Acessibilidade na Web

O World Wide Web Consortium (W3C), instituição responsável pela definição de padrões para a Web preza pela acessibilidade, isto é, pela garantia de que todos terão acesso ao conteúdo Web disponível. Este é, portanto, um assunto de interesse para todo desenvolvedor de conteúdo e/ou ferramentas para a Web.

[ Hits: 7.389 ]

Por: Hugo Cerqueira em 31/08/2015


O que é acessibilidade na Web



"O poder da Web está em sua universalidade. Ser acessada por todos, independente de deficiência, é um aspecto essencial." É o que diz o inventor da Web, Tim Berners-Lee. E não poderia ser diferente: sendo a Web um importante instrumento de transformação social, criação e difusão de conteúdo e melhoria na qualidade de vida das pessoas, ela será mais eficiente na medida em que alcançar um público maior e mais diverso.

Pessoas com deficiências não devem ser exceção, não há lógica em excluí-las disso. Pelo contrário, para estas pessoas, a Web é ainda mais importante. No entanto, tornar a Web acessível requer alguns cuidados, sobre os quais falarei mais adiante. E é pela falta destes cuidados, que muitas páginas Web hoje não são acessíveis, impondo barreiras a uma grande quantidade de usuários.

O World Wide Web Consortium (W3C), instituição responsável pela definição de padrões para a Web preza pela acessibilidade, isto é pela garantia de que todos terão acesso ao conteúdo Web disponível. Por isso, uma de suas iniciativas, a Web Accessibility Initiative (iniciativa de acessibilidade na Web, em português) foi criada, com a missão de promover o uso de padrões benéficos a essa causa.

Por que a acessibilidade é importante

O objetivo principal, quando se fala em acessibilidade, é prover a pessoas com deficiências a possibilidade de usar eficientemente a Web. Trata-se, portanto, de remover barreiras, e é importante lembrar que para essas pessoas, remover barreiras na Web é também remover outras barreiras, muitas delas físicas.

Mas os benefícios de uma Web acessível vão além das pessoas com deficiências. Pessoas com dificuldades advindas da idade, por exemplo, também se beneficiam de uma Web acessível, já que com o passar do tempo podem ficar com a vista cansada e com menor destreza para o manuseio dos dispositivos, entre outros impedimentos. Deficiências temporárias, como um braço quebrado, por exemplo, também são superadas na Web quando há acessibilidade.

Quem tem um hardware mais antigo ou uma conectividade mais lenta também terá uma melhor experiência no uso da Web. Além disso, a acessibilidade também facilita a navegação, de modo geral, provendo mais maneiras de se chegar a partes importantes do conteúdo. Dessa forma, usuários não frequentes da Web terão mais facilidade para utilizá-la.

Ainda, a navegação móvel também melhora quando há acessibilidade, pois a padronização e flexibilidade de um conteúdo acessível valorizam a diversidade no uso da Web, incluindo a diversidade de dispositivos.

Além dos ganhos promovidos pela acessibilidade é possível também evitar perdas. Algumas vezes a acessibilidade é um requisito legal (como nas páginas do governo, por exemplo) ou pode ser um requisito de outras políticas, como acordos comerciais, por exemplo. Dessa forma, produzir conteúdo acessível reduz os custos necessários para defesa legal.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é acessibilidade na Web
   2. Diversidade na Web
   3. Como tornar a Web acessível
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor

Entenda o XML - Parte 2

Entenda o XML - Parte 3

psql - Conheça o básico

Modelos de Negócio para o Software Livre

Aprisionamento Tecnológico

Leitura recomendada

Entenda o XML - Parte 1

IBM apresenta Maqetta, uma contribuição open source para HTML5

Alternativas ao Google - Sites de busca e motores de procura

Entenda o XML - Parte 3

Senhas seguras: algumas técnicas e script para teste

  
Comentários
[1] Comentário enviado por [email protected] em 06/09/2015 - 09:46h

Obrigado pelo artigo Hugo. Excelente... Parabéns!

[2] Comentário enviado por xclaudin em 09/09/2015 - 15:06h


Um belo artigo, com muitos pontos importantes de grande ajuda!
Muito obrigado pela contribuição.

[3] Comentário enviado por cleitonjr em 09/09/2015 - 15:19h

Muito bom o conteúdo abordado. Parabéns!
Ótimo artigo.

[4] Comentário enviado por taynara em 12/09/2015 - 17:01h

Ótimo artigo, realmente interessante.


Contribuir com comentário