Utilizando o Protheus em estações Linux

A Totvs (antes Microsiga) é a criadora no programa de gestão empresarial chamado Protheus. Neste artigo mostrarei como instalar e configurar o Protheus para rodar nas suas estações Linux.

[ Hits: 51.492 ]

Por: Eduardo Vieira Mendes em 30/01/2009


Iniciando e configurando o Protheus SmartClient



Agora vamos iniciar o Protheus:

# /usr/local/bin/protheus/mp8rmt

Será exibida a seguinte tela:
Linux: Utilizando o Protheus em estações Linux
Nesta tela temos:
  • Endereço TCP/IP: Endereço onde está instalado seu servidor do Protheus;
  • Porta TCP/IP: Porta na qual o servidor responde.

Estas opções são necessárias na primeira utilização do Protheus no Linux para que seja criado o arquivo de configuração mp8rmt.ini.

Em seguida será apresentada a seguinte tela:
Linux: Configuração do Protheus
  • Programa inicial: Programa que será carregado pelo Protheus. Exemplos de programas possíveis:

    sigamdi - Programa padrão;
    sigacfg - Configurador;
    sigaadv - Programa padrão com algumas opções a mais;
    apsdu - Programa de acesso direto as informações do banco de dados e arquivos de configurações.

  • Comunicação no cliente: Tipo de conexão usada entre servidor e cliente, comumente utiliza-se tcp.
  • Ambiente no servidor: Ambiente que será acessado.

Após clicar em Ok você já terá o seu Protheus rodando agora em ambiente Linux, muito mais rápido e estável.

Conclusão e dicas

Mostrei neste artigo como fazer pra rodar o Protheus Remote no Linux.

Estude a possibilidade de se trocar também o servidor do Protheus para uma versão Linux.

O desempenho ganho com esta mudança é bem considerável.

Mas estude todas os prós e contras, uma vez que esta mudança deve ser feita por um analista da própria TOTVS, pois seus arquivos de configuração terão que ser convertidos de DBF para DTC (ctree), entre outras configurações que deverão ser feitas.

Espero ter ajudado.

Abraços.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Iniciando e configurando o Protheus SmartClient
Outros artigos deste autor

Bluefish - um poderoso editor para web designers

Permissões e propriedades de arquivos

Transforme seu Linux num Neo Geo

Utilizando o alien para a conversão de pacotes

Trabalhando com RPM

Leitura recomendada

CUDA: Programe a sua NVIDIA

FeniX Green 3D/HD

OneOrZero Helpdesk

Instalando um ambiente leve e funcional em computadores antigos

E Ink - Leitor de E-Book Kindle e Amazon Cloud Reader

  
Comentários
[1] Comentário enviado por dondalski em 30/01/2009 - 17:35h

Na verdade o protheus está na versão 10 release 1.2

[2] Comentário enviado por vodooo em 30/01/2009 - 17:38h

Verdade dondalski, já está quase saindo a 10 R2.

Abraço

[3] Comentário enviado por edipo.magrelo em 30/01/2009 - 19:22h

Em quel distro foi testada?

[4] Comentário enviado por edipo.magrelo em 30/01/2009 - 19:22h

Em qual distro foi testada?

[5] Comentário enviado por alfameck em 31/01/2009 - 10:48h

:)))

[6] Comentário enviado por rogerio_gentil em 02/02/2009 - 13:28h

Na empresa que trabalho temos o Protheus 10 instalado sobre o OpenSUSE 10.3 e DB2-Express. Faço todas as atulizações utilizando o TotvsDevStudio, mas no ambiente Windows XP. Achei que faltou um pouco de detalhes no artigo... mas é uma boa introdução.

[7] Comentário enviado por Abner Correa em 03/02/2009 - 17:44h

Ola meus caros,
Temos aqui em nossa empresa o Protheus como sistema de ERP em sua versão 8.11, o Servidor de aplicaçào de banco de dados são Windows Server 2003, e usamos clientes mistos, a maioria das estaçòes (cerca de 70 em LTSP) da matriz são Mandriva 2006, temos alguns pequenos problemas com o cliente, mas esta funcional. Em algumas poucas estações usamos o cliente em Ubuntu 8.04 com 100% de sucesso. As outras estações (cerca de 50) utilizam Windows, com cliente no servidor.
Parabenizo pela excelente iniciativa. Artigo muito importante para usuários de Protheus no Linux.
Precisando de auxilio, estou a disposição.

[8] Comentário enviado por dondalski em 04/02/2009 - 16:44h

no servidor, Protheus 10 R1.2 com o openSUSE 10.3 e PostgreSQL 8.2.6 e nas estações o cliente com o openSUSE 11.1

[9] Comentário enviado por denisflosi em 02/04/2009 - 16:03h

Olá Pessoal,

Seguinte, estou fazendo alguns testes com o remote do Protheus 8.11 para o Linux, até agora tudo deu certo, apenas um problema.
A impressora que tenho na estacao linux (Debian) via Cups não aparece disponivel no Remote para imprimir algum relatorio.

Valeu

[10] Comentário enviado por guilherme.couto em 09/12/2010 - 16:16h

Pessoal....preciso de uma ajuda....

Temos estações windows rodando o Protheus com o Crystal Reports.

Tem como usar o Crystal no Linux? ou usar uma ferramenta equivalente?

Se sim, como configurar?

[11] Comentário enviado por rafamello em 03/02/2012 - 11:11h

Bom Dia...uso o totvs em estações clientes. tudo em linux...só que ta caindo direto...sabem me dizer o que pode estar ocorrendo? nos centOs cai menos que no Ubuntu.

[12] Comentário enviado por vodooo em 03/02/2012 - 12:25h

Olá Rafamello.

O ideal seria verificar o console.log no servidor do Protheus para tentar verificar o que pode estar ocorrendo!

Outra coisa que pode estar dando problema é a rede!

Tem um comando da TOTVS que verifica o status da comunicação entre o Servidor e os Clientes

O nome é U_Nettest.

Mande rodar e aguarde uns 30 minutos ou mais.

Ao terminar será mostrado um log com quantas conexões houveram com ping maior que 100ms

Se tiver muitas pode ser que exista um problema de lentidão na rede, ocasionando perca de pacotes e consequentemente queda na conexão.

Espero ter ajudado


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts