Configure o Linux para sua avó!

Provavelmente sua avó não consegue sozinha configurar o Linux antes de começar a usá-lo e tudo o que ela quer é se divertir com seus joguinhos do Orkut, consumir informação, ler e-mail, ouvir músicas e ver filmes. Ela não quer saber de usar gerenciador de pacotes, editar arquivos de configuração e habilitar serviços. Que tal entregar um Linux todo configurado para sua avó?

[ Hits: 47.575 ]

Por: Xerxes em 12/10/2011


Ajustes e conclusão



Mudar papel de parede: botão direito na área de trabalho, Preferência da área de trabalho -> papel de parede. Para ilustrar escolhi Curve.jpg:
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Antes
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Depois
Mudar tema: menu Preferência -> personaliza visual -> Widget. Para ilustrar escolhi Shiki-wise-LXDE:
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Antes
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Depois
Mudar borda de janela: menu Preferência -> personalizar visual -> borda de janela. Para ilustrar escolhi Mint-X-Openbox.
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Antes
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Depois
Caso queira poderá mudar outras coisas como ícones, cursor do mouse e outros. Eu resolvi mudar o tamanho da fonte para 9:
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Na área de trabalho também:
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Outras opções estão disponíveis no menu Preferências -> Openbox Configuration Manager:
Linux: Configure o Linux para sua avó!
Por fim você terá um sistema completo:
Linux: Configure o Linux para sua avó!

Conclusão

Essas foram dicas fáceis e resumidas para ajudá-lo a configurar o Linux para sua avó. Parti da ideia de que o leitor não é completamente leigo em Linux, embora possa ser inciante. O artigo também pode ajudar usuários iniciantes a usarem o Linux. Imagino que também sirva para ajudar usuários que pretendem migrar do Windows para o Linux.

Ao final dessas instruções sua avó terá um sistema Linux completo com Java, Flash player, office, programa de torrent, tocador de vídeo, queimador de CD/DVD, etc.

Se você for um usuário iniciante em Linux use esse artigo para dar os primeiros passos no sistema. Estude e pesquise para aprender mais. Não esqueça de fuçar o sistema, as ferramentas e aplicativos. Qualquer dúvida, pesquise na Internet. A galera do VOL está aí!

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação do Linux
   3. Conexão (wi-fi, ADSL, 3G)
   4. Atualização e suporte ao idioma
   5. Drivers Nvidia/ATI e sugestões de aplicativos
   6. Como instalar os aplicativos e criar usuário
   8. Ajustes e conclusão
Outros artigos deste autor

Incentivo ao Funtoo

Arch BSD - Instalação em VirtualBox

A Maldição de Patrick Volkerding

elementary OS Luna: linda, mas serve para sua mãe?

Gravando área de trabalho em MP4 e depois transformando o vídeo em GIF

Leitura recomendada

Porque o XFCE é tão bom

Guia Introdutório do Linux VI

Conversão de códigos e sistemas numéricos

O usuário: a escolha do novo amigo virtual

Guia pós-instalação do Slackware - edição 2013

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 12/10/2011 - 09:26h

Muito bom artigo! Parabens!

[2] Comentário enviado por removido em 12/10/2011 - 09:40h

HEHE belo artigo.

[3] Comentário enviado por bawlaw em 12/10/2011 - 10:07h

hehe.. muito bom!
fico imaginando minha avó tirando onda porque usa linux xD

[4] Comentário enviado por lfmoreno em 12/10/2011 - 10:46h

Linux Mint.. o melhor mesmo. :-)

[5] Comentário enviado por levi linux em 12/10/2011 - 10:55h

Parabéns pelo excelente artigo. Realmente o Mint é um dos Linux mais próximos do usuário final.
Gostaria de fazer uma pergunta o Mint já vem com compiladores GCC instalados por padrão?
Grato,
Levi Gomes

[6] Comentário enviado por xerxeslins em 12/10/2011 - 11:13h

Valeu pessoal!

levi_linux: sim, com GCC 4.5 de acordo com o que vi na lista dos aplicativos instalados.

[7] Comentário enviado por levi linux em 12/10/2011 - 12:36h

Muito obrigado!
Estou pesquisando um Linux mais automático para uma colega que quer estudar o sistema.
Pelo artigo acho que a melhor opção até agora é o Mint.
Grato,
Levi

[8] Comentário enviado por removido em 12/10/2011 - 13:11h

Hahahaha, o artigo está excelente. Mas você apelou no título eim xerxes rsrsrsrsrs

10 pra vc!
Abs

[9] Comentário enviado por fabio em 12/10/2011 - 13:39h

Poxa, acho que finalmente me convenci a testar o Mint.

Excelente artigo!

[10] Comentário enviado por removido em 12/10/2011 - 13:48h

Será que existe distro mais fácil que o Mint? Acredito que não.
O Mint é ótimo e está indicado para usuários sejam de que idade forem.

Escolheu bem, o Mint é completíssimo.

Serve também pra mães 'sessentonas'? rs

[11] Comentário enviado por mcnd2 em 12/10/2011 - 14:55h

Muito bom esse seu artigo xerxes.

Favoritado!

Recomendarei para os iniciantes que servirá como base para iniciar com o sistema GNU/Linux.

[12] Comentário enviado por leandro em 12/10/2011 - 18:21h

Excelente artigo!

Agora nós podemos dizer:

" O Linux é tão fácil, que até a minha avó consegue usar."

rsrs.

[13] Comentário enviado por removido em 12/10/2011 - 20:04h

Ótimo artigo!!

Muito bem explicado.

Favoritado!²

[14] Comentário enviado por lucascabeda em 12/10/2011 - 21:02h

Parabéns pelo artigo! O VOL precisa de mais artigos assim!

[15] Comentário enviado por pinduvoz em 12/10/2011 - 22:30h

Isso dá para fazer fácil com o Ubuntu e outros Linux baseados nele, como Tuquito, Zorin e YLMF, sendo que os dois últimos ainda têm "cara" de Windows.

Escolha seu Linux e faça como disse o Xerxes: pesquise, pois as informações de instalação e configuração estão por toda internet.

No mais, cabe dizer: bom artigo Xerxes; aliás, mais um bom artigo, pois vc já nos brindou com outros.

[16] Comentário enviado por david.sousarj em 13/10/2011 - 08:30h

Realmente, linux Mint é o melhor mesmo. Instalei no PC de casa e minha familia gostou, mas no meu netbook continuo usando Ubunu 11.10.

[17] Comentário enviado por davimendes em 13/10/2011 - 14:56h

hauhauHUAhuHAuAHu.... pra minha vó não vou usar mas, talvez sirva para meu pai!

[18] Comentário enviado por davimendes em 13/10/2011 - 15:08h

Boa Xerxes!!! DNS da Google!! show! rsrsrsrs... pena q eu não posso usá-lo, estudo na usp e aqui vc tentar utilizar um dns que não seja da usp, a net não funciona...

[19] Comentário enviado por milesmaverick em 13/10/2011 - 15:15h

ótimo artigo...

[20] Comentário enviado por davimendes em 13/10/2011 - 15:17h

Parabéns cara. Um tuto bem simples até mesmo para quem está chegando agora no mundo linux. Por fim, eu uso Linux Mint e aconselho a todos. Ele é muito bom e estável e muito bonito também. Afinal: Linux Mint - from freedom came elegance!

[21] Comentário enviado por xerxeslins em 13/10/2011 - 15:27h

Pessoal, obrigado pelos comentários! Fiquei até com vontade de fazer uma continuação.

[22] Comentário enviado por milesmaverick em 13/10/2011 - 21:24h

seria uma boa, xerxeslins

Uma pergunta, esse artigo serve para pessoas extremamente leigas?

[23] Comentário enviado por xerxeslins em 13/10/2011 - 22:24h

Milesmaverik, sim desde que ele saiba dar boot pelo DVD, saiba gravar uma ISO, saiba preencher os dados de conexão (3G ou ADSL por exemplo) e particionar o HD durante a instalação caso precise!

[24] Comentário enviado por Lisandro em 14/10/2011 - 13:30h

Muito bom.
Meu pai já tem seus 70 e está usando o Mint. Começou a usar na versão 9.
É realmente muito bom.

[25] Comentário enviado por removido em 14/10/2011 - 21:06h

ótimo artigo xerxeslins. Muito útil e necessário que facilita a vida de muitos.
Mas o que você disse, e nesse ponto concordo com o pinduvoz, dá para fazer até no Ubuntu.

[26] Comentário enviado por pablo.ribeiro em 16/10/2011 - 20:48h

Muito bom artigo, e sem falar que facilita a vida de muita gente né?
Obrigado por fortalecer a comunidade, parabéns :)

[27] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 17/10/2011 - 14:33h

Xerxes,

Acho que o ultimo tutorial que havia lido, em nível parecido com este seu excelente artigo e na base do praticamente "tela a tela" ao invés de um mais simples "passo a passo", foi nas instruções de instalação do PCLinuxOS ha mais de um ano atras. Talvez nem esteja mais disponível nas versões mais atuais daquela distro.

O seu artigo "matou a pau".

Agora não ha mais desculpas para qualquer leigo deixar de instalar uma distro Linux, alegando desconhecimento.

A escolha do Mint, também foi muito apropriada, pois me pareceu uma das mais amigáveis, completas e fáceis de trabalhar para qualquer nível de usuário.

Parabéns!! Sem dúvida, vale um 10!!!

[28] Comentário enviado por lordestark em 06/05/2013 - 23:02h

obrigado pelo artigo,ajudou muito,minha vó tá usando o linux mint.

[29] Comentário enviado por xerxeslins em 06/05/2013 - 23:33h

F

[28] Comentário enviado por FABIO73 em 06/05/2013 - 23:02h:

obrigado pelo artigo,ajudou muito,minha vó tá usando o linux mint.


Valeu! Ainda bem que o artigo serviu... mesmo estando desatualizado. Em breve sairá o Mint 15!

Abraço!


Contribuir com comentário