A Catedral e o Bazar - Eric S. Raymond

Sem dúvida que é um marco para o mundo open source. Publicada por Eric S. Raymond e traduzida para o português por Erik Kohler, A Catedral e o Bazar conta toda a história e os primeiros passos do movimento Open Source.

[ Hits: 74.454 ]

Por: Raphael Silva Bastos em 09/11/2006 | Blog: https://area31.net.br


A importância de ter usuários



E então eu herdei o popclient. Tão importante quanto, eu herdei os usuários do popclient. Usuários são ótimas coisas para se ter, e não somente porque eles demonstram que você está satisfazendo uma necessidade, que você fez algo certo. Cultivados de maneira adequada, eles podem se tornar co-desenvolvedores.

Outra força da tradição do Unix, uma que o Linux tem levado a um alegre extremo, é que muitos usuários são hackers também. E porque o código fonte está disponível, eles podem ser hackers eficazes. Isto pode ser tremendamente útil para reduzir o tempo de depuração. Com um pouco de estímulo, seus usuários irão diagnosticar problemas, sugerir correções e ajudar a melhorar o código muito mais rapidamente do que você poderia fazer sem ajuda.

6. Tratar seus usuários como co-desenvolvedores é seu caminho mais fácil para uma melhora do código e depuração eficaz.

O poder deste efeito é fácil de se subestimar. De fato, todos nós do mundo do código aberto subestimamos drasticamente como isto iria incrementar o número de usuários e diminuir a complexidade do sistema, até que Linus Torvalds nos mostrou de outra forma.

De fato, eu penso que a engenhosidade do Linus e a maior parte do que desenvolveu não foram a construção do kernel do Linux em si, mas sim a sua invenção do modelo de desenvolvimento do Linux. Quando eu expressei esta opinião na sua presença uma vez, ele sorriu e calmamente repetiu algo que freqüentemente diz: "Sou basicamente uma pessoa muito preguiçosa que gosta de ganhar crédito por coisas que outras pessoas realmente fazem." Preguiçoso como uma raposa. Ou, como Robert Heinlein teria dito, muito preguiçoso para falhar.

Em retrospecto, um precedente para o sucesso e métodos do Linux pode ser observado no desenvolvimento da biblioteca do GNU Emacs Lisp e os repositórios de código Lisp. Em contraste com o estilo de desenvolvimento catedral do núcleo do Emacs C e a maioria das outras ferramentas da FSF, a evolução do grupo de código Lisp foi fluída e bastante dirigida ao usuário. Idéias e protótipos foram freqüentemente reescritos três ou quatro vezes antes de atingirem uma forma estável final. E colaborações permitidas pela Internet, a la Linux, foram freqüentes.

Realmente, minha mais bem sucedida codificação anterior ao fetchmail foi provavelmente o modo Emacs VC, uma colaboração do tipo do Linux por email com três outras pessoas, somente uma das quais (Richard Stallman, o autor do EMACS e fundador da FSF) eu conheci pessoalmente até hoje. Foi um front-end para SCCS, RCS e posteriormente CVS pelo Emacs que oferecia operações de controle de versão "um toque". Evoluiu de um pequeno e grosseiro modo sccs.el que alguém havia escrito. E o desenvolvimento do VC foi bem sucedido porque, ao contrário do próprio Emacs, o código do Emacs Lisp poderia ir por gerações de lançamento/teste/aperfeiçoamento muito rapidamente.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. A catedral e o bazar
   3. O correio deve ser entregue
   4. A importância de ter usuários
   5. Libere cedo, libere freqüentemente
   6. Quando uma rosa não é uma rosa?
   7. Popclient transforma-se em Fetchmail
   8. Fetchmail cresce
   9. Algumas lições a mais do Fetchmail
   10. Pré-condições necessárias para o estilo bazar
   11. O contexto social do código aberto
   12. Reconhecimentos
   13. Para leitura adicional
   14. Epílogo: Netscape acata o bazar!
   15. Versão e histórico de mudanças
Outros artigos deste autor

Palm na internet via Linux

Leitura recomendada

À procura por pacotes em distros Debian-based (Ubuntu, Linux Mint e outras)

Lendo as permissões dos arquivos Linux

Transformando seu Windows em um quase Linux

Meu Linux, minha vida!

Netcat - Mini introdução para leigos

  
Comentários
[1] Comentário enviado por coffnix em 09/11/2006 - 01:36h

histórico esse artigo.... tanto q fez o dono da netscape mudar de idéia referente à liberação dos códigos fonte do netscape... hehehe

pra vcs verem como isso foi promissor, vejam ae a fundação mozilla com o firefox e o thunderbird.


;)

[2] Comentário enviado por yetlinux em 09/11/2006 - 06:12h

Ouvi dizer que agora ele quer convencer a Sun a liberar os códigos do Java.

[3] Comentário enviado por eneiasramos em 09/11/2006 - 08:24h

Versão em PDF:

http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/tl000001.pdf

:)

[4] Comentário enviado por leoberbert em 09/11/2006 - 08:40h

Fala rapaizzzz Blz de artigo hein?

Continue assim.. abração!!!

[5] Comentário enviado por gnu em 09/11/2006 - 11:58h

Não quero ser chato.. e por favor não me leve a mal... Mas não seria mais pratico ter colocado isso na seção de Links? Você mesmo indicou http://www.geocities.com/CollegePark/Union/3590/pt-cathedral-bazaar.html.
E está tudo la.... valew...

[6] Comentário enviado por eneiasramos em 09/11/2006 - 17:59h

A versão PDF já está publicada na seção Links.

http://www.vivaolinux.com.br/contribuir/links/verLink.php?codigo=2764

Abraço a todos!

[7] Comentário enviado por bestlinux em 10/11/2006 - 09:43h

Falaaa cara..blzzz

Ficou muito roxxx o Artigo :)

Falow!

[8] Comentário enviado por fabio em 10/11/2006 - 12:03h

Fala GNU, neste caso apóio a publicação aqui no VOL. Motivo: a tradução está publicada no Geocities.

Possíveis problemas:

1. Geocities é beeeem mais lento que o VOL;
2. Vai que um dia a conta deixa de existir ou o artigo sai do ar.

Defendo que um texto, principalmente os úteis, estejam sempre espelhados em mais de 1 site, pois tudo nessa vida tem princípio, meio e fim e isso também vale para sites. É mais ou menos o conceito de mirrors de pacotes de distros, se só houvesse um, quando o servidor cair fica todo mundo na mão :)

Um abraço

[9] Comentário enviado por User-kuruma em 10/11/2006 - 14:23h

Excelente, esse texto tem aplicação não só na área de software, mas também traz lições para criação e desenvolvimento de projetos de outras áreas. As lições que se pode extrair do texto tem aplicação nas mais diversas áreas de produção e desenvolvimento de serviços para a sociedade em geral.

[10] Comentário enviado por joseapff em 10/11/2006 - 16:32h

Muito bom esse texto é ima ótima referencia para quem aprecia o codigo livre.

[11] Comentário enviado por yetlinux em 12/11/2006 - 23:36h

E como alguns já escreveram por aí, não aqui, que o site Domínio Público estaria com o pé na cova, nada melhor que relembrar o que ele pode ter de útil.

***

Sun vai abrir mesmo o Java sob GPLv2
http://br-linux.org/linux/sun-confirma-vai-mesmo-abrir-o-codigo-do-java-e-a-licenca-sera-a-gplv2

[12] Comentário enviado por juliaojunior em 18/03/2008 - 20:44h

Simplesmente fantástico!! Vai para o favoritos.


Contribuir com comentário