para quem está chegando agora no mundo linux. Por fim, eu uso Linux Mint e aconselho a todos. Ele é muito bom e estável e muito bonito também. Afinal: Linux Mint - from freedom came elegance!

[21] Comentário enviado por xerxeslins em 13/10/2011 - 15:27h

Pessoal, obrigado pelos comentários! Fiquei até com vontade de fazer uma continuação.

[22] Comentário enviado por milesmaverick em 13/10/2011 - 21:24h

seria uma boa, xerxeslins

Uma pergunta, esse artigo serve para pessoas extremamente leigas?

[23] Comentário enviado por xerxeslins em 13/10/2011 - 22:24h

Milesmaverik, sim desde que ele saiba dar boot pelo DVD, saiba gravar uma ISO, saiba preencher os dados de conexão (3G ou ADSL por exemplo) e particionar o HD durante a instalação caso precise!

[24] Comentário enviado por Lisandro em 14/10/2011 - 13:30h

Muito bom.
Meu pai já tem seus 70 e está usando o Mint. Começou a usar na versão 9.
É realmente muito bom.

[25] Comentário enviado por removido em 14/10/2011 - 21:06h

ótimo artigo xerxeslins. Muito útil e necessário que facilita a vida de muitos.
Mas o que você disse, e nesse ponto concordo com o pinduvoz, dá para fazer até no Ubuntu.

[26] Comentário enviado por pablo.ribeiro em 16/10/2011 - 20:48h

Muito bom artigo, e sem falar que facilita a vida de muita gente né?
Obrigado por fortalecer a comunidade, parabéns :)

[27] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 17/10/2011 - 14:33h

Xerxes,

Acho que o ultimo tutorial que havia lido, em nível parecido com este seu excelente artigo e na base do praticamente "tela a tela" ao invés de um mais simples "passo a passo", foi nas instruções de instalação do PCLinuxOS ha mais de um ano atras. Talvez nem esteja mais disponível nas versões mais atuais daquela distro.

O seu artigo "matou a pau".

Agora não ha mais desculpas para qualquer leigo deixar de instalar uma distro Linux, alegando desconhecimento.

A escolha do Mint, também foi muito apropriada, pois me pareceu uma das mais amigáveis, completas e fáceis de trabalhar para qualquer nível de usuário.

Parabéns!! Sem dúvida, vale um 10!!!

[28] Comentário enviado por lordestark em 06/05/2013 - 23:02h

obrigado pelo artigo,ajudou muito,minha vó tá usando o linux mint.

[29] Comentário enviado por xerxeslins em 06/05/2013 - 23:33h

F

[28] Comentário enviado por FABIO73 em 06/05/2013 - 23:02h:

obrigado pelo artigo,ajudou muito,minha vó tá usando o linux mint.


Valeu! Ainda bem que o artigo serviu... mesmo estando desatualizado. Em breve sairá o Mint 15!

Abraço!


Contribuir com comentário