A Catedral e o Bazar - Eric S. Raymond

Sem dúvida que é um marco para o mundo open source. Publicada por Eric S. Raymond e traduzida para o português por Erik Kohler, A Catedral e o Bazar conta toda a história e os primeiros passos do movimento Open Source.

[ Hits: 74.442 ]

Por: Raphael Silva Bastos em 09/11/2006 | Blog: https://area31.net.br


Para leitura adicional



Eu citei várias frases do clássico The Mythical Man-Month de Frederick P. Brook porque, em muitos aspectos, suas considerações ainda precisam ser mais analisadas. Eu recomendo fortemente a 25ª edição de Aniversário de Addison-Wesley (ISBN 0-201-83595-9), que adiciona seu documento "No Silver Bullet" de 1986.

A nova edição é envolvida por uma inestimável retrospectiva de 20 anos atrasada na qual Brooks admite francamente os poucos julgamentos no texto original que não resistiram ao teste do tempo. Achei que a retrospectiva deste documento estava substancialmente completa, e fiquei surpreso ao descobrir que Brooks atribui práticas como o estilo bazar à Microsoft! (De fato, entretanto, esta atribuição se mostrou errada. Em 1998 nós entendemos dos Documentos Halloween que a comunidade interna de desenvolvimento da Microsoft é estratificada, com o tipo comum de acesso ao código necessário para suportar o bazar muitas vezes nem mesmo possível.)

The Psychology Of Computer Programming, de Gerald M. Weinberg (New York, Van Nostrand Reinhold 1971) introduziu o conceito um tanto mal nomeado de "programação sem ego". Embora ele não estivesse nem perto de ser a primeira pessoa a perceber a futilidade do "princípio do comando", ele foi provavelmente o primeiro a reconhecer e argumentar o ponto particular de ligação com o desenvolvimento de software.

Richard P. Gabriel, contemplando a cultura Unix da era pré-Linux, relutantemente argumentou a favor da superioridade do modelo primitivo do estilo bazar em seu documento Lisp: Good News, Bad News, and How To Win Big, de 1989. Embora obsoleto em alguns aspectos, este ensaio ainda é muito cotado entre os fãs do Lisp (incluindo eu). Um correspondente me lembrou que a seção intitulada "O Pior é o Melhor" parece-se mais como uma antecipação do Linux. O documento está disponível na World Wide Web em www.naggum.no/worse-is-better.html.

Peopleware: Productive Projects and Teams (New York; Dorset House, 1987; ISBN 0-932633-05-6), de De Marco e Lister, é uma jóia pouco apreciada na qual fiquei deliciado em ver Fred Brooks citá-la em sua retrospectiva. Embora pouco do que os autores têm a dizer é diretamente aplicável às comunidades do código aberto do Linux, as idéias do autor sobre as condições necessárias para um trabalho criativo é incisivo e válido para qualquer um que tente importar um pouco das virtudes do modelo bazar para o contexto comercial.

Finalmente, eu devo admitir que eu quase chamei este documento de "A Catedral e a Ágora", o último termo sendo o grego para um mercado aberto ou um lugar de encontro público. Os documentos "sistemas agóricos" de Mark Miller e Eric Drexler, descrevendo as propriedades emergentes de ecologias computacionais de mercado, me ajudaram a me preparar a pensar claramente sobre fenômenos análogos na cultura do código aberto quando o Linux esfregou o meu nariz neles cinco anos depois. Estes documentos estão disponíveis na Web em www.agorics.com/agorpapers.html.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. A catedral e o bazar
   3. O correio deve ser entregue
   4. A importância de ter usuários
   5. Libere cedo, libere freqüentemente
   6. Quando uma rosa não é uma rosa?
   7. Popclient transforma-se em Fetchmail
   8. Fetchmail cresce
   9. Algumas lições a mais do Fetchmail
   10. Pré-condições necessárias para o estilo bazar
   11. O contexto social do código aberto
   12. Reconhecimentos
   13. Para leitura adicional
   14. Epílogo: Netscape acata o bazar!
   15. Versão e histórico de mudanças
Outros artigos deste autor

Palm na internet via Linux

Leitura recomendada

Fazendo backup com o tar

História do GNU/Linux: 1965 assim tudo começou!

À procura por pacotes em distros Debian-based (Ubuntu, Linux Mint e outras)

Diário de um SysAdmin 1 - Truques | Macetes | Atalhos & Comandos

Comunity ENTerprise Operating System, o CentOS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por coffnix em 09/11/2006 - 01:36h

histórico esse artigo.... tanto q fez o dono da netscape mudar de idéia referente à liberação dos códigos fonte do netscape... hehehe

pra vcs verem como isso foi promissor, vejam ae a fundação mozilla com o firefox e o thunderbird.


;)

[2] Comentário enviado por yetlinux em 09/11/2006 - 06:12h

Ouvi dizer que agora ele quer convencer a Sun a liberar os códigos do Java.

[3] Comentário enviado por eneiasramos em 09/11/2006 - 08:24h

Versão em PDF:

http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/tl000001.pdf

:)

[4] Comentário enviado por leoberbert em 09/11/2006 - 08:40h

Fala rapaizzzz Blz de artigo hein?

Continue assim.. abração!!!

[5] Comentário enviado por gnu em 09/11/2006 - 11:58h

Não quero ser chato.. e por favor não me leve a mal... Mas não seria mais pratico ter colocado isso na seção de Links? Você mesmo indicou http://www.geocities.com/CollegePark/Union/3590/pt-cathedral-bazaar.html.
E está tudo la.... valew...

[6] Comentário enviado por eneiasramos em 09/11/2006 - 17:59h

A versão PDF já está publicada na seção Links.

http://www.vivaolinux.com.br/contribuir/links/verLink.php?codigo=2764

Abraço a todos!

[7] Comentário enviado por bestlinux em 10/11/2006 - 09:43h

Falaaa cara..blzzz

Ficou muito roxxx o Artigo :)

Falow!

[8] Comentário enviado por fabio em 10/11/2006 - 12:03h

Fala GNU, neste caso apóio a publicação aqui no VOL. Motivo: a tradução está publicada no Geocities.

Possíveis problemas:

1. Geocities é beeeem mais lento que o VOL;
2. Vai que um dia a conta deixa de existir ou o artigo sai do ar.

Defendo que um texto, principalmente os úteis, estejam sempre espelhados em mais de 1 site, pois tudo nessa vida tem princípio, meio e fim e isso também vale para sites. É mais ou menos o conceito de mirrors de pacotes de distros, se só houvesse um, quando o servidor cair fica todo mundo na mão :)

Um abraço

[9] Comentário enviado por User-kuruma em 10/11/2006 - 14:23h

Excelente, esse texto tem aplicação não só na área de software, mas também traz lições para criação e desenvolvimento de projetos de outras áreas. As lições que se pode extrair do texto tem aplicação nas mais diversas áreas de produção e desenvolvimento de serviços para a sociedade em geral.

[10] Comentário enviado por joseapff em 10/11/2006 - 16:32h

Muito bom esse texto é ima ótima referencia para quem aprecia o codigo livre.

[11] Comentário enviado por yetlinux em 12/11/2006 - 23:36h

E como alguns já escreveram por aí, não aqui, que o site Domínio Público estaria com o pé na cova, nada melhor que relembrar o que ele pode ter de útil.

***

Sun vai abrir mesmo o Java sob GPLv2
http://br-linux.org/linux/sun-confirma-vai-mesmo-abrir-o-codigo-do-java-e-a-licenca-sera-a-gplv2

[12] Comentário enviado por juliaojunior em 18/03/2008 - 20:44h

Simplesmente fantástico!! Vai para o favoritos.


Contribuir com comentário