Como instalar o Brackets nas versões mais recentes do Linux

Com as novas versões do Linux, tem sido complicado instalar o aclamado editor Brackets da Adobe. Isso ocorre pelo fato deste programa utilizar como requisito a biblioteca libgcrypt11, substituída pela libgcrypt20 nestas novas distribuições.

[ Hits: 2.116 ]

Por: Luke Holm em 06/07/2017


Introdução



Em decorrência de problemas de licença, não se sabe quando os desenvolvedores poderão atualizar para esta nova versão. Portanto, neste artigo discutiremos uma forma de contornar esta dificuldade para quem deseja ter esse excelente programa para editar seus códigos.

Adicionalmente, como um bônus, será ensinado uma forma simples de fazer descompactação de pacotes instaladores debian (.deb), utilizados pelos Linux derivados do Debian, como Ubuntu e Mint, dentre outros. A seguir, faremos alterações e o novo empacotamento. Portanto, é um conhecimento interessante e que pode ser útil em algumas circunstâncias, seja para modificar requisitos, incluir bibliotecas ou modificar o "post install" (pós instalação) destes pacotes.

Conforme já mencionado na descrição deste artigo, versões recentes das distribuições, que realizaram a substituição da biblioteca libgcrypt11, passam a ter problemas na instalação do Brackets. O time de desenvolvimento da Adobe reconhece o problema, mas não existe ainda previsão para atualização corrigindo o problema.

Entre as possíveis formas, destacaremos duas, uma das quais de forma apenas informativa, por não constituir um procedimento recomendado pelos desenvolvedores das distros e a outra, que adotaremos no presente artigo.

A primeira solução para o problema, seria criar uma entrada oldstable no sources.list das distribuições. Desta forma, endereçaríamos o repositório antigo que ainda possui em seu bojo a biblioteca requerida. Teríamos que instalar essa biblioteca a partir deste repositório. Essa prática é desaconselhada pelos desenvolvedores, pois sua prática misturaria pacotes de uma distro antiga com uma nova. Ao fazer isso, a biblioteca é "instalada" no sistema.

A segunda solução, que adotaremos, consiste na prática conhecida como "bundling". Faremos uma mudança cirúrgica no arquivo de instalação, de forma a adequá-lo para uso, permitindo a conclusão da instalação do software. Para tanto, faremos a extração do pacote, mudaremos os requisitos, incluiremos a biblioteca necessária e faremos o reempacotamento.

Na página seguinte, daremos início ao processo, vamos lá..

IMPORTANTE! Embora o procedimento não envolva riscos aparentes ao sistema, sempre antes de qualquer alteração, tire um snapshot para o caso de alguma eventual restauração. É sempre importante e recomendável proceder de forma segura!!!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Obtenção dos requisitos necessários ao procedimento
   3. Realizando as operações necessárias
Outros artigos deste autor

Aprimoramento de Desempenho da Instalação Debian (parte 2)

Aprimoramento de Desempenho da Instalação Debian

Leitura recomendada

Webmin - Solução em administração de sistemas

Desenvolvendo um servidor DNS no CentOS

Configurando Subversion

Instalação do Netscape Navigator 9 no Ubuntu Feisty Fawn

Instalação e utilização Telegram no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 06/07/2017 - 20:52h

Gostei do artigo. Achei bem didático.

[2] Comentário enviado por wehrwolffe em 07/07/2017 - 12:30h

Muito Bom Champs, Salvei aqui!

[3] Comentário enviado por lukeholm em 07/07/2017 - 15:57h


Valeu pessoal, obrigado!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts