Arduino - Crie o seu próprio robô ou sensores inteligentes

Devido a busca constante de informações sobre sensores de segurança utilizando microcontroladores relacionado ao mundo da segurança eletrônica, deparei-me com o Arduino. Mas o que de fato seria Arduino?

[ Hits: 31.550 ]

Por: GersonRaymond em 26/02/2010


O que é Arduino



Arduino nada mais é do que um sistema eletrônico open source capaz de receber dados de ambiente através de sensores de temperatura, luz, infravermelho, motores de passo, enfim, a gama pelo qual ele pode ser aplicado é infinita, pois dependente da criatividade e necessidade do momento.

Sua programação se dá através de uma linguagem chamada de processing, implementação do Wiring. Em um ambiente de desenvolvimento possuímos várias funções para facilidade no desenvolvimento de um programa, seja simples ou não, com flexibilidade de bibliotecas para interligar hardwares e softwares.

Com Arduino podemos construir robôs, sensores inteligentes, centrais de alarmes, enfim, não existe barreiras para aplicar este projeto, que pode ser instalado no Linux viabilizando grandes projetos a praticamente custo zero.

Portanto o Arduino pode ser usado no desenvolvimento de aplicações interativas utilizando sensores ou relés, afim de controlar uma gama de dispositivos, motores, cancelas, robôs etc. Caso tenha algum conhecimento de eletrônica você mesmo pode montar o seu próprio circuito impresso adquirindo os componentes eletrônicos ou comprá-lo pela internet através de vários fornecedores.

Estrutura do Arduino

O Arduino é baseado na linguagem de programação Wiring, que nada mais é que uma implementação de uma plataforma computacional física baseada no ambiente de programação multimídia "Processing".

Processing é uma linguagem de programação open source projetada para o desenvolvimento de aplicativos visuais. Foi desenvolvida pela MIT Media Lab, sendo uma opção às ferramentas de softwares proprietárias.

Arduino utiliza um microcontrolador programável usando a linguagem Arduino baseada em C/C++, na qual pode também ser inserido códigos diretamente através da linguagem C/C++. Este ambiente Arduino é baseado na linguagem "Processing" já comentada.

O coração do Arduino é o microcontrolador ATmega, sendo ATmega8, ATmega128, Atmega168, ATmega328, ATmega1280 etc. Através de versões posteriores teremos mais portas de controles "Analog Input Pins" intercaladas com outras facilidades. O Arduino "Diecimila" usa o microcontrolador ATmega168.
Linux: Arduino - Crie o seu próprio robô ou sensores inteligentes.
Estrutura da placa Arduino ATmega168 (componentes):
Linux: Arduino - Crie o seu próprio robô ou sensores inteligentes.
Obs.: a placa do Arduino ATmega168 é a mesma do Arduino ATmega328, o que muda é somente o microcontrolador.

Fonte: http://www.arduino.cc/en/Main/ArduinoBoardDiecimila Um bastante usado é o Arduino Duemilanove com o microcontrolador ATmega328, possuindo 14 pinos de I/O digital, sendo que 6 podem ser usados como saídas PWM e 06 entradas analógicas.
Linux: Arduino - Crie o seu próprio robô ou sensores inteligentes.
Fonte: http://www.multilogica-shop.com/Arduino-duemilanove

O Arduino Mega utiliza o microcontrolador ATmega1280 com um total de 54 pinos de entradas e saídas e 16 entradas analógicas. Basta termos criatividade que podemos com algumas implementações fazermos uma central de alarme que não deixa nada a desejar em relação ao que existe no mercado.
Linux: Arduino - Crie o seu próprio robô ou sensores inteligentes.
Fonte: http://multilogica-shop.com/Arduino-mega

Através dos links das imagens se obtém maiores detalhes sobre a características de cada placa e seus respectivos microcontroladores.

Conclusão

Arduino possui uma flexibilidade incrível para colocarmos em prática nossos projetos, é muito interessante vermos o resultado prático de uma implementação através de uma linguagem de programação C/C++. Realmente esta manipulação do hardware (sensores, portas, alarmes) através do software proporciona vida animada seguindo nossa intenções e objetivos.

Sua flexibilidade garante o funcionamento em plataformas Linux e Windows demonstrando total escalabilidade. Para funcionar no Linux precisamos instalar alguns programas levando em consideração a distribuição utilizada. Programas como java runtime da sun (jre), avr-gcc (aka gcc-avr) e avr-libc devem estar instalados, bem como é necessário ter um kernel compatível. No mais segue o site oficial do Arduino com todas as dicas para implementações e aplicações:
Download do Arduino para diferentes sistemas operacionais (Windows, Mac OS X e Linux 32 bit, 64 bit):
E para maiores informações sobre o Arduino, basta fazermos uma pesquisa na internet através do Google e com certeza teremos inúmeras informações e projetos pormenorizados a respeito do Arduino.

Um grande abraço a todos da comunidade Linux, principalmente ao responsável do site Viva o Linux, Fábio Berbert de Paula e membros, na qual é o meu site preferido, "uma escola de Software Livre", na qual tenho o privilégio de acessar a qualquer momento com a certeza que em poucos minutos estarei aprendendo alguma coisa a mais relacionada ao Linux.

Gerson Raymond
www.g2csecurity.com.br
g2c@g2csecurity.com.br | gerson@g2csecurity.com.br

   

Páginas do artigo
   1. O que é Arduino
Outros artigos deste autor

TinyOS

Projeto Squid

Leitura recomendada

Atualizando o Ubuntu 8.10 para 9.04 na mão

Teste de software

NXServer - Uma solução em remote desktop

Automação e Sensoreamento Remoto utilizando Software Livre "SCADA"

Cacti - O melhor monitor de link (FreeBSD 6.1)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por demattos em 27/02/2010 - 09:56h

Muito bom o artigo, para quem tem o hobb de montar dispositivos eletronicos como eu foi muito interessante e proveitoso seu artigo, mas uma pergunta e facil conseguir estas placas no brasil.



[2] Comentário enviado por gersonraymond em 27/02/2010 - 19:01h

Olá amigo !!! Existe várias empresas que vende esta placa no Brasil, consulta o site http://lista.mercadolivre.com.br/arduino e a empresa http://multilogica-shop.com/
Um abraço.

Gerson Raymond
www.g2csecurity.com.br
g2c@g2csecurity.com.br | gerson@g2csecurity.com.br

[3] Comentário enviado por removido em 28/02/2010 - 00:00h

É bom ver o linux se multiplicando em todas as áreas como na robótica

sniper!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts