Interfaces Gráficas no Linux

Muito se fala sobre as diferenças entre Windows e Linux. O que mais se ouve dos que nunca pilotaram um Linux são frases do tipo: Ah, isso é tão fácil no Windows, No Linux não tenho um programa tão bom quanto esse que tenho no Windows.

[ Hits: 101.509 ]

Por: Fábio Berbert de Paula em 06/11/2002 | Blog: https://fabio.city


Introdução



Muito se fala sobre as diferenças entre Windows e Linux. O que mais se ouve dos que nunca pilotaram um Linux são frases do tipo: Ah, isso é tão fácil no Windows, No Linux não tenho um programa tão bom quanto esse que tenho no Windows. Existe uma mística de que o Linux é um sistema operacional muito complexo, que dificilmente tomará o lugar do Windows. O que muita gente ainda não sabe é que o Linux já dispõe de uma quantidade de ferramentas muito mais abrangente que a quantidade de ferramentas para Windows.

O programa responsável pela parte gráfica do Linux é o XFree, que é um servidor de janelas. O XFree contém as especificações sobre como criar e manipular janelas, oferecendo ferramentas para que gerenciadores de janelas possam implementar uma interface gráfica.

Gerenciadores de janelas são programas que controlam como as janelas devem ser apresentadas, a forma como os botões se posicionam, quais são suas funções, o que pode acontecer dentro de uma janela e coisas do gênero.

Quando solicitamos um programa a um gerenciador de janelas no Linux, o mesmo abre uma janela e coloca o programa dentro dela. Já que não precisamos nos preocupar com especificações de janelas, visto que o XFree é o responsável por essa tarefa, não precisamos ser grandes programadores para desenvolver uma própria interface gráfica para Linux. Essa simplicidade oferecida pelo sistema de código-fonte aberto do XFree foi responsável pelo surgimento de várias interfaces gráficas para o sistema.

Ao contrário do Windows, no Linux podemos escolher a interface gráfica que mais nos agrada em termos de beleza e facilidade de uso. Já existem cerca de 20 gerenciadores de janelas para o Linux. Dentre os mais populares podemos citar: Kde, Gnome, AfterStep, Enlightnment, WindowMaker, IceW, BlackBox, Fvwm90.

O Kde é o gerenciador de janelas que mais me agrada. Possui uma interface bem amigável e tem opções de visual muito bem trabalhadas. Outro gerenciador de janelas muito amigável, leve e estável é o WindowMaker. Este gerenciador é desenvolvido nos EUA por uma equipe liderada por um brasileiro. O Gnome também é outra interface gráfica que não fica nem um pouco atrás do Kde ou WindowMaker quando o assunto é qualidade. Além de ter uma interface muito bem desenhada, o Gnome é o gerenciador de janelas que mais se aproxima do Windows em visual.

Depois de tanto blá-blá-blá, o leitor que nunca foi apresentado ao Linux pode estar curioso para ver a cara das interfaces gráficas do mesmo. Acesse minha home page pessoal http://www.netflash.com.br/pessoais/fberbert/. Entrando na página,clique no link para a seção Screenshots para visualizar as telas capturadas dos diferentes gerenciadores de janelas de meu Linux. Para quem não está acostumado com nomenclaturas de informática, Screenshot significa imagem capturada, ou seja,a imagem de um programa qualquer que serve como exemplo para o usuário ver como é o programa antes de instalá-lo.

Sites que valem à pena perder tempo em suas respectivas seções de Screenshots são:O Linux (http://www.olinux.com) e LinuxAll.org (http://www.linuxall.org).

Por Fábio Berbert de Paula
E-mail: fabio@vivaolinux.com.br

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

I Encontro da Comunidade Viva o Linux

Clicador automático de Tinder com Python

cpulimit - Limitando o uso da CPU por processo

Capturando tela do Android usando shell script

Criando um painel de rede em PHP

Leitura recomendada

Implementando um Servidor Web Java com Tomcat no Debian

Chakra Linux - Apresentação, instalação e configuração

A importância de um backup

Diário de um SysAdmin 1 - Truques | Macetes | Atalhos & Comandos

Instalando Debian 5.0 e deixando com todos os programas que você gosta

  
Comentários
[1] Comentário enviado por emanuelbrunopb em 05/06/2003 - 10:24h

Bom artigo para iniciantes conhecerem o Linux
Bruno_PB

[2] Comentário enviado por thothy em 10/07/2003 - 10:58h

Fabio,

Otimo artigo! A interface gráfica do GNU/Linux são excelentes, os usuários e que são um tanto acomodados, por isso estou trabalhando num Guia para o KDE, este tem como objetivo mostrar aos novos usuários que não existe nenhum bicho de sete cabeças usar o ambiente gráfico KDE.

Para baixar o Guia do KDE 3:
http://thothy.vila.bol.com.br
http://www.guiadokde3.hpg.com.br

[3] Comentário enviado por fabio em 10/07/2003 - 13:02h

Olá thothy,

Parabéns pela iniciativa! Vou dar uma olhada no seu guia.

[]'s,
Fábio

[4] Comentário enviado por Kelekeru em 11/08/2003 - 17:53h

Esse artigo mostra que aquela barreira que existe nos novos usuários, que pensam que Linux é só linha de comando, está caindo, dando mais força para a causa Open Source. (até minha mina prefere o Linux agora).

[5] Comentário enviado por jacqueaguiar em 30/04/2004 - 17:49h

Ótimo artigo que discute a relação windows/linux e tenta acabar com as frases feitas que ouvimos em apologia ao windows. Realmente adoraria que mais pessoas conhecem interfaces do linux antes de tecer comentários equivocados.
Abraços
JacqueAguiar

[6] Comentário enviado por marcelonada em 10/06/2005 - 12:08h

Curti o artigo, me esclareceu sobre as possibilidades de variar as interfaces gráfica no Linux (como podem perceber sou iniciante). Pena mesmo que os links http://www.netflash.com.br/pessoais/fberbert/
e http://www.olinux.com estão quebrados...

[7] Comentário enviado por marcelonada em 12/06/2005 - 17:01h

Na seção de screenshots do Kalango tem exemplos dessa distribuição Linux com as interfaces: KDE, Gnome, Fluxbox, IceWM e WindowMaker. É bem legal porque podemos ver uma mesma distribuição com diferentes Interfaces Gráficas e sacar a diferença entre elas.
Endereço: http://www.kalangolinux.org/telas.htm

[8] Comentário enviado por freakcode em 19/11/2005 - 21:30h

É o KDE que mais se assemelha ao windows. O Gnome é mais parecido com o Mac OS, veja a barra de menus superior que vem por padrão.

[9] Comentário enviado por landex em 10/06/2010 - 08:55h

Cara muito legal este artigo...

[10] Comentário enviado por segurasi em 02/09/2010 - 15:32h

Boa tarde, esse Xfree os data center deixa ou eles mesmo instalam no servidor dedicado linux?

Obrigado

[11] Comentário enviado por removido em 14/10/2011 - 22:20h

Muito bom o artigo. Bem resumido e fácil de entender.

[12] Comentário enviado por gisleneperes em 21/03/2012 - 11:32h

Olá Boa Tarde eu sou estudante de Automoção Industrial, e na data de hoje tenho que entregar um trabalho com os seguintes tópicos comando do S.O. LINUX responsaveis pelo controle de processos e interfaces graficos gente alguem me ajude por favor pois ta muito dificil de encontrar


desde ja muito obrigada


GP

[13] Comentário enviado por Zero0 em 09/02/2017 - 00:55h

Ótimo artigo para iniciantes como eu sou atualmente ... Pelo que pude ver a interface do GNOME foi a que mais me agradou :)

http://1carinhanormal.blogspot.com.br/
Não comece nada, e não haverá nada.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts