Mas por quê? [RESOLVIDO]

37. Re: Mas por quê? [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 07/02/2016 - 01:50h

Tenho um causo interessante sobre fé, crença e dúvida:

* https://www.google.com.br/search?q=s%C3%A3o+guinefort&biw=1366&bih=587&tbm=isch&tbo=...
* http://orkut.google.com/c22012347.html
* http://www.mdig.com.br/?itemid=16914

Eu tenho dúvida só se ele foi espancado até a morte ou se foi decapitado ao fio da espada.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
http://24.media.tumblr.com/tumblr_m62bwpSi291qdlh1io1_250.gif

# apt-get purge systemd

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden



  


38. Re: Mas por quê?

Rogerio Leiro Fontan
RLFontan

(usa Ubuntu)

Enviado em 07/02/2016 - 01:54h

listeiro_037 escreveu:

Neste caso eu prefiro a Bíblia Hebraica e o Textus Receptus que daí não tem briga com quem quer que seja. Ou um daqueles achados de Qumran.

Sem Almeida ACF, sem Ave-Maria, sem Pastoral, sem Bíblia de Jerusalém, sem Tradução do Novo Mundo, sem Tradução da Igreja Local, sem Tradução de Genebra ... estratégia ... estratégia ... estratégia ...



Rapaz a questão com os testemunhas de Jeová é que eles são realmente muito radicais. Você sabia por exemplo que se o filho de um casal testemunha de Jeová estiver precisando de doação de sangue, eles deixam o filho morrer? Quando perguntei o porque disso a um testemunho de Jeová me responderam que tem haver com uma solução interpretada depois de muito estudo... rapaz é muitas dúvidas em relação a essas teologias.

Um caso interessante que aconteceu comigo foi que uma testemunha de Jeová descobriu que eu tava assistindo Lost, só que ela e a amiga dela estavam querendo assistir embora estavam com dúvida porque tinha medo de ser uma série "espírita" do "demônio", então uma delas teve a ideia genial de assistir um último episódio para saber o que acontecia ... bom, chegaram a conclusão que a série era "espirita" e me contaram o final para eu não querer mais assistir não contaminando assim minha família com a espiritualidade maligna da série.

Resumo da ópera, quem quer buscar Jesus , que busque a Jesus, para não correr o risco de ser governado por homens.

Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
João 14:6


Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor!
Jeremias 17:5


Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
Mateus 7:16-20


Por seus frutos os conhecereis, o que dizer dessas congregações que incentivam a deixar acontecer a morte de um filho próprio? O que dizer dessas congregações que roubam dinheiro dos fieis? O que dizer dessas congregações que reduzem a inteligências de cristo a dogmas? O que dizer dessas congregações que politizam esses dogmas e tornam os cristãos que deveriam ajudar os necessitados em aqueles que oprimem necessitados?

Deus nos ajude, porque todos nós precisamos dele.


39. Re: Mas por quê?

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 07/02/2016 - 02:11h

Eu conheço bem TJs.

Nada contra. Muitos deles são pessoas que a religião preserva de vícios e maus hábitos.
E isto conta muito. Eu conheço a doutrina. Tenho e li alguns livros deles.
Eu não tenho algo melhor a oferecer no momento. Por isto não posso tirar o que os outros tem.
Um local que você pode achar interessante é http://extestemunhasdejeova.net/forum/portal.php

O Corpo Governante, como era chamado a liderança da religião, possui um passado sombrio.
Tem coisas do arco da velha e eu sugiro a você (ou a cada um) pesquisar porque não quero começar uma guerra santa.
Sentimentos podem ser magoados com tanta coisa.

Outro fórum sobre religião é http://forum.antinovaordemmundial.com/
Mas esse é mais paranoid_mode=on.

O primeiro fórum tem algo que os une, que a maioria é ex-TJ.
O segundo não tem algo que una. Não vejo falarem sobre alguma religião.
Podem ser tanto Calvinistas ou Arminianistas, como Católicos ou Luteranistas, ou Evangélicos Pentecostais.

O VOL não é como os fóruns religiosos que eu participava em outra "encarnação".
E isto é bom. Você sabe de onde veio, mas não para onde vai com a dispersão.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
http://24.media.tumblr.com/tumblr_m62bwpSi291qdlh1io1_250.gif

# apt-get purge systemd

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden



41. Re: Mas por quê?

Ruan
ru4n

(usa Linux Mint)

Enviado em 07/02/2016 - 12:49h

IMHO, quanto a pessoa que disse "Não há como ir contra a Bíblia", vamos pensar um pouco... acho que não é justo citar somente a Bíblia; vamos pegar trêchos do Alcorão, do Mahabharata, Vedas, Talmude / Kabballah, Avesta, e fazer uma relação. Pra estudar as escrituras sagradas, é muito importante também não levar tudo ao pé da letra. Há muitos outras escrituras que servem como complemento, além da sabedoria dos avatares, dos mestres da Grécia antiga, etc. PS: nada contra quem é cristão! :-)

Quanto ao tópico, tenho minhas próprias convicções sobre cada uma dessas questões, e pra explicar sobre elas eu levaria muito tempo, rsrs!
Aproveito pra deixar essa postagem e acompanhar o andamento do tópico, é bom conhecer a convicção de outras pessoas...
- -
http://bit.ly/1PZZH3p


42. Re: Mas por quê?

IceStorms
IceStorms

(usa Sabayon)

Enviado em 07/02/2016 - 16:19h

ru4n escreveu:

IMHO, quanto a pessoa que disse "Não há como ir contra a Bíblia", vamos pensar um pouco... acho que não é justo citar somente a Bíblia; vamos pegar trêchos do Alcorão, do Mahabharata, Vedas, Talmude / Kabballah, Avesta, e fazer uma relação. Pra estudar as escrituras sagradas, é muito importante também não levar tudo ao pé da letra. Há muitos outras escrituras que servem como complemento, além da sabedoria dos avatares, dos mestres da Grécia antiga, etc. PS: nada contra quem é cristão! :-)

Quanto ao tópico, tenho minhas próprias convicções sobre cada uma dessas questões, e pra explicar sobre elas eu levaria muito tempo, rsrs!
Aproveito pra deixar essa postagem e acompanhar o andamento do tópico, é bom conhecer a convicção de outras pessoas...
- -
http://bit.ly/1PZZH3p

SamL escreveu:

RLFontan escreveu:

Eu acho curioso quando alguém fala que ser religioso é confortável intelectualmente e fisicamente ter fé alegando que tudo passa a ser menos desafiante, porque quem tem fé, sabe que não é bem assim.


Olha eu não ia te responder porque queria deixar você entender como quisesse, mas eu tenho que te responder, mas não diretamente. Vou dar um exemplo:
Todo cristão diz que Deus é único e para todos, tanto é que todos os mandamento (e por que não a bíblia?) se resumem a: amai a Deus sobre todas as coisas e ao próximo. Até ai nada de anormal, é até saudável. Mas pense comigo, e quanto ao hinduista que possui mais de 1000 deuses? (se não me engano) E quanto ao pessoal sem religião como a cristã como os índios? E quanto ao pessoal sem religião e sem crença em Deus como eu? Eu pergunto mais: como este Deus pode existir e ser para todos? Ou melhor, como ele pode amar a todos ao mesmo tempo? Sabe me explicar isso? Eu tenho uma ideia de como resolver estes problemas ao mesmo tempo: considerar que algo está errado e admitir isso. Sabe o que é difícil para qualquer religioso? Não é seu deuses não existirem, mas admitir que as escrituras sobre ele(s) estão erradas. É isso que eu quis dizer com acomodação, eles acham que encontraram toda a verdade num único livro/ponto que esquecem de considerar o ponto de vista do hindu, do muçulmano, do ateu, do agnóstico e de qualquer outra pessoa que tenha uma religião com escrituras que contradizem às deles. Isso faz com que a bíblia, ou alcorão, ou qualquer escritura sobre seja inválida? Claro que não, só que pra manter uma mente mais aberta, não as levem como verdade absoluta e inegável! Isso às torna erradas? Também não, mas apenas potencialmente erradas, nem certas para todos, nem muito erradas, deu pra sacar a complexidade? Uma visão binária de mundo é ridícula para criar uma solução pra todos, é por isso que quero chegar num ponto de extrema complexidade, acrediito esse ser o melhor ponto de vista para esse tipo de assunto.

Nossa, nunca falei tanto sobre religião como agora.


O que se encaixa mais com o que você está falando é o Espiritismo, inclusive Allan Kardec se utilizou do método cartesiano, ou método cientifico, do também francês René Descartes para sua codificação.

Não faço apologia ao espiritismo, além disso, acredito que as religiões, de modo geral, são um grande mal para a humanidade, não na sua essência de levar o homem ao conhecimento de Deus, mas do modo como aprisionam as pessoas em regras, leis e dogmas padronizados.

A lei deixa o homem preso e bitolado a regras específicas e rígidas, que inevitavelmente são quebradas pela inflexibilidade da mesma, afinal o ser humano não foi programado, a figura de um PC, para seguir regras restritas e irrefutáveis, somos capaz de criar realidades muito mais complexas que suplantam a “realidade” imposta por essas regras ditatórias.

O homem precisa vivenciar suas próprias experiências, encontrar seus erros, confrontá-los, e praticar algo mais nobre, e como consequência, evoluir moralmente como ser. É ai onde essas “regras” não se encaixam, pois cada indivíduo tem e necessita de uma experiência diferenciada, uma vez que erramos em pontos distintos, carecemos de aprendizados diferentes.
Por mais que dois filhos gêmeos vivam na mesma casa e sejam criados pelos mesmos pais, esses filhos terão bagagens de conhecimento e experiências, em sua maioria, individuais e distintas, gostos e sentimentos diferentes, e invariavelmente, conhecerão pessoas com quem terão outras afinidades, ou animosidade, completamente díspar um do outro.

Independente de religiões eu prefiro ser "Espiritualista", buscar o conhecimento para libertação da mente, viver minhas próprias experiências e seguir os ensinamentos e exemplo de Cristo.

Sempre é possível tirar algo bom dos ensinamentos éticos e morais que estão contidos nas escrituras da cultura ou religião de qualquer lugar do mundo e usá-los para o bem.

Até mais.



43. Re: Mas por quê?

Rogerio Leiro Fontan
RLFontan

(usa Ubuntu)

Enviado em 07/02/2016 - 17:19h

RLFontan escreveu:

Eu acho curioso quando alguém fala que ser religioso é confortável intelectualmente e fisicamente ter fé alegando que tudo passa a ser menos desafiante, porque quem tem fé, sabe que não é bem assim.


SamL escreveu:

Olha eu não ia te responder porque queria deixar você entender como quisesse, mas eu tenho que te responder, mas não diretamente. Vou dar um exemplo:
Todo cristão diz que Deus é único e para todos, tanto é que todos os mandamento (e por que não a bíblia?) se resumem a: amai a Deus sobre todas as coisas e ao próximo. Até ai nada de anormal, é até saudável. Mas pense comigo, e quanto ao hinduista que possui mais de 1000 deuses? (se não me engano) E quanto ao pessoal sem religião como a cristã como os índios? E quanto ao pessoal sem religião e sem crença em Deus como eu? Eu pergunto mais: como este Deus pode existir e ser para todos? Ou melhor, como ele pode amar a todos ao mesmo tempo? Sabe me explicar isso? Eu tenho uma ideia de como resolver estes problemas ao mesmo tempo: considerar que algo está errado e admitir isso. Sabe o que é difícil para qualquer religioso? Não é seu deuses não existirem, mas admitir que as escrituras sobre ele(s) estão erradas. É isso que eu quis dizer com acomodação, eles acham que encontraram toda a verdade num único livro/ponto que esquecem de considerar o ponto de vista do hindu, do muçulmano, do ateu, do agnóstico e de qualquer outra pessoa que tenha uma religião com escrituras que contradizem às deles. Isso faz com que a bíblia, ou alcorão, ou qualquer escritura sobre seja inválida? Claro que não, só que pra manter uma mente mais aberta, não as levem como verdade absoluta e inegável! Isso às torna erradas? Também não, mas apenas potencialmente erradas, nem certas para todos, nem muito erradas, deu pra sacar a complexidade? Uma visão binária de mundo é ridícula para criar uma solução pra todos, é por isso que quero chegar num ponto de extrema complexidade, acrediito esse ser o melhor ponto de vista para esse tipo de assunto.

Nossa, nunca falei tanto sobre religião como agora.



-Bilhões de religiosos no mundo, e você acha que nenhum deles pensou sobre o que você está falando, você acha que isso não movimenta o mundo religioso? Pense.

-Monges católicos (onde há dogmas e mais dogmas) vivem cercados de livros de filosofia e teologia a vida inteira e não pensaram isso? Pense.

-As pessoas religiosas convivendo com outras na vida sofrem absurdamente, aprendem com a dor da convivência e ninguém aprendeu com a dor? Pense.

-Vivemos em um tempo onde o mal estar das misturas culturais provocado pelas globalização é assunto acadêmico intenso e ninguém levou isso as religiões? Pense.

Desculpe pelo pense...pense...pense, mas uma vez eu querendo mudar o mundo no ramo das artes marciais recebi uma frase dessa de um SiFu, que por sinal veio a se tornar meu mestre por um período tempos mais tarde. Existe um mal meu e seu SamL, a verdade é que a nossa geração presume muito baixamente a inteligência do outro, cooperamos muito pouco com os textos do outro, no final acabamos não nos flexibilizando ao entendimento, mas engessando a lógica do outro a nossa realidade desejada. Quando esse mestre me falou aquela frase, eu percebi como eu era assim muitas e muitas vezes... acho que desde aquele momento venho me curando aos poucos, e sim, eu considerei as nuances, as exceções do que você disse, só não tenho a necessidade de me ater a elas, mas fique a vontade para expressar alguma que considerar que eu não entendi, enfim, aquilo funcionou tão bem comigo que não resisti a repetir com você, mesmo eu não sendo um mestre, mas quero deixar bem claro que sou tão humano quanto você, somos todos iguais perante Deus.

A própria bíblia possui partes que refletem sobre as questões que você mencionou.

Eu acredito SamL que antes de iniciar sua jornada de dúvidas a respeito do assunto, você não comeu o fruto da fé e da simplicidade, acredite amigo, a simplicidade algumas vezes passa por níveis de complexidade inacreditáveis... me lembro de uma vez que te recomendei entender o global e o específico, e na sua sede de alguma "bebida" específica você acabou interpretando de maneira tendenciosa, e eu simplesmente fiquei de mãos atadas, sem saber como fazer você entender o que eu havia dito, porque o problema não era o conteúdo em si, mas como você o via e o que desejava extrair dele, talvez eu tenha aprendido com mais facilidade por te-lo aprendido em meio marcial, mas é obvio que todos nós ficamos com uma visão tendenciosa em alguns momentos, com algumas coisas. Nós temos que ter cuidado com o sentimento passional em relação a suas buscas.

No mais falei algumas coisas a nível pessoal, porque o problema do que você fala vai além de meras argumentações, a sua ótica está comprometida, e eu não tenho a mínima intenção de falar mais sobre isso, estou correndo um risco série de te ofender fazendo o que estou fazendo, mas é dessa forma pessoal que acredito que ocorre de maneira mais pura a edificação pessoal, acredito que Deus é quem conhece acima de tudo as pessoas, e em segundo lugar eles mesmas, então analise sua própria ótica SamL, você está com uma impressão um tanto errada da religião, lhe falta experiência, convivência e menos presunção.

Desculpe por não ter respondido isso de outra forma talvez mais formal, mais direcionada, em tempos de relativização absoluta quando respondo dessa maneira nunca dá certo, mas é o que sei fazer por enquanto... tenho apenas 19 anos, me desculpe pela minha limitação comunicativa.

A simplicidade é o último grau de sofisticação.
Leonardo da Vinci



44. Re: Mas por quê? [RESOLVIDO]

Buckminster
Buckminster

(usa Debian)

Enviado em 07/02/2016 - 18:18h

Pastafariano.

Êta!

Lcavalheiro, tu me obrigastes a ir ao "pai dos burros".


45. Re: Mas por quê? [RESOLVIDO]

Arthur J. Hoch
Arthur_Hoch

(usa FreeBSD)

Enviado em 07/02/2016 - 18:26h

A simplicidade é o último grau de sofisticação.
Leonardo da Vinci



46. Mas por quê?

ENS
ENS

(usa Nenhuma)

Enviado em 07/02/2016 - 20:41h

SamL escreveu:

ENS escreveu:

Acho válido toda busca por conhecimento, mas é claro que por fim será inútil este conhecimento.

Pois desde sempre o ser humano sabe que existe e reconhece a existência do seu próximo, e igualmente sabendo do sofrimento dos outros seres humanos que o cercam de forma generalizada ignoram o este sofrimento, assim o que sabem é inútil.

Nem tudo está perdido, pois é claro que existe algumas pessoas que sabendo muito pouco conseguem transformar este conhecimento em um "sentido da vida" e que mesmo que existam uma infinidade de infinidades de incontáveis universos, isto em nada mudará nossa realidade.

Finalmente me pergunto porquê saber? (não sou contra o conhecimento, apenas questiono o motivo da busca.)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Feitiço do tempo:
O amanhã nunca chegará.

Olha cara, o único jeito de eu te responder é desconsiderar meu ateísmo e falar como religioso (ou um pseudo-religioso).
Se existe Deus, ele fez algo com este universo para que nós não pudéssemos ter todas as respostas assim, de uma vez, pois seria ruim para todos saber de tudo, além de muito chato, "é chato chegar à um objetivo num instante". Sabe o que ele fez? Ele criptografou o universo com uma criptografia divina de chave quântica. E sabe como nós podemos descobrir o segredo que ele escondeu mas que permite que nós tentamos descobrir, desde que use nossos próprios meios e forças para tal coisa??? Isso se chama Ciência, não só física, não só matemática e não só religião (sim, também é uma ciência).
Ciência na verdade é o único método garantido de descobrir o segredo divino, ou seja, Ciência é o método força bruta, testar todas as combinações possíveis até achar uma resposta para tudo. Mas tem algo que é mais simples, mesmo sendo ciência, chama-se religião, nela você encontra a grande resposta, mas que há um imenso defeito que é chamado de acomodação, que é quando você pensa que encontrou tudo e para de ajudar o resto do mundo na procura pela grande resposta. É assim que acontece, quando você acha que encontrou tudo não faz mais sentido ficar procurando. Na minha opinião Deus, quer que saibamos o seu segredo, mas que temos que descobrir não só por meio de Ciência mas em todas as formas possíveis de conhecimento, religioso, matemático, físico e etc. Além é claro, de uma forma ainda mais primitiva e excepcional chamada criatividade, essa é uma forma ainda mais poderosa de se encontrar respostas. Quando aliada à um grande conhecimento é como se pudesse fazer qualquer coisa e inventar qualquer coisa, uma sensação de liberdade mental pra ser mais específico, deve ser a mesma sensação que sente um religioso que acredita no seu deus.

Ah, e sobre essa sua frase aí, o amanhã nunca chegará, eu concordo, e digo mais, o amanhã não existe, o que existe é o presente e passado perdeu sua influência quando passou. Sugiro que ouça a música Racionais MC's - A Vida é Desafio


Olá Sam.

Acredito que todos nós passaremos por questões como esta sua, e também acredito que todos descobrem no final que tanto faz.

Uma coisa que achei interessante é que você se declara ateu, e para me responder condicionou a existência de deus.

O ser humano faz praticamente qualquer coisa para ter razão.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Feitiço do tempo:
O amanhã nunca chegará.


47. Re: Mas por quê? [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 07/02/2016 - 22:55h

Buckminster escreveu:

Pastafariano.

Êta!

Lcavalheiro, tu me obrigastes a ir ao "pai dos burros".


É mais fácil que isso: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pastafarianismo

Tem também o Deboísmo, mas esse ainda não consta na Wikipédia.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
http://24.media.tumblr.com/tumblr_m62bwpSi291qdlh1io1_250.gif

# apt-get purge systemd

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden



48. Re: Mas por quê? [RESOLVIDO]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 08/02/2016 - 22:21h

wudze escreveu:

Taí um produto do pensamento humano no qual eu perdi a esperança; a filosofia acadêmica. Conheço muitos filósofos que são religiosos, (WTF?) o que significa que não adiantou nada filosofar. O denso pensamento característico do filósofo é incompatível com a religiosidade institucionalizada, pois ela automatiza tudo, promove autoconhecimento a partir da tradição e rituais.
Não estou criticando quem é religioso, eu também tenho muitas crenças, só desconfio que tanto religiosidade (ou espiritualidade, como quiserem) quanto filosofia ou mesmo experimentação tendenciosa são delírios humanos. Tais delírios não são inúteis, quem souber peneirar conseguirá aproveitar muita coisa disso. Nós humanos queremos explicar tudo; mas na melhor das hipóteses, até o momento, talvez tenhamos conseguido descrever alguns processos.

"o fim de tudo é nada, e no nada encontra-se o infinito" - não lembro o autor :)


--------------------------------------
Distros que uso atualmente:
Arch: https://www.archlinux.org/
Lubuntu: http://lubuntu.net/
Fedora: https://getfedora.org/



A pessoa que estuda filosofia e não é religiosa não aprendeu nada com seus estudos. Talvez ela não siga uma das religiosidades mais populares, mas ela terá sim sua fé.

--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts