Como ver as informações de rede no Linux

Reunirei nesse artigo várias maneiras de se ver informações de rede no Linux, darei preferência a linha de comando pela sua versatilidade e por ser genérica a maioria das distros, independente da interface gráfica. Espero que ajude iniciantes, como já fui um dia, a encontrar essas informações.

[ Hits: 167.541 ]

Por: Rodrigo Mendes Pasini em 25/05/2010


Netstat e nmap



O netstat

Com esse comando poderemos descobrir informações sobre tabelas de roteamento, conexões de rede, estatísticas das interfaces de rede, conexões mascaradas e muito mais.

Netstat possui uma grande variedade de opções, mostrarei algumas mais usadas.
  • a: mostra todos sockets, incluindo de servidores.
  • c: fará com que o netstat mostre a tabela selecionada a cada segundo até que seja interrompido
  • d: mostra o estado de todas interfaces que usam DHCP.
  • e: mostra informações extra.
  • i: mostra tabelas de todas interfaces de rede.
  • M: mostra todas as sessões mascaradas.
  • n: mostra todas as informações de forma numérica sem tentar resolver nome da máquina porta ou user.
  • r: Mostra todas tabelas de roteamento.
  • t: Mostra conexões TCP.
  • u: Mostra conexões UDP.

Usando algumas formas de uso do netstat:

# netstat

Usando sem opções ele mostrará estatísticas genéricas do host.
# netstat -an

Exibirá todas as conexões do host, incluindo endereços de origem de destino e duas portas, mostra tudo em números.
# netstat -rn

Exibirá a tabela de roteamento do host numericamente.
# netstat -r

Exibirá a tabela de roteamento para seu host.
# netstat -natp

Exibirá conexões TCP ativas na forma numérica.
# netstat -t --listening

Exibirá todas as portas TCP que estão no estado listening (escuta).
# netstat --statistics

Exibirá várias estatísticas das interfaces do host. São muitas informações, então utilize da seguinte maneira para visualização das informações mais facilmente:

# netstat --statistics | more
ou
# netstat --statistics | less

O netstat ainda oferece muitas outras possibilidades, essas são só algumas, não deixe de ver as man pages dele.

O nmap

Nmap é um port scan muito poderoso e utilizado em testes de segurança em redes e servidores, ele pode descobrir em uma rede quais hosts estão disponíveis, quais serviços eles fornecem, o sistema operacional, quais filtros de pacotes ele utiliza (firewalls), portas abertas e muitas outras informações.

Por ser uma ferramenta muito completa, o nmap possui inúmeras opções, recomendo, aconselho e encorajo a olharem as man pages.

O nmap merece um artigo só pra ele pela sua gama de opções, porém, mostrarei aqui apenas seu uso mais simples e genérico já que o objetivo desse artigo é descobrir informações simples da rede.

# nmap localhost

Com esse comando ele procurará por portas abertas no host local, podemos procurar ainda em algum host remoto bastando utilizar o seu endereço IP.
Algumas das opções do nmap:
  • -v : modo verbose
  • -sT : tenta conexão TCP completa nas portas
  • -sU : tenta listar portas UDP
  • -sV : lista as portas abertas e tenta listar quais serviços e suas versões estão usando as portas
  • -F : testa as portas listadas no arquivo /etc/services
  • -p : testa todas as 65.000 portas

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Direto ao ponto: ifconfig, hostname, DNS, mii-tool e route
   2. Netstat e nmap
   3. Modo gráfico e conclusão
Outros artigos deste autor

Ovos de Páscoa no GNU/Linux

Convertendo sistemas físicos em máquinas virtuais

Mosix - Instalação e configuração de um cluster de balanceamento de carga

Virtualização - VirtualBox em modo texto e acesso remoto

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Leitura recomendada

Jopen, não se preocupe mais em descobrir qual aplicativo usar

Por quê?

Usando o NetBSD como desktop

Falta de padronização no Linux

Software Livre... e um passo além

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 25/05/2010 - 16:59h

Muito bom

[2] Comentário enviado por removido em 25/05/2010 - 17:10h

Muito bom rapaz, apesar de serem comandos simples eu corri muito para descobrilos no inicio, sem duvida vai ajudar muitos iniciantes. Parabens.

[3] Comentário enviado por julio_hoffimann em 25/05/2010 - 18:55h

Oi Rodrigo,

Outros comandos interessantes, talvez não tão úteis quanto os que você mostrou, são:

-> nm-tool
Utilitário para reportar o estado do Networkmanager de uma forma mais legível.

-> mtr
Ferramenta para diagnóstico de rede que combina a funcionalidade do traceroute e do ping, é interessante o seu dinamismo. Por exemplo:

mtr www.google.com

Todo o caminho do pacote é traçado e atualizado a cada instante. Ao digitar "D" (Display mode), é mostrado um gráfico em ASCII, muito legal.

Parabéns!

[4] Comentário enviado por pauloneves em 26/05/2010 - 00:33h

Nota 10 amigo.

[5] Comentário enviado por albfneto em 26/05/2010 - 01:11h

bom artigo... 10...
ainda acrescentando tem mais algumas coisas...

uma alternativa boa, que funciona bem para as wireless e as cabeadas, quando o networkmanager não funcionou bem , é o Wicd...

também em certos casos se pode usar por ex. dhclient

para checar a rede, um pacote gráfico legal é o Wireshark.

[6] Comentário enviado por mbmaciel em 26/05/2010 - 07:40h

@rodrigo8819 bom artigo !

@julio_hoffimann não conhecia esse mrt, muito legal mesmo!

[7] Comentário enviado por anonymous em 26/05/2010 - 15:42h

Muito bom!

[8] Comentário enviado por eduardo em 26/05/2010 - 16:27h

Muito bom seu artigo. Parabéns.

[9] Comentário enviado por Lisandro em 28/05/2010 - 06:55h

Valeu pelo resumão!

[10] Comentário enviado por trackynx em 28/05/2010 - 14:00h

ótimo artigo,está de parabéns!

[11] Comentário enviado por rodrigo8819 em 28/05/2010 - 15:07h

Muito obrigado a todos, fico contente que estejam gostando do artigo. Obrigado aos que o complementaram também.

[12] Comentário enviado por murderb13 em 22/07/2010 - 10:24h

cara,....show de bola

[13] Comentário enviado por erich8 em 11/11/2010 - 19:21h

Como posso saber de o driver wireless esta instalado?

[14] Comentário enviado por rodrigo8819 em 11/11/2010 - 20:29h

com o comando #iwconfig ele listará as configurações das interfaces wireless do seu sistema.

[15] Comentário enviado por erich8 em 11/11/2010 - 21:12h

obrigado rodrigo estou criando um tópico.
http://www.vivaolinux.com.br/topico/Redes/sem-rede-wireless


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts