GNU é o ca*****!

Publicado por Xerxes Lins em 11/04/2016

[ Hits: 3.577 ]

Blog: https://voidlinux.org/

 


GNU é o ca*****!



O Área31 lançou extensão para alterar o "GNU" no navegador Google Chrome.

Veja imagens de antes e depois:
Em anúncio no Facebook o usuário coffnix disse:

"Se você está cansado de ler artigos GNU/CHATOS exigindo que todo sistema Linux seja chamado de GNU/Linux em tudo quanto é canto da internet, instale este plugin em seu navegador e seja feliz. E antes que comece o mimimi esquerdista do "software livre", GNU é o c******!!! Dá " man init" pra ver se tem gnu!".

Para instalar a extensão execute:

git clone https://github.com/area31/gnuehocaralho

Abra seu navegador e navegue para chrome://extensions/, habilite Developer mode, selecione Load unpacked extension... Selecione o diretório da extensão e pronto. Recarregue a página para ver a modificação.

A extensão reacende o debate sobre usar ou não usar o termo GNU junto com o Linux.

Curiosidade:
Outras dicas deste autor

Samba bugado no Zenwalk?

Blog oficial do Linus Torvalds

Navegador Palemoon no Slackware

Filmes do PC para TV via Wi-Fi

Acessar Banco do Brasil no Fedora (Instalação e configuração do Java Plugin)

Leitura recomendada

Você já ouviu falar sobre o Final Term?

Instalar cliente de terminal usando Debian

Ícones duplicados no GNOME Shell (Mint 12)

Usando o Spotify como despertador no openSUSE Tumbleweed XFCE via spotify-rise

Branch do git no bash

  

Comentários
[1] Comentário enviado por slack-fearn em 11/04/2016 - 11:42h

Só digo uma coisa: 'LINUX SEM GNU É GOLPE!'

hahahahahaa

[2] Comentário enviado por albfneto em 11/04/2016 - 15:42h

legal!
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].

[3] Comentário enviado por danniel-lara em 11/04/2016 - 16:59h

o Stallman vai ficar sabendo disso
hahahahahahaha

[4] Comentário enviado por pedrox86 em 11/04/2016 - 17:42h

GNU EH O CARAL***!!!!
AHUSHAHUSHA

[5] Comentário enviado por clodoaldops em 11/04/2016 - 19:13h

GNU ? Quem é esse cara? Aqui em casa só uso Linux

[6] Comentário enviado por GustavoValerio em 11/04/2016 - 23:09h

Eu chamo só de Linux.
Quem quiser gastar mais saliva que chame de gnu.
Essa briguinha de ter que usar GNU para mostrar respeito e reconhecimento, é a mesma coisa que chamarmos um filho pelo nome completo para honrar os sobrenomes do pai e da mãe.
Já imaginou?
Ter de chamar seu filho por nome e sobrenome?

Ai, mencione o nome da mãe, se não vai parecer que você gerou o filho sozinho...

Eu hein..

Eu uso Linux e ponto final!
GNU é o car****!

[7] Comentário enviado por clodoaldops em 12/04/2016 - 10:23h

Quando minha mãe me chamava pelo nome e sobrenome era pq a coisa iria ficar feia p/ meu lado: a cinta iria cantar no traseiro... kkkkkkk

[8] Comentário enviado por GustavoValerio em 12/04/2016 - 15:00h


[7] Comentário enviado por clodoaldops em 12/04/2016 - 10:23h

Quando minha mãe me chamava pelo nome e sobrenome era pq a coisa iria ficar feia p/ meu lado: a cinta iria cantar no traseiro... kkkkkkk


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

[9] Comentário enviado por EnzoFerber em 13/04/2016 - 11:02h

Mesmo *se* for uma brincadeira, isto deveria estar em algum fórum, não como "dica".
Dito isto, que *péssima* "dica".

Enzo Ferber

[10] Comentário enviado por coffnix em 15/04/2016 - 14:44h


[9] Comentário enviado por EnzoFerber em 13/04/2016 - 11:02h

Mesmo *se* for uma brincadeira, isto deveria estar em algum fórum, não como "dica".
Dito isto, que *péssima* "dica".

Enzo Ferber


mimimimimimimimi HAUHAUAHUAHUAHUAHUAH

[11] Comentário enviado por coffnix em 15/04/2016 - 14:44h

Muito obrigado pela divulgação Xerxes :D

[12] Comentário enviado por xerxeslins em 15/04/2016 - 15:19h


[11] Comentário enviado por coffnix em 15/04/2016 - 14:44h

Muito obrigado pela divulgação Xerxes :D


De nada! Tem outra dica na fila de espera sobre o Live-CD com Funtoo.

[13] Comentário enviado por EnzoFerber em 15/04/2016 - 15:34h


[10] Comentário enviado por coffnix em 15/04/2016 - 14:44h
mimimimimimimimi HAUHAUAHUAHUAHUAHUAH


Penso não ser obrigatório gostar de ninguém ou de alguma coisa, mas o respeito é fundamental.

Pessoas como Stallman e Torvalds deram muito ao mundo.
E o que pedem em troca é reconhecimento e respeito.
Acham que esse é um preço alto?

*

@coffnix, parabéns por sua distinta capacidade argumentativa.
Realmente impressionante.

*

Enzo Ferber

[14] Comentário enviado por xerxeslins em 15/04/2016 - 21:38h

De acordo com o próprio Linus usar "GNU" é ridículo.

Aparentemente Stallman quer "ditar" como as pessoas devem se referir a uma distribuição Linux.

Enquanto isso Linus entende que as pessoas são livres para se refererir ao sistema operacional usando apenas o termo Linux, mesmo que seja para se referir a uma distribuição completa, se assim o desejar.

Levando em conta que Stallman NÃO criou todos os ambientes gráficos, nem todos os componentes usados em uma distribuição Linux, nem tem controle sobre como os pacotes são dispostos e organizados em todas as distribuição... então, usando a lógica dele, as distribuições deveriam se chamar mais ou menos assim:

"GNU/KDE/Mozilla/Oracle/Funtoo/Linux"

Qualquer coisa fora disso (por exemplo: GNU/Linux apenas) seria um desrespeito e falta de reconhecimento dos usuários a todos os envolvidos!

Além do mais o quanto do projeto GNU está presente em uma distribuição Linux?

O gráfico a seguir (embora um pouco desatualizado) responde:

http://pedrocr.pt/text/how-much-gnu-in-gnu-linux/

Alguém pode argumentar: "remova o que há de GNU em uma distribuição e veja se ela roda!", Ok, se a importância está em permitir rodar...remova toda a contribuição (software) da Intel de um processador Intel e veja se o sistema roda! Agora vc deve chamar o sistema de "Intel/GNU/Funtoo/Linux", caso contrário seria um desrespeito!

Por isso concordo, em parte, com Linus. É desnecessário obrigar o uso do termo GNU.

A dica postada é sobre um plugin para o Chrome que, de forma irreverente, critica essa obrigação do uso do termo GNU. Pessoalmente acredito que fazer uma crítica em forma de plugin é bem mais original do que fazer uma crítica em forma de discurso-texto.

Além do mais estamos falando do Área31 hackerspace que é "um laboratório comunitário, aberto e colaborativo que propicia a troca de conhecimento através de uma infraestrutura para que entusiastas de tecnologia realizem projetos em diversas áreas, como eletrônica, software, robótica, segurança, espaçomodelismo, biologia, culinária, audiovisual e artes - ou o que mais a criatividade permitir."

Resumindo para quem não entendeu: foi apenas uma piada de um usuário do Área31 e também uma crítica realizada de maneira diferente. O verdadeiro respeito pelo Linux e pelo GNU se dá pela divulgação e uso das tecnologias e do conhecimento envolvido e não pelo uso de um termo.

Aproveitem para conhecer mais sobre o Área31.

https://wiki.hackerspaces.org/Area31

--
https://goo.gl/uu8OUX

[15] Comentário enviado por hrcerq em 17/04/2016 - 13:51h

O que eu não compreendo é porque algumas pessoas insistem em vincular GNU ao esquerdismo. Para mim isso não faz o menor sentido.

GNU, para quem não sabe, é um projeto de 1984 que visava criar um sistema operacional completamente livre. No entanto, o Kernel então desenvolvido, o GNU Hurd, nunca teve uma versão estável, até porque não recebeu muitas contribuições de código, como foi o caso do Linux. Por isso o Linux acabou sendo escolhido para cumprir este papel.

Se chamar o sistema de GNU/Linux é o mais correto ou não, isso é questionável e aí concordo com comentários anteriores em que deve ficar a critério de cada pessoa. Se eu disser Linux, sei que me farei entender. Então, quando estou conversando eu digo apenas Linux. Mas estou digitando, não custa nada escrever um "GNU / " antes. Mas isso é o que EU prefiro fazer. Cada um chame como bem entender, desde que consiga ser claro no que quer dizer.

O fato de escolher o GNU para fazer parte do nome está no fato de ter sido o primeiro passo na construção do sistema. Outras contribuições vieram depois. Então eu creio que seja algo mais simbólico do que qualquer outra coisa.

Para que fique claro a que me refiro quando digo GNU, estou falando de todo o software abarcado por este projeto, como por exemplo:

bash, gcc, coreutils (que incorpora chmod, chown, cp, dd, df, dir, du, ln, ls, mkdir, mv, rm, echo, nohup, pwd, su, cut, tail, wc e muitos outros utilitários), diff, emacs, GIMP, GNOME, GTK+, gzip, less, libpng, make, sed, tar... enfim, tudo isso faz parte do projeto GNU.

---

Atenciosamente,
Hugo Cerqueira

[16] Comentário enviado por xerxeslins em 17/04/2016 - 13:58h

Verdade.

Eu nao costumo usar gnu. Mas não reclamo de quem usa. So acharia ruim quererem me obrigar a usar!

Admiro o projeto GNU e o Linux!


--
https://goo.gl/uu8OUX

[17] Comentário enviado por Rick_S em 21/04/2016 - 23:49h

GNU é o c******!!! Dá " man init" pra ver se tem gnu!", da um uname -o e vera o nome GNU o SO é GNU, linux é so um kernel se tirar o linux continua sendo GNU basta substituir, é GNU e GNU/Linux so se usar o kernel linux, mais jamais apenas linux e para quem não gosta da denominação GNU/Linux usar só o kernel então ou tira tudo que é GNU dali, se fosse para da o nome do kernel ao SO então o Android seria chamado de Linux amplamente o mac e o windows teria o nome dos seus respectiveis kerneis então é GNU o SO, independente do Kernel que se use é GNU abraço para os osistas de plantão!

[18] Comentário enviado por GustavoValerio em 24/04/2016 - 12:57h

Eu ainda mantenho minha opinião anterior.
Chamo a minha filha pelo nome que acho melhor, às vezes nem a chamo pelo nome, dou apenas um apelido e ponto!

O fato de não chamá-la pelo nome completo (incluindo sobrenomes dos avôs) não quer dizer que faltei com respeito à eles ou a mim.

Se fosse o caso, deveria chamá de "Fulana de tal tal tal tal" sempre.
O fato de chamá-la de "lana", não signfica que ela não se chama mais "Fulana de tal tal tal tal".

E se fizer um teste de DNA, claro que terá o meu e o da mãe dela.
Chamá-la de um nome "encurtado" não retira meu DNA que há nela.

Chamar Gnu/Linux de Linux não desmerece o GNU.

Se é para dar méritos para quem contribuiu, vamos fazer do jeito certo, ok?
Vamos chamar nossos filhos e amigos pelo nome completo...

Que tal:

Debian Kde/Gtk/Qt/Python/Perl/C/Java/Ruby/Gnu/Linux

A resposta mais simples:
coloque em .bashrc

alias linux='GNU/Linux'

---------------------------------------------------------------------------------------
"Esta é a filosofia Unix:
Escreva programas que façam apenas uma coisa mas que façam bem feito.
Escreva programas que trabalhem juntos.
Escreva programas que manipulem streams de texto, pois esta é uma interface universal."
Ou, de maneira simples: "faça apenas uma coisa e faça bem".
---------------------------------------------------------------------------------------
Visite: https://gustavovalerio.blogspot.com.br



Contribuir com comentário