Instalando o Firefox 3.6 no Ubuntu

Publicado por flavio ferreira hespanhol em 27/01/2010

[ Hits: 26.390 ]

 


Instalando o Firefox 3.6 no Ubuntu



O Firefox 3.6 e até o 3.7 já estão disponíveis para download em GNU/Linux e para instalá-lo é só abrir o terminal e digitar ou copiar os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-mozilla-daily/ppa

Este comando adiciona o repositório PPA das versões diárias do Firefox para Ubuntu, autenticando-o.

Depois digite:

sudo apt-get update

Com isto você atualiza o software disponível (no caso de Firefox 3.5 para 3.6).

Depois digite:

sudo apt-get install firefox-3.6

Com isto você atualiza a versão do Firefox 3.5 para a 3.6
Com isto você já tem o Firefox 3.6 pronto e funcionando em seu computador, mas com a mesma interface do Firefox 3.5. Você só vai perceber mudanças na velocidade, que fica mais alta. Porém se você quiser usufruir dos novos recursos dele (como o personas que permite alterar seus temas rapidamente por exemplo), precisará desinstalar a versão antiga 3.5 e instalar a nova 3.6.

Para isto abra o Gerenciador de pacotes Synaptic e na área de busca digite "firefox". O Synaptic mostrará todas as versões disponíveis para instalação do programa. Que vai da atual 3.5 até a experimental 3.7. Como você quer a 3.6 clique em firefox-3.6-branding e mande aplicar.

O Synaptic excluirá o pacote Firefox 3.5 totalmente do seu computador e instalará a versão 3.6, que no GNU/Linux chama-se Namoroka (porquê eu não sei). O ícone também muda, agora ele é um globo azul e talvez não apareça no painel. Para colocá-lo de volta lá é só clicar com o botão direito sobre o símbolo que irá aparecer no lugar do ícone e clicar no botão alterar ícone. Na lista é só escolher o globo ou se preferir uma imagem de sua preferência.

Para alterar a aparência do Firefox é só abrir a aba ferramentas (Tools) e em add-ons (Complementos) digitar personas. O Firefox instalará um complemento que lhe direciona para uma galeria de temas com uma gama praticamente infinita de possibilidades de personalização para o Firefox. Entre elas temos uma que permite integração total com o Gmail facilitando a vida de quem usa o serviço.

Outras dicas deste autor

É possível substituir o Photoshop pelo Gimp?

Cloud Computing - Querem transformar o computador em uma TV... e a cabo!

Ubindows Seven ou Winbuntu 9.10

Synfig - alternativa gratuita ao Flash

Blog: Informática ao alcance de todos

Leitura recomendada

Canal do YouTube sobre GNU/Linux

Lixeira do Samba no RH9 & FC3

Como Adicionar a Search Engine do VOL na Search Bar do Firefox

Limitação de banda de download com wget

Sony Ericsson MD300 e Ubuntu 9.04 / 10.04

  

Comentários
[1] Comentário enviado por izaias em 30/01/2010 - 02:00h

Beleza Flavio!!!
Mas como se faz para traduzi-lo ou removê-lo?
Ou retornando com o Firefox 3.5 já instalado?
VALEU!!!
Quem sabe, SABE!!!

[2] Comentário enviado por fhespanhol em 30/01/2010 - 07:34h

Por enquanto a versão 3.6 do Firefox para Ubuntu não está disponível em português. Porém seus favoritos e complementos vão aparecer em português na tela.

Para desinstala-lo basta entrar no Gerenciador de pacotes Synaptics digitar Firefox na a´rea de busca, marca-lo e depois clicar em remover. Note que você terá 3 opções do Firefox a 3.5, 3.6 e a 3.7 remova sõmente a que você quer e o navegaor volta ao normal.

Se quiser experimentar outros browsers tente o Google Chrome ele já está disponível em versão .deb e pode ser baixado em http://ubuntued.info/2009/03/google-chrome-nativo-disponivel-para-ubuntu.html

O Google Chrome já vem em português, conta com os mesmos complementos do Firefox e é mais rápido. Porém isto é questão de gosto, pois apesar de o Google Chrome ser mais rápido eu gosto mais do Firefox, mas experimente não custa nada eu tenho os dois navegadores instalados no meu Ubuntu.

[3] Comentário enviado por fhespanhol em 30/01/2010 - 10:50h

Observação: Marque para remoção somente o navegador, no caso o Firefox 3.6 e não remoção completa. Assim você volta a configuração anterior ou seja Firefox 3.5 mas com as mesmas funcionalidades do 3.6.

[4] Comentário enviado por izaias em 30/01/2010 - 11:10h

Obrigado Flavio!!!
A propósito, já utilizo o Chrome a algum tempo. Minha banda é de 600 Kb/s. No Vista, mesmo com o Chrome para Windows a velocidade
não é la essas coisas. Agora com o Chrome para Linux, é instantâneo.
Me dê mais um conselho Flavio: como retiro esse repositório PPA das atualizações para o Firefox?
É possível fazer isso de forma segura?
Obrigado.

[5] Comentário enviado por fhespanhol em 30/01/2010 - 13:37h

Não precisa retirar os repositórios PPA do Synaptics. Eles continuarão lá por fazerem parte do repositório de programas e atualizações do próprio Ubuntu. Desde que você marcado para remoção ele vai continuar aparecendo na lista, porém não estará instalado em seu sistema. Dizem que a versão 10.4 do Ubuntu vem com um repositório de programas melhorado e mais fácil de usar vamos esperar para ver. Um abraço.

[6] Comentário enviado por izaias em 30/01/2010 - 15:35h

Também aguardo o 10.4
Meu sincero agradecimento.
Até mais!!!

[7] Comentário enviado por oliviofarias em 31/01/2010 - 17:17h

Parabéns pela dica.
Show de bola.
Aqui vai um link explicando o codinome do firefox.
http://blog.mozilla.com/blog/2009/12/16/namoroka-its-not-just-the-code-name-for-firefox-3-6/

[8] Comentário enviado por rxfreitas em 31/01/2010 - 21:20h

Para Traduzir o Firefox 3.6 você pode instalar este complemento:

http://releases.mozilla.org/pub/mozilla.org/firefox/releases/3.6/linux-i686/xpi/pt-BR.xpi


Espero ter ajudado.

[9] Comentário enviado por fhespanhol em 31/01/2010 - 21:36h

É por isso que eu gosto do VOL. Aqui todos colaboram para o melhor aproveitamento dos programas instalados em Linux. A dica do rxfreitas completa a instalação do Firefox 3.6. Não havia encontrado o complemento para fazer a tradução para português. Obrigado gente.

[10] Comentário enviado por fhespanhol em 31/01/2010 - 21:58h

E Oliviofarias seu comentário sobre a razão do nome Namoroka foi vital para a dica, obrigado também.

[11] Comentário enviado por izaias em 02/02/2010 - 14:10h

É isso mesmo Flávio. A COMUNIDADE VOL é excelente!!!
Agradeço Olivio e a você também freitas.
Nada de egoísmo e excentricidade.Essa é a característica dessa comunidade.
Valeu gente!!!

[12] Comentário enviado por annakamilla em 05/02/2010 - 20:09h

namoroka é o nome firefox alpha.

depois ele vira firefox.


[13] Comentário enviado por izaias em 06/02/2010 - 00:57h

Mudando de assunto. Com relação ao Conky, alguém sabe como por ícones antes dos indicadores ou onde se quiser?
No site gnome-look há conkys bem elaborados e muitos com ícones ou símbolos no início das indicações.
Estou aprendendo na marra e vontade a lidar com o Linux. Confesso que estou amando esse sistema tão complexo e ao mesmo tempo fascinante.
Muita coisa preciso de ajuda ainda. Se alguém souber e puder me ajudar eu agradeço.
Valeu, Comunidade VOL!!!

[14] Comentário enviado por fhespanhol em 06/02/2010 - 06:56h

Aí IzaiasCF eu não uso o conky, porquê não gosto de Gadgets na área de trabalho. Gosto dela limpa. Quando preciso de informações sobre o sistema recorro ao monitor do sistema. Mas veja se estes links te ajudam. Gostei da forma que o Conky ficou após as modificações mostradas nestes tópicos. Veja os Screenshots. Ficou funcional, bonito e leve. Os link são: http://ubuntuforum-br.org/index.php?topic=44891.15. http://ubuntued.info/2009/05/conky-o-gestor-de-sistema-para-a-area-de-trabalho.html Espero ter ajudado.

[15] Comentário enviado por izaias em 06/02/2010 - 13:20h

Valeu, Flávio!!!
Excelente dica. Era exatamente isso o que eu buscava.
Mesmo com muitos sites em inglês, é possível extrair o essencial.
Tenho aqui um bom hardware e sendo o Conky um monitor de sistema eficiente, acredito que incrementando um pouco a criança não vai exigir
muito dele. Valeu Flávio!!! Valeu Comunidade VOL!!!

[16] Comentário enviado por izaias em 08/02/2010 - 00:55h

Como vai, Flávio?!
Gostaria de uma opinião sua. Veja só: ouvi dizer que novas versões, principalmente para ubuntu, a qual citamos acima, descaracteriza as configurações do usuário quando este opta por baixá-las. Pela sua experiência em Linux, o que você acha?
Se isso for verdade, a Canonical não deveria oferecer atualizações para as versões do tipo: Service pack, como já faz nosso "querido" Bill Gates?
Tenho muito a prender e não sei se estou falando besteira, se for o caso me desculpe. Já li artigos sobre o assunto e descobri que outras
pessoas pensam da mesma maneira, mas são pessoas iniciantes como eu.
Preciso de opinião de Linuxers de verdade. Qual a sua opinião, meu caro?


[17] Comentário enviado por fhespanhol em 08/02/2010 - 12:46h

Caro Izaias isso só acontece quando você opta por mudar a versão do sistema instalado durante a atualização. Por exemplo você tem Ubuntu 9.04 e ao receber um aviso de atualização disponível aparece a opção "versão 9.10 disponível". Neste caso realmente você pode vir a ter problemas de configuração. Já que ao atualizar a versão do sistema operacional podem ocorrer conflitos entre os programas e driveres instalados na versão antiga e a nova versão do S.O. Ao atualizar de uma versão mais antiga para uma mais nova o Ubuntu gera duas imagens de inicialização. Uma com o Kernel antigo, mas com as funcionalidades da nova versão e outa com um kernel e funcionalidades novos, porém apoveitando suas configurações antigas. E é aí que podem ocorrer problemas, pois se o seu computador não tiver as configuações adequadas para rodar as atualizações propostas, ou algum codec ou pacote não for compatível com o sistema podem ocorrer travamentos e até mesmo o Ubuntu deixar de funcionar.

Porém em atualizações comuns isto não acontece. Um exemplo disto que estou falando é que no Sábado passado meu Ubuntu que é 9.10 atualizou a vesão do Kernel e mais algumas outras coisas. Para minha surpesa o P.C ficou mais rápido. A inicialização que era um pouco demorada devido ao fato de eu usar efeitos de animação pesados em meu Desktop agora ficou cece de 20 Segundos mais rápida. Isso é muito bom.

Não pense você que os Service Packs da Microsoft bem como as atualizações dos programas para Windows não tem estes problemas. Pelo contrário. Tente atualizar o MSN para a versão Plus no Windows XP de um P.C mais antigo, ou instalar o Direct X 10 ou o Service Pack 3. Você vai ter a maior dor de abeça. Simplesmente o sistema trava e fica reinicializando depois de fazermos isto. É preciso entrar no modo de segurança para desfazer as atualizações.

Quanto a novas versões do Ubuntu, sugiro testar através do live cd antes de instalar no P.C. E manter sempre um Backup atualizado de seus arquivos para evitar problemas. Eu tenho um HD externo de 250GB conectado permanentemente a entrada USB do meu P.C que uso para guardar meus dados impotantes em caso de alguma pane no sistema, não se esqueça de que você está lidando com uma máquina e máquinas podem falhar ou dar defeito então esteja sempre preparado. Ao sair uma nova versão do S.O teste antes e instale somente após testa-la de duas formas: (1) Em uma partição nova sem mexer na instalação antiga; (2) Substituindo a instalação antiga pela nova. Porém em caso de atualizações fique tranquilo pode fazer a vontade.

[18] Comentário enviado por izaias em 08/02/2010 - 21:17h

Concordo plenamente com seu terceiro parágrafo e estou tranquilo também quanto às atualizações. Realmente, como imaginava, há mesmo um
perigo com relação a novas versões. Longe de mim querer comparar ou sugerir procedimentos à Canonical, claro. Sou um explorador doméstico
desse ( a mim novo) sistema e por mais que não queira admitir, vim originalmente de um mundo Windows e deparei-me com o Ubuntu. Meu Ubuntu
é 9.10 e também atualizei o Kernel recentemente e o que era bom ficou melhor. Minha nossa, não há comparações! Nosso Ubuntu é infinitamente
superior a meu ver. Li que existem até distros melhores (também não sei se procede), mas estou feliz com meu Ubuntu e morrerei com ele.
Procedimentos de segurança de dados todos deveremos tomar indiferentemente ao sistema ou distro.

Concluindo: o que acontece a cada semestre, é praticamente o lançamento de um novo S.O., não é mesmo? E parece que a Canonical revolucionará
o upgrade para o 10.4 sem perda de conf. e dados. Vamos aguardar.

Saiba que ainda uso o Vista só por causa das configurações do 3G da Claro. O Ubuntu não reconhece a interface gráfica do software de configuração
do modem, de resto, não sei mais o que é Windows.
Seu 4º parágrafo supriu tudo o que eu precisava saber quando chegar o Lucid Linx. Seguirei seus conselhos meu caro "YODA".

Olha, estou aguardando mais uma série de dicas e artigos seus.
Quando teremos novidades?

Obrigado por mais essa Flávio.
Até mais!!!






[19] Comentário enviado por fhespanhol em 09/02/2010 - 12:45h

No meu blog tem muitas novidades não só do mundo Linux mais do mundo da tecnologia em geral. Se quiser é só ir lá. O link é: http://informticaaoalcancedetodos.blogspot.com lá você fica informado dos principais lançamentos sobre tecnologia e se quiser pode contribuir com comentários, dicas e artigos. Alem de uma área exclusiva para esclarecimento de dúvidas sobre tecnologia.

Quanto as outras versões do Linux com certeza temos muito boas opções mas vá por mim adote uma Distrô e se especialize nela. è a chave para ter seu P.C rodando Linux sem problemas.

No site da Canonical estão infomando que as próximas versões do Ubuntu terão suporte por tempo prolongado de 2 a 3 anos com isso creio terem resolvido a questão dos upgrades criticos que ocorriam a cada 6 meses.

No mais explore sites e blogs de Ubuntueiros como nós. Lá você encontra muita coisa útil.

[20] Comentário enviado por izaias em 09/02/2010 - 20:16h

Valeu!!!

[21] Comentário enviado por marcos francisco em 22/02/2010 - 21:53h

Estou usando a versão 8.04 do Ubuntu e não deu certo. Quando eu digito o primeiro comando (sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-mozilla-daily/ppa) aparece a mensagem command not found. O Que devo fazer?

[22] Comentário enviado por fhespanhol em 23/02/2010 - 08:42h

Esta dica é válida para Ubuntu a partir da versão 9.04. Para as versões anteriores você deve ou atualiza-las ou usar um navegador compatível com seu Kernel. No caso o Opera cujo repositório encontra-se disponível para Ubuntu 8.04 aquí mesmo no VOL http://www.vivaolinux.com.br/topico/Iniciantes-no-Linux/instalar-navegador-Opera-no-Ubuntu-8.04 este tutorial ensina como instala-lo.

[23] Comentário enviado por izaias em 25/02/2010 - 13:25h

Muitas pessoas mantêm em seus computadores sistemas operacionais e até mesmo navegadores antigos. A razão para isso, cabe a cada um decidir claro, mas pergunto: qual a vantagem nessa atitude ou mesmo se é seguro, visto que S.O. e navegadores atualizados são melhores, mais rápidos e com certeza mais seguros. Utilizo Ubuntu 9.10 e nunca tive problemas quanto a segurança e muito menos referentes a atualizações. Não conheço o 8.04 e gostaria de avaliá-lo se tiver a oportunidade. Olha Marcos, se você puder atualizar sua versão, acredite, não vai se arrepender.
Sou estreante em Linux e fui feliz na escolha da distro. Até mais, meu caro!!!

[24] Comentário enviado por Felipeigor em 26/03/2010 - 08:39h

valeu pessoal , por isso gosto da comunidade todo mundo se ajuda . VIVA O LINUXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts