Como ver as informações de rede no Linux

Reunirei nesse artigo várias maneiras de se ver informações de rede no Linux, darei preferência a linha de comando pela sua versatilidade e por ser genérica a maioria das distros, independente da interface gráfica. Espero que ajude iniciantes, como já fui um dia, a encontrar essas informações.

[ Hits: 167.645 ]

Por: Rodrigo Mendes Pasini em 25/05/2010


Modo gráfico e conclusão



Com a evolução das interfaces gráficas no Linux não posso deixar passar algumas ferramentas gráficas, mesmo fazendo a mesma coisa que as em linha de comando, pois muitos ainda preferem as ferramentas gráficas.

No Gnome quem usa o network manager para gerenciar a rede poderá ver as informações de rede apenas clicando com o botão direito do mouse no ícone perto do relógio onde abrirá algumas opções, no qual temos "informações da conexão", basta clicar nela.
No KDE4 podemos verificar as informações apenas clicando no gerenciador de rede e deixando a seta do mouse por alguns segundos sobre a conexão que desejamos ver as informações.
No XFCE o procedimento é o mesmo do Gnome.
Em várias distros, como no Ubuntu 9.10, temos ainda ferramentas de rede que já vem por padrão. Caso não possua instale o pacote gnome-nettool. Essas ferramentas ficam em: Sistema > Administração > Ferramentas de rede e possuem uma porção de funcionalidades interessantes. Falarei de cada uma a seguir.

A primeira aba lista os dispositivos de rede existentes no host, selecionando a interface desejada podemos ver informações sobre endereço Ipv4 e Ipv6, máscara de rede, estado do link, endereço físico e as estatísticas da interface.
A segunda aba é o famoso ping, que faz teste de conexão usando o protocolo ICMP. Com essa ferramenta gráfica ele mostra um gráfico com a velocidade de resposta do ping e as estatísticas.
A terceira aba é o netstat, onde poderemos ver várias informações de rede como a tabela de roteamento, serviços de rede ativos e informações de multicast.
Na quarta aba temos o rastreador de rotas, que nos mostra por onde os pacotes passam até chegarem a um determinado destino da rede ou da Internet.
A quinta aba é usada para fazer uma varredura de portas, verificar quais portas estão abertas no host local ou em algum da rede. Se a porta for uma das padrões ele identifica o serviço também.
A sexta aba é usada para conseguir variadas informações desde o endereço IP até o tipo de CPU e SO.
Na sétima aba temos o finger, que é utilizado para troca de informações de usuários, ele permite conseguir informações sobre usuários de uma máquina remota ou local. Por questões de segurança geralmente a porta (79) utilizada por esse protocolo fica bloqueada pelo firewall.
Na oitava e última aba temos o whois onde podemos obter informações sobre um domínio específico, seus servidores DNS e os mantenedores do domínio, fora muitas outras informações.

Conclusão

Como pudemos notar, ferramentas e métodos para vermos as informações de rede não faltam, temos para todos os gostos e necessidades, tendo em vista que estas são apenas algumas ferramentas ainda existindo inúmeras outras com funções iguais, parecidas ou mais específicas e uso diferenciado.

Espero que esse artigo seja útil, comentários e sugestões são muito bem vindos.

Abraço a todos.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Direto ao ponto: ifconfig, hostname, DNS, mii-tool e route
   2. Netstat e nmap
   3. Modo gráfico e conclusão
Outros artigos deste autor

Virtualização - VirtualBox em modo texto e acesso remoto

Convertendo sistemas físicos em máquinas virtuais

Ovos de Páscoa no GNU/Linux

Mosix - Instalação e configuração de um cluster de balanceamento de carga

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Leitura recomendada

Tema minimalista para Xubuntu 12.04

Backup remoto usando SSH

Apresentando o Molotov

Spreading Linux de fato! Case "Heavy-User"

Clip no Slackware (compilador Clipper)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 25/05/2010 - 16:59h

Muito bom

[2] Comentário enviado por removido em 25/05/2010 - 17:10h

Muito bom rapaz, apesar de serem comandos simples eu corri muito para descobrilos no inicio, sem duvida vai ajudar muitos iniciantes. Parabens.

[3] Comentário enviado por julio_hoffimann em 25/05/2010 - 18:55h

Oi Rodrigo,

Outros comandos interessantes, talvez não tão úteis quanto os que você mostrou, são:

-> nm-tool
Utilitário para reportar o estado do Networkmanager de uma forma mais legível.

-> mtr
Ferramenta para diagnóstico de rede que combina a funcionalidade do traceroute e do ping, é interessante o seu dinamismo. Por exemplo:

mtr www.google.com

Todo o caminho do pacote é traçado e atualizado a cada instante. Ao digitar "D" (Display mode), é mostrado um gráfico em ASCII, muito legal.

Parabéns!

[4] Comentário enviado por pauloneves em 26/05/2010 - 00:33h

Nota 10 amigo.

[5] Comentário enviado por albfneto em 26/05/2010 - 01:11h

bom artigo... 10...
ainda acrescentando tem mais algumas coisas...

uma alternativa boa, que funciona bem para as wireless e as cabeadas, quando o networkmanager não funcionou bem , é o Wicd...

também em certos casos se pode usar por ex. dhclient

para checar a rede, um pacote gráfico legal é o Wireshark.

[6] Comentário enviado por mbmaciel em 26/05/2010 - 07:40h

@rodrigo8819 bom artigo !

@julio_hoffimann não conhecia esse mrt, muito legal mesmo!

[7] Comentário enviado por anonymous em 26/05/2010 - 15:42h

Muito bom!

[8] Comentário enviado por eduardo em 26/05/2010 - 16:27h

Muito bom seu artigo. Parabéns.

[9] Comentário enviado por Lisandro em 28/05/2010 - 06:55h

Valeu pelo resumão!

[10] Comentário enviado por trackynx em 28/05/2010 - 14:00h

ótimo artigo,está de parabéns!

[11] Comentário enviado por rodrigo8819 em 28/05/2010 - 15:07h

Muito obrigado a todos, fico contente que estejam gostando do artigo. Obrigado aos que o complementaram também.

[12] Comentário enviado por murderb13 em 22/07/2010 - 10:24h

cara,....show de bola

[13] Comentário enviado por erich8 em 11/11/2010 - 19:21h

Como posso saber de o driver wireless esta instalado?

[14] Comentário enviado por rodrigo8819 em 11/11/2010 - 20:29h

com o comando #iwconfig ele listará as configurações das interfaces wireless do seu sistema.

[15] Comentário enviado por erich8 em 11/11/2010 - 21:12h

obrigado rodrigo estou criando um tópico.
http://www.vivaolinux.com.br/topico/Redes/sem-rede-wireless


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts