Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

37. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Rogerio Leiro Fontan
RLFontan

(usa Fedora)

Enviado em 13/04/2019 - 15:31h

piu escreveu:

não sei porque vocês ainda dão moral pros trolls, mano...


À rigor, à rigor a gente não tem como saber se o cara é troll ou não de primeira... eu busco supor boa-fé e tentar ajudar.


  


38. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Hugo Cerqueira
hrcerq

(usa Outra)

Enviado em 13/04/2019 - 15:38h

RLFontan escreveu:

piu escreveu:

não sei porque vocês ainda dão moral pros trolls, mano...


À rigor, à rigor a gente não tem como saber se o cara é troll ou não de primeira... eu busco supor boa-fé e tentar ajudar.


Que eu me lembre, usuários recém-inscritos recebem uma notificação antes de abrir um tópico, informando código de conduta e netiqueta, não? Se não for assim, bem que poderia passar a ser. Aí não precisaríamos supor boa fé, pois a pessoa claramente ignorou a notificação.

---

Atenciosamente,
Hugo Cerqueira

Devuan - https://devuan.org/


39. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Rogerio Leiro Fontan
RLFontan

(usa Fedora)

Enviado em 13/04/2019 - 16:12h

De repente esse vídeo ajuda também:



Obs: algumas pessoas já argumentam que o Linux não é mais só o kernel, mas o kernel e algumas ferramentas adjacentes.


40. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Fábio Berbert de Paula
fabio

(usa Debian)

Enviado em 13/04/2019 - 16:40h

Esse fórum movimentado tava fazendo falta rsrs


41. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Matheus
pylm

(usa Gentoo)

Enviado em 13/04/2019 - 16:56h

Nego adora forçar essa barra de empacotamento padronizado mas o que importa é única e exclusicavamente a porra do binário, se ele foi compilado pra mesma libc que você tá usando então ele vai rodar e boas, a extensão do empacotamento é só um arquivo comprimido com uma pastinha contendo informações pro o gerenciador de pacotes saber o que é.



42. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Luiz Carlos Querido
lcquerido

(usa Linux Mint)

Enviado em 13/04/2019 - 17:26h

Grinder escreveu:

Falar que existe Debian e o resto foi o maior erro de todos, me desculpe.
Existem inúmeras distros que usam seu próprio gerenciamento e inclusive algumas melhores que o Debian :p

Hmmm... testei várias e desconheço. Mas não testo todas nem é pretensão do tópico e sim focar nas principais, estáveis e comercialmente factíveis

Grinder escreveu:
É como o pessoal disse, não tenho muito o que acrescentar, apenas afirmar mais coisas ditas... Tem como padronizar sim, eu acho a forma que os jogos da GOG seja um exemplo clássico, vem aquele executável gigante que basta acessá-lo com comando "sh na frente ou "./""que aparece aquele GUI maravilho da instalação. E eu consigo instalar e jogar perfeitamente pelas minhas distros usadas que não são citadas pelo site deles como Slackware e Gentoo.

Entenda que o intuito do tópico, apesar de não estar explícito, é foco no usuário comum, o que compra um PC com Linux. Mas entendi o que disse.

Grinder escreveu:
Aplicativos profissionais eu pensava igual você, que existia esse abismo e realmente existe de certa forma entre opensource e o pago, porém você esqueceu de citar que no linux também existe esses aplicativos profissionais pagos como pra macosx e windows. Exemplo clássico disso é o Maya, sim, existe Maya para Linux, mas tem que pagar igual para Windows/Mac, existe o programa The Foundry Nuke que da uma surra de pau mole no Adobe e tem a versão paga para todas as plataformas. Resumindo, o aplicativo profissional basta o desenvolvedor criar para Linux também. Ahh consigo instalar ele no slackware e no gentoo tbm tranquilamente.

Aí é que está. Falou em software não opensource o pessoal já torce o nariz, que é o caso do Dionatan que insistem em querer me crer que existe CAD open source bom. Bastou o Draftsight melhorar e passar a não ser mais gratuito que a comunidade já taxa de coisa do demo. É o tal do Free beer e free talk que não entendem.
O Bricscad é um bom CAD e atende ao mercado (padrões fechados, todos). Quanto a eu ter esquecido de citar bons softwares, bem, você citou o Maya e esqueceu do Blender, um excelente modelador 3D opensource e que acho até melhor que o Maya pago. É o calor da conversa meu chapa.

Grinder escreveu:
Então quando vejo alguém falando que no Linux não tem as coisas só porque não office e adobe eu fico meio injuriado.

Fui defensor do Linux desde sua criação. E se alguma coisa mudou foram nesses últimos 15 anos com a entrada da Cannonical. Fiquei pasmo com o salto que ela deu na frente da RedHat. Mas voltemos ao Office como citou. Cara, em todo forum que comparo o MS Office com os opensource (LIbre e open office) dou como exemplo arquivos com mais de 2MB de tamanho que travam o Libreoffice. No caso dos meus Linux chegou a travar o sistema, sendo obrigado a reiniciar no botêo pois nem CTRL+ALT+Del funcionava. Estas coisas não são toleradas num ambiente de produção.

Grinder escreveu:
Eu tenho o Windows instalado aqui tbm, exclusivamente para jogos, mas poderia muito bem rodar pelo Linux sem problemas, como faço com vários jogos, mas quando se trata de performace o negócio muda de figura, afinal a gente paga caro numa placa de vídeo para poder usar todo o poder de fogo dela.

Depende de qual performance você se refere.

Grinder escreveu:
Acho que toda a questão mesmo fica no que o usuário busca e no que ele se sente melhor. Hoje o Linux pra mim é um hobby, aliás sempre foi, mas já fez parte do meu trabalho e gosto de usar ele simplesmente porque eu aprendi a configurar do jeito q eu quero da forma q eu gosto e então uso ele a maior parte do tempo e quando quero jogar os lançamentos ou jogos pesados vou lá e reinicio o computador e entro no Windows.

Entenda, acho que não fui claro no início do tópico, as pessoas aqui estão entendendo o usuário comum como sendo o carinha que manja um pouco de instalar S.O., ouviu falar no Linux, não quer usar programas piratas e tals (mas principalmente não quer pagar por software), tem tempo e disponibiliade para formatar e reinstalar o S.O. e etc e eu respeito isso. O que eu estou colocando como foco é, e vou até escrever em parágrafo separadamente é:

"Usuário comum para mim é a pessoa física que, ao comprar um computador com Linux já instalado, tenha todo o conforto, facilidade e tranquilidade de instalar programas de sua necessidade ou que lhe atenda, modificar o ambiente de trabalho de acordo com sua necessidade e gosto".
Essa deveria ser a premissa básica de um sistema em que alguns desejam que seja utilizados por todos.

Abraços
- - - - -
www.gitlab.com/grinder
www.github.com/ericfernandesferreira
www.youtube.com/candelabrus1[/quote]




43. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Luiz Carlos Querido
lcquerido

(usa Linux Mint)

Enviado em 13/04/2019 - 17:38h

Bem, a diferença aqui é que em nenhum momento fui agressivo, insinuei ou usei de adjetivos contra ninguém aqui. Em contrapartida, logo de cara fui taxado de troll justamente por um moderador e isso apenas mostra o que sempre falo de comunidades Linux. Daí para ser considerado como alguém que tem chiliques e etc e nem espantaria se fosse daí para baixo.

No mais, como pelo jeito aqui não é lugar de trolls e pessoas "reativas" como eu, estou me despedindo do local. Caso não consiga por conta própria exluir minha conta, peço a moderação com minha total autorização que o faça.

Abraço.


44. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

johnf
johnf

(usa Slackware)

Enviado em 13/04/2019 - 18:35h


lcquerido escreveu:

Bem, a diferença aqui é que em nenhum momento fui agressivo, insinuei ou usei de adjetivos contra ninguém aqui. Em contrapartida, logo de cara fui taxado de troll justamente por um moderador e isso apenas mostra o que sempre falo de comunidades Linux. Daí para ser considerado como alguém que tem chiliques e etc e nem espantaria se fosse daí para baixo.

No mais, como pelo jeito aqui não é lugar de trolls e pessoas "reativas" como eu, estou me despedindo do local. Caso não consiga por conta própria exluir minha conta, peço a moderação com minha total autorização que o faça.

Abraço.


Eu ainda acredito que seja troll. Você, no mínimo, criou dois tópicos desnecessários. Esse, por exemplo, inicia o título sendo 'polêmico' e depois discorre falando coisa por coisa. Criticando o Linux imaginando que essa comunidade resolveria o seu problema?!

No outro ataca o VOL devido a um problema (ainda bem que já resolvido) que os administradores já estavam se esforçando para resolver.

Ninguém é obrigado a usar Linux/Unix, e não acredito que a ideia é ser igual ao Windows ou melhor/pior que ele, até porque isso é muito relativo.




45. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Hugo Cerqueira
hrcerq

(usa Outra)

Enviado em 13/04/2019 - 18:46h

Este aqui não é um fórum de psicologia, mas a impressão que tenho de algumas pessoas que passaram por aqui, inclusive do autor deste tópico é a do comportamento passivo-agressivo:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Comportamento_passivo-agressivo

Aquela pessoa que adora se fazer de boazinha e que quer ajudar, mas está sempre reclamando, se opondo, se fazendo de vítima, dizendo o quanto lamenta as injustiças do mundo sem absolutamente nada fazer a respeito. Pessoas amargas que deliberadamente cometem erros fingindo que foi por engano.

Uma pessoa que entra em uma comunidade para falar mal do propósito da comunidade e de seus membros sem oferecer nenhuma proposta concreta e estudada, alegando que teve dificuldades imaginárias como o aplicativo da receita, e quer que os outros pareçam os agressivos.

O VOL é um espaço aberto para quem quer contribuir, não para quem quer encher o saco.

---

Atenciosamente,
Hugo Cerqueira

Devuan - https://devuan.org/


46. Re: Não existe Linux. Existe Debian e suas derivações. Pronto falei. [RESOLVIDO]

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 13/04/2019 - 23:13h


lcquerido escreveu:

Bem, a diferença aqui é que em nenhum momento fui agressivo, insinuei ou usei de adjetivos contra ninguém aqui. Em contrapartida, logo de cara fui taxado de troll justamente por um moderador e isso apenas mostra o que sempre falo de comunidades Linux. Daí para ser considerado como alguém que tem chiliques e etc e nem espantaria se fosse daí para baixo.

No mais, como pelo jeito aqui não é lugar de trolls e pessoas "reativas" como eu, estou me despedindo do local. Caso não consiga por conta própria exluir minha conta, peço a moderação com minha total autorização que o faça.

Abraço.


Passivo-agressivo, criando polêmica sem necessidade e tentando posar de vítima. Definição de troll. Você mesmo pode excluir sua conta. A porta da rua é a serventia da casa.

--
Dino®
IRC: [email protected]
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
Mensagem do dia: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita. 


O Enigma do GNU/Linux
O Enigma do GNU/Linux sempre carregou consigo um mistério. Você deve aprender esse segredo, meu jovem. Você deve aprender sua disciplina. Pois em nada neste mundo você pode confiar. Não nas Debian-like, não nas RPM-based, não nas derivadas do Gentoo. Nisto [aponta para o cachimbo] você pode confiar.







Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts