Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

13. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Vel
BrotherVel

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2012 - 08:48h

A questão é que eu vejo muita gente q fala sobre LINUX, tem blogs sobre esta ou aquela distro, mas não larga "a bandeirinha colorida". Outro dia li um post em um site e reparei na foto de demonstração sobre o software apresentado, a foto do nautilus com a partição windows... Sei q cada um tem as suas necessidades, e podemos extrair o melhor de cada SO, mas penso q muita gente apenas fala e até ajuda um pouco, porém não usa apenas o LINUX. Recorrer sempre ao windão é dar um passo atrás, por que nos faz investir menos em soluções e alternativas.
Por falar nisto vejam este artigo:
http://sejalivre.org/brasil-se-destaca-no-cenario-internacional-do-software-livre/


  


14. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Raul Liota da Rosa
liota

(usa Mandriva)

Enviado em 09/08/2012 - 08:57h

Eu uso Linux a 7 anos, e a não ser algumas recaídas por causa de algum jogo que só tem pra Windows, o que não acontece faz tempo, utilizo Linux pra tudo sem necessidade do Windows e de seus programas pagos.

Se os programas são open source ou não pra mim não faz diferença, inclusive se for um programa de qualidade
eque me seja necessário irei pagar por ele se tiver versão para Linux.


15. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2012 - 09:31h

Eu uso Linux em casa desde 2006, mas apenas a partir de 2010 comecei a usá-lo também no escritório, para trabalhar.

Como meu trabalho demanda o uso intensivo de uma suíte office, apenas em 2010 entendi que o Open/Libre poderia ser usado 100% do tempo, com 100% da funcionalidade que preciso.

A partir de 2010 apaguei os Windows XP (originais) dos meus computadores, mas mantive os Windows dos computadores das minhas filhas (elas foram "criadas" no Windows XP e não gostam de Linux, infelizmente).

No desktop de casa ainda mantenho um dual boot, pois tenho alguns jogos instalados no Windows. No meu laptop também mantenho dual boot, pois minha esposa, "grande" usuária dele, também não gosta de Linux.

Resumindo, gosto de Linux. Uso Linux 95% do tempo, inclusive para produção. Mas tenho o(s) Windows(s) pelos quais paguei, assim como teria o OSX se tivesse comprado um Mac, no qual, diga-se de passagem, eu instalaria Linux em dual boot.

E um detalhe: uso LibreOffice também no Windows, pois ele me atende perfeitamente.


16. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Vel
BrotherVel

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2012 - 14:40h

Eu uso Linux a 8 ou nove meses e tá dando pro gasto...
Tive q ter paciência, estudar um pouco e é claro me adaptar.
Consegui customizar bem, além do efeitos do compiz instalei o emerald. Os repositórios q consegui instalei. Os programas de edição de áudio, vídeo e imagem, estão me servindo bem.
Uso o note o dia todo e apesar de me considerar iniciante, a maioria dos programas instalei via terminal.
O UBUNTU é uma opção. Gosto dele. Minha esposa tb.
Acaba q instalei o BIG LINUX na partição onde estava o w7. Eu sei q é como ter dois UBUNTUS, mas ele está aqui por dois motivos: 1 me salvou, tinha instalado o debian wheezy, só que estava tendo problemas com drives, neste meio tempo (como não consigo ficar quieto), atualizei o kernel do ubuntu para 3.5. quando fui apagar o antigo, travou tudo. Eu precisava trabalhar e agora?!?
Vem o segundo motivo, tenho o BIG BRUNO add no face ele tinha falado sobre o lançamento do BIG 12.04 RC. Decidi testa-lo. Ele me ajudou e eu o estou ajudando. Como o BIG é "completão", pude usa-lo para trabalhar e com ajustes mínimos. O que me deu tempo para instalar e configurar o UBUNTU 12.04 novamente.
Outra coisa boa é q sempre tive problemas em entender o KDE e com o BIG posso aprender sobre o ambiente sem ter q me preocupar com configurações disto e daquilo.
Depois vejo o q faço!!! Rsrsrs

Quanto a minha própria pergunta, estou me virando com os softwares "open source" e os cedidos. Mas se tiver q comprara algo para o meu ubuntu pq não?


17. Usuário Linux paga, e paga bem

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2012 - 15:03h

Foi uma grande surpresa o fato de usuários de Linux terem sido os maiores compradores de um pacote de jogos vendido com renda destinada à caridade.

Nesse "episódio", onde o preço do pacote era fixado pelo usuário, não só os "linusers" foram os que mais compraram, como foram os que pagaram o maior preço médio.

Isso quer dizer o seguinte: usuário Linux não se importa de pagar por software, desde que ele funcione bem e supra alguma necessidade específica.

Link do "episódio":

http://va.mu/XZBG

Atualmente, há um pacote do mesmo grupo e com a mesma função, mas contendo músicas.

http://va.mu/Cyp9

E os usuários de Linux são os que mais pagaram em média pelo pacote.


18. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 09/08/2012 - 15:04h

Compartilhando a minha opinião, eu gosto bastante do software livre, mas tenho um pensamento um pouco diferente do Stallman, criador da FSF.

De acordo com Stallman, você é livre quando usa software livre.

Em minha opinião, a liberdade em informática vai um pouco além disso. Liberdade para mim, é o usuário ter a oportunidade de escolher entre Linux, Windows, BSD e Macintosh. Liberdade é o usuário poder escolher entre um programa composto de software livre, ou um programa proprietário.

É exatamente por isso que eu não concordo com o nosso querido Stallman. Desde quando você é livre se não pode escolher em usar um programa proprietário? Acho que todos entenderam onde eu quero chegar...

Da mesma forma que eu gosto de Linux, eu gosto de Windows, BSD e Macintosh. Cada um tem as suas características boas e ruins. A mesma forma funciona com os softwares: eu acho justo a GPL da mesma forma que eu acho justo as licenças proprietárias.

O programador de software também têm o direito de escolher em programar em software livre, ou em software proprietário.

Liberdade e consciência vai de cada um, e eu acho que é isso o mais interessante da informática!


19. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

jarlisson moreira
jarlisson

(usa Fedora)

Enviado em 09/08/2012 - 16:01h

Ele disse isso, mas não exatamente por esse motivo..assim dá a impressão de 'só quem usa é livre, se usar proprietário não é'.

A discussão é um pouco mais profunda, tem a ver com capitalismo, alienação...

Na verdade o mundo usa proprietário por 'obrigação'.
A gente nasce vendo nossos pais, irmãos, amigos, colégio, faculdade e trabalho usando Windows e ficamos com a falsa sensação de liberdade, de que optamos por aquilo, que aquilo é o normal. Quando não é.

Na grande maioria das vezes, quem usa soft livre é porque viu que soft proprietário não é a única coisa que existe, então viu que existe o livre e o proprietário, e optou pelo livre. Então houve a liberdade de escolha.
Já quem ficou com o proprietário, na maioria das vezes, ficou porque nem sabe da existência de outras opções.

O objetivo dele é mais mostrar que existe um leque de opções.

O problema é esse, o mundo não sabe que existe mais opções. As pessoas acham estranho quando veêm alguém usando Linux ou Open/Libre Office.


20. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Vel
BrotherVel

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2012 - 16:29h

jarlisson escreveu:

Ele disse isso, mas não exatamente por esse motivo..assim dá a impressão de 'só quem usa é livre, se usar proprietário não é'.

A discussão é um pouco mais profunda, tem a ver com capitalismo, alienação...

Na verdade o mundo usa proprietário por 'obrigação'.
A gente nasce vendo nossos pais, irmãos, amigos, colégio, faculdade e trabalho usando Windows e ficamos com a falsa sensação de liberdade, de que optamos por aquilo, que aquilo é o normal. Quando não é.

Na grande maioria das vezes, quem usa soft livre é porque viu que soft proprietário não é a única coisa que existe, então viu que existe o livre e o proprietário, e optou pelo livre. Então houve a liberdade de escolha.
Já quem ficou com o proprietário, na maioria das vezes, ficou porque nem sabe da existência de outras opções.

O objetivo dele é mais mostrar que existe um leque de opções.

O problema é esse, o mundo não sabe que existe mais opções. As pessoas acham estranho quando veêm alguém usando Linux ou Open/Libre Office.

Eu concordo com vc!!!
Gosto do Linux pq toda vez q alguém me pede para formatar uma máquina, eu explico sobre pinguim e digo vc fará td o que fazia antes (claro q na maioria das vezes trata-se de usuário comuns).
E a quantidade de pessoas q procuram por assistência técnica e quando menos esperam lá vem a mensagem: Vc foi vitima de pirataria, ou vc está usando uma copia de software pirata! Eles me mostram isto e eu digo, "é pq o seu win... é pirata". elas simplesmente não acreditam e dizem, "o rapaz da loja não falou nada".
O q quero dizer é q existe vida fora da pirataria. E há tb para aqueles não podem pagar.


21. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Vel
BrotherVel

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2012 - 16:41h

wolner0b escreveu:

...Em minha opinião, a liberdade em informática vai um pouco além disso. Liberdade para mim, é o usuário ter a oportunidade de escolher entre Linux, Windows, BSD e Macintosh. Liberdade é o usuário poder escolher entre um programa composto de software livre, ou um programa proprietário...

...Liberdade e consciência vai de cada um, e eu acho que é isso o mais interessante da informática!...


Wolner obrigado por dar sua opinião aqui!!!

Mas talvez um dos maiores problemas é isto a consciência e isto somado a ignorância e preconceito.

A coisa mais comum q existe (pelo menos aqui na BAHIA), é o cara abrir uma loja de informática e prestação de serviços do ramo, nunca usar LINUX e o pior, sair formatando meio mundo de pcs e instalando copias piratas de sistemas (windows) e softwares (nero, microsoft office ...).




22. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2012 - 16:42h

Sim, tem muita gente que acha que Linux é coisa de hacker, ou seja, que ele está fora do alcance do usuário comum.

Isso não é mais verdade, pois até uma criança pode usar Linux.

Aliás, quando me perguntam sobre isso eu costumo indicar esse vídeo:

http://va.mu/USJX


23. e o moviemaker?

Airan Abdalla Costa
airanabdalla

(usa KUbuntu)

Enviado em 09/08/2012 - 17:11h

Uso Kubuntu há 1 ano e estou adorando.. e deixei apenas 10% do total de meu Dell Latitude 120L (compramos em 2006 ele e agora com o kubuntu vou ficar com este meu notebook por mais 6 anos com certeza), mas tenho um porém apenas...

uso um programa chamado EDUCADOR.NET que só roda em windows (o meu é o xp) e é o melhor programa para quem é professor como eu para digitar notas e coisas assim...

e outro detalhe é o movie maker... gostaria de um programa que tivesse as mesmas facilidades e visual do moviemaker..


alguém pode desenvolver (for free) um programa como o EDUCADOR.NET e o MOVIE MAKER???


24. Re: Usar apenas software livre, ou gratuito. É fácil, difícil, ou impossível?

Vel
BrotherVel

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2012 - 17:26h

pinduvoz escreveu:

Sim, tem muita gente que acha que Linux é coisa de hacker, ou seja, que ele está fora do alcance do usuário comum.

Isso não é mais verdade, pois até uma criança pode usar Linux.

Aliás, quando me perguntam sobre isso eu costumo indicar esse vídeo:

http://va.mu/USJX


Olha aí... realmente interessante este vídeo.
E a prova dele está qui em casa. Meu filho lucas de 6 anos. Com ele é só Ubuntu.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts