usbboot.img - A mídia de instalação mínima do Slackware

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 30/09/2013

[ Hits: 3.975 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


usbboot.img - A mídia de instalação mínima do Slackware



Programadores, Analistas de Sistema, Professores e toda sorte de pessoas que se encontram aqui pelo VOL, aqui começa mais uma dica do Dino, trazendo informações da época em que rms ainda tomava banho.

No cardápio de hoje, temos um pequeno macete que pouca gente sabe que existe sobre a instalação do Slackware.

Muita gente reclama que algumas distros disponibilizam imagens ISO bem pequenas, da ordem dos 200~800MB, enquanto os Slackers estão presos a uma mídia "trambolhuda" de 4,7GB.

Mais ainda: essa galera reclama que os meios tradicionais para gravar um Pendrive de instalação (Unetbootin, dd if=imagem.iso of=/dev/pendrive, cat imagem.iso > /dev/pendrive && sync) não funcionam com o Slack.

Só tenho uma coisa a dizer para essas pessoas: homens sem Fé, amaldiçoados a viver entre os Pinks para sempre...

Desde os tempos de Bicho-Grilo de Steve Jobs, o "Cara" (mais conhecido como Patrick Volkerding), disponibiliza uma imagem de instalação mínima para o Slackware.

Essa imagem mínima contém apenas o necessário para inicializar o computador e rodar o instalador - isso mesmo, ela não tem os pacotes a serem instalados, que deverão ser providenciados por outras fontes, como uma instalação pela Internet ou mesmo a imagem. ISO "trambolhuda" de 4,7GB montada em loop.

Essa imagem mínima tem apenas 50MB - isso mesmo, menor do que o SliTaz.

Você quer aprender a usá-la para instalar a Distro do Cara? Então, mãos à obra:

1. Localizando a imagem mínima:

Se você tem o DVD de instalação do Slackware (ou a imagem .iso, tanto faz), monte-o e navegue até o diretório "usb-and-pxe-installers".

Eu não vou ensinar como se monta um DVD ou uma imagem .iso em loop, já que isso é o feijão-com-arroz do Slacker. Nesse diretório, você vai encontrar o arquivo usbboot.img, que é o tal arquivo sobre o qual estamos falando.

Caso você não queira baixar o raio da imagem .iso toda (afinal de contas, são 4,7GB!), você pode baixar apenas o tal arquivo usbboot.img.

Navegue até o mirror de sua preferência (o meu favorito é esse), entre no diretório da versão que lhe interessa instalar (inclusive o Current, caso seja do seu interesse), entre no diretório usb-and-pxe-installers e baixe o arquivo usbboot.img.

2. Gravando a imagem mínima em um Pendrive:

De posse do arquivo usbboot.img, é trivial. O Unetbootin não vai reconhecer a imagem, mas os comandos:

# dd if=usbboot.img of=/dev/pendrive
Ou:
# cat usbboot.img > /dev/pendrive && sync

Gravam a imagem no pendrive. É claro, use um Pendrive vazio para fazer essa bagaça ou esvazie um com o comando:

# dd if=/dev/zero of=/dev/pendrive

Vá fazer pipoca, bater um bolo ou alguma coisa que demore. Pois dependendo do Pendrive, isso pode levar algumas horas.

Mas como fazer caso você esteja no Windows, visto que o Unetbootin não reconhece o usbboot.img?

Simples, o próprio tio Pat disponibiliza um programa para o Windows, capaz de gravar a imagem mínima em uma unidade de disco.

Dentro do diretório "usb-and-pxe-installers" há um outro diretório chamado "etherboot". Nesse diretório, baixe o arquivo RAWRITE13.EXE para a mesma pasta na qual você baixou o usbboot.img.

Abra o prompt de comando do Windows e rode os comandos:

  cd \caminho\para\usbboot.img\e\RAWRITE13.EXE
  RAWRITE13.EXE usbboot.img X:


Onde: X → é a letra de unidade que o Windows atribuiu ao seu Pendrive.

3. Observações finais:

Com isso, você acabou de gravar a imagem mínima de instalação do Slackware.

Essa imagem não contém pacote nenhum, sendo necessária a imagem .iso ou uma conexão ativa com a Internet para obter os pacotes a se instalar no sistema.

Conclusão

E com isso, este jovem adepto dos ensinamentos do grande e único J. R. "Bob" Dobbs, o maior vendedor de todos os tempos, se despede de todos vocês, porque a bagaça é nossa, muito nossa!

Outras dicas deste autor

Pacotes RPM - Instalação em sua distribuição sem usar o Alien

Ligando para números 4001, 4004, 0800 e 0300 a partir do Skype

Boot no openSUSE Tumbleweed demorando demais: erro "A start job is running for Wait for chrony to synchronize system clock" [Resolvido]

Guia pós-instalação do Fedora 21 Xfce Spin

Corrigindo instabilidade de conexão das placas de rede wireless Realtek RTL8188xx/8192xx/8723xx/8821xx

Leitura recomendada

Instalando Linux Mint 17 Qiana

Previsão do tempo no modo texto

Uma introdução aos sistemas de inicialização: BSD x System V

Gerenciando o GRUB com o GRUB Customizer

Como fazer aparecer a logomarca da sua empresa no lugar das propagandas do MSN

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mrxrobot em 20/01/2014 - 01:01h

Muito bom !



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts