Slitaz: Guia Rápido

Apresento aqui um guia de instalação do Slitaz e instalação/remoção de programas nessa distro para aqueles que desejam testar/usar esta distro.

[ Hits: 66.601 ]

Por: Fábio Farias em 01/02/2011


Instalando o Slitaz



O sistema tanto pode ser instalado usando um Live CD quanto um pendrive (Live USB). No entanto, usaremos o método do CD aqui. Se necessitar instalar o sistema por um pendrive, consulte a documentação do Slitaz para verificar os procedimentos.

De posse do CD nas mãos, dê o boot no computador com ele no drive de CD/DVD.

Ao iniciar pelo CD, o sistema apresentará essa tela. Pressione Enter para prosseguir.
Selecione a linguagem do sistema (aqui pt_BR Locale).
Selecione o teclado (aqui br-abnt2 Brasil).
E logo temos a tela com o Slitaz executando em modo Live CD.
O Slitaz não traz um meio de se particionar o HD durante o processo de instalação. Essa tarefa portanto precisa ser feita previamente. Felizmente o Slitaz traz o GParted, com o qual o usuário poderá criar as partições necessárias. No menu principal do Slitaz, selecione Ferramentas do Sistema e depois GParted Editor de Partições.
Sempre que a tela (imagem 6) abaixo aparecer, insira a senha do root. Durante as instalações e configurações do sistema será solicitada a senha do root. Por padrão são essas as senhas do Slitaz:

Usuário: root
Senha root

Usuário: tux
Senha: tux

Obs.: Em todos os casos as letras são sempre minúsculas.

Durante a instalação é solicitado ao usuário que se configure uma senha para o root, bem comoaque crie um usuário e senha comum para uso cotidiano do sistema. Aqui vamos manter o mesmo padrão. O usuário será chamado de "tux" e a senha dele será "tux" (tudo minúsculo). Defina seus usuários e senhas de acordo com sua necessidade.
Crie as partições que desejar e lhe forem necessárias. Em nosso exemplo, o HD é de 2GB sem nenhum sistema e a memória RAM é de 256 MB. Sendo assim, criei apenas uma partição para a "/" com 1,5 GB e uma partição swap de 512 MB.

A partição "/home" não será separada. Durante a instalação o sistema pergunta se deseja que o diretório /home fique em uma partição separada. Aqui não separamos. Se você dispõe de um HD maior, pode criar uma partição a mais e durante a instalação indicá-la para abrigar o diretório /home.

Em todo caso, o sistema funciona perfeitamente em ambas as situações. Para mais informações sobre como particionar um HD e prepará-lo para a instalação do Linux, veja esse artigo:
Depois de particionado, anote os nomes das partições criadas. Veja na imagem acima que /dev/hda1 é a partição que criamos para o Slitaz e a partição /dev/hda2 é a swap. Precisamos desta informação pois ela será inserida no processo de instalação.

Aqui o sistema reconheceu como hda. No entanto pode ser que seja reconhecido como sda. Não faz diferença para a instalação. Basta inserir como aparece.

Feito isso selecione no menu principal o item Ferramentas do Sistema e depois clique em Instalador do Slitaz.
Selecione Install (com a tecla TAB do teclado) e pressione Enter.
Insira aqui a partição criada para o Slitaz. Em nosso exemplo é /dev/hda1. Dê Ok.
Selecione Yes e pressione Enter para formatar a partição em Ext3. Essa etapa é necessária e importante para a instalação. Todos os arquivos que possam existir na partição serão apagados. Sendo assim, se desejar, faça um backup antes.
Nesse exemplo deixei em branco essa opção pois não separei o diretório /home. Se você for separar, insira aqui a partição criada para a /home da mesma forma que inserimos antes a partição para o sistema. Selecione Ok e pressione Enter.
Nessa tapa deixei como Slitaz mesmo. Selecione Ok e pressione Enter.
Aqui deixei como root a senha do superusuário.
E aqui deixei como tux o nome de usuário do sistema.
A senha desse usuário também é tux.
Nessa tela o sistema apresenta um resumo das configurações e pede a confirmação para instalar. Selecione Yes e pressione Enter.
O sistema então formatará a partição em Ext3 e iniciará o processo de instalação.
Instalando o Slitaz...
Selecione Yes para que o Grub seja instalado e possa gerenciar a inicialização do sistema. Pressione Enter.
A instalação está terminada. Retire o CD do drive, selecione Reboot pressione Enter para reiniciar o computador.
Reiniciando...
Configure novamente o idioma do sistema e o teclado. Desta vez a configuração é definitiva, pois será armazenada no HD do computador, não sendo necessário mais essa configuração.
Configurando o teclado...
A tela de boot do Slitaz. Insira seu usuário e em seguida a senha (definidas durante a instalação) para entrar no sistema.
Novamente temos essa tela, no entanto agora já com o sistema instalado.
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalando o Slitaz
   3. Instalando programas
   4. Removendo programas
   5. Configurando ícones de programas na área de trabalho e conclusão
Outros artigos deste autor

Introdução ao Linux: Instalação do Xubuntu

Instalando o OpenSuSE 11.2

Particionamento de disco (HD)

Convertendo Sistemas de Arquivos

openSUSE 11.3 (parte 2)

Leitura recomendada

MATE Desktop 1.16.0 [GTK3] no Slackware

Um Pouco de Crux Linux

Caracteristica e descrição das principais distribuições Linux

Guia Introdutório do Linux V

Trabalhando com coringas, filtros e expressões regulares no shell

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 01/02/2011 - 14:37h

Interessante essa distribuição, vi que no Distrowatch( http://distrowatch.com/table.php?distribution=slitaz ), é considerada independente e pode ser testada em modo Live. Como estou envolvido com o Slack, dei um tempo para conhecer outras distribuições. Mas pode deixar, essa também não escapa! rs
Pena ele não oferecer um suporte completo à nossa língua, mas é coisa que considero pequena ante as vantagens de uma distribuição tão leve e versátil.

Fábio, parabéns pelo ótimo Artigo.
Um 'how-to' que sempre vou referenciar quando necessário.

[2] Comentário enviado por Fabio_Farias em 01/02/2011 - 15:09h

Obrigado Amigo!
O fato so Slitaz não estar totalmente traduzido para o portugues se deve ao fato de que a lista de contribuidores é pequena. Mas o sistema é bem intuitivo e fácil de usar. Ele é mesmo uma distro independente e por isso não tem tantos programas como nas outras distros. Mas é bem provável que esse numero de programas atenda as necessidades básicas de usuários de computador o que pode ajudar a dar uma "sobrevida" a um computador antigo.
Abraços e Obrigado Izaías!

[3] Comentário enviado por mcnd2 em 01/02/2011 - 20:36h

Muito bom artigo!

Já tive a alegria de instalar e testar essa distro anteriormente.

O Slitaz é leve e versátil, muito boa essa distro.

[4] Comentário enviado por removido em 01/02/2011 - 20:55h

Olá Fábio, acabei de ler seu artigo, e mais uma vez você foi muito bem.

Eu tb tenho uma quedinha pelo Slitaz, mas nunca tive a oportunidade de usá-lo. Em meu note, não consegui configurar minha rede, portanto só pude testá-lo em VM mesmo.

Gostaria de complementar, dizendo que o fórum do Slitaz me surpreendeu. Eu postei uma pergunta lá certa vez e na esperava que seria atendido tão rápido. Realmente a sua comunidade parece muito unida e apaixonada pela sua distro. Ponto pro Slitaz, esse pequeno notável.

Mais uma vez, parabéns pelo seu artigo, seu trabalho aqui no Vol é primoroso.

Abraço

[5] Comentário enviado por Fabio_Farias em 02/02/2011 - 10:57h

M¢Nd²
Obrigado pelo comentário amigo!

Gedimar
Obrigado amigo. Fiz um teste com o Slitaz e fiquei tão contente que resolvi compartilhar a experiência em forma de um artigo.

Bom saber que o fórum e tão ativo. Isso incentiva aos usuários desta distro a continuar nela melhorando-a cada vez mais.

Obrigado pelo comentário.

Um abraço!

[6] Comentário enviado por removido em 02/02/2011 - 14:23h

muito bom o artigo esta de parabens , mais so uma duvida o slitaz é baseado em alguma distro ou é uma produçao independente.
abraços

[7] Comentário enviado por Fabio_Farias em 02/02/2011 - 14:56h

Olá clandestine
Obrigado pelo comentário.
De fato, o Slitaz não é baseado em nehuma distro. É independente e possui pacotes e gerenciador de pacotes específico. Contudo, sempre há a opção de converter pacotes rpm e deb para o formato suportado pelo Slitaz.

Abraços!

[8] Comentário enviado por removido em 02/02/2011 - 19:41h

o ruim que com esses artigos da uma vontade de testar a distro , é fogo !!!!!!!!!!!!!!rs
rsr

[9] Comentário enviado por Fabio_Farias em 04/02/2011 - 10:48h

Verdade amigo!
hehehehe
Abraços!

[10] Comentário enviado por canguru em 18/02/2011 - 14:37h

Muito bom o artigo..Eu ja usei muito o slitaz e recomendo. Ele é simplesmente D+. O único problema que tive foi intalar minha wireless, mas isto ñ incomodou muito. A comunidade é muito ativa, pois só quem realmente usa o slitaz sabe cm é bom utiliza-lo, pois vc passa um bom tempo corrigindo algum problema da versão cooking, adaptando, deixando o mais bonito, que vc se sente parte do desenvolvimento da distro.....Recomendo para todos...

[11] Comentário enviado por Fabio_Farias em 18/02/2011 - 15:26h

Obrigado Amigo!
O Slitaz é mesmo uma ótima distro. Claro que ela tem suas limitações pelo seu pequeno tamanho. Mas como disse no artigo essa distro pode dar uma vida nova à um computador antigo.
Abraços!

[12] Comentário enviado por Denilson-Pereira em 24/02/2011 - 19:07h

Uma correção muito importante: Todas as versões packages do Slitaz até o presente momento são bootáveis, inclusive tenho a impressão que os Slitaz que vem com as versões packages receberam algumas rápidas correções, mas não tenho certeza se receberam mesmo, como disse é só uma impressão.

[13] Comentário enviado por Fabio_Farias em 24/02/2011 - 22:24h

De fato Denilson eu não havia percebido que os DVD's eram bootáveis. A informação que eu tinah não era essa. Mas obrigado pela correção.
Abraços!

[14] Comentário enviado por lauro_4L1n3 em 14/02/2012 - 02:02h

Olá, estou testando essa distro no Virtual Box 4.1, porém não consigo deixa-la em tela cheia? Como faço pra consiguir colocá-la?

[15] Comentário enviado por gildohp em 22/02/2012 - 15:22h

instalei..tudo certo...mas ele nao navega...pinga o ip 8.8.8.8...mas nao navega...usamos aqui proxy que configurei certinha....acho q o problemanao eh prozy..mas DNS...pq pingo o dns da google 8.8.8.8....mas navegar nada...alguma sugestao...

obrigado...

[16] Comentário enviado por lucascientista em 22/06/2012 - 17:24h

Olá Fábio Farias Gostaria De Como Saber Para Configurar Meu Modem Da Vivo Da Marca Huawei Modelo E173 Ele É 3g Não Consigo Instalar O Software Fico GRATO Se Poder Me Ajudar Muito Obrigado!!!

[17] Comentário enviado por pguarnierr em 07/06/2016 - 13:42h

Tem algum tutorial para ensinar a funcionar a wireless. Eu testei essa distro na máquina virutual e parece que não reconhece a placa de rede do pc.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts