Segurança nas atualizações com mintUpdate (Linux Mint 7)

Publicado por meinhardt, jorge g em 28/08/2009

[ Hits: 5.504 ]

 


Segurança nas atualizações com mintUpdate (Linux Mint 7)



Tenho testado o Linux Mint 7 que vem me surpreendendo com algumas inovações interessantes. Dentre estas, sem dúvida, o aplicativo de atualizações da distro precisa ser destacado, pois até o momento foi o único atualizador que de antemão sinaliza ao usuário o nível de risco envolvido em cada uma das atualizações disponíveis.

O mintUpdate apresenta cada uma das atualizações com classificação por números e códigos de cores, que vão do verde (as atualizações sem ou quase sem risco), amarelo (alguma possibilidade de risco) e vermelho (nitidamente arriscadas).

Aqui vai o screenshot do mintUpdate no Menu K:
Linux: Segurança nas atualizações com mintUpdate
Isto facilita em muito o processo de decisão, principalmente para aqueles que preferem optar por manter a distro sem riscos, ou para os que preferem enfrentá-los porém manter a distro com o maior nível de atualização possível.

Abaixo segue o screenshot do aplicativo de atualização (mintUpdate).
Linux: Segurança nas atualizações com mintUpdate
Apesar das críticas que tenho visto com relação ao Linux Mint 7, por ser uma distro pesada, como outras derivadas do Ubuntu, apesar de usar o KDE 4, tem apresentado uma bela performance, além da excelente apresentação.

Outras dicas deste autor

Resolvendo incompatibilidades entre Grub Legacy e Grub2 - para quem usa boot múltiplo

Estabilidade e continuidade em conexões 3G usando o "ping"

Canivete suíço: sidux Ouranos (2009-01) em pendrive

Configuração do GRUB no PCLinuxOS 2009-2 - muito interessante e prática

sidux foi a única distro das que tenho instaladas que me tirou do aperto

Leitura recomendada

Criando thumbnail com o Gimp [vídeo]

Puxando a sardinha para o Xubuntu

Convertendo imagem JPG em ASCII art

Como criar uma ProgressBar no Lazarus

Y PPA Manager no Ubuntu 14.04

  

Comentários
[1] Comentário enviado por pinduvoz em 28/08/2009 - 22:45h

Ser ou não ser "pesada" tem muito a ver com o hardware onde a distro roda.

É óbvio que se vc instalar o Mint (excelente distro) num C2D com 2 GB de RAM, ele terá bom desempenho. Já num P4 com 512 MB de RAM, ele vai ser lerdo, sobretudo se comparado com o Debian ou o Slack.

Então, quem tem máquina parruda, pode usar qualquer distro. Quem não tem, precisa ser cuidadoso na escolha.


[2] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 29/08/2009 - 09:21h

Para não fazer uma frase muito mais longa, esclarecendo critérios de avaliação e comparação, coloquei este paragrafo onde menciono haver visto criticas ao Mint quanto a ser considerada uma distro pesada. Estas críticas são extensivas às distros Ubuntu em geral e às suas derivadas e isto me parece ser uma opinião bastante generalizada. Faço apenas uma constatação de que na mesma máquina e portanto sob as mesmas condições, onde já rodam ou rodaram várias outras distros, não foi constatada performance mais baixa no Linux Mint 7, mesmo neste NoBo que já está com 2 anos de uso e portanto com um nível razoável de defasagem em relação as máquinas mais atuais.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts