Configurando interfaces de rede

Olá pessoal, Eu sei que é muito fácil configurar interfaces de rede, mas eu acabei de criar um Shell-Script para fazer isso de uma forma mais interativa. Só tem algumas funcionalidades por enquanto, mas está bem funcional! Por enquanto só tem isso: * Ele cria e configura a interface de rede de forma que você não precisa saber muita coisa (estático e DHCP) * Coloca IP automaticamente (se não colocado - como estático) * Cria arquivos de configurações diferentes * Une arquivos de configurações distintos Esse script funciona bem no Debian Lenny 5.0.5, não testei em outras distribuições. Para quem não sabe: Ao baixar o arquivo, abra o terminal, e digite: $ cd ~ (para ir para a pasta do seu usuário normal) $ cd Downloads (ou outro diretório que o seu navegado salva os downloads) $ sudo chmod 755 interfaces (dê permissões para o arquivo) $ sudo ./interfaces (para executar o script) Mas, cuidado!!! Esse script pode ajudar ou atrapalhar, use com consciência, pois o mesmo pode desconfigurar todas as suas interfaces de rede. Eu acho que ele não funciona com interfaces wireless (pois não testei com a rede sem fio), quem testar e quiser compartilhar pode fica a vontade! =D Desculpe qualquer erro de português do script, é que eu me preocupei com a parte funcional... xD Abraços, até mais.... =D Obs.: Não deixem de comentar.

Por: Willian Oliveira


Converter animes em .mp4 para .avi (e outros) com qualidade perfeita

Isso aí galera, fiz um script para converter meus animes em .mp4 para .avi, mantendo a qualidade perfeita de áudio e vídeo, usando o mencoder para escolher a melhor quantidade de bitrate. Espero que gostem!

Por: Fernando Silvério da Silva


Alterar Data e Hora do Sistema

Simples script para alteração de Data e Hora do Sistema Linux. Exemplo: Informe a hora desejada (01-24): 15 Informe os minutos desejado (00-59): 34 Informe o dia desejado (01-31): 31 Informe o mes desejado (01-12): 05 Informe o ano desejado (2005): 2005 Ter Mai 31 15:34:00 BRT 2005 HugoBCar

Por: Hugo Branquinho de Carvalho


zsh: array shuffle function

Já havia postado aqui no VOL um script com o mesmo propósito, mas resolvi reescrevê-lo e implementá-lo por meio de uma função. Na prática esta função (que só roda no zsh!) recebe como parâmetro um vetor qualquer e embaralha aleatoriamente seus elementos. Ela pode ser considerada uma "quase equivalente" à função shuffle de linguagens como Perl, PHP, etc...

Por: Sandro Marcell


Script para manipulação fácil e rápida de usuários no Linux

Este script serve para que você não precise ficar digitando comandos como adduser/useradd, passwd, smbpasswd -a, deluser, ele mesmo se encarrega de fazer tudo, você só precisa digitar a opção desejada e o nome do usuário, que ele mesmo se encarrega de adicionar, alterar senha e excluir qualquer usuário do seu sistema e do Samba.

Por: Caio César Carvalho Maracaipe


Estatística dos MB's consumidos pela internet

Como eu, atualmente muitos usuários do Linux usam planos internet celular limitado. Quando este é o caso, existe a necessidade de você estar ciente do consumo de seu trafego de dados, porém, até onde sei, as operadoras não fornecem este serviço e eu não conheço outra alternativa. Estou desenvolvendo este script para solucionar este problema e em meu computador já está em ação e estou satisfeito com ele. Com o download você baixará um arquivo compactado. Descompactando-o, você terá um diretório chamado 'estatisticas_ppp', incluindo em seu interior o script 'status_ppp' e o aruivo texto 'LEIA-ME'. Abaixo o arquivo LEIA-ME: ########## --------------------------------- ########## AJUDA PARA O SCRIPT STATUS_PPP ########## --------------------------------- Versão: 00_fevereiro_2010 Autor: Ricardo Sabaliauskas Índice: 1) LICENCIAMENTO E TERMOS PARA USO 2) OBJETIVO DESTE SCRIPT 3) DEPENDÊNCIAS 4) DICA DE CONFIGURAÇÕES EXTERNAS 5) DICA DE CONFIGURAÇÕES INTERNA 6) DICAS DE USO ##### ------------------------------------- ##### 01) LICENCIAMENTO E TERMOS PARA USO ##### ------------------------------------- CABE SOMENTE AO SR., USUÁRIO, A RESPONSABILIDADE POR QUAISQUER PREJUÍZOS DECORRIDOS PELO USO DESTE SCRIPT. Caso não concorde com isto, não use este script Este script esta licenciado conforme a licença GLP. ##### -------------------------- ##### 2) OBJETIVO DESTE SCRIPT ##### -------------------------- Facilitar a conexão da internet através do seu modem celular e permitir o controle do tráfego, somando os MB's recebido e os envidados e exibindo-os em uma mensagem com o seguinte conteúdo: 1) Quantidade de MB's acessado no dia (no dia atual) 2) Média de MB's por dia. (média do mês presente) 3) MB's totais. (mês presente) ##### ------------------ ##### 3) DEPENDÊNCIAS ##### ------------------ Para que este script funcione conforme o planejado é necessário a instalação dos seguintes programas, como dependências para dele: 1) wvdial (com a correta configuração do arquivo "/etc/wvdial.conf" conforme a operadora de internet celular usada (TIM, CLARO, VIVO...). 2) konsole. 3) dialog. ##### ------------------------------------ ##### 4) DICA DE CONFIGURAÇÕES EXTERNAS ##### ------------------------------------- Conforme opção "1)" do título 'DEPENDÊNCIAS', é necessário configurar o arquivo "/etc/wvdial.conf" conforme a operadora que você estiver utilizando. Apenas como exemplo estou citando a minha própria configuração deste arquivo. Meu modem de acesso é o "Modem USB Nokia CS-10" e minha operadora é a "CLARO", então, a minha configuração para este arquivo "/etc/wvdial.conf" ficou assim: [Dialer Defaults] Carrier Check = off Init1 = ATZ Init2 = ATQ0 V1 E1 S0=0 &C1 &D2 +FCLASS=0 Password = claro Ask Password = 0 Check Def Route = 1 Phone = *99***1# Idle Seconds = 0 Modem Type = Analog Modem Stupid Mode = 1 Compuserve = 0 Baud = 460800 Auto DNS = off Dial Command = ATDT Modem = /dev/ttyACM1 ISDN = 0 Username = claro [Dialer claro3g] Stupid Mode = on Password = claro Auto Reconnect = off Username = claro Phone = *99***1# A opção "3)" do título 'DEPENDÊNCIAS' se refere ao programa chamado "dialog". O uso deste programa tem por objetivo fazer com que apareça uma caixa gráfica com as mensagens mostrando informações dos MB's trafegados ao encerrar o script. Embora não fosse a minha intenção inicial, utiliza-lo é útil também como aviso de que a internet caiu e é necessário reexecutar o script novamente. Caso não queira utiliza-lo comente o começo da linha (ou seja, coloque um '#' -sustenido- no começo dela) com os dizeres 'aviso_grafico'. Em alguns sistemas Linux, devidos as suas configurações defaults, como o Debian Linux Lenny por exemplo, esta caixa gráfica não aparecerá mesmo que o 'dialog' esteja devidamente instalado. Isto ocorrerá porque o usuário 'root' destes sistemas não têm permissão para executar programas gráficos. Se você não sabe se o sistema Linux que você está usando agora se enquadra no tipo citado acima, então faça um teste. Abra o terminal, logue-se como usuário 'root' e depois 'chame' um programa gráfico por este terminal. Exemplo: debian@debian:~$ su Senha: debian:/home/debian# kate NOTE: neste exemplo eu 'chamei' o programa chamado 'kate' pelo terminal. Para este teste ser válido é necessário que o programa 'kate' esteja instalado no seu sistema Linux, ou então, 'chame' outro programa gráfico que você saiba estar instalado, como por exemplo o 'firefox'. ou ainda, em alguns sistemas que usam o 'sudo', este teste poderia ser feito assim: debian@debian:~$ sudo su Senha: debian:/home/debian# gedit NOTE: neste exemplo eu 'chamei' o programa chamado 'gedit' pelo terminal. Novamente, para este teste ser válido é necessário que o programa 'gedit' esteja instalado no seu sistema Linux ou então 'chame' outro programa gráfico que você saiba estar instalado, como por exemplo o 'gimp'. Se ao executar este teste a mensagem de retorno for semelhante ao abaixo, então seu sistema não aparecerá a caixa gráfica com as mensagens com o estatísticas de MB's trafegados, tanto recebido como envidados: debian@debian:~$ su Senha: debian:/home/debian# kate Invalid MIT-MAGIC-COOKIE-1 keykate: cannot connect to X server :0 Para corrigir isto, se for o caso, será necessário executar o seguinte comando, como usuário comum, toda vez que você 'entrar' no ambiente gráfico: debian@debian:~$ xhost + access control disabled, clients can connect from any host NOTE: Naturalmente você poderá automatizar esta ação em vez de fazê-la manualmente toda vez que você 'levantar' o ambiente gráfico. Normalmente é uma tarefa simples desde que você use um ambiente gráfico mais completo como o 'KDE', 'GNOME', ou semelhantes. ##### ---------------------------------- ##### 5) DICA DE CONFIGURAÇÕES INTERNA ##### ---------------------------------- A principal configuração interna a ser feita no script 'status_ppp' para que ele possa funcionar devidamente é o acerto da variável 'localizacao'. Ela é feita na seguinte linha, que localiza-se nas primeiras linhas do script (a primeira linha não comentada, ou seja, que não começa com o "#" - sustenido). localizacao="`pwd`/estatisticas_ppp" Esta localização presume que você ira manter o script 'status_ppp' dentro de diretório 'estatisticas_ppp'. Este diretório, por sua vez, esta localizado dentro da seu diretório de usuário que por sua vez esta localizado dentro da diretório '/home'. Caso você mude esta localização você deverá descrever o caminho correto nesta linha, descrevendo dentro de "" (aspas), como nos exemplos abaixo: localizacao="/var/log/estatisticas_ppp" localizacao="/home/debian/.SCRIPT/estatisticas_ppp" localizacao="/home/estatisticas_ppp" localizacao="/home/Meus Scripts/estatisticas_ppp" NOTE: Esse script poderá localizar-se em um lugar estratégico para que vários sistemas Linux que por ventura você possa ter instalado o execute e você possa acessar a internet por todos eles e ainda assim ter um controle unificado do tráfego de MB's usados. Exemplificando, você poderá localiza-lo em partição que vamos chamar de 'sda1', uma partição de grande tamanho. Neste caso você poderia instalar vários sistemas Linux colocando o '/' em alguma outra partição e o '/home' deles nesta partição que chamamos de 'sda1' (neste caso é altamente recomendado usar um nome de usuário diferente em cada sistema instalado). Depois disso é só configurar cada sistema para executar o script 'status_ppp', de modo que, você pode alternar entre os sistemas Linux instalado, usando a internet neles, e ainda assim ter um controle unificado do tráfego de MB's usados, tendo a soma total de todos estes sistemas juntos (porém, deve-se acertar devidamente a data e hora de todos os sistemas). ##### -------------- ##### 6) DICAS DE USO ##### -------------- 1) Este script deve ser executado pelo usuário 'root', ou seja, o administrador do sistema. debian@debian:~$ su Senha: debian:/home/debian# sh estatisticas_ppp/status_ppp 2) Este script deve ficar em execução durante todo o período que você tiver usando a internet. Quando você quiser para-lo você deve executar simultaneamente as teclas "CONTROL + C" (com a janela do terminal em que ele estiver sendo executado em primeiro plano). Fazendo assim ele executará as somas necessárias para o correto controle do tráfego de MB's usados e apresentará o resultado à você. Não deve-se fechar a janela em que ele esta sendo executado diretamente (clicando o 'X' da janela) porque isso poderá causar problemas nas etapas subsequentes que ele executa, ou seja, as somas de MB's usados, o que nos interessa. 3) Em caso de queda de energia, sem que haja um nobreak funcionando, travamento do sistema, a somas de MB's usados será perdida causando imprecisões. 4) Ao executar simultaneamente as teclas "CONTROL + C" é normal o script demorar um pouco para retornar a janela gráfica com as mensagens de trafego de MB's usado. 5) Para uma melhor comodidade você poderá fazer um 'laçador', ou link para aplicativo, na sua área de Desktop para executar este script. Lembre-se apenas deve-se executá-lo como root. ESFORCE-SE.

Por: Ricardo Sabaliauskas






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts