Você conhece o OpenVPN?

Publicado por Stefano Fontes em 19/09/2008

[ Hits: 7.318 ]

 


Você conhece o OpenVPN?



Está precisando configurar uma VPN? Tente o OpenVPN.

O site é muito completo e elucidativo, oferecendo excelente documentação de como configurar uma VPN de várias formas, algumas bastante simples e rápidas.

Achei o "tarball" bastante fácil e rápido de compilar (bem mais que o FreeS/WAN, pois entre outras coisas não precisa recompilar o kernel - a menos que o mesmo não tenha suporte a TUN/TAP); assim como também os procedimentos para gerar os certificados mestre, do servidor e do cliente, e configuração dos mesmos, são bastante claros, simples e rápidos.

Se seguir as instruções atentamente, você com certeza será capaz de colocar uma VPN no ar em questão de minutos.

Além de tudo, são possíveis as seguintes configurações da VPN: Cliente-Servidor (suporta múltiplos clientes) e Máquina-a-máquina. As opções de configuração são bastante flexíveis e abrangentes, e muito provavelmente uma atenderá à sua necessidade.

Entre outras coisas, é possível configurar a rede com IP dinâmico, passar diversas opções de configuração para os clientes a partir do servidor, tornar sub-redes privadas acessíveis atrás dos clientes, permitir que os clientes se conectem entre si etc.; também é possível configurar a rede nos modos roteador e "bridge", ou seja, tanto interligando duas sub-redes privadas distintas e separadas através de roteamento, quanto interligando dois segmentos separados de uma mesma sub-rede através de "bridge".

O que achei mais interessante é que, ao contrário do FreeS/WAN e do vpnd, onde eram necessários arquivos de configuração "invertidos" nas duas pontas, contendo as configurações da rede, no OpenVPN a interface de rede do cliente é totalmente configurada pelo servidor, sendo somente necessário ao cliente "encontrar" o servidor na rede pública. Outro aspecto interessante é que o servidor não precisa ser necessariamente o gateway da rede privada, podendo ser alcançado através de redirecionamento de portas (NAT); ou seja, o servidor pode estar inclusive atrás de um firewall.

O aspecto da segurança também parece ser bastante robusto, pois é baseado em SSL e em PKI (public key infrastructure), que é um conjunto de chaves e certificados (gerados apenas pelo servidor) utilizados em um mecanismo de autenticação bi-direcional de certificados, ou seja, a conexão somente é estabelecida quando o servidor autentica o certificado do cliente e vice-versa. Uma vez gerados as chaves e certificados no servidor, somente alguns deles devem ser copiados para os clientes, inclusive os deles próprios, ou seja, não é necessários que os clientes gerem seus próprios certificados e chaves.

Em relação ao funcionamento do software, parece ser bem mais "leve" que o FreeS/WAN; tanto o servidor quanto o cliente "sobem" e estabelecem a conexão bem rápido (dependendo também é claro das condições da rede); a conexão mostrou-se sólida e rápida nas condições testadas, permitido acesso normal a diversos serviços tais como telnet, ssh, nfs etc. Além disso não foram observadas sobrecargas de memória e processamento nem no cliente e nem no servidor.

Vale a pena conferir.

As opções de download estão em:
Outras dicas deste autor

Problema com ALSA no Debian 5 [Resolvido]

Boot pelo disquete / root no pendrive

Como gerar uma imagem ISO incluindo os "diretórios-pai" originais na raiz

Leitura recomendada

Ferramenta de tradução rápida em seu Firefox

Jogos gratuitos e legais!

Vídeo-chamadas no Linux pelo Facebook, Skype e Firefox Hello

MAC + IP direto no SQUID

Modem 3G da Brasil Telecom no OpenSuSE 11.1

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts