Software Livre: Avanço tecnológico e ético

Outro dia, após uma partida de futebol, surgiu o assunto software livre (SL). Fiquei impressionado ao constatar que muitos colegas ainda confundem SL com software gratuito. Este artigo foi inspirado nesta discussão, propõe-se a discutir os reais objetivos por trás da filosofia SL e como esta filosofia pode afetar as relações de dependência entre países ricos e pobres.

[ Hits: 39.542 ]

Por: Emmanuel Ferro em 26/06/2008


Software livre e desenvolvimento



Este modelo de produção de software tem se mostrado bastante eficiente em produzir software de qualidade e de larga aceitação, a exemplo do GNU/Linux, sistema operacional robusto, seguro, onde vírus existem apenas como prova de conceito e seus efeitos são inócuos, ou ainda o servidor web Apache, responsável por disponibilizar na internet a maioria do sites existentes. A lista de software livres disponíveis é muito grande e está em franca expansão.

Quando uma empresa ou um cidadão paga por uma licença de software, supõe-se que juntamente ao software seja fornecido uma série de facilidades que garantam seu pleno funcionamento, como manuais de uso, instruções de instalação e configuração. Também é comum a contratação de serviço de suporte, normalmente do próprio fornecedor do software. Por outro lado, o software livre não dá garantia alguma, eximindo seu mantenedor de qualquer responsabilidade ou compromisso. Isso pode parece ruim, mas o efeito real é positivo:

a) Eliminação do chamado vendor lock-in [6]: O utilizador de software livre pode recorrer a qualquer prestador de serviço que o forneça a melhor relação custo-benefício, não se limitando àquele único fornecedor do software proprietário, criando assim uma oportunidade de negócios para pequenas empresas de suporte.

b) Aprimoramento pessoal: Na ausência de garantias, o utilizador de software livre é motivado a buscar o conhecimento com outros usuários. Esta conduta cooperativa de dá e receber informações contribui para o crescimento pessoal do utilizador de software livre.

Quanto a documentação, ao contrário do que se possa esperar, é produzida em grande quantidade, não necessariamente pelo mantenedor do software, mas por toda a comunidade que acaba por incluir nesta documentação sua própria experiência e dificuldades superadas. Junte a isto a liberdade de adaptar o software para sua necessidade e o resultado será um ambiente propício ao surgimento de uma indústria local de software.

A adoção de software livre por empresas de governo tem importância estratégica e afeta diretamente a soberania nacional, pois elimina a dependência de fornecedores estrangeiros, evita problemas por mudança compulsória ou descontinuação promovida por estes fornecedores, aumenta a segurança, pois o acesso ao código garante que todo o seu comportamento seja conhecido e auditado. Em casos extremos, elimina a possibilidade de sanções políticas como o boicote econômico promovido pelos Estados Unidos a Cuba.

Ao produzir software livre, empresas públicas podem compartilhar conhecimento e recursos com toda a comunidade evitando o retrabalho, ganhando produtividade, melhorando a qualidade de seus produtos, promovendo economia de recursos que podem ser investidos em capacitação e aumentando a transparência da administração pública.

O ensino superior e a pesquisa também se beneficiam do uso de software livre, não somente pelas vantagens óbvias da economia em licenciamento, mais sobretudo pela possibilidade de estudar código fonte de software de alta tecnologia. Voltando a analogia com engenharia eletrônica, isto equivaleria ao acesso a projetos de fabricação de chips e processadores.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Uma breve analogia
   3. Software livre e desenvolvimento
   4. Software livre e ética
   5. Software livre em números
   6. Quem se opõe ao software livre
   7. Agradecimentos e Referências
Outros artigos deste autor

e-PING e a importância dos padrões abertos

Software Livre e a liberdade de compartilhar

Software Livre e a liberdade de aprender

Software livre e a liberdade de contribuir

Software livre e a liberdade fundamental

Leitura recomendada

O grito!

Como tornar-se um membro da comunidade Linux

Cadê minha área de trabalho?

O Espírito do Linux

Mamãe mandou eu escolher esse daqui... será?

  
Comentários
[1] Comentário enviado por xerxeslins em 26/06/2008 - 15:36h

Legal. Molde academico =]

[2] Comentário enviado por aosouza em 26/06/2008 - 18:33h

Este é um assunto importante e deve ser discutido mais amplamente. Sou membro de uma igreja e estou desenvolvendo um projeto de divulgação e estimulo ao uso de SL, e esta é uma parte do projeto, por isso solicito permissão para utilizar o seu texto durante o desenvolvimento do projeto.

[3] Comentário enviado por opiniao em 26/06/2008 - 20:33h

"A adoção de software livre por empresas de governo tem importância estratégica e afeta diretamente a soberania nacional, pois elimina a dependência de fornecedores estrangeiros, evita problemas por mudança compulsória..."

Sinto muito, mas vou discordar de você. A sua empresa pública infringe a licença de vários programas em GPL e LGPL para fazer o programa do Imposto de Renda, conforme verificou um membro da FSFLA:

http://listas.softwarelivre.org/pipermail/psl-brasil/2008-May/023357.html
http://listas.softwarelivre.org/pipermail/psl-brasil/2008-May/023363.html
http://listas.softwarelivre.org/pipermail/psl-brasil/2008-May/023334.html

E os sistemas mais importantes (dos clientes que pagam mais caro) são desenvolvidos somente em plataformas proprietárias da MS e da IBM.

O SL na sua empresa é somente fachada para encobrir os problemas que há nela.

[4] Comentário enviado por adrianoturbo em 26/06/2008 - 23:07h

Rapaz é muito complicado falar de software livre perto de alguém que nasceu vendo janelas ,principalmente aqui em Brasília ,as pessoas só enxergam o Windows.
Ficou muito bom seu artigo ,parabéns.

[5] Comentário enviado por eferro em 27/06/2008 - 09:00h

Nossa empresa amigo "opinião", ela é pública.
O Serpro tem 40 anos e há apenas 6 anos adotou software livre. Neste curto período já obtivemos resultados extraordinários e ainda faremos muito mais. Procure conhecer esta empresa que é um orgulho nacional.

[6] Comentário enviado por foguinho.peruca em 27/06/2008 - 09:44h

Olá!

Bom artigo. Bem balanceado e no formato muito bacana.

Parabéns, gostei do artigo!

Jeff

[7] Comentário enviado por eferro em 27/06/2008 - 10:22h

Caro amigo aosouza,
Eu licenciei este artigo com Creative Commons (vide cabeçalho), esta licença dá todos os direitos de uso e criação de obras derivadas, resguardado apenas o direito de ser citado como autor. Fico feliz que tenha gostado do artigo e desejo boa sorte na sua empreitada.

[8] Comentário enviado por bemanuel.pe em 27/06/2008 - 15:52h

Emanoel, ficou muito bom o artigo, fico feliz em ver que a semente germinou. Abraços e lembranças às meninas.

[9] Comentário enviado por removido em 27/06/2008 - 17:01h

Muito boas as suas colocações Emmanuel!

Não convém dar ouvidos a membros fake, que criam usuários apenas para comentar negativamente.

Acusações de violação de licença são coisa séria e deveriam ser encaminhadas legalmente. Se estas acusações se limitam a uma lista de discussão, sua confiabilidade é questionável.

[10] Comentário enviado por GuilhermeAugusto em 27/06/2008 - 23:53h

É sempre agradável se deparar com artigos ideológicos em que software livre é levado a sério. Certamente a adoção do software livre por instituições públicas demonstra não só a qualidade do que até hoje ainda é infelizmente considerado um "sistema alternativo", como também a mentalidade inovadora estatal. Nesse aspecto, o Brasil tem do que se orgulhar.

[11] Comentário enviado por joao.ssa em 29/06/2008 - 10:47h

Emmanuel,
Você elaborou um artigo coerente. A divisão dos assuntos foi muito feliz e respeita pontos de vista, dando alternativas para a melhor condução na criação de software.
Minha sugestão é a continuidade deste tema, dando enfoque para a educação fundamental.
Gostei muito das observações feitas sobre a formação dos profissionais e sua base de conhecimento em softwares proprietários.

[12] Comentário enviado por metabolicbh em 29/03/2011 - 07:15h

Parabéns pelo artigo meu amigo! Com certeza suas palavras irão abrir a mente de muitas pessoas que ainda não sabem o que é realmente o SL e os benefícios agregados ao seu uso. Este assunto realmente é muito amplo para ser tratado em um único artigo, mas abre as discussões... é sempre bom receber opiniões a favor, mas as opiniões contras é que nos fazem buscar sempre um algo mais, traz a reflexão sobre as pequenas imperfeições. O SL ainda vai dominar (se é que já não dominou), lembro me quando comecei a entender de computador a 10 anos atrás e nunca tinha ouvido falar de Linux... hoje podemos ver o oposto deste cenário! Estão falando muito de Linux!


Contribuir com comentário