Softmodem compatível com Smart Link em kernel Linux 2.6.24 ou superior

O slmodem-2.9.11-20080817 só suporta até o kernel linux-2.6.24. A limitação é só no modelo USB de softmodem, mas como este é compilado junto com o PCI, o make refuga ambos. Ensina-se a pular a parte do USB para compilar a PCI e instalar o software, independentemente da versão do kernel. Público alvo são os linuxers que gostam de resolver os problemas e não esperar que outros o façam.

[ Hits: 20.646 ]

Por: Elias Zoby em 28/09/2008 | Blog: http://concordancia.webs.com


Empacotamento e conclusão



Empacotamento opcional

Embora o programa funcione plenamente da forma como o desenvolvedor recomenda instalar, a desinstalação ficará mais fácil e mais enxuta (poderão ser eliminados arquivos desnecessários) se for instalado por pacote em vez de "make install". É muito simples no Slackware Linux e nas outras não deve mudar muito.

# make install DESTDIR=/onde/quer/instalar
# modprobe slamr
# cd /onde/quer/instalar
# makepkg slmodem-2.9.11-20080817-i486-k2.6.26.tgz


Ou simplesmente substitui o "make install" por "checkinstall -y -S" (se Slackware, -D ou -R se Debian ou RPM).

Conclusões

A compilação ficará menor porque limitada a PCI.

Os comandos para inicialização, embora diferentes, devem ser colocados nos mesmos locais, sendo a instalação com ou sem suporte a ALSA e por "make install" ou pacote.

Pode-se chamar o modem e o discador pelo mesmo script, sem que o primeiro seja iniciado no boot.

Outros softmodems (Lucent-Agere etc) não suportados pelo Slmodem talvez tenham problemas e soluções parecidos. No site indicado há diversos programas, um deles serve para identificar o modem e software adequado.

A grande vantagem do open source é poder fazer modificações para adaptar os códigos às necessidades do usuário e expandir sua abrangência, como no caso demonstrado. Embora exemplo e autor primários, é esse o verdadeiro sentido de agir como "hacker".

Sugestões de melhoria e correções são bem vindas.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Do problema à solução
   3. ../drivers/Makefile
   4. Da compilação ao pós-reboot
   5. Suporte a som
   6. Empacotamento e conclusão
Outros artigos deste autor

Montar MP3 e pendrives USB automaticamente com Hotplug

Caracteres especiais no teclado Linux: como adaptar às necessidades do escritor

Autofs-4.1.4 para Slackware 12: Compilação, instalação, configuração

Por que e como referenciar artigos nos sites de informática

Instalar e configurar Slackware 10.2 a 12 para um desktop

Leitura recomendada

Criando VPN site-to-site, conectando diversas filiais a matriz com openVPN

#Vivaolinux, agora com canal IRC

FreeBSD + FreeRadius + MySQL

Texto puro - BitTorrent

Acessando servidor Linux remotamente utilizando WinSCP e Putty no Windows

  
Comentários
[1] Comentário enviado por grandmaster em 28/09/2008 - 21:44h

Bem, vou testar isso :D

--
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br


[2] Comentário enviado por zoby em 28/09/2008 - 22:28h

ERRATA
p. 4
Onde tem "Se não precisar do ungrab:", leia-se "Continuando:".
Pois o que vem a seguir independe do ungrab.

p. 6
Onde tem "a desinstalação ficará mais fácil e mais enxuta", leia-se "o programa ficará mais enxuto e a desinstalação mais fácil".

##################################

E a todos que testarem: dêem nota, corrijam o que não funcionou p/ vcs, acrescentem alternativas etc.

[3] Comentário enviado por fabio em 28/09/2008 - 22:36h

Não sabia que a palavra "modem" já havia sido dicionarizada. Vou corrigir no artigo nesta segunda. Obrigado pela informação.


Contribuir com comentário